Caminhada da Paz reúne milhares de estudantes nas ruas de Juazeiro

Caminhada da paz em Juazeiro.

Mais de 2 mil estudantes de 20 escolas da rede municipal de ensino, professores, gestores, entre outros participaram da 12ª edição da Caminhada da Paz, que saiu do Águas Center, na Avenida Adolfo Viana até a Orla 2, em Juazeiro (BA).

Acompanhados por um mini trio elétrico, animados pelo Ministério de Música com representantes de várias paróquias do município, os participantes se vestiram de branco, cantaram louvores e levaram para as ruas do comércio muitas mensagens exaltando a paz.

LEIA MAIS

Projeto Valores Humanos e Cultura de Paz é apresentado em Juazeiro

O Projeto Valores Humanos e Cultura de Paz será lançado para a população no dia 22 de agosto, no auditório da SEDUC, no Centro da cidade.

Nesta sexta-feira (16), em coletiva com a imprensa de Juazeiro e Petrolina, o Bispo da Diocese de Juazeiro, Carlos Alberto Breis Pereira – Dom Beto, e a secretária de Educação e Juventude Lucinete Alves apresentaram o Projeto Valores Humanos e Cultura de Paz – uma parceria entre a Diocese, SEDUC e outras Instituições.

De acordo com o Bispo o objetivo do projeto é promover a cultura de paz em todos os segmentos sociais do município, conscientizando-os da necessidade de respeito entre todos, bem como da aplicação dos direitos e deveres de cada um, favorecendo a formação de seres humanos mais conscientes, participativos e responsáveis no convívio social.

“A ideia não é somente fazer a Caminhada da Paz, que já acontece há mais de 10 anos, mas um projeto que envolvesse todas as escolas do município, instituições religiosas, grupos e a comunidade em geral para promoverem a cultura de paz na nossa cidade, que passa pela tolerância, respeito e o cuidado pelo outro”, explicou Dom Beto.

LEIA MAIS

Escolas municipais e comunidades realizam 3ª Caminhada pela Paz em Juazeiro

O Centro de Referência da Assistência Social – CRAS do bairro João Paulo II também participou da Caminhada da Paz.

Escolas da Rede Municipal de Ensino de Juazeiro realizaram no último sábado (22), a 3ª Caminhada pela Paz, com o tema ‘Escola e Comunidade Unidas Pela Paz’. Com a participação de mais de mil pessoas, entre alunos, pais, professores e comunitários, as escolas Anália Barbosa, Amélia Duarte, Santo Guilhermino, Haydde Fonseca, Mazzarelo Rocha e Nélia Costa, fizeram um percurso do bairro Antônio Guilhermino até o João Paulo II, em Juazeiro.

Com o objetivo de desenvolver uma cultura de paz através da solidariedade e respeito em combate à violência, anualmente as escolas situadas nos bairros Antônio Guilhermino e João Paulo II realizam uma parceria com as Associações dos moradores das comunidades e juntos, participam da caminhada.

De acordo com a gestora Neila Ramos, da Escola Anália Barbosa, o evento além de contribuir para a formação dos alunos, enriquece a união com a comunidade. “A caminhada da Paz é importante para as escolas, propicia elementos de ação e reflexão junto às comunidades envolvidas para o desenvolvimento de uma cultura de paz, a qual se efetiva na superação da violência, a partir da vivência do diálogo e convivência harmônica baseada na solidariedade e respeito”, disse.

Caminhada pela Paz deve reunir centenas de pessoas em Juazeiro neste sábado

(Foto: ASCOM)

Centenas de estudantes irão as ruas de Juazeiro neste sábado (25) participar de mais um edição da Caminhada pela Paz. Organizada pela Escola Recanto do Pequeno Príncipe, o evento que se tornou tradição na cidade, irá contar com a participação de diversas escolas e pessoas da comunidade em busca de paz para um mundo melhor.

A saída está prevista para às 8h da manhã em frente ao prédio do INSS. Os participantes caminharão pela Avenida Adolfo Viana, Rua da 28 e Rua da Apollo, com encerramento na praça da Catedral pedindo a benção de Nossa Senhora das Grotas, padroeira de Juazeiro.

Em homenagem ao jubileu de ouro da Escola Recanto do Pequeno Príncipe, a Caminhada deste ano tem como tema “50 Anos de Educação – No Caminho da Paz e Valorizando os Direitos Humanos”. “É um momento para chamar as pessoas a refletirem sobre a questão da paz no mundo, em especial na nossa cidade de Juazeiro”, afirma Oscarlina Tanuri, gestora da Escola Recanto e idealizadora da Caminhada Pela Paz.

Adepta da metodologia e filosofia Montessoriana, Oscalina lembra que a Médica e Educadora Maria Montessori é bem clara quando diz que só se consegue a paz através da educação. “Então precisamos abraçar essa causa, porque em um mundo sem amor, sem solidariedade e sem respeito, não pode haver paz. Por isso, toda a comunidade juazeirense está convidada participar da nossa Caminhada pela Paz”, convida Oscarlina.

Alunos fazem caminhada em prol da paz no Antônio Cassimiro

Na manhã dessa quarta-feira (7), vários estudantes das escolas públicas de Petrolina (PE) realizaram uma caminhada em prol da paz. No bairro Antônio Cassimiro, os alunos fizeram um grande movimento com cartazes, placas e uma banda que conduzia os estudantes pelas ruas do bairro, no entorno da escola.

Os professores, a coordenação e a diretoria da escola estadual Antônio Cassimiro foram responsáveis pela organização da caminhada. Os estudantes ficaram responsáveis pela confecção dos cartazes que destacavam os números da violência na cidade e que pediam paz.

Nos cartazes era possível identificar trecho de músicas com os dizeres “paz e amor é o que eu quero pra nós”, assim como os números da violência na cidade. “Mais de 131 mortes em Petrolina em 2018”, dizia uma faixa carregada por um aluno.

Papa Francisco pede paz para Jerusalém e libertação de reféns, em mensagem de Natal

(Foto: Internet)

A mensagem do papa Francisco, na noite deste domingo (24), foi voltada a um pedido de paz, especialmente para os povos que sofrem com conflitos. O pontífice também pediu que sejam libertados os religiosos e fiéis sequestrados.

O Santo Padre também pediu aos fiéis que, nestas horas que precedem o Natal, se recolham em silêncio e em oração pelo Nascimento para “adorar no coração do mistério o verdadeiro Natal, o de Jesus que se aproxima de nós com amor, humildade e ternura”. “Lembrai-vos também de rezar por mim”, pediu Francisco.

No Twitter, a mensagem de Francisco também faz um agradecimento: “Contemplando o Menino Jesus, amor humilde e infinito, digamos a Ele simplesmente: Obrigado, porque você fez tudo isso por mim!”.

Líderes comunitários organizam caminhada pela paz em Petrolina

(Foto: Ilustração)

O índice de violência registrado em Pernambuco, motivou um grupo de líderes comunitários a promover uma caminhada pela paz, na próxima sexta-feira (22) em Petrolina.

O ponto de encontro será na Praça do Bambuzinho, no Centro de Petrolina, às 15h. Segundo um dos organizadores, Oséias Eustáquio o grande número de homicídios no Estado e em Petrolina, chamou atenção do grupo.

“Vê Pernambuco tão violento e as pessoas sem humanidade é muito triste. Vamos reunir diversos líderes comunitários e convidar a população a participar da caminhada”, explicou.

A caminhada segue até o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em homenagem a Beatriz Angélica, vítima de um crime brutal sem punições.

11ª Caminha da Paz acontece neste sábado em Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Com o tema “Vou fazer correr a paz como um rio”, a Diocese de Juazeiro realiza neste sábado (25) a 11ª edição da Caminhada da Paz, às 17h, saindo do Parque Lagoa de Calú, até a Orla de Juazeiro, encerrando com a missa presidida pelo bispo Dom Beto.

A caminhada será animada pelo cantor Zé Vicente, conhecido da música popular católica, através das canções “olha a glória de Deus Brilhando”, “é bonita demais”, “o Deus que me criou”, entre outras.

Estão sendo convocadas diversas caravanas das paróquias e comunidades da Diocese de Juazeiro, já que o momento será um ato simbólico em defesa da paz e do rio São Francisco.

Papa chora pelos mortos no Iraque e reza em silêncio pela paz

(Foto: Ilustração)

(Foto: Ilustração)

Neste domingo (23), o papa Francisco falou sobre os combates e assassinatos nos arredores de Mossul, e pediu aos fiéis para que rezem por “um futuro de segurança, de reconciliação e paz” no Iraque.

“Nessas horas dramáticas me sinto perto de todo o povo do Iraque, em especial dos da cidade de Mossul”, declarou o pontífice argentino diante de dezenas de milhares de fiéis durante a oração do Angelus. Nossas almas estão assustadas com os odiosos atos de violência cometidos há muito tempo contra os cidadãos inocentes, muçulmanos, cristão e membros de outras religiões e etnias”, acrescentou.

LEIA MAIS

Amigos de Tayane e Bruna se reúnem e pedem paz em Petrolina

(Foto: blog Waldiney Passos)

“Queremos dias de paz”. (Foto: blog Waldiney Passos)

Neste domingo (11), amigos das jovens Tayane e Bruna estiveram reunidos em frente à Catedral, em Petrolina (PE), com pedidos de paz e fim da violência na cidade. Eles solicitam que o debate sobre a violência seja constante e não apenas quando acontecerem fatos pontuais como da menina Beatriz, dos quatro jovens assassinados ou das próprias jovens Tayne e Bruna.

“Nos reunimos com o pedido de paz, de basta em toda essa violência, tanto contra as mulheres, como em relação aos diversos tipos de violência que tem ocorrido em nossa cidade nos últimos tempos. O pedido também vai para as autoridades responsáveis, para que deem andamento em todos esses crimes dos quais não obtivemos retorno, como o caso Beatriz, bem como, que estejam atentas para diminuir esses acontecimentos tristes em nossa cidade. Não podemos ficar reféns da violência. Isso não pode ser admitido sob hipótese alguma. Esses casos não podem ser estatística, tem que ser motor de transformação. Queremos dias de paz, e que a segurança pública em Petrolina seja prioridade, não necessitando de outras situações semelhantes para que tenhamos a matéria em debate”.

Papa pede às forças de segurança que promovam a reconciliação e a paz

papa francisco

O papa afirmou que as forças de segurança não têm só por missão ajudar a solucionar conflitos

O papa Francisco apelou às forças militares e de segurança para que ajudem a construir uma sociedade baseada “na verdade e na justiça” e as encorajou a “ser elementos de reconciliação e semeadores de paz”.

“As forças da ordem, militares e polícias, têm por missão garantir um ambiente seguro para que cada cidadão possa viver em um ambiente de paz e segurança”, disse o pontífice na audiência jubilar, no Vaticano, dedicada às forças da ordem.

Por essa razão, acrescentou, as forças de segurança não têm só por missão ajudar a solucionar conflitos, mas também contribuir para a “construção da uma ordem baseada na verdade, na justiça, no amor e na liberdade”.

Participaram da audiência centenas de representantes das Forças Armadas e de segurança de vários países, como a Argentina, Bolívia, Colômbia, o Equador, a Espanha, Guatemala, o Peru, México e a República Dominicana.

Manifesto vai pedir paz nas Ruas de Juazeiro no domingo

Manifesto pela paz

Preocupados com o número alarmante de assassinatos em Juazeiro (BA) no ano passado, 128 homicídios foram registrados, um grupo de pessoas se mobilizam pelas redes sociais e querem instituir na cidade a volta da política de paz entre os seres. É o manifesto “Juazeiro Clama Por Paz”, evento que acontece neste domingo (3) nas ruas da cidade baiana.

De acordo com um dos membros do manifesto, nem todos os crimes estão relacionados ao tráfico de drogas, destaque para a morte do dia 03 de dezembro de 2015, quando o jovem Marcos Gabriel, foi alvejado por arma de fogo em praça pública e faleceu dias depois no Hospital Universitário em Petrolina (PE). Marcos foi morto por causa de um discussão evolvendo disputa de bandas de fanfarras.

O Juazeiro Clama Por Paz acontecerá no domingo,3, na Praça da Catedral localizada no Centro da cidade, a partir das 18 horas.