Depois de eliminar Atlético Mineiro, Afogados encara Ponte Preta na Copa do Brasil

O Afogados da Ingazeira é a sensação do futebol pernambucano nesse primeiro semestre. Único representante pernambucano na Copa do Brasil, que inicia sua 3ª Fase hoje (11), a Coruja do Sertão volta a campo na noite desta quinta-feira (12), para enfrentar a Ponte Preta, em São Paulo.

O jogo está marcado para às 19h15, no Estádio Moisés Lucarelli, casa da Ponte. Nessa fase haverá jogos de ida e volta. Dessa forma, a Coruja defenderá a classificação em casa, diante de sua torcida.

Apesar de estar embalado na competição nacional, Pedro Manta vê a Ponte como favorita. “Eles são favoritos porque têm melhor estrutura, pelo tamanho. Somos novamente livres atiradores. Temos uma folha bastante inferior e estamos no início da construção de nossa estrutura enquanto clube”, disse o treinador.

A volta está marcada para quinta-feira (19), no Estádio Vianão, onde o Afogados eliminou o Atlético-Mineiro nos pênaltis. Além da Copa do Brasil, a Coruja do Sertão briga por uma vaga na semifinal do Pernambucano 2020.

Comandado por ex-treinador do Petrolina, Afogados faz história ao avançar na Copa do Brasil

Jogadores celebraram vitória de ontem (Foto: Reprodução/Instagram)

O Afogados da Ingazeira foi a melhor equipe do interior no Campeonato Pernambucano de 2019, com isso conquistou vagas na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série D em 2020. E na noite de quinta-feira (13) a Coruja fez história ao vencer o Atlético Acreano por 3×0 e passar de fase na Copa do Brasil.

Os gols foram de Diego Ceará (2x) e Douglas Bomba, ex-Petrolina. Agora a Coruja aguarda o Atlético Mineiro na 2ª Fase. Para se ter tamanho da dimensão do feito, o clube tem apenas seis anos de fundação e está em sua primeira participação na competição. Clubes grandes como Sport caíram nessa primeira etapa, enquanto o interior segue com representante na corrida pelo título.

Para o torcedor de Petrolina, o feito do Afogados não surpreende tanto. Isso porque no comando da Coruja está Pedro Manta, o Rei do Acesso. Manta comandou a Fera Sertaneja na volta à elite do futebol pernambucano, em 2018 e traz no currículo sete subidas para a 1ª Divisão Estadual, a mais recente com o Retrô no ano passado.

No próximo compromisso da Copa do Brasil, o time do Sertão do Pajeú recebe os mineiros, no Estádio Vianão. Em caso de empate, o duelo será definido nos pênaltis.

Futebol: em busca de recuperação, Petrolina enfrenta Afogados fora de casa

Fera segue em má fase

Única equipe a não vencer e nem marcar gols no Campeonato Pernambucano 2020, o Petrolina busca reverter essa situação nessa quinta-feira (6). Às 20h a Fera Sertaneja enfrenta o Afogados da Ingazeira, no Estádio Vianão, em partida válida pela 4ª rodada do estadual. O jogo marca o reencontro de Pedro Manta com a Fera.

Manta comandou o Petrolina na campanha do acesso à elite, em 2018. Ano passado levou a Coruja ao patamar de força do interior, conquistando vagas na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Para essa partida o elenco da Fera já não conta com quatro jogadores: Marquinhos, James Dean, Naldinho e Daniel os quais não fazem mais parte do plantel.

As saídas foram oficializadas na tarde de quarta-feira (5). O presidente da Fera Sertaneja, Jefferson Oliveira não vê como ponto negativa as baixas. Chegaram Hudson, Bruninho e Claiton. “Saíram quatro jogadores que receberam propostas melhores, com isso vem a motivação do grupo. Se saiu dois, três, é uma motivação para eles [jogarem bem]”, contou.

Atitude de ex-treinador do Petrolina repercute na internet

Ato de Manta foi elogiado por clientes (Foto: Instagram/Reprodução)

O Afogados da Ingazeira derrotou o Santa Cruz e chegou a semifinal do Campeonato Pernambucano. A equipe é comandada por Pedro Manta, treinador campeão com o Petrolina na campanha do acesso à elite em 2018 que viralizou nas redes sociais por uma atitude humana.

Manta e a delegação da Coruja do Sertão foram comemorar a classificação em uma pizzaria no bairro do Arruda, quando um garoto entrou no estabelecimento para pedir comida. Prestes a ser expulso do local pelos proprietários, o ex-comandante da Fera Sertaneja convidou o menino para se juntar ao grupo.

Clientes registraram a atitude e elogiaram Manta, que rapidamente ganhou notoriedade não apenas pelo seu trabalho esportivo. “Eu simplesmente amei a atitude (de Pedro Manta, que pensou ser um diretor do Afogados), porque, no mundo em que vivemos, são poucos que têm uma atitude assim. Saí daquele restaurante muito agradecida pelo que presenciei. E digo com todas as letras: me tornei fã de todos, mas de todos mesmo daquela equipe”, escreveu Carla Manuella em sua conta no Instagram.

“Fizemos o pedido e estávamos esperando. O menino chegou pedindo uns trocados. Estava tão humilde, tão sincero que me cativou. Disse a ele que trocado eu não ia dar, mas quis saber se ele tinha fome e, como disse que sim, convidei ele para jantar. Coloquei ele na cabeceira da mesa. Conversamos e o menino caiu na graça dos jogadores. Quisemos apenas dividir com ele um pouco da felicidade que estávamos sentindo”, afirmou o técnico do Afogados. (Com informações do JC Online).

Afogados vence Santa Cruz e interior terá duas equipes nas semifinais da Série A1 

O interior de Pernambuco tem dois representantes na semifinal do Campeonato Pernambucano da Série A1 2019. O Salgueiro, primeiro a se classificar após vencer o Central por 2×1 na semana passada ganhou a companhia do Afogados da Ingazeira.

A Coruja do Sertão derrotou o Santa Cruz na noite de quarta-feira (27), no Estádio do Arruda. Após empatarem em 1×1 no tempo normal o Afogados – comandado por Pedro Manta, ex-treinador do Petrolina na campanha do acesso à elite – despachou o time coral por 3×1 nas penalidades.

Agora o Afogados enfrentará outro time da capital. O time de Manta duela por uma inédita vaga na final contra o Sport. Já o Salgueiro tem o atual campeão Náutico como adversário. As partidas serão realizadas no dia 03/04.

Presidente do Petrolina, Ronaldo Silva comenta saída de Pedro Manta e cobra apoio para campanha de 2019

Vereador relatou dificuldades na temporada (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Petrolina Social Futebol Clube foi campeão do Campeonato Pernambucano da Série A2 de forma invicta. No domingo (4) a Fera venceu o Centro Limoeirense por 3×0 e voltou à elite do futebol estadual, motivo de celebração na Câmara de Vereadores de Petrolina, da qual o presidente do clube é membro.

Ronaldo Silva (PSDB) havia prometido levar o título da competição à Casa Plínio Amorim caso fosse campeão e ontem (6) subiu à Tribuna Livre para agradecer ao apoio de quem acreditou no projeto de 2018. “Quero agradecer ao prefeito Miguel Coelho, aos meus patrocinadores, a cada um de vocês colegas de Casa pelo incentivo, pelas palavras. Quero agradecer em especialmente à minha Torcida Jovem do Petrolina”, discursou o edil.

LEIA TAMBÉM:

Pedro Manta confirma saída do Petrolina após título e acesso à elite estadual

De volta à Série A1, Ronaldo pediu apoio dos colegas de Câmara para aprovar no orçamento emendas destinando verbas aos Petrolina. “Que a gente possa colocar uma emenda para o esporte, não só para o Petrolina, mas para o 1º de Maio que a volte a disputar a Primeira Divisão porque não é fácil”, desabafou o presidente da Fera Sertaneja.

Ao fim de sua fala na Tribuna Livre, Ronaldo Silva conversou com a nossa equipe e comentou a saída de Pedro Manta que voltará ao Afogados da Ingazeira. “Pedro Manta eu já sabia, ele já veio com o intuito de fazer esse trabalho e a gente deu as condições necessárias para ele fazer o trabalho dele. Agora vamos procurar outro [treinador], alguns [atletas] vão ficar e outros vão sair”, antecipou.

Sobre a questão salarial, Ronaldo afirmou que existe uma pendência salarial. “Estamos devendo de outubro, venceu ontem (5), vamos acertar durante essa semana até para os próprios jogadores de fora possam tirar as férias deles”, disse o presidente.

Pedro Manta confirma saída do Petrolina após título e acesso à elite estadual

Manta comandou equipe pela quarta vez e somou mais um acesso à elite estadual (Foto: Blog Waldiney Passos)

Treinador do Petrolina na temporada 2018, Pedro Manta oficializou sua despedida da Fera Sertaneja. Essa foi sua quarta passagem pelo clube e ainda nesse ano Manta retornará ao Afogados da Ingazeira. No domingo (4) ele conquistou de forma invicta o título do Campeonato Pernambucano da Série A2 e o seu sexto acesso na carreira.

Durante a manhã de hoje (6) Manta conversou com a nossa equipe e confirmou sua saída. “O coração [fica] um pouquinho apertado depois da comemoração, mas a gente já tinha um compromisso pré-estabelecido com o Afogados [da Ingazeira] e eu sempre fui sincero, sempre confirmei minha palavra”, disse Manta.

Identificação com a cidade

Querido pela torcida e pelo grupo, Manta fez história no futebol local, com passagens vitoriosas e revelou um misto de tristeza e felicidade pela despedida. “A gente tem um carinho muito grande por Petrolina, minha primeira equipe profissional foi o Petrolina em 2004, me marcou. Dói um pouquinho, claro que dói pelo trabalho, pelas amizades que eu tenho aqui, pela adoração que eu tenho por essa cidade”, afirmou o comandante.

Segundo Manta, o compromisso firmado com o Afogados se deu no meio do ano. Sua comissão do Petrolina permanecerá na cidade e ele deixou em aberto reaproveitar atletas do seu plantel em sua nova casa. “Essa montagem ainda vai ser feita, tô a fim de passar uma semana em casa descansando“, finalizou.

Petrolina garante acesso de forma invicta na Série A2

(Foto: Agência CH)

O acesso do Petrolina foi incontestável. Melhor equipe da fase de grupos, a Fera Sertaneja somou 16 pontos em 6 partidas. Terminou a primeira fase com cinco vitórias – duas por WO – e apenas um empate. Foram oito gols marcados e apenas dois sofridos, se consolidando como melhor defesa e melhor ataque.

Na fase mata-mata a Fera Sertaneja empatou três partidas e venceu outras três. O ataque marcou 10 gols e a defesa sofreu cinco. Cinco dos gols do Petrolina na competição saíram dos pés do meia Douglas, artilheiro da equipe e tido por muitos como grande destaque do grupo.

LEIA TAMBÉM:

Petrolina vence Centro Limoeirense e volta à Primeira Divisão do Pernambucano

Com a conquista de domingo (4) o Petrolina levou seu terceiro título da Série A2, o primeiro veio em 2002 e o segundo em 2012. A Fera é, ao lado do Vera Cruz, a equipe que mais conquistou a Segunda Divisão. Pedro Manta, treinador multicampeão soma mais um acesso na sua carreira, chegando a seis.

LEIA MAIS

Petrolina faz último treino antes de enfrentar Serrano pela Série A2 do Pernambuco

(Foto: Agência CH)

Pedro Manta colocou seus jogadores para trabalhar na manhã desse sábado (1º), véspera da partida contra o Serrano pelo Campeonato Pernambucano da Série A2. Uma movimentação leve e jogadas ensaiadas foram testadas e observadas pelo comandante da Fera Sertaneja.

A equipe busca sua segunda vitória na competição e a liderança isolada do Grupo A, já que estrou com pé direito contra o 1º de Maio no último domingo (26). Para o duelo deste domingo (2) fora de casa, Manta não tem desfalques, mas espera uma atitude diferente da equipe.

LEIA MAIS

Petrolina já tem quatro reforços acertados, revela treinador

Treinador observou garotos da região no jogo-treino (Foto: Blog Waldiney Passos)

Na tarde dessa quinta-feira (12) a equipe do Petrolina participou de um jogo treino contra o time de Sento Sé (BA), no Estádio Paulo de Souza Coelho. Muito além do resultado, o treinador da Fera Sertaneja escolheu esse momento para analisar os atletas pré-selecionados na peneira da semana passada.

“O grande objetivo foi observar os meninos, o adversário também faz um trabalho bom. Esses meninos que a gente pré-selecionou na verdade ainda estou observando eles porque nessa competição a gente precisa de um atleta mais maduro”, disse Manta com exclusividade ao Blog Waldiney Passos.

LEIA MAIS

Petrolina inicia preparação para Série A2 do estadual

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A preparação do Petrolina Social Futebol Clube já começou e o treinador Pedro Manta já está na cidade trabalhando na divisão de base. O objetivo é dar espaço aos jogadores da região e montar a equipe que disputará o Campeonato Pernambucano da Segunda Divisão.

Manta conversou com o Blog Waldiney Passos na quinta-feira (5) após finalizar a peneira com os jogadores e falou sobre os trabalhos.

LEIA TAMBÉM:

Petrolina Social Futebol Clube volta a usar escudo tradicional

“Essa primeira captação foi importante, a gente chegou cedo pra avaliar esses atletas da região e eu gosto de trabalhar com atletas da base. A gente tem dois propósitos: montar o time da segunda divisão e a montagem de base”, disse Manta.

LEIA MAIS

Pedro Manta deve ser o técnico do time do Petrolina na Série A2 do Pernambucano

Técnico Pedro Manta.

O técnico Pedro Manta está com o pé no novo time do Petrolina Social Futebol Clube. O anuncio foi feito pelo o atual presidente da agremiação, o vereador Ronaldo Silva (PSDB). Silva informou que hoje (12) teve uma conversa com Manta e que 70% da contratação está encaminhada. Pedro manta já treinou o Petrolina entre 2011 e 2012.

“Pedro Manta foi uma pessoa importante no processo de levar o Petrolina para a primeira divisão do Campeonato Pernambuco. Então estamos encaminhando sua contratação. 70% já está certo. A primeira coisa a fazer é compor a diretoria, trazer o treinador e é ele quem vai montar a equipe. A competição começa em agosto, mas temos que montar a equipe para começar a treinar antes. Vamos aproveitar muito a prata da casa, principalmente essa juventude. Não só daqui mas de toda a região”, afirmou o presidente Ronaldo Silva.

Futebol: Porto vence fora de casa pelo Campeonato Pernambucano

Pedro Manta

Técnico Pedro Manta exaltou os três pontos conquistados pelo Porto

Mesmo jogando fora de casa, no estádio Sesc Mendonção, o Porto, do técnico Pedro Manta, derrotou o Belo Jardim por 1×0 na noite desta quinta (21/1), no complemento da quarta rodada do primeiro turno do Pernambucano. O gol solitário foi marcado por Jefferson Renan aos 27 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Porto alcançou os oito pontos no Grupo A e assumiu a liderança. O Central vem em seguida, com sete. O Atlético tem cinco e o Belo Jardim (um ponto) não tem mais chance de se classificar para o Hexagonal. No Grupo B, a liderança é do América, oito pontos.