Alvorlande Cruz celebra volta a Câmara e defende aprovação do Plano Diretor 

Vereador assumiu cadeira após celeuma com Domingos (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano de 2019 foi de reviravoltas na vida do vereador Alvorlande Cruz (PSL). Suplente na eleição de 2016, o edil assumiu a cadeira após a cassação do mandato de Domingos de Cristália (PSL). Pouco depois, Domingos conseguiu reverter e novamente foi derrotado.

Se o começo do mandato, já em meados de 2019, foi tumultuado, Alvorlande celebrou a paz no final desse ano. “Deus me oportunizou [estar na Câmara], é a terceira vez que venho a essa Casa, fiz um trabalho anteriormente derrubamos a cobrança de estacionamento do Shopping, fui criticado por algumas coisas, mas ação, nós trouxemos as pessoas para dentro do empreendimento”, disse durante coletiva de imprensa.

Aliado de Miguel Coelho (MDB), Alvorlande já deixou claro. Para 2020 há um objetivo principal, a aprovação do Plano Diretor Municipal. “Com fé em Deus no próximo ano iremos aprovar o Plano Diretor para que a gente tenha condições de ampliar a questão do zoneamento”, afirmou.

Prefeitura discute com a população pontos da proposta de atualização do Plano Diretor de Petrolina

(Foto: Ascom)

A manhã desta quinta-feira (31) foi marcada pelas discussões em torno das propostas que fazem parte do processo de atualização do Plano Diretor Municipal (PDM). A Prefeitura de Petrolina realizou quatro oficinas temáticas na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE), conduzidas pela equipe técnica responsável pela revisão da legislação urbanística do município.

Arquitetos, urbanistas, engenheiros civis, empresários, entidades sociais e representativas de classe, além da sociedade civil organizada, debateram os quatro grupos temáticos centrais que norteiam o trabalho de revisão do PDM: ambiência, mobilidade, parcelamento do solo, posturas e edificações. As atividades foram coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH).

LEIA MAIS

Segmento da indústria analisa evolução do novo Plano Diretor de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Mobilidade, acessibilidade e ordenamento urbano foram alguns dos temas discutidos nessa semana, em Petrolina (PE) durante avaliação do processo de construção do novo Plano Diretor do município. Convidada pelo conselho empresarial da unidade regional da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), a arquiteta Elka Porciúncla analisou os resultados das escutas e audiências públicas que vem movimentando a cidade desde o último mês de junho.

De acordo com a consultora técnica, o empresariado da indústria é um dos segmentos que mais tem contribuído na elaboração das principais normas urbanísticas que irão valer pelos próximos 10 anos. “A troca de experiências com a equipe técnica responsável pela atualização do documento tem sido muito positiva. E a perspectiva é que podemos avançar muito mais corrigindo alguns obstáculos a um maior desenvolvimento e crescimento econômico de Petrolina”, pontuou.

A FIEPE vai acompanhar a confecção do plano diretor até novembro, quando será colocado para votação na Câmara de Vereadores do município, o diretor regional da Federação, Albânio Nascimento, avaliou positivamente os trabalhos. “O conceito que está guiando a equipe é de organizar uma “cidade mais compacta” através da revisão dos instrumentos urbanísticos, da busca pela valorização de um espaço público como local de convívio e de interação dos cidadãos”, analisou Nascimento, enfatizando ainda que o segmento está à disposição do município no que for necessário para organização do novo desenho da cidade, ordenamento das construções e melhor qualidade do meio ambiente.

Desde o início dos trabalhos para elaboração da legislação urbanística do município, a FIEPE já promoveu vários encontros entre empresários e a empresa contratada pela prefeitura, além de participar de audiências públicas.

Audiência pública em agosto discutirá Plano Diretor de Petrolina

(Foto: ASCOM)

A discussão do Plano Diretor Municipal de Petrolina será retomada com apoio da população no dia 2 de agosto. Nessa data acontece uma Audiência Pública na sede do IGEPREV, às 8h30. O convite foi publicado no Diário Oficial de quinta-feira (19).

Conselheiros e suplentes do Conselho da Cidade (CONCIDADE) estão convocados, assim como toda a comunidade petrolinense. A meta é apresentar e discutir o diagnóstico elaborado pela equipe técnica do Plano Diretor.

A Audiência Pública segue por toda manhã, com a apresentação dos trabalhos executados na elaboração do documento. O IGEPREV fica localizado na Avenida José de Sá Maniçoba, próximo à Câmara de Vereadores e ao Hospital Universitário.

Plano Diretor Municipal será lançado nesta sexta-feira (4) em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Nesta sexta-feira (4), às 14h30 será lançada a revisão do Plano Diretor Municipal de Petrolina. Revisado pela primeira vez desde 2006, o documento vai atualizar o plano urbanístico do município para desburocratizar o segmento.De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), Eduardo Carvalho, a solenidade também terá a posse do Conselho Municipal de Petrolina.

Esse Conselho foi eleito em 2016, no ano de 2017 nós não tivemos nenhuma reunião, mas agora a gente vai dar posse a esse conselho consultivo para debater as políticas urbanísticas do município”, disse Eduardo no programa Super Manhã, da Rádio Jornal na manhã dessa quinta-feira (3).

O Conselho Municipal é composto por representantes dos poderes Executivo e Legislativo, além da sociedade civil. Durante a entrevista, o secretário também explicou como funciona o Plano Diretor, documentação obrigatória segundo o Estatuto da Cidade, em 2001.

“Ele tem quatro diretrizes básicas: garantir aos cidadãos os direitos urbanísticos, garantir a função social da propriedade particular, o ordenamento do território urbano e a gestão democrática da cidade” destacou Eduardo Carvalho.

Segundo Eduardo, o Plano Diretor será submetido ao Poder Legislativo para ser transformado em Lei Municipal. O lançamento da revisão do documento acontece no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, ao lado do IGEPREV.