Em meio à pandemia, Bancada de Oposição de Petrolina quer suspensão de benefícios para ajudar saúde municipal

Bancada de Oposição quer destinar recursos à saúde (Foto: Ascom)

Os vereadores da Bancada de Oposição de Petrolina apresentaram uma proposta ao presidente da Casa Plínio Amorim. O grupo solicitou a suspensão temporária dos contratos de locação, devolução de veículos alugados e a suspensão da cota de combustível desses carros, enquanto todos cumprem a quarentena por conta da pandemia do coronavírus.

Assinam a proposta Cristina Costa (PT), Elismar Gonçalves (MDB), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (sem partido). Eles pedem que os recursos os quais custeiam esses benefícios sejam direcionados à saúde de Petrolina.

O pedido foi entregue formalmente à Presidência, na terça-feira (24). “Ao avaliar o Decreto municipal N.º 019/2020, que adota medidas temporárias para o controle de despesas no âmbito da administração pública e redirecionamentos de ações voltadas ao combate do vírus, nós vereadores da Bancada de Oposição decidimos que também é obrigação do Poder Legislativo Municipal contribuir para a eficácia das medidas de proteção e cuidado com a saúde e bem estar da população de Petrolina”, explicou Valgueiro, líder da Oposição.

Cuidado com as fake news

Após os edis anunciarem a medida, surgiu no WhatsApp e redes sociais um vídeo afirmando que a Oposição queria na verdade encerrar o contrato dos professores da rede pública, o que não procede. No ofício protocolado ontem na Casa Plínio Amorim a bancada menciona a suspensão temporária dos benefícios listados no começo do texto.

Fora do MDB, Valgueiro deve se filiar a novo partido no final do mês

Vereador Paulo Valgueiro saiu do MDB (Foto: Blog Waldiney Passos)

De olho na eleição de outubro, Paulo Valgueiro deixou o MDB e seguirá para o partido de Julio Lóssio, o PSD. Lóssio e Valgueiro são aliados de longa data e caminharão lado a lado novamente nas eleições de 2020.

“Estou há 12 anos fazendo política e trabalhando junto com o ex-prefeito Julio Lóssio. Hoje sou vereador graças a projeção que consegui na gestão do ex-prefeito. Tenho tudo para continuar marchando com Julio, não tem porque ser diferente“, contou ao Blog Waldiney Passos.

A filiação deve acontecer ainda nesse mês, disse o vereador. Foram quase três décadas na mesma casa, por isso o sentimento é um pouco estranho, explica Valgueiro.

“Lá no final do mês a gente vai marcar um horário para anunciar a filiação. A gente sai, não tem como dizer que estou saindo insatisfeito, a gente tem uma história com o partido. Infelizmente com a entrada de outras pessoas que comandam o partido em Petrolina não era mais possível eu estar dentro do partido”, concluiu.

Eleições: Paulo Valgueiro confirma desfiliação ao MDB

(Foto: Ascom)

Líder da Bancada de Oposição na Câmara de Vereadores de Petrolina, Paulo Valgueiro anunciou sua desfiliação partidária do MDB. A confirmação veio na quarta-feira (11), quando o edil enviou seu pedido ao presidente da Executiva Estadual da sigla em Pernambuco, Raul Henry.

LEIA TAMBÉM

Com janela partidária aberta, líderes das bancadas em Petrolina seguirão seus líderes políticos

Valgueiro confirma saída do MDB em 2020: “Vamos buscar uma sigla partidária que tenha mais a nossa ideologia”

Valgueiro estava no MDB há mais de 25 anos, vivenciando praticamente toda sua vida política na sigla. Contudo, a chegada de membros da família Coelho ao partido motivaram a saída do vereador eleito em 2016. Ainda ontem Valgueiro entregou seu pedido de desfiliação à Juíza da 83ª Zona Eleitoral de Petrolina, Elane Brandão.

Conforme anunciado anteriormente no Blog Waldiney Passos, o vereador deve se filiar ao partido do ex-prefeito Julio Lóssio, o PSD. Lóssio e Valgueiro são aliados de longa data, o que motiva caminhar mais uma vez lado a lado em 2020.

Valgueiro cobra mais segurança no Terminal Rodoviário de Petrolina

Vereador solicitou reforço da PM e Guarda Municipal (Foto: TV Grande Rio/Reprodução)

Vereador Paulo Valgueiro (Foto: Ascom)

Incomodado com os constantes casos de violência registrados no Terminal Rodoviário de Petrolina, o vereador Paulo Valgueiro (MDB) solicitou mais segurança no local.

Através da Indicação n° 198/2020 o líder da Oposição reivindicou à Prefeitura de Petrolina, apoio da Guarda Municipal dentro e fora do local.

“Ali no entorno da rodoviária já teve vias de fato, assassinatos e tentativas com arma branca e de fogo. A gente setá pedindo mais uma vez a presença ostensiva da Guarda Municipal, que eles fiquem a pé ou nas motocicletas para fazer ronda“, justificou o vereador em entrevista ao Blog Waldiney Passos.

A mesma Indicação é direcionada à Polícia Militar de Pernambuco, para que seja aumentando o efetivo policial no Terminal, em todos os momentos do dia. A solicitação foi aprovada por 17×0.

Com janela partidária aberta, líderes das bancadas em Petrolina seguirão seus líderes políticos

Eleições de outubro já movimentam bastidores nos partidos de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

A janela partidária começou na quinta-feira (5) e os vereadores de Petrolina já se articulam para mudar de sigla e disputar as eleições de outubro. Durante a sessão de ontem na Casa Plínio Amorim o Blog Waldiney Passos conversou com os dois líderes de bancadas.

LEIA TAMBÉM

Janela partidária para quem vai disputar eleições começa nesta quinta-feira

Aero Cruz (PSB) é aliado de Miguel Coelho, hoje no MDB, partido no qual também está o líder da Oposição, Paulo Valgueiro. O cenário político atual provocará uma “dança das cadeiras”, com Valgueiro deixando claro: não ficará mais na sigla.

LEIA MAIS

Paulo Valgueiro apresenta projeto que beneficia pequenos empresários de Petrolina

Único projeto a dar entrada nas comissões na sessão de ontem (3), na Casa Plínio Amorim, o PL n° 010/2020, de autoria de Paulo Valgueiro (MDB) chamou atenção por sua proposta: estabelecer diretrizes e regulamentar as atividades as quais não exigem alvará para funcionamento.

Valgueiro se baseou na lei federal da Liberdade Econômica e quer a regulamentação a nível municipal. “Em 2019 teve a Medida Provisória que transformou-se lei, a Lei 13.874, que dispensa atividades econômicas que classifica como atividades de baixo risco, da necessidade de alvará municipal para abertura dessas atividades econômicas“, justificou.

Geração de emprego

Para o líder da Oposição na Câmara de Petrolina, é necessária a aprovação, para que o município continue crescendo. “A gente apresenta o Projeto de Lei nº 10 que busca a regulamentação da lei e trazer maior facilidade aos pequenos empresários e com isso, a geração de mais empregos e fazer com que a economia de Petrolina possa se tornar mais pujante“, destacou.

Demanda do povo

Entre as profissões beneficiadas estão, por exemplo, designers, escritórios e atividades que não exigem alvará ou autorização da vigilância sanitária. “Não houve ainda a regulamentação. Alguns profissionais nos buscaram e a gente apresenta essa regulamentação. Espero que [seja aprovado] sim, é uma lei que vem a beneficiar a atividade econômica“, concluiu.

Autor de homenagem a Domingos de Cristália, Valgueiro afirma que ex-vereador é digno de reconhecimento

Vereador defendeu sua proposta nessa sessão (Foto: Ascom)

Três projetos de Decreto Legislativo foram colocados em pauta nessa terça-feira (18), porém, nenhum deles foi votado. O motivo? Falta de quórum, após a retirada dos membros da Situação. Entre os itens agendados estava a concessão do Título de Cidadão Petrolinense ao ex-vereador Domingos de Cristália.

A honraria foi proposta por Paulo Valgueiro (MDB), líder da Oposição. Segundo o edil, não há motivo para rejeitar o projeto. “O Regimento Interno estabelece o número de Títulos que cada vereador pode apresentar. A questão do Título de Cidadão é de foro íntimo, o vereador apresenta a pessoas importantes, que contribuíram para a nossa cidade. O título apresentado ao amigo Domingos de Cristália é exatamente esse reconhecimento, vejo uma liderança e um homem de bem“, disse.

Ex-colegas de bancada, Valgueiro elogiou a atuação de Domingos, alegando que o ex-vereador tem serviço prestado mesmo antes de ser vereador de Petrolina. “É uma questão de foro íntimo, uma homenagem que a gente presta. Ele é merecedor dessa honraria, toda e qualquer que for que receba. Hoje deram entrada mais de 10. A gente entende que quando o vereador apresenta [a homenagem] é porque essa pessoa merece“, afirmou.

“A força política está aqui nesse palanque”, afirma Lucas Ramos em ato do PSB, em Petrolina

Lucas Ramos destacou força política da oposição

Aniversariante da sexta-feira (14), o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) fez um discurso firme contra o Governo Federal, destacou a atuação dos socialistas na oposição às matérias como reforma da Previdência e ironizou a chamada força política dos Coelho, cujo líder do Senado é Fernando Bezerra Coelho, pai do atual prefeito de Petrolina, Miguel Coelho.

Pleiteando a Prefeitura local, Lucas foi firme. “Quando a gente liga o rádio, escuta o noticiário e lê o jornal ouve muito falar sobre a força política. A força política está aqui nesse palanque“, afirmou citando a presença dos prefeitos de Lagoa Grande, Afrânio, Dormentes, Santa Maria da Boa Vista, Santa Filomena e outros locais.

União da Oposição

Se o sertanejo é forte, ele precisa se unir e união é o que a gente vai pregar nessa cidade. As forças politicas de oposição de Petrolina, formadas por Odacy Amorim, Dulcicleide Amorim, Cristina Costa, Gabriel Menezes, Gilmar Santos, Julio Lóssio, Paulo Valgueiro, Elismar e ainda com a nossa força política e é exatamente o que a gente vai defender: união“, disse.

Lucas já deixou clara sua intenção de concorrer à Prefeitura e é o provável candidato do PSB, tendo inclusive o apoio do deputado federal Gonzaga Patriota, seu colega de partido. Porém, a Oposição ainda não bateu o martelo se irá com uma única candidatura ou apresentará várias em Petrolina.

Aero Cruz afirma que Situação derrubou Requerimento de Valgueiro para não dar “palanque político”

Bancada de Situação derrubou mais um Requerimento do líder opositor (Foto: Blog Waldiney Passos)

Foi apenas a quarta sessão do ano e novamente o debate entre Oposição e Situação esquentou na Câmara de Petrolina. Na quinta-feira (13), o Requerimento n° 31/2020, de Paulo Valgueiro (MDB) foi derrubado por 15×5. Valgueiro, líder dos opositores reivindicava mais uma vez informações acerca dos contratos de locação dos veículos utilizados pela Prefeitura.

LEIA TAMBÉM

Após longa discussão, Situação derruba Requerimento apresentado pela líder da Oposição

Apenas a bancada de Oposição votou a favor do pedido de Valgueiro: Cristina Costa (PT), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT), Elismar Gonçalves (MDB) e o próprio Valgueiro. A Situação atendeu ao pedido do seu líder, Aero Cruz (PSB), de rejeitar a cobrança.

Nós não temos uma bancada de 16 votos para derrubar Requerimento. A não ser que ele venha com cunho político, de fazer palanque político com o Requerimento. Todo e qualquer pedido que vier aqui com cunho político nós vamos derrubar. Todas as informações estão no Portal da Transparência”, justificou Aero.

Sem fim político

Valgueiro rebateu, alegando que é dever dos vereadores serem fiscais dos Poderes. “Não tem nenhum cunho político. Até 15 de agosto a gente faz é legislar, a partir de 15 de agosto que se inicia a campanha é que a gente vai a palanque, mas não aqui“, disse em relação às colocações de Aero.

O líder da Oposição ironizou o Portal da Transparência. “O Portal da Transparência é portal da obscuridade e não apresenta as informações, a gente solicita informações referentes de todos os contratos de contratação de veículos, para suprir a necessidade das secretarias e autarquias de Petrolina“, destacou.

Após longa discussão, Situação derruba Requerimento apresentado pela líder da Oposição

Sessão de hoje teve clima tenso (Foto: Blog Waldiney Passos)

Como era de se esperar, a sessão de hoje (13) na Câmara de Vereadores de Petrolina teve uma longa e acalorada discussão em torno dos pedidos da Bancada de Oposição. O que mais gerou bate-boca foi o de número 031/2020, do líder Paulo Valgueiro (MDB). Ele solicitava informações acerca dos contratos de locação dos veículos utilizados nas secretarias e autarquias da Prefeitura.

LEIA TAMBÉM

Requerimentos da Oposição esquentam debate na Câmara de Petrolina

Valgueiro já fez esse mesmo pedido em outras ocasiões e sempre foi voto vencido, porém tornou a trazer o tema ao conhecimento dos colegas, alegando que há irregularidades nesses contratos. A acusação não soou bem para a Situação, que rebateu chamando o pedido de “politicagem”.

Foi quase uma hora discutindo a reivindicação de Valgueiro e por 15×5 o pedido novamente foi derrubado. Já o Requerimento n° 008/2020 de Cristina Costa (PT) passou. Ela solicitava informações sobre os contratos dos professores da rede municipal.

Nesse momento os edis estão iniciando a discussão dos projetos de lei colocados em pauta. A expectativa é de maior atenção ao do FUNDEB, já que os professores da rede municipal, contratados, demitidos e efetivos, se fazem presente no plenário da Casa, bem como representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP).

Requerimentos da Oposição esquentam debate na Câmara de Petrolina

(Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A sessão dessa quinta-feira (13) na Casa Plínio Amorim promete ser quente. Isso porque entre as Indicações e Requerimentos, a Bancada da Oposição apresentou uma série de pedidos de informação à Prefeitura de Petrolina.

A primeira delas é de autoria de Cristina Costa (PT), o Requerimento n° 008/2020, no qual ela pede informações sobre os contratos de professores que foram rescindidos antes do término do prazo. Segundo Costa, o pedido está “zelando pela transparência e pela lisura do processo”.

Em seguida o líder da Oposição, Paulo Valgueiro (MDB) cobra informações acerca dos contratos de locação dos veículos utilizados pela gestão municipal. Segundo o edil, o “Portal da Transparência não apresenta informações”.

Outro ponto que deve esquentar o debate é o Projeto de Lei n° 001/2020 para debater a concessão do abono salarial por parte do Poder Executivo.

Valgueiro acredita em candidatura de Lóssio e afirma que ex-prefeito “vai estar jogando para ganhar”

Valgueiro caminhará ao lado de Lóssio, antigo aliado político (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os trabalhos na Câmara de Vereadores foram retomados na última terça-feira (4), com a primeira sessão do ano. Em meio às expectativas de debates acalorados, por ser ano eleitoral, as conversas nos bastidores da Casa Plínio Amorim giram em torno das possíveis candidaturas em outubro.

LEIA TAMBÉM

Líderes afirmam que bancadas de Oposição e Situação não vão mudar postura em 2020

Líder da Oposição e aliado político de Julio Lóssio, Paulo Valgueiro (MDB) disse acreditar na candidatura do ex-prefeito, apesar de Lóssio. “Ele deixou mais ou menos claro no café da manhã, respondeu através da imprensa. Ele perguntava se o pessoal acreditava se Miguel ia disputar em 2020, se Odacy [Amorim] ia e a mesma coisa servia para ele também. Com certeza a gente vai estar no jogo, vai estar jogando para ganhar, não só para disputar”, disse.

Saída do MDB

Com a chegada de Miguel Coelho ao MDB, Valgueiro já havia dito que deixaria o partido no qual estava há anos. O próximo partido deve ser o PSD, atual casa de Lóssio. “A gente vai ter esse mês de fevereiro para aprofundar as conversas e em março a gente busca a nossa agremiação para disputa das eleições, que deverá ser a mesma em que milita o ex-prefeito Julio Lóssio”, destacou.

Petrolina: Situação começa ano legislativo derrubando Requerimento apresentado pelo líder da Oposição

Valgueiro é líder da Oposição e só recebeu apoio dos colegas na votação (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

2020 começou como 2019 foi na Câmara de Vereadores de Petrolina: a bancada de Situação derrubando pedidos da Oposição. Na primeira sessão do ano, na terça-feira (4), o vereador Paulo Valgueiro (MDB) apresentou o Requerimento n° 004/2020 e viu os adversários barrarem a reivindicação.

LEIA TAMBÉM

Líderes afirmam que bancadas de Oposição e Situação não vão mudar postura em 2020

Valgueiro, que é líder da Oposição, solicitou da Prefeitura cópia de todos os processos referentes à contratação de dos serviços de pavimentação asfáltica, na sede e interior. Após ver seu pedido rejeitado, ele criticou a falta de transparência da gestão. “A gente tem visto desde 2017 que o governo teima cada vez mais em não ter transparência”, afirmou.

LEIA MAIS

Líderes afirmam que bancadas de Oposição e Situação não vão mudar postura em 2020

Líderes falam da expectativa para 2020 na Casa Plínio Amorim (Foto: Blog Waldiney Passos)

Nem bem começou o ano e a bancada da Situação já derrubou um Requerimento da Oposição. E os embates entre a Oposição e Situação devem se intensificar em 2020, já que é ano eleitoral. O Blog Waldiney Passos conversou com os dois líderes para saber a expectativa de cada um acerca dos colegas.

Secretário de Governo e Agricultura levou mensagem do prefeito

Oposição fiscalizadora

Segundo Paulo Valgueiro (MDB), a Oposição não vai mudar sua forma de atuar. “A gente vai continuar com a mesma forma de trabalhar do três anos anteriores, apresentando propostas importantes, pedidos de informação, projetos que possam melhorar a condição de vida dos trabalhadores. Lógico que esse ano é diferenciado, porque a gente busca a renovação dos nossos mandatos e isso pode deixar os debates mais acalorados“, afirmou.

Valgueiro quer, mesmo nas proximidades das eleições, que o debate seja produtivo e não vá para o campo pessoal. “Que não parta para o pessoal. A gente espera um ano um tanto acalorado, mas que a gente possa mesclar: o trabalho legislativo, com o período eleitoral”, antecipou.

Situação não quer confusão

Assim como na Oposição, a Situação deve-se manter fiel à sua postura vista anteriormente. “A gente vai procurar de uma certa forma fazer o que nós fizemos em 2019, que é trabalhar em prol da população com as Indicações e Requerimentos e os projetos do Executivo. A gente sabe que em ano eleitoral os ânimos ficam mais acirrados”, disse.

Aero prevê a “Oposição vindo pra cima”, mas espera respeito ao debate. “A gente vai procurar o foco do trabalho, de continuar trabalhando e continuar apoiando o prefeito Miguel Coelho nos seus projetos. A gente tem certeza que fazendo isso a gente vai ter o reconhecimento da população na hora certa”, finalizou.

Líderes avaliam 2019 como ano positivo na Câmara de Petrolina

2019 termina de forma satisfatória para as lideranças (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano legislativo de 2019 chegou ao fim hoje (19) na Câmara de Petrolina em clima de paz e harmonia. Logo mais às 13h Oposição e Situação se reúnem para a confraternização de final de ano, mas o tom de tranquilidade já pôde ser sentido nas entrevistas dos dois líderes.

Paulo Valgueiro (MDB) elogiou a atuação da Oposição e disse que em 2020, último ano do mandato dos atuais vereadores, nada mudará. “É uma avaliação positiva, apesar dos embates muitas vezes acalorados, apesar de sermos minoria na Casa Plínio Amorim. A gente buscou cumprir nosso papel enquanto vereador e a Bancada de Oposição tem feito esse papel. Apesar das perdas que tivemos em 2019, consideramos o ano positivo”, afirmou ao Blog.

Na visão do edil, a Oposição faz de fato um trabalho de legislador. “A gente considera que assim como em 2017 e 2018 a gente conseguiu cumprir esse papel [de ser legislador]. Essa União da Oposição começou em 2017 e permaneceu até agora. Embora temos partidos diferentes, o objetivo maior nosso é fazer de Petrolina uma cidade cada vez melhor“, concluiu.

LEIA MAIS
123