Petrobras anuncia novo reajuste no preço da gasolina

(Foto: Ilustração)

A Petrobras anunciou que vai reajustar mais uma vez os preços da gasolina em suas refinarias a partir de quinta-feira (dia 12). Só neste ano a gasolina acumula uma alta de 51%. Desde janeiro, a Petrobras já aumentou o preço nove vezes.

De acordo com a estatal, o preço médio por litro do combustível vendido às distribuidoras vai subir de R$2,69 para R$ 2,78. É um avanço de R$ 0,09 ou 3,34% por litro, que deve ser repassado ao preço final ao consumidor por distribuidores e revendedores.

A Petrobras destacou que até a gasolina chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais (39,1%); custos para aquisição e mistura obrigatória de etanol anidro (15,7%); além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores (12,2%).

Presidente do Sindicombustíveis-PE volta a cobrar reforma tributária

(Foto: Ilustração)

Nesta semana a Petrobras anunciou mais um reajuste no preço do combustível (gasolina e diesel) e também no gás de cozinha. O presidente do Sindicombustíveis concedeu entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos e comentou mais um reajuste autorizado pela Petrobras. Para Alfredo Pinheiro, essa nova elevação é ruim para todos, inclusive os donos de postos.

LEIA TAMBÉM

Petrobrás anuncia reajuste no combustível e gás de cozinha

“O governo anunciou na segunda-feira [o reajuste], a partir das 0h da terça-feira. O mercado internacional do barril de petróleo muito alto, o dólar muito alto e o etanol também tem subido bastante. Esses três fatores, com os impostos, faz com que a gasolina se torne muito alto ao dono do posto e, principalmente ao consumidor“, afirmou a Rádio Jornal Petrolina.

LEIA MAIS

Petrobrás anuncia reajuste no combustível e gás de cozinha

(Foto: Ilustração)

Os preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha (GLP) estão mais caros, a partir desta terça-feira (6), nas refinarias. A Petrobras aumentou a gasolina em média, R$ 0,16 (6,3%), fazendo com que o litro do combustível chegue a R$ 2,69.

Por outro lado, o diesel tem elevação média de R$ 0,10 por litro (3,7%). E o gás de cozinha subiu R$ 3,60 por kg. A estatal justifica que a alta acompanha “a elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo e derivados”. Ainda segundo a Petrobras, no momento está sendo evitado repassar de imediato o reajuste.

Mas apesar das críticas do brasileiros, a empresa nacional alega que o alinhamento com a política externa “é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes setores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileira”.

'; } else { echo ''; } ?>

Gás de cozinha fica mais caro a partir desta segunda-feira

O preço do gás de cozinha ficará mais caro a partir desta segunda-feira (14). O preço médio de GLP sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras, passando para R$ 3,40 por quilograma (kg), o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg.

A alta foi autorizada pela Petrobras na última sexta-feira (11). Em alguns estados, o gás de cozinha de 13 kg já custava mais de R$ 100,00. No ano, este é o quinto aumento no preço médio, todos previamente autorizados pela Petrobras.

Em contrapartida, na última semana a estatal anunciou redução de 2% da gasolina nas refinarias. Contudo, o preço médio do diesel, por sua vez, não sofrerá alterações. “Nossos preços seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo“, afirmou a companhia.

Petrobras reduz preços do diesel e da gasolina nas refinarias

(Foto: Ilustração)

O preço da gasolina e do diesel será reduzido a partir de amanhã (1º) nas refinarias da Petrobras. A estatal anunciou hoje (30), no Rio de Janeiro, que o litro da gasolina passará de R$ 2,64 para R$ 2,59 (- R$ 0,06 ou -1,9%), enquanto o do diesel cairá de R$ 2,76 para R$ 2,71 (- R$ 0,05 ou -1,8%).

O combustível vendido pelas refinarias da Petrobras é adquirido por distribuidoras e passa também pelos postos revendedores antes de ser vendido ao consumidor final.

Até chegar aos veículos, são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biodiesel e etanol anidro, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis.

LEIA MAIS

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina, mas apenas nas refinarias

(Foto: Ilustração)

O preço da gasolina terá uma redução de R$ 0,05 por litro nas refinarias, passando a ser vendido a R$ 2,59. O anúncio foi feito pela Petrobras nesta sexta-feira (30) e entrando em vigência  neste sábado (1°). A baixa também incidirá no diesel, cujo novo valor será de R$ 2,71.

Ou seja, este não será o valor cobrado do consumidor final. Esta é a primeira mudança no preço dos combustíveis desde que o novo presidente da companhia, o general Joaquim Silva e Luna, assumiu o cargo.

A Petrobras considera, entre outros fatores, a taxa de câmbio e a cotação do petróleo no mercado internacional para fazer os reajustes, seguindo a paridade de preços internacional.

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

(Foto: Arquivo)

A Petrobras anunciou hoje (15) aumentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do diesel e de R$ 0,05 (1,9%) no da gasolina. Os valores serão reajustados a partir de amanhã nas refinarias da estatal, onde o litro do diesel passará a custar R$ 2,76, e o da gasolina, R$ 2,64. 

A última mudança nos preços dos combustíveis ocorreu no sábado passado, quando a Petrobras havia anunciado uma redução de R$ 0,08 no preço do diesel e mantido o preço da gasolina em R$ 2,59.

LEIA MAIS

Abril começa com gás de cozinha 5% mais caro

O mês de abril começou com mais um peso no consumidor brasileiro. O preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) foi reajustado na Sexta-feira Santa (2) em 5%, nas distribuidoras.

Este foi o quarto aumento autorizado pela Petrobras no ano. Ou seja, o gás ficou R$ 3,21 mais caro por quilo. Na prática, o botijão de 13 kg, mais comum nos lares brasileiros, vai sair das refinarias custando R$ 41,68. Até semana passada, o preço médio do gás variou entre R$ 81 e 93, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

A Petrobras afirma que os preços trabalhados têm “como referência os preços de paridade de importação, dessa maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”. A última modificação no preço havia sido feita em 1° de março.

Vem mais um aumento no preço do combustível por aí; será o 6º no ano

(Foto: Arquivo)

A Petrobras anunciou, nesta segunda-feira (8), mais um aumento de combustíveis. Trata-se do sexto reajuste em 2021. A partir de terça-feira (9), a gasolina será reajustada em 8,8% nas refinarias e o diesel em 5,5%.

Com isso, os preços médios nas refinarias serão de R$ 2,84 por litro para a gasolina e de R$ 2,86 por litro para o diesel — o que representa uma alta no ano de 54% no preço da gasolina e de 41,6% no diesel.

LEIA MAIS

Petrobras anuncia mais um reajuste no preço da gasolina

(Foto: Ilustração)

Março começou hoje e a Petrobras já anunciou um novo reajuste no preço da gasolina e diesel a partir desta terça-feira (2). A partir de amanhã o valor nas refinarias será R$ 0,12 mais caro na gasolina e R$ 0,13 no Diesel. Outra alta anunciada é no preço médio do gás de cozinha (GLP).

Gás de cozinha também passa ajuste

O aumento médio será de R$ 0,15 por quilo, equivalente a R$ 1,90 por 13kg, segundo a estatal. 2021 está entrando no seu terceiro mês, porém a gasolina já soma alta de 42% e o diesel 34%. Apesar de o valor ser reajustado apenas nas refinarias, o consumidor final também pode ser afetado, caso os proprietários façam o repasse nas bombas.

Petrobras

No final de fevereiro o presidente Jair Bolsonaro anunciou a substituição de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras, por conta das constantes altas. De acordo com a CNN Brasil, a Petrobras teve o maior lucro trimestral da história das empresas de capital aberto no Brasil: R$ 59,9 bilhões.

Petrobras anuncia novo reajuste no preço dos combustíveis

(Foto: Arquivo)

O preço do Diesel e da Gasolina ficará mais caro no Brasil a partir desta sexta-feira (19). A Petrobras anunciou hoje (18) mais uma elevação no produto comercializado nas refinarias. Essa é a segunda alta no mês de fevereiro. Dessa forma a gasolina passará a ser vendida a R$ 2,48 e o Diesel a R$ 2,58.

A gasolina sobe 10,2%, enquanto o Diesel a 15,2%. De acordo com a estatal, o reajuste ocorre para o “alinhamento dos preços ao mercado internacional” e “é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras”.

Apesar de o reajuste dessa semana ser nas refinarias, o consumidor final pode sentir a elevação nas bombas, pois os empresários podem repassar a alta nas bombas.

Petrobras anuncia novo reajuste no preço dos combustíveis

(Foto: Guilherme Testa)

A partir desta terça-feira (9) o preço dos combustíveis sofrerá mais um reajuste. A gasolina, diesel e até mesmo o gás de cozinha ficarão mais caros, informou a Petrobras. As altas variam de R$ 0,13 a R$ 0,17 e acontecem dias após uma reunião do Governo Federal que busca controlar as elevações.

A princípio o litro da gasolina vendido R$ 0,17 mais caro nas refinarias. Já o diesel tem alta de R$ 0,13 e o gás de cozinha fica R$ 0,14 mais caro por quilo. A Petrobras informou que os valores praticados “têm como referência os preços de paridade de importação e, dessa maneira, acompanham as variações do valor dos produtos no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”.

De acordo com a CNN Brasil, as altas dessa semana resultarão no aumento médio de 8,2% na gasolina, 6,2% ao diesel e 5,1% no gás de cozinha.

Reajuste de 6% no gás de cozinha começa a valer nessa quinta-feira

2021 começa com mais uma notícia ruim pro bolso do consumidor. A Petrobras reajustou o preço do gás de cozinha e partir dessa quinta-feira (7) o produto está 6% mais caro. Assim sendo, o valor praticado pela Petrobras irá a R$ 35,98 por 13kg.

“Por sua vez, as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final”, disse a Petrobras em nota publicada na tarde de ontem.

Aos pernambucanos o aumento será mais uma dor de cabeça. Isso porque desde o dia 3 de janeiro a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) reajustou a tarifa cobrada no fornecimento de água. O alívio nesse mês deve vir com a conta de energia.

Petrobras anuncia novo aumento na gasolina e no diesel

(Foto: Ilustração)

O anuncio feito nesta segunda-feira (28) informa que a gasolina terá um aumento de 5% e o diesel aumentará 4%. O último reajuste havia sido em 16 de dezembro. Os novos preços entram em vigor nesta terça-feira (29)

Segundo a Petrobras, o preço médio da gasolina para as distribuidoras passa a ser de R$ 1,84 o litro, elevação de R$ 0,09. No acumulado do ano, afirma a companhia, o preço tem redução de 4,1%.

No diesel, o preço médio para as distribuidoras será de R$ 2,02 por litro, aumento de R$ 0,08. Também há queda no acumulado de 2020, de 13,2%, calcula a empresa petrolífera.

Em 2020, a estatal promoveu 41 reajustes para a gasolina, dos quais 20 para cima e outros 21, para baixo. No diesel, foram 32 alterações, com 17 elevações e 15 reduções.

Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça

(Foto: Ilustração)

A Petrobras divulgou hoje (26) novos reajustes para o preço dos combustíveis nas refinarias. O preço da gasolina terá queda de 5%, enquanto para o diesel (S10 e S500), a redução será de 4%. Os novos valores passam a vigorar a partir de amanhã (27).

De acordo com a assessoria de imprensa da companhia, com a redução de 4,0% (ou R$ -0,07 por litro), o preço médio do diesel da Petrobras para as distribuidoras passa a ser de R$ 1,69 por litro. No acumulado do ano, a redução do preço é de 27,3 %.

LEIA MAIS
123