Em nova pesquisa, Lula segue na liderança, Bolsonaro tem 24% e Moro apenas 9%

O ex-presidente Lula manteve a dianteira de 20 pontos percentuais que tem para Jair Bolsonaro na pesquisa do Ipespe e da XP divulgada nesta sexta-feira (14), dando ao petista uma vitória no primeiro turno.

 

O petista tem 44% das intenções de voto, contra 24% do presidente. Os números são os mesmos verificados em dezembro do ano passado, quando foi feito o último levantamento.

 

A nova pesquisa eleitoral também traz uma estabilização de Sergio Moro, o terceiro colocado, com 9% – mesmo percentual obtido em dezembro, depois de o ex-juiz aparecer com 11% em novembro, quando sua pré-candidatura foi lançada. É importante registrar que a variação no período está dentro da margem de erro.

Eleições: Primeira pesquisa do ano aponta vitória de Lula no 1º turno

Realizada pela Quaest e pela Genial Investimentos, a primeira pesquisa do ano eleitoral sobre intenções de voto para presidente aponta uma vitória, já no primeiro turno, do ex-presidente Lula.

No levantamento, o petista tem 45% das intenções de voto no cenário simulado, no qual são apresentadas opções ao entrevistado. Em segundo lugar, consta o presidente Jair Bolsonaro, com 23%, seguido por Sergio Moro, com 9%; Ciro Gomes, com 5%; João Doria, com 3%; e Simone Tebet, com 1%. Rodrigo Pacheco aparece com zero.

LEIA MAIS

Pesquisa mostra Bolsonaro à frente no Nordeste e Sudeste

A pesquisa nacional do Brasmarket, que entrevistou 4.100 eleitores em todo o Pais, é a primeira que mostra Jair Bolsonaro à frente de Lula no Nordeste.

Quando o entrevistado cita sua escolha espontaneamente (30,1% a 17,6% para Lula), ou na estimulada, quando a lista de pré-candidatos é exibida (32,2% a 21,4%) ao eleitor.

Bolsonaro lidera no Sudeste também. Na espontânea, deu 28,6% a 12,1,% para Lula. Essas regiões somam 70% do eleitorado: 27% no Nordeste, 43% no Sudeste.

LEIA MAIS

Eleições 2022: Pesquisa Ipec aponta que Lula vence em primeiro turno

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está 27 pontos percentuais à frente do presidente Jair Bolsonaro (PL) e venceria no primeiro turno a corrida para a Presidência da República nas eleições de 2022. É o que aponta a nova pesquisa Ipec, divulgada nesta terça-feira (14/12).

 

 

Cenário 2:

  • Lula: 49%
  • Bolsonaro: 22%
  • Sergio Moro: 8%
  • Ciro Gomes: 5%
  • João Doria: 3%
  • Brancos/nulos: 9%
  • Não sabe/não respondeu: 3%
LEIA MAIS

PE tem maior aumento entre sete estados de pessoas assassinadas em ações policiais; 97% dos mortos são negros, diz estudo

Pernambuco teve um aumento de 52,7% no número de pessoas mortas em decorrência de atividade policial, entre os anos de 2019 e 2020. Os números foram divulgados nesta terça-feira (14) pela Rede de Observatórios da Segurança, que monitora dados de sete estados brasileiros. Entre esses locais, o aumento pernambucano é o maior.

O estudo avaliou dados de sete estados brasileiros: Bahia, Ceará, Piauí, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Maranhão.

De acordo com o relatório, em 2019, foram 74 mortos em Pernambuco. No ano seguinte, foram 113 assassinatos durante operações policiais.

LEIA MAIS

Lula lidera cenários de 1º turno, aponta pesquisa Genial/Quaest

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera todos os cenários que simulam o primeiro turno das eleições presidenciais feita pela Genial/Quaest e divulgada nesta quarta-feira (8).

Nos cenários em que foi citado, o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) aparece com índice de intenção de voto acima de 10%, se consolidando no terceiro lugar. Já o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) variou para cima, mas dentro da margem de erro, no principal cenário em relação ao levantamento feito pela Genial/Quaest de novembro.

 

A pesquisa foi feita entre os dias 2 e 5 de dezembro, com 2.037 pessoas em municípios de todo o Brasil de forma “face a face”. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

 

Veja os cenários estimulados simulados de primeiro turno abaixo:

LEIA MAIS

Covid-19: Contaminação em Petrolina aumenta 200% em novembro segundo a Facape

O número de casos de contaminação por coronavírus em Petrolina – PE aumentou 200% no mês de novembro em comparação com outubro, segundo pesquisa realizada pela Faculdade de Petrolina- FACAPE. O levantamento mensal é feito pelo Colegiado de Economia e aponta que foram 3.360 novos casos, contra 1.119 no mês anterior. A pesquisa ressalta que desde maio (3.412) deste ano,  que não se tinha tantos casos em um mês quanto em novembro.

Casos Ativos

Outro dado relevante é o número de pessoas que ainda estão contaminadas e que podem contaminar outras. Em Petrolina, em novembro na comparação com outubro, inclusive com mais intensidade, passando de 623 casos ativos em outubro para 2.036 em novembro, ou seja, um aumento de 227%.

LEIA MAIS

Pesquisa no HU-Univasf oferece avaliação funcional gratuita para pacientes que tiveram Covid 

Um grupo de pesquisa formado por professores e discentes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Universidade de Pernambuco (UPE) está convidando voluntários para uma avaliação que busca caracterizar o perfil clínico, atividade inflamatória, função cardíaca e pulmonar, capacidade física e alterações subclínicas (ainda não evidentes) de pacientes que foram infectados por Covid-19.

Para isso, os pacientes farão exames laboratoriais, cardiológicos e testes de aptidão física, que serão aplicados na Policlínica da Univasf, vinculada ao HU-Univasf/Ebserh, e no Centro de Fisioterapia Cardiopulmonar da UPE, localizados em Petrolina-PE. Com o título FUNCTION (Function After Coronavirus Infection), o estudo conta com a atuação de professores das áreas de cardiologia e fisioterapia, além de pós-graduandos, médicos residentes e alunos do curso de Medicina da Univasf e Fisioterapia da UPE.

De acordo com o médico cardiologista Antônio Marconi da Silva, coordenador do estudo: “Haverá duas etapas de avaliação. Na 1° etapa, formaremos os grupos, com 30 pessoas em cada grupo, quando serão obtidas informações e realizados os exames. Na segunda etapa, os pacientes serão reavaliados 6 meses após a 1ª avaliação com a finalidade de comparações de resultados em tempos diferentes de pós-doença”.

Critérios para participação 

Para inclusão no estudo, o(a) paciente deve ter tido Covid-19 nos últimos 3 meses e ter mais de 18 anos de idade. Os interessados devem realizar o cadastro através do número de telefone (WhatsApp): (87) 98121-3635.

Os participantes serão divididos em três grupos para acompanhamento e todos devem ter a comprovação de que testaram positivo para Covid-19. O Grupo I será formado por aqueles que não precisaram de internamento, devido a quadro mais leve. O Grupo II diz respeito aos que foram internados, mas sem necessidade de UTI. Já o Grupo III será composto por pacientes que tiveram evolução mais grave, e necessitaram de internamento em UTI.

Os resultados do estudo serão divulgados em meio científico, almejando também influenciar políticas de saúde para possíveis adequações no tratamento e acompanhamento de pacientes pós-Covid.

ACM Neto lidera intenções de voto para o governo da Bahia

Uma pesquisa feita pelo instituto RealTime Big Data, divulgada nesta segunda-feira (29) pelo Bahia no Ar, da Record Salvador, mostra que ACM Neto (UB) lidera as intenções de voto para o governo do estado nas eleições de 2022.

 

Jaques Wagner e Rui Costa (ambos do PT) e João Roma (Republicanos) aparecem atrás na pesquisa espontânea, em que o nome dos candidatos não é apresentado aos entrevistados. Nesse cenário, Neto teve 23% das intenções de voto, seguido por Wagner (11%), Costa (8%) e Roma (2%). Os outros candidatos somados acumularam 3%. Os brancos e nulos ficaram em 14%, enquanto 39% dos entrevistados não souberam ou não quiseram responder.

Pesquisa Ipespe aponta Lula na liderança, seguido por Bolsonaro e Moro

Faltando pouco mais de dez meses para as eleições de 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece na liderança da corrida presidencial, segundo levantamento feito pelo instituto de pesquisa Ipespe entre os dias 22 e 24 de novembro. Nesta data, o petista tinha a preferência de 42% dos eleitores entrevistados.

O presidente Jair Bolsonaro, que na próxima semana deve se filiar ao PL, tinha 25% das intenções de voto, ficando em segundo lugar entre os pré-candidatos. Seu ex-ministro da Justiça e recém-filiado ao Podemos, Sergio Moro, apareceu em terceiro, com 11%, mas tecnicamente empatado com Ciro Gomes (PDT), que obteve 9% da preferência, segundo o Ipespe. Além destes dois nomes que fogem à polarização entre Lula e Bolsonaro, nenhum outro presidenciável aparece com mais de 2% das intenções de voto.

Os cenários de segundo turno também apontam vantagem do petista. Confira os dados a seguir.

LEIA MAIS

Datafolha: Lula segue à frente de Bolsonaro e, no 2º turno, tem 56% contra 31%

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” revela os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022. A corrida está estagnada, se comparada com o levantamento realizado pelo instituto em julho deste ano. Lula tinha 26% e agora tem 27% das intenções de voto na pesquisa espontânea. Jair Bolsonaro tinha 19% e agora tem 20%. No segundo turno, o ex-presidente tem 56% (58% no último relatório), contra 31% (os mesmos 31% na pesquisa anterior) de Bolsonaro.

A pesquisa ouviu 3.667 pessoas entre os dias 13 e 15 de setembro em 190 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

LEIA MAIS

Segundo pesquisa, Lula tem o dobro de votos de Bolsonaro em Pernambuco

Nova pesquisa do instituto Paraná Pesquisas mostra as intenções de voto em Pernambuco para presidente da República nas eleições de 2022.

O levantamento mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, provável candidato do PT no ano que vem, tem a preferência de metade dos eleitores de Pernambuco já no primeiro turno.

Ele aparece com 49,9% dos votos. Em segundo lugar, ficou o presidente Jair Bolsonaro, ainda sem partido para a corrida presidencial, com 20,7% O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) ficou com 5,5%, o melhor posicionado fora Lula e Bolsonaro.

LEIA MAIS

Lula mantém chance de vitória no 1º turno, diz pesquisa

A mais recente pesquisa de intenção de voto para as eleições presidenciais de 2022 mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com vantagem ampla sobre o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido), segundo levantamento da Genial Investimentos e Quaest para o mês de setembro.

Os dados mostram o petista com quase a metade dos votos para presidente no primeiro turno, indo para o segundo turno com Bolsonaro, e vencendo a disputa.

Em cinco cenários de primeiro turno, Lula lidera oscilando entre 44% e 47% das intenções de voto. Já Bolsonaro tem entre 25% a 26%.

LEIA MAIS

Pesquisa XP/Ipespe diz que Bolsonaro perderia no 2º turno para qualquer dos adversários

Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) perderia em um eventual segundo turno para diversos candidatos, como Lula (PT), Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), além do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro. Os dados são da pesquisa XP/Ipespe, divulgada nessa terça-feira (17).

Segundo a pesquisa, caso Bolsonaro fosse para o segundo turno com qualquer um dos possíveis candidatos, o resultado seria o seguinte:

  • Lula 51% x 32% Bolsonaro; branco/nulo: 17%
  • Ciro Gomes 44% x 32% Bolsonaro; branco/nulo: 24%
  • Sergio Moro 36% x 30% Bolsonaro; branco/nulo: 35%
  • Luiz Henrique Mandetta 38% x 34% Bolsonaro; branco/nulo: 28%

Bolsonaro ainda aparece atrás de João Doria (PSDB) e Eduardo Leite (PSDB), mas dentro da margem de erro. Os tucanos disputam internamente para decidir quem será o candidato à presidência do partido em 2022.

  • João Doria 37% x 35%; branco/nulo: 28%
  • Eduardo Leite 35% x 33% Bolsonaro; branco/nulo: 32%

Além disso, segundo a pesquisa, Lula venceria qualquer outro candidato em um eventual segundo turno. Foram realizadas 1.000 entrevistas em todo o país entre 11 e 14 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Pesquisa de Harvard aponta Pernambuco com o melhor resultado no enfrentamento à Covid-19 no Brasil

Pernambuco foi o Estado brasileiro com a menor diminuição na expectativa de vida média de seus cidadãos, quando analisadas as taxas de mortalidade entre os meses de janeiro e abril de 2021. A estimativa faz parte de artigo publicado na última terça-feira (29.06) pela revista científica britânica Nature. A análise – liderada pela demógrafa brasileira e professora da Universidade de Harvard Marcia Castro – avalia os impactos dos óbitos provocados pela Covid-19 na longevidade dos brasileiros.

LEIA MAIS
123