Philarmônica 21 de Setembro fará concertos gratuitos de Carnaval em equipamentos de atenção à pessoa idosa

(Foto: Alexandre Justino)

No mês de fevereiro, a Philarmônica 21 de Setembro presenteará os petrolinenses com prévias de Carnaval, através de uma série de Concertos Carnavalescos promovidos pela Prefeitura de Petrolina.

As apresentações acontecerão ao ar livre e em equipamentos de atenção à pessoa idosa. A agenda de shows terá início neste sábado (15), a partir das 9h, com participação especial da cantora Fabiana Santiago, durante a programação de entrega da Nova Orla da cidade. O show ao ar livre promete animar o público com um repertório de muito frevo e canções de carnaval.

As apresentações seguem até o dia 19 de fevereiro, no CCI Vó Pulú, no bairro Vila Eduardo, e no próximo dia 21 na Casa Geriátrica, no bairro Vila Mocó. Essas duas últimas apresentações serão voltadas aos idosos assistidos pelas instituições e seus familiares.

Univasf ganha Cineteatro com capacidade para mais de 400 pessoas

Foram investidos mais de R$ 6 milhões (Foto: Ascom Univasf)

O Campus Sede da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ganhará o novo Cineteatro. O espaço será inaugurado nesta quinta-feira (19), a partir das 18h. Com 2.070 m², o Cine tem capacidade para 433 pessoas, garantido à instituição mais um espaço cultural.

Para inaugurar o novo espaço, a Orquestra Philarmônica 21 de Setembro fará uma apresentação. Em seguida, o público acompanhará dois espetáculos de balé do Estúdio de Danças Nazareth Macedo e com a Escola de Ballet Valdete Cezar.

O Cineteatro conta com hall de exposição, palco, banheiros masculino e feminino, camarim com banheiro interno, sala de apoio administrativo, central de processamento de dados, depósito, copa e distribuição, ambiente de carga e descarga. Foram investidos aproximadamente R$ 6,4 milhões para a construção do espaço.

Alvorada abre comemorações do 21 de setembro em Petrolina

Moradores da Petrolina Antiga receberam músicos (Foto: Ascom)

A tradição tomou conta das ruas de Petrolina logo cedo nesse sábado (21) de aniversário. A Philarmônica 21 de Setembro saiu logo cedo pelo centro histórico da cidade com a alvorada festiva em comemoração aos 124 anos do município.

Os músicos percorreram a Petrolina Antiga, sendo recebidos por moradores que abriram suas janelas dando às boas vindas e reverenciando a banda que trazia a representatividade da data festiva. Um dos momentos mais marcantes foi quando a Orquestra chegou à residência do maestro, Fernando Rego.

A Philarmônica também comemora 109 anos de história. Fundada em 1910 por Juvêncio Rodrigues Coelho, a Philarmônica 21 de Setembro foi regida inicialmente pelo maestro Ciciliano Carvalho e contou com a colaboração de figuras ilustres como a petrolinense, Adelaide Ribeiro, o  literato Cid Carvalho entre outros.

Philarmônica 21 de Setembro faz últimos ensaios para animar Baile Municipal de Petrolina

(Foto:Secretaria de Educação, Cultura e Esportes)

Instrumentos afinados, vocais em sintonia e um repertório especialmente preparado com canções de carnaval: assim foi o ensaio geral da Philarmômica 21 de Setembro, realizado na última quinta-feira (21), no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho. A orquestra será uma das atrações do 21º Baile Municipal de Petrolina, que acontece neste sábado (23), no Clube Sociedade 21 de Setembro.

Trazendo grandes sucessos do frevo; marchinhas e do tradicional carnaval pernambucano, o grupo passou cerca de um mês reunido preparando o repertório e ensaiando para garantir uma noite de muita alegria para o público da festa. E para tornar o show da Philarmônica ainda mais especial, foram convidados para dividir o palco, os artistas Alan Cleber e a cantora Deijane Dieh, possibilitando uma mistura de ritmos que promete envolver os participantes.

LEIA MAIS

Sexta-feira (21): Petrolina acorda com alvorada ao som da Philarmônica 21 de Setembro

Alvorada com a Philarmônica 21 de Setembro. (Foto: ASCOM)

A sexta-feira (21), em Petrolina (PE) começou ao som de cadências e muitas homenagens às grandes aniversariante do dia: a cidade de Petrolina e a própria Philarmônica 21 de Setembro que comemoram na mesma data mais um ano de existência.

A tradicional alvorada saiu da ‘Praça da 21’ e circulou pelas principais ruas da Petrolina Antiga. A sinfônica que completa 108 anos de fundação foi acompanhada em pela velha guarda e admirada pelos moradores que acordaram cedo para prestigiar a música instrumental.

No trajeto, a banda fez uma parada tradicional em frente a casa do ex-maestro Fernando Rêgo para prestar uma homenagem ao músico. Além da ‘Alvorada’, a Philarmônica 21 de Setembro também abre o desfile alegórico na Avenida Guararapes, às 18h, e em seguida se apresenta na Concha Acústica junto com a filha da terra, Camila Yasmine.

LEIA MAIS

Com repertório variado e surpreendente Philarmônica 21 de Setembro encerrou a primeira temporada do Projeto Parque Sonoro

(Foto: ASCOM)

A Philarmônica 21 de Setembro surpreendeu o público na última apresentação da temporada do projeto ‘Parque Sonoro’, no Parque Josepha Coelho, em Petrolina. Neste domingo (29), a plateia apreciou um concerto que passeou entre gêneros musicais com canções que foram desde os Beatles, até o forró atração do São João dos Bairros da cidade, Mastruz com Leite.

Para o secretário executivo de Cultura, Cássio Lucena, a apresentação da Philarmônica 21 de Setembro, fechou o ciclo de concertos com maestria. “O Parque Sonoro vem intensificar a necessidade do diálogo entre o erudito e o popular. Juntar clássicos dobrados com baião, Beatles, Lulu Santos e Mastruz com Leite, no mesmo caldeirão de reportório, é fortalecer essa possibilidade do fazer artístico”, explica

O ‘Parque Sonoro’ é coordenado pela Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE). O projeto volta com nova temporada no segundo semestre deste ano.

Philarmônica 21 de Setembro finaliza temporada do Projeto Parque Sonoro neste domingo no Parque Josepha Coelho, em Petrolina

(Foto: ASCOM)

O projeto ‘Parque Sonoro’ chega à última edição desta temporada, neste domingo (29). A partir das 10h, um concerto com músicas populares e regionais irá tomar conta do Parque Josepha Coelho, em Petrolina (29). A sinfônica convidada é a tradicional Philarmônica 21 de Setembro.

Para o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Emicio Junior, o ‘Parque Sonoro’ tem levado durante o mês de abril, a boa música a população. “O projeto já levou cerca de 500 pessoas para prestigiar as sinfônicas da região, todos os domingos, com concertos temáticos e repertório eclético. Enceramos esta temporada com prata da casa, a nossa Philarmônica 21 de Setembro preparou uma apresentação cheia de surpresas”, anuncia o gestor.

O Parque Sonoro é coordenado pela Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE).

Projeto ‘Parque Sonoro’ leva música à população petrolinense

(Foto: Divulgação/PMP)

O mais novo projeto da Prefeitura de Petrolina estreia nesse domingo (25). O Parque Sonoro levará música ao Parque Municipal Josepha Coelho, a partir das 10h. Hoje a Philarmônica 21 de Setembro se apresenta gratuitamente para a comunidade.

Até o dia 29 de abril serão realizadas apresentações musicais sempre aos domingos. A iniciativa, segundo a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, é levar a diversidade cultural da cidade à população.

O Parque Sonoro faz parte do programa Arte ao Redor e a programação inclui a Orquestra Câmara Novos Talentos (08/04), Orquestra Opus 68 (15/04), Camerata 21 de Setembro (22/04) e da Philarmônica 21 de Setembro (29/04).

Moradores de Terra Nova prestigiam apresentação da Philarmônica 21 de Setembro

(Foto: Reprodução)

Com o projeto “Concertos Itinerantes e Populares”, a Philarmônica 21 de Setembro esteve na comunidade de Terra Nova, em Petrolina. A apresentação aconteceu no último domingo (26) e contou com a presença de grande público.

A comunidade foi a primeira do interior do município a receber o projeto. Com um repertório que incluiu canções de Zé Ramalho, Jair Rodrigues e Luiz Gonzaga, cerca de cem pessoas, puderam apreciar música regional e popular tocada pela Philarmônica 21 de Setembro.

“A democratização da arte é um dos principais pilares do governo do Prefeito Miguel Coelho. E nós, através da SECULTE e do programa Concertos Itinerantes e Populares, estamos levando a música para bairros descentralizados e comunidades do interior. Em Terra Nova, pessoas que nunca ouviram uma orquestra puderam apreciar nossa cultura. O concerto foi um verdadeiro sucesso”, comemorou a secretária, Maria Elena de Alencar.

Após reestruturação, Philarmônica 21 de Setembro inicia nova temporada

(Foto: Divulgação)

Um novo projeto da Philarmônica 21 de Setembro vai estrear nesta quarta-feira (25), às 19h, na escadaria da Catedral Sagrado Coração de Jesus, em Petrolina.  Com 40 músicos, o projeto ‘Concertos Itinerantes’ vai contemplar a população com um repertório de música erudita e regional.

Além do cartão-postal petrolinense, também será realizada uma outra apresentação aberta ao público, em um dos locais mais fotografados da cidade. O escolhido foi o monumento “Eu Amo Petrolina”, localizado na Orla, onde o concerto será no dia 10 de novembro, às 18h30.

Segundo a secretária de Cultura, Turismo e Esportes, Maria Elena de Alencar, este é um momento de democratização da música. “Temos em nossa cidade um patrimônio artístico e cultural e um público consumidor intenso à espera de boas oportunidades. E depois de projetos importantes como o Parque Sonoro que levou música ao Parque Josepha Coelho, agora estaremos fazendo a abertura deste novo projeto ‘Concertos Itinerantes’ que vai dialogar com públicos diferentes, oportunizando esta sintonia tão necessária a propagação dos nossos produtos culturais. A nossa intenção é levar a música erudita e regional para lugares onda ela nunca foi, tanto na sede e como também interior do município”, destaca.

Recentemente a Philarmônica  21 de Setembro foi reestruturada, através de um trabalho realizado pela prefeitura por meio da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, que firmou um acordo de cooperação técnica com a Fundação Nilo Coelho garantido a ampliação do número de músicos da sinfônica.

Philarmônica 21 de Setembro

Fundada em 1910 por Juvêncio Rodrigues Coelho, a Philarmônica 21 de Setembro foi regida inicialmente pelo maestro Ciciliano Carvalho e contou com a colaboração de figuras ilustres como a petrolinense,  Adelaide Ribeiro, o  literato Cid Carvalho, entre outros. Atualmente a orquestra está sob a regência do maestro Hélio Lima e os ensaios acontecem de segunda a quinta-feira a partir das 19h no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

Em Petrolina, Philarmônica 21 de Setembro passa por reestruturação e amplia o número de músicos

Philarmônica passa de 14 para 60 integrantes entre técnicos e músicos. (Foto: Divulgação)

Um acordo entre a prefeitura de Petrolina e a Fundação Nilo Coelho, vai garantir a reestruturação e ampliação do número de músicos da Philarmônica 21 de Setembro, em Petrolina.

Nesta nova etapa, a Philarmônica passa de 14 músicos para 60 integrantes entre técnicos e músicos. “Com esta parceria, a prefeitura mais que dobrou o número de músicos, deu oportunidade a jovens instrumentistas de nossa cidade e abriu portas para que novos talentos sejam descobertos. Um dos pontos positivos e que melhoramos tecnicamente o quadro de músicos já que agora teremos baracheis em saxofone e trompete, por exemplo. Então, de fato vivenciamos uma nova fase com músicos extremamente capacitados que vão enriquecer ainda mais a Philarmônica”, disse o maestro Hélio Lima.

Os novos membros da Philarmônica 21 de Setembro foram selecionados na última semana após um processo seletivo realizado pela Fundação Nilo Coelho.   Outra novidade desta nova fase é o retorno do maestro Fernando Rêgo o qual dirigiu a Philarmônica por mais de 17 anos e agora volta às fileiras da banda como clarinetista.

Projeto Parque Sonoro apresenta concerto no dia das mães em Petrolina

(Foto: Divulgação)

Durante a manhã desta sexta-feira (12) alunos da Escola Municipal, Eliete Araújo estiveram no Parque Municipal, Josepha Coelho, para assistir a uma apresentação do projeto Parque Sonoro. No domingo (14) a apresentação será em homenagem as mães.

A apresentação da Philarmônica 21 de Setembro e da Orquestra e Coro Novos Talentos, prendeu a atenção de todos que prestigiaram o evento, inclusive o prefeito Miguel Coelho (PSB) e a secretária de Cultura, Turismo e Esportes, Maria Elena de Alencar.

“É promovendo cultura que se descobre os novos talentos e quem sabe se desta plateia tão curiosa não saem novos talentos da música aqui da nossa Petrolina?”, disse o gestor.

Os concertos seguem com um especial para as mães amanhã (14). A última apresentação está marcada para o dia 21 de Maio. Todas as apresentações são gratuitas e acontecem a partir das 10h.

Philarmônica de Petrolina se renova com projeto Jovem 21

Filarmonica Master 1

Philarmônica 21 de Setembro

Além da agricultura irrigada a cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, também é celeiro da diversidade musical que, entre outros nomes, vai de Geraldo Azevedo ao Samba de Véio da Ilha do Massangano, que impressionou o escritor Ariano Suassuna. Nesse território, a música instrumental também ganha espaço pelas mãos dos músicos integrantes da tradicional Banda Philarmônica 21 de Setembro que atravessa um século de história sem perder sua originalidade. Com a missão de revitalizar sua trajetória criou no ano passado, o programa de incentivo educacional Jovem 21, e abriu seleção com mais de 70 vagas entre instrumentistas e técnicos para compor sua estrutura musical e logística.

As bolsas variam de R$ 200 a R$ 1,2 mil em vários níveis de escolaridade e técnico-musical. Os profissionais poderão desenvolver atividades entre a Philarmônica e a Orquestra Sinfônica do Sertão, pertencente ao IF Sertão Campus Petrolina. Após o processo de seleção que se encerrou no último dia 15, as atividades terão início em 25 de janeiro. Já a temporada de concertos abertos será retomada após o carnaval. Com 105 anos de história, e várias gerações de músicos, a ideia é dar sequência ao projeto da Philarmônica Jovem que já conta com cerca de 30 integrantes jovens que, em sua maioria, surgiram das fanfarras escolares.

Ozenir, maestro 2

Maestro Luciano Ozenir

O passado de apresentações dispersas da Philarmônica máster ficou para trás. Até o final do ano passado, junto com os jovens foram 60 apresentações, em um semestre. Com o mote de que música é para se compartilhar em espaços públicos, seus instrumentistas foram ao encontro do público, em praças e escolas dos bairros da periferia, durante a semana, e aos domingos no amplo Parque Josepha Coelho.

Francisco Dias, 72

Músico Francisco Dias

A versatilidade do repertório e o perfil dos músicos de idades distintas acabam mesclando a experiência de uns com as novas ideias dos que chegam. Há 35 anos integrando o elenco da tradicional Philarmônica, Francisco Dias, 72, não esconde a felicidade ao falar sobre seus colegas de sinfonia. “Somos mais que uma família de carinho, respeito e troca de experiências”, argumenta.

Marcos Vinicus Mangabeira, 14

Músico mirim, Marcos Vinicius

O mais novo dos integrantes da orquestra é Marcos Vinícius Mangabeira, um jovem de 14 anos que esbanja brilho no olhar e orgulho quando está se apresentando. Ele não pensa em outra coisa a não ser se profissionalizar em música. “O importante é fazer parte da banda Philarmônica máster. Música é o que gosto de fazer, minha paixão. Com perseverança treino todo dia, porque essa deve ser meta para quem quer chegar a algum lugar”, ensina o garoto.

Com MultiCiências, Uneb

Carnaval da família em Petrolina leva Philarmônica e bloco Especial para animar folia

21nopasso

O Carnaval oficial e Petrolina, no Polo da Praça 21 de Setembro/Orla, só começa no sábado (06), mas o clima da folia já toma conta da cidade nesta sexta-feira (5) com a movimentação do Bloco “Sou Legal, Sou Especial”, composto por crianças atendidas pela APAE no município.

O grupo deve circular no percurso da Avenida Guararapes e se concentrar, às 20h, na Concha Acústica de Petrolina, para assistir a apresentação do Concerto especial de Carnaval da Philarmônica 21 de Setembro, “21 no Passo”, que está na sua 3ª edição.