PT de Juazeiro comemora anulação das sentenças que condenaram o ex-presidente Lula

Na tarde da última segunda-feira (8), o ministro do Superior Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, anulou todas as sentenças que condenaram e levaram a prisão o ex-presidente Lula. Na sentença, o ministro considerou que a 13ª Vara Federal de Curitiba (PA), não tinha competência para julgar os casos, anulando assim, todos os processos que tornaram Lula inelegível.

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Juazeiro enviou carta a imprensa nesta quarta-feira (10), informando que a militância recebeu com muita alegria esta notícia, com o sentimento de justiça que começa a se fazer, meio a um cenário de caos e desesperança.

LEIA TAMBÉM

“Fui vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos de história”, diz Lula

Fachin anula condenações de Lula relacionadas à Lava Jato; ex-presidente pode concorrer a cargo público

LEIA MAIS

Presidente da Argentina confirma participação em evento do PT em defesa de Lula

Alberto Fernández, presidente da Argentina.

Alberto Fernández, presidente da Argentina, irá participar no próximo dia 22 deste mês, de um debate sobre o chamado “lawfare” contra o ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva. O termo sugere uma suposta perseguição judicial sofrida por Lula, que acabou por lhe tirar os direitos políticos.

A conferência “Lawfare: caso Lula e a luta pela recuperação de seus direitos políticos”, que também será uma comemoração aos 41 anos do Partido dos Trabalhadores, será coordenada pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

LEIA MAIS

PT tenta “costurar” candidatura de Lula ao Senado pela Bahia em 2022

A notícia foi dada por um site de Salvador nesta quarta-feira (23). O senador Jaques Wagner, do PT, teria confirmado a ideia em conversas de bastidores com aliados e até mesmo com partidos da base do atual prefeito da capital baiana, ACM Neto, do DEM.

Na avaliação dos petistas, Wagner sairia como candidato ao governo do estado e Lula buscaria uma cadeira no Senado, mesmo podendo perder o apoio de partidos como o PP e PSD, que hoje lutam para ter a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia.

LEIA MAIS

Paulo Bomfim deve ser confirmado candidato a reeleição para prefeito de Juazeiro em convenção do PT

Prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim.

O atual prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, que foi eleito pelo PC do B, deve ser confirmado como candidato a reeleição ao cargo, agora pelo PT, na convenção coletiva do Partido dos Trabalhadores que será realizada no próximo domingo, dia 13 de setembro.

Bomfim se filiou ao PT no início desse ano acompanhando o ex-prefeito Isaac Carvalho que aderiu a sigla em 2019. A Convenção vai ser realizada de forma virtual através da plataforma Zoom Meeting, cujo o link de acesso será disponibilizado aos participantes com até 30 minutos de antecedência do início do evento que está marcado para às 9 horas da manhã.

Durante o debate será realizada a escolha e homologação dos nomes dos candidatos (as) aos cargos de Prefeito (a) Vice-Prefeito (a) e Vereadores para concorrer nas eleições municipais 2020. Também haverá deliberação sobre a proposta de Coligação para eleições majoritárias e outros assuntos de interesse partidário e eleitoral.

A expectativa gira em torno da aprovação do nome do candidato a vice-prefeito que tem como pré-candidato indicado pelo prefeito Paulo Bomfim, o delegado Charles Leão (PP) que foi adversário político de Bomfim no último pleito.

Outro assunto que deve esquentar o debate é a aliança com o PDT, do deputado estadual Roberto Carlos, que tem diversos cargos no alto escalão do governo municipal, incluindo, a atual vice-prefeita, Dra. Dulce Ribeiro, uma vez que Paulo Bomfim divulgou nota nesta segunda-feira (7) afirmando que o deputado não tem sido correto no apoio a seu governo.

Pré-candidatas petistas realizam live sobre representatividade das mulheres

Nesta segunda (24) e terça-feira (25/08), as pré-candidatas a vereadoras do PT de Petrolina-PE realizam live sobre “Representatividade das mulheres no legislativo municipal”. A iniciativa é uma parceria entre o projeto petista Elas por Elas e a vereadora Cristina Costa, que é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher de Petrolina. A transmissão acontecerá a partir das 18h, pela página da parlamentar no facebook.

A programação virtual dessa segunda-feira (24/08), contará com a participação de Cecília Cintra, que é colaboradora do projeto Elas por Elas, as pré-candidatas Simone Paim, Thaise Ayalla e Regina Rodrigues. Na terça-feira (25/08), a live será com Paula Menezes, colaboradora do programa Elas por Elas, as pré-candidatas Silvana de Oliveira, Leninha e Jucy Carvalho. As conversas serão mediadas pela vereadora Cristina Costa.

A live é uma forma de dar visibilidade as mulheres pré-candidatas do Partido dos Trabalhadores em Petrolina-PE, principalmente, na Câmara de Vereadores da cidade, onde elas representam 8%, sendo que o município possui mais de 150 mil mulheres.

WhatsApp suspende contas de distribuição de mensagens do PT

Pelo menos 10 contas de distribuição de mensagens no WhatsApp que pertencem ao Partido dos Trabalhadores (PT) foram supostamente derrubadas sem nenhuma explicação, de acordo com a sigla.

O partido afirma que as contas, chamadas “Zap do PT”, eram mantidas para distribuição de notícias e conteúdos a filiados, e foram derrubadas desde o último dia 25.

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou, de acordo com reportagem do G1, que procurou o Facebook, dono do WhatsApp, na última segunda-feira (6). A assessoria do partido informou nesta quarta (9) que a empresa ainda não respondeu ao pedido.

A reportagem do G1 procurou o WhatsApp, e a empresa respondeu que várias contas foram banidas por “disparos massivos”, sem citar quais, quantas e a quem pertenciam, e que não comenta casos específicos. Mas que sabe que entre essas contas havia alguma ligada ao partido porque o PT recorreu da decisão.

O partido diz que soube que os canais foram suspensos por meio de um e-mail padrão, após o bloqueio, onde o WhatsApp afirmava que houve “reclamações”.

O WhatsApp ainda afirmou, através de nota, que seus produtos “não foram projetados para enviar mensagens em massa ou automatizadas, que violam nossos termos de serviço”. E que “por meio de nossos avançados sistemas de aprendizado de máquina somos capazes de detectar essas práticas”.

WhatsApp suspende contas do PT por disparo de mensagens

12 contas do Partido dos Trabalhadores (PT) foram suspensas no aplicativo WhatsApp, pertencente ao Facebook. A empresa afirma que as contas violaram os termos de serviço e estariam operando de forma automatizada. O bloqueio aconteceu no último dia 25 de junho e somente ganhou repercussão nessa semana.

A direção do PT disse não ter sido oficialmente informada sobre a decisão, mesmo após quase 15 dias da decisão. Segundo o Extra, a assessoria do partido também entrou em contato com a empresa responsável pelo disparo das mensagens, mas ainda não obteve resposta.

O serviço

Os perfis eram gerenciados pela empresa Lead Whats – contratada há três meses – que em seu site oferecia o serviço de gestão e automatização do WhatsApp para Empresas. Na decisão de suspender as contas o WhatsApp informou que o aplicativo não foi projetado para enviar mensagens em massa.

Na quarta-feira (8) o Blog noticiou a suspensão de contas do Facebook ligadas aos ex-partido do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), por disseminação de fake news.

PT de Petrolina divulga nota de repúdio por agressões à profissionais da imprensa

O Partido dos Trabalhadores de Petrolina (PT) emitiu nota de repúdio em apoio aos profissionais da imprensa por agressões sofridas pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, nos últimos dias. Confira a nota na íntegra.

NOTA DE REPUDIO

O Partido dos Trabalhadores Diretório Municipal de Petrolina por meio da executiva municipal e de todo o Diretório, vem tornar público o seu repúdio às agressões cometidas pelo presidente da república para com os profissionais da imprensa que vem se repetindo constantemente em suas aparições públicas, chegando a tentar cercear a voz da imprensa no seu direito legitimo de trazer a informação para a sociedade, ao mandar um profissional a calar a boca, durante entrevista na manha desta terça-feira, mostrando total despreparo e desequilíbrio para conduzir o país.

Lembramos que a nossa democracia e a liberdade de expressão são temas caros à nossa sociedade e não podemos permitir que, principalmente, aquele que deveria ser o chefe maior da nação, eleito inclusive pelo voto democrático, açoite de volta aos porões escuros de um tempo não muito distante, essas conquistas em que muitos deram a vida para que as tenhamos hoje.

Queremos também nos solidarizar com os companheiros profissionais de saúde que, neste momento de crise sanitária colocam suas vidas em risco e se isolando, em muitos casos, de suas famílias, para atuar na linha de frente no combate à pandemia, ao reivindicarem respeito à vida, às normas internacionais de prevenção à disseminação do vírus por parte do governo federal e buscar melhores condições de trabalho para melhor atender a população, foram agredidos covardemente por fascistas apoiadores do presidente, durante ato pacifico organizado por estes profissionais na manhã deste domingo na capital do país.

Petrolina, 05 de maio de 2020.
Partido dos Trabalhadores.
DM Petrolina.

PT de Petrolina bate o martelo e confirma Odacy como pré-candidato à Prefeitura de Petrolina

Odacy foi o escolhido do PT, Cristina buscará reeleição na Câmara

Prego batido e ponta virada. O Partido dos Trabalhadores definiu quem será o pré-candidato do partido nas eleições de Petrolina. Odacy Amorim, ex-deputado estadual e hoje presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) foi o escolhido pelo Diretório Municipal.

Ele superou o nome da vereadora Cristina Costa. De acordo com o PT, a decisão foi tomada em conjunto, em uma videoconferência com o também vereador Gilmar Santos, a deputada estadual Dulcicleide Amorim – esposa de Odacy – e os integrantes do GTE.

“Em resolução referendada pelo  diretório municipal, apresentamos o Companheiro Odacy Amorim para representar o projeto do Partido dos Trabalhadores como candidato a Prefeito de Petrolina nas eleições municipais de 2020”, comunicou o PT.

LEIA MAIS

Em ato pela defesa de Lula, PT de Petrolina pede participação da classe trabalhadora na resistência democrática

“Eu quero ver Lula livre, é muito injusto o que estão fazendo com ele, foi o único presidente que olhou pelo pobre”. Foi assim que uma das participantes do ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizado na Praça do Bambuzinho, em Petrolina expressou sua revolta contra a ordem de prisão contra o petista.

A manifestação foi organizada pelo diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) em Petrolina e da Frente Brasil Popular. O ato dessa tarde reinou políticos e ex políticos da cidade, seguidores do ex-presidente e contou também com a participação de membros do Partido Comunista Brasileiro, Marcha das Mulheres e da comunidade civil.

Vereador eleito pelo PT, Gilmar Santos chamou a população para a participação da resistência. “Hoje prender o presidente Lula da forma como eles fazem, acabando com qualquer garantia constitucional é uma prova concreta de que eles não querem apenas prender e inviabilizar o presidente Lula, eles querem prender e inviabilizar a democracia, o direito de crianças e jovens na periferia. Se tiram de nós a democracia, tiram de nós o mínimo de dignidade que temos. Hoje nós convocamos e não mais convidamos a classe trabalhadora“.

LEIA MAIS

PT emite nota sobre decisão do STF em negar habeas corpus de Lula

PT divulgo nota oficial sobre a decisão do STF na madrugada desta quinta-feira.

O Partido dos Trabalhadores (PT) se pronunciou, por meio de nota, sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que decidiu, na madrugada desta quinta-feira (05), negar o habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O PT tratou a decisão como “um dia trágico para a democracia e para o Brasil”. De acordo com o partido, mais uma violência foi sancionada contra o ex-presidente.

A maioria dos ministros do STF decidiram negar o habeas corpus de Lula pelo placar de 6 a 5. A presidente do Supremo, ministra Carmen Lúcia, ficou responsável por desempatar o placar que somava 5 a 5 após cerca de 11 horas de julgamento. Agora, Lula pode ser preso após esgotados os recursos na segunda instância.

Confira a íntegra da nota

Hoje é um dia trágico para a democracia e para o Brasil.

Nossa Constituição foi rasgada por quem deveria defendê-la e a maioria do Supremo Tribunal Federal sancionou mais uma violência contra o maior líder popular do país, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao negar a Lula um direito que é de todo cidadão, o de defender-se em liberdade até a última instância, a maioria do STF ajoelhou-se ante a pressão escandalosamente orquestrada pela Rede Globo.

LEIA MAIS