Valgueiro cobra informações sobre Conselho Municipal de Saúde de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Paulo Valgueiro (MDB) solicitou informações sobre o Conselho Municipal de Saúde de Petrolina na sessão dessa terça-feira (22). O Requerimento n° 333/2019 foi aprovado por 18 votos a zero e o líder da Oposição celebrou a vitória no Plenário. “Milagrosamente foi aprovado”, alfinetou.

“O Conselho, assim como a Câmara tem o papel de fiscalizar e a gente tem recebido inúmeras reclamações, tivemos semana passada uma denúncia feita pelo Gabriel Menezes e o Conselho tem recebido também, principalmente de pessoas madrugando nas filas e de pessoas fura fila”, justificou o edil à imprensa.

No pedido, Valgueiro solicita a relação nominal dos conselheiros da Saúde e de qual entidade eles pertencem, relatório das ações, programação anual e calendário das datas e reuniões. O vereador disse ainda que ouviu do colega Gilberto Melo que essas informações já estavam prontas e seriam entregues a ele.

Comissão de Direitos Humanos propõe audiência pública para discutir situação de moradores de rua em Petrolina

Vereadores encabeçam Comissão de Direitos Humanos de Petrolina (Foto: Divulgação)

Começou a pouco a sessão ordinária dessa quinta-feira (17) na Casa Plínio Amorim, em Petrolina. Na ordem do dia não há projetos de lei, já que às 10h30 será realizada uma sessão solene. Nesse momento os edis debatem suas demandas através de Indicações e Requerimentos.

O principal item da pauta é o Requerimento n° 328/2019, apresentado por Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB). A dupla solicita a realização de uma audiência pública para discutir a realidade da população em situação de rua na cidade.

Entre os convidados para a audiência estão membros do Poder Executivo, como secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania e forças de segurança, como 5º BPM e 2º BIEsp.

Para a audiência acontecer, é preciso aprovação do Requerimento e resta saber como a Situação votará acerca do pedido. Às 10h30 acontece a entrega do Título de Cidadão Petrolinense ao cantor Joypson Tavares.

Paulo Valgueiro solicita mutirão de exames da mama no Outubro Rosa

Vereador quer mutirão de exames gratuitos à população (Foto: ASCOM)

Entre as Indicações apresentadas na sessão da última terça-feira (8), o vereador Paulo Valgueiro (MDB) reivindicou à Prefeitura de Petrolina uma ação especial no Outubro Rosa, mês destinado à conscientização sobre o câncer de mama.

O líder da Oposição quer um mutirão de exames nesse mês, para que as mulheres petrolinenses possam checar sua saúde. “No mês de outubro dedicado à prevenção do câncer de mama, solicitamos ao chefe do Poder Executivo para que ele possa promover um mutirão da saúde da mulher dentro da programação do Outubro Rosa e que sejam ofertados exames gratuitos de mamografia por livre demanda, sem a necessidade de marcação prévia”, afirmou.

Para o edil, o município deve adotar medidas efetivas na campanha. “A gente já viu os prédios da Prefeitura e alguns locais como o Monumento da Integração iluminados de rosa, mas a gente precisa que seja feita uma ação concreta através da prevenção e da orientação e da disponibilização dos exames de mamografia“, finalizou.

Petrolina: Bancada de Situação estuda derrubar todos Requerimentos da Oposição se “politicagem” continuar

Situação derrubará pedidos da Oposição, na Câmara de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Se a Oposição não mudar sua forma de fazer a política, de debater o bom debate, se isso não mudar nós vamos todo e qualquer Requerimento da Oposição, seja qual for”. O recado à Bancada de Oposição de Petrolina foi dado na sessão dessa quinta-feira (26) pelo líder da Situação, Aero Cruz (PSB).

Aero está insatisfeito com a postura da Oposição de, segundo ele, fazer politicagem com pedidos. Hoje ele pediu que os governistas mais uma vez derrubassem um Requerimento dos adversários sobre informações a investigação da Operação Lava-Jato que poderia envolver a Prefeitura.

LEIA TAMBÉM:

Sem muita discussão, Situação volta a derrubar Requerimento da Oposição

“É a continuação do palanque político que a Oposição quer montar aqui na Câmara. Isso é inconstitucional, são poderes diferentes. Como é que o vereador quer convocar o prefeito aqui. Mais uma vez como líder do governo, coloquei para a Bancada que nós não vamos entrar nessa discussão”, afirmou Aero.

Para o vereador, a Oposição quer antecipar a disputa de 2020.  “É isso que eles estão tentando fazer. Vamos ter uma reunião da Bancada e vou passar para a Bancada: se a Oposição não mudar sua forma de fazer a política, de debater o bom debate, se isso não mudar nós vamos todo e qualquer Requerimento da Oposição, seja qual for”, pontuou.

LEIA MAIS

Sem muita discussão, Situação volta a derrubar Requerimento da Oposição

Requerimento foi novamente derrubado (Foto: Blog Waldiney Passos)

16 votos contra e quatro a favor. Esse foi o resultado da votação do Requerimento n° 300/2019 apresentado pelos vereadores Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB) que novamente pedia informações à Prefeitura de Petrolina sobre a suposta utilização da Prefeitura de Petrolina em um esquema de corrupção investigado na Operação Lava-Jato.

De cara o líder da Situação, Aero Cruz (PSB) pediu destaque e solicitou apoio da bancada para derrubar o pedido. O Requerimento foi votado em separado, mas sem muita discussão como na terça-feira. Contudo, a Oposição ainda teve o que celebrar.

O Requerimento n° 299/2019 de Cristina Costa (PT) foi aprovado. A vereadora pedia informações sobre a quantidade de vagas ociosas de Agentes Comunitários de Saúde e as áreas descobertas. Costa já havia feito essa cobrança em 24 de abril e ainda não teve respostas.

Petrolina: Oposição apresentará novo Requerimento que deve gerar polêmica na sessão dessa quinta-feira

Sessão deve ser marcada por polêmicas (Foto: Blog Waldiney Passos)

A quinta-feira (26) na Casa Plínio Amorim promete ser novamente de clima quente. Assim como na terça-feira (24), os vereadores da Oposição vão apresentar um Requerimento pedindo informações à Prefeitura de Petrolina acerca da investigação da Operação Lava-Jato contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

O Requerimento n° 300/2019 tem como autores Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB) e “esclarecimentos acerca das graves denúncias amplamente divulgadas” onde cita-se uma “possível contratação dessas empresas pela Prefeitura de Petrolina na gestão do atual Prefeito para pagamento de empréstimos ilegais”.

Esse mesmo pedido, mas com nome do vereador Elismar Gonçalves (MDB) foi derrubado por 16×4 na sessão da última terça, depois de um longo e acalorado debate. Na pauta também constam três projetos de Lei do Legislativo para votação. Eles propõem a entrega de Medalhas e Título de Cidadão Petrolinense.

Após ter irmã citada por líder da Situação, Valgueiro afirma: “A vida pessoal dos meus familiares não tem nada a ver com minha atuação aqui na Câmara”

Clima quente pendeu para lado pessoal na sessão de ontem (24)  (Foto: Blog Waldiney Passos)

A terça-feira (24) na Casa Plínio Amorim foi quente, com o líder da Situação partindo para o lado pessoal contra o da Oposição. Aero Cruz (PSB) desqualificou os Requerimentos dos adversários e criticou Paulo Valgueiro (MDB) que comanda os opositores de fazer politicagem e até tentar fraudar um dos pedidos.

Aero reconheceu a importância da investigação da Lava-Jato, mas ironizou o pedido do colega. “Esse processo da Lava-Jato deve ser feito, nosso grupo também está sendo investigado e foi alvo de algumas ações em Petrolina e Recife. Estamos esclarecendo, a Justiça e a verdade sempre prevalece. O vereador que é autor do Requerimento sabe quantos processos o ex-prefeito Julio Lóssio tem, quem bem sabe é ele que é advogado. Ele e a irmã dele“, disse à imprensa.

LEIA TAMBÉM:

Aero acusa Oposição de fraudar Requerimento; Valgueiro rebate colega: “Consciência tranquila”

O líder governista foi além e citou irregularidades do governo Lóssio para enfraquecer a reivindicação apresentada por Valgueiro. “Nós estamos vendo a investigação que passa de R$ 20 milhões da Nova Semente. É o Ministério Público Federal que tá investigando. Por que ele não falou da fraude do IGEPREV, da fraude do São João, por que ele não falou da fraude de quando ele era presidente da EPTTC? Nosso grupo foi alvo de busca e apreensão. Quando eu coloco que o vereador Paulo Valgueiro é porque fui processado na época da eleição, provei a verdade e não fui condenando e as as minhas ações foram feitas pela irmã [que é advogada] do vereador. Digo com conhecimento de causa”, destacou.

LEIA MAIS

Aero acusa Oposição de fraudar Requerimento; Valgueiro rebate colega: “Consciência tranquila”

Situação derrubou pedido alegando fraude, Oposição afirma não ter descumprido lei (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão dessa terça-feira (24) foi marcada por uma longa discussão na Câmara de Vereadores de Petrolina e rendeu até acusação de fraude. O motivo? O Requerimento n° 297/2019, apresentada por Paulo Valgueiro, Gabriel Menezes e Elismar Gonçalves, que segundo Aero Cruz, líder da Situação, é fraudulenta.

LEIA TAMBÉM:

Após longo debate, Câmara derruba Requerimentos da Oposição

De acordo com Aero, a ausência de Elismar Gonçalves hoje demonstrou que a Oposição fraudou um pedido ao colocar o vereador como um dos autores. “Ele [Valgueiro] usou de má fé e colocou o nome de um vereador que nem assinou o documento. Pergunte ao vereador Paulo Valgueiro se o vereador Elismar assinou. São cinco da Oposição e só dois assinaram, o vereador do PT [Gilmar Santos] veio assinar agora. Essa é a forma que eles sempre fizeram, nós não vamos aceitar“, afirmou.

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina analisam seis projetos na sessão dessa terça-feira

Todas as matérias são do Legislativo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Seis projetos estão na pauta da sessão dessa terça-feira (24) na Câmara de Vereadores de Petrolina. Todos são do Legislativo e tratam de Título de Cidadão Petrolinense, Medalha de Honra ao Mérito e denominação de espaços públicos.

Sem projetos de grande relevância, o debate deverá ser voltado ao Requerimento nº 297/2019, apresentado pelos vereadores Elismar Gonçalves, Gabriel Menezes e Paulo Valgueiro – da Bancada de Oposição. Eles solicitam informações referentes às citadas na Decisão-AC-4430-STF que trata das investigações da Operação Lava Jato, no qual é citada a possível contratação dessas empresas pela Prefeitura de Petrolina para pagamento de empréstimos ilegais  tomados pelo Senador Fernando Bezerra Coelho.

Além desse pedido estão na pauta 21 Indicações e outros dois Requerimentos. A sessão de hoje começa daqui a pouco, às 9h e é aberta ao público.

Vereadores solicitam patrolamento em estradas da zona rural de Petrolina

Edis voltaram suas atenções para zona rural (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em meio a acalorada discussão que se alastra por essa quinta-feira (19), os vereadores de Petrolina aprovaram Indicações reivindicando melhorias na zona rural da cidade. Rodrigo Araújo (PSC) pediu à secretaria competente o patrolamento da estrada que liga o Sítio Xique-Xique ao Sítio Consolação, no Distrito de Rajada.

Zenildo do Alto do Cocar (PSB) foi outro a solicitar patrolamento no interior, mas para o trecho que liga a BR-407 ao acesso do Sítio Caldeirão, próximo ao município de Dormentes (PE). Elias Jardim (PHS) voltou seu pedido à iluminação pública no Sítio Curral Queimado, para a troca de lâmpadas em diversos postes.

Líder da Oposição, Paulo Valgueiro (MDB) reivindicou à Prefeitura que invista na iluminação de LED em Rajada, trocando as lâmpadas existentes por essas mais novas. Todos os pedidos foram aprovados por 15×0 e seguem para análise do prefeito Miguel Coelho.

Aumento no ISS é a bola da vez na Câmara e bancadas já se dividem

Líderes comentam projeto da LDO, que deve ser votado nos próximos dias (Foto: Blog Waldiney Passos)

O projeto de Lei que aumenta o Imposto Sobre Serviço (ISS) de Petrolina deve entrar na pauta da próxima sessão, no dia 17 de setembro. Mesmo antes de chegar ao Plenário, a matéria proposta pelo Poder Executivo já divide as bancadas de Oposição e Situação.

LEIA TAMBÉM:

Paulo Valgueiro critica projeto que aumenta ISS em Petrolina; Aero afirma que vereador transmite mensagem “inverídica” sobre PL

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, Paulo Valgueiro afirma ser incoerente o município aumentar impostos, mas aos auditores fiscais, propor um reajuste. “Inclusive esse projeto está voltado ao incremento de receitas que poderia vir sem o aumento dos impostos. Que a fiscalização possa ir atrás de outras receitas, sem aumento do que já existe hoje. Fica uma incoerência: você oferece um aumento num projeto hoje, mas na próxima semana tem uma aumentando imposto”, disse.

Servidor público, o edil reconhece a importância do funcionário. Contudo, o trabalhador comum não pode pagar mais para benefício de outras classes. “Você ajustar salários de uma categoria é sempre bem-vindo, todo e qualquer servidor luta por aumentos. Mas fica uma incoerência você oferecer um aumento hoje e já pedir aumento de tributos e sacrificar ainda mais o povo de Petrolina”, destacou.

LEIA MAIS

Câmara analisa Título de Cidadã Petrolinense a medalhista no Parapan 2019

Petrolina teve uma representante no Jogo Para-panamericano 2019. Fernanda Yara foi medalhista de bronze na prova dos 200 metros e agora será homenageada pela Câmara de Vereadores. Na pauta de hoje (12) o vereador Paulo Valgueiro (MDB) apresentou o projeto de Decreto Legislativo n° 049/2019.

Na matéria Valgueiro concede Título de Cidadã Petrolinense a Fernanda, que nasceu no Pará e veio morar em terras petrolinenses ainda criança. O projeto de Decreto é um dos nove PLs em discussão. A votação será iniciada daqui a pouco no Plenário da Casa.

Paulo Valgueiro critica projeto que aumenta ISS em Petrolina; Aero afirma que vereador transmite mensagem “inverídica” sobre PL

(Foto: Jonas Santos)

Depois de aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a Câmara de Vereadores de Petrolina deve analisar na sessão desta quinta-feira (12) o aumento no Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS). Mesmo antes de a matéria entrar em discussão, os líderes Aero Cruz (PSB) e Paulo Valgueiro (MDB) já travam um batalha nos bastidores.

“Reorganização”

Para a Oposição, o aumento é um “presente de grego” no mês do aniversário de Petrolina. Segundo Valgueiro, a justificativa dada pelo Poder Executivo é a “reorganização da máquina”. “Se você quer reajustar a máquina você faz economia, demite comissionados, limita gastos. Mas não, ela vai e aumenta impostos. Tem categorias que vão ter uma mordida maior em torno de 70%: táxi e mototáxis, que já estão cambaleando”, afirmou.

O vereador afirmou ainda que o bolso também pesará na saúde, já que as clínicas médicas também estão listadas no aumento do ISS. “O município já não cumpre a sua parte em relação à saúde, nós precisamos correr atrás do médico particular e ele vem e aumenta o ISS desse médico, para que amanhã o médico vai cobrar de quem? De nós que vamos procurá-los“, destacou.

“Não leu o projeto”

Já o líder da Situação, Aero Cruz rebateu as colocações de Valgueiro. O edil garante que “0 mototaxista não é afetado, essa colocação que o vereador fez é inverídica”, pontuou. Representante do governo na Câmara, o vereador assegura que o reajuste afeta apenas os contadores e médicos.

“Acredito que o vereador não leu o conteúdo total do projeto. Em momento algum o projeto direcionada ao mototaxista, ele é microempreendedor individual. Nós temos 13 mil empresas registradas e apenas 20 serão alterado o valor: a classe médica e contadores porque essas duas classe avançaram no seu faturamento“, disse Aero.

Alvorlande provoca “existe vereador que surrupiou a EPTTC”, Valgueiro rebate “não tenho medo de macho nenhum”

O vereador Alvorlande Cruz, que assumiu recentemente o mandato na Câmara Municipal de Petrolina, disse ontem durante a sessão plenária que na mesma medida que a oposição bater vai levar  da situação “se bater nas pernas vai receber nas pernas, na cintura e na cabeça isso é só um recado”, afirmou.

Neste sentido, o edil, sem citar nomes, denunciou existir vereador na Casa Plínio Amorim que surrupiou a EPTTC  (hoje Ampla). “Eu não discuto pessoas, eu discute ideias, mas toda ação tem uma reação. Corre à boca miúda,  que eu não acredito, que aqui tem um vereador que surrupiou EPTTC, eu não acredito, eu não quero crer…. Se tem alguém que serve aqui de marica de recado, que só serve para trazer recado e assinar carta, assinar nota, não fez um projeto, faz um mandato medíocre, da forma que está aí vai beber água”, alfinetou.

Em resposta o vereador Paulo Valgueiro disse que a EPTTC colocou na Câmara dois vereadores com votação significativa, mas que responde por si só. “Não tenho nenhum medo de colocar a abertura da minha gestão à frente da EPTTC e  desafio o vereador, vamos nós dois no Ministério Público, a gente abre o nosso sigilo fiscal, telefônico e o que e tiver de sigilo. Eu e ele para ver quem é que tem alguma coisa a esconder. Não tenho medo desse tipo de ameaça pequena, não vai me amedrontar jamais, Deus não me deu tamanho, mas me deu coragem, fez com que eu nascesse lá em Floresta do Navio, não nasci na rua de baixo não, nasci em Floresta do Navio e nunca queimei minha língua com papa quente. Não tenho medo de macho nenhum, não me amedronto com ameaça de quem quer que seja”, disse.

Após ser chamado de vereador que surrupiou mandato, Alvorlande dá recado: “Toda ação requer uma reação”

Alvorlande foi curto e grosso, Valgueiro não se calou

Alvorlande Cruz (PSL) e Paulo Valgueiro (MDB) se estranharam na sessão da última terça-feira (3) durante a votação do Requerimento sobre a demissão de professores contratados na rede municipal. Tudo começou com uma fala do líder da Oposição.

Valgueiro afirmou que “temos nessa Casa 23 vereadores, temos até alguns que surrupiaram o mandato de quem foi eleito”, em referência à chegada de Alvorlande após a cassação de Domingos de Cristália (PSL). O colega não deixou barato e respondeu o emedebista em tom de ameaça.

“Toda ação requer uma reação. Eu vim para essa Casa porque a Justiça decidiu que teve corrupção eleitoral, como suplente eu vim. [Valgueiro] faz um mandato medíocre, o jogo daqui vai ser o seguinte: se bater nas pernas, é nas pernas, na cintura e na cabeça”, afirmou Alvorlande.

Alvorlande também disse que iria investigar a EPTTC (atual AMMPLA), fazendo referência à época na qual Valgueiro foi o diretor-presidente no governo de Julio Lóssio. O líder da Oposição não se calou e rebateu. “Não tenho nenhum medo de colocar a abertura da minha gestão a frente da EPPTC e desafio o vereador, vamos nós dois ali no Ministério Público, a gente abre nosso sigilo fiscal para ver quem tem o que esconder”, disse.

123