Polícia Civil deflagra operação em Santa Cruz; PM é um dos alvos da ação

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã dessa quarta-feira (11) a Operação Pente Fino, que busca desarticular um grupo que praticava homicídios e tráfico de drogas na cidade de Santa Cruz. Os mandados foram expedidos em Ouricuri (PE).

De acordo com a 24ª DESEC, responsável pela operação, as investigações tiveram início em maio desse ano e o grupo agia na região do Araripe. Três mandados de busca domiciliar e pessoal de um devem ser cumpridos ainda nessa manhã.

Um dos alvos da operação é um policial militar de Pernambuco. Ele já foi afastado de suas funções. 16 policiais civis estão participando da “Pente Fino”.

Procurado por tentar matar enteada em Petrolina é preso em Uauá

(Foto: Ilustração)

Um homem procurado pela Justiça de Petrolina foi preso na tarde de quinta-feira (5), em Uauá (BA). Carlos Alberto Dias Ferreira tentou matar sua enteada após uma discussão familiar com a mãe da vítima, em 2010.

Carlos é natural de Uauá e era procurado desde a época do crime. Ele foi detido com apoio da Polícia Civil da Bahia em uma ação coordenada pela delegada Isabella Cabral, da PC de Petrolina. Carlos foi encaminhado à Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes.

Arcoverde: Polícia Civil cumpre sete mandados de prisão na Operação Independence

(Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã dessa sexta-feira (6) a “Operação Independence”, em Arcoverde. A ação é coordenada pela Diretoria Integrada do Interior 2 (DINTER 2) e executada pela 19ª DESEC.

“Independence” investiga um grupo criminoso voltado à prática de crimes violentos letais e intencionais, tentativas de homicídios e executados. Os trabalhos tiveram início em fevereiro desse ano. Hoje foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e mais dois de buscas domiciliares.

30 policiais, entre agentes, delegados e escrivães, deram suporte à Operação. A PC não informou a identidade das vítimas e o que foi apreendido na ação.

Estelionatários são presos por venda ilegal de terrenos em Petrolina

Um grupo de estelionatários foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco em Petrolina, na última quarta-feira (4). Eles são acusados de vender terrenos de forma fraudulenta, através de um site de anúncios na internet. De acordo com a 213ª Delegacia da cidade, os criminosos anunciavam com preços atrativos.

Atraídos pelo preço mais em conta, as vítimas pagavam aos criminosos que apenas emitiam contrato particular de compra e vende, não entregando escritura pública e não dando direito ao comprador, já que eles não poderiam ter a posse de algo pertencente a terceiros.

Uma vítima registrou ocorrência e alertou aos policiais que efetuaria o pagamento a dois criminosos, momento no qual os agentes conseguiram identificar os estelionatários como Antonio Leonardo de Lima e José Adão da Silva. Eles foram presos em flagrante e submetidos a audiência de custódia.

Polícia Civil descobre mineração clandestina no interior de Orocó

Equipes apreenderam 100 toneladas do produto extraído (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Policiais civis de Orocó (PE) descobriram uma mineração clandestina na zona rural da cidade, na tarde da última quarta-feira (4). Segundo a 25ª DESEC de Cabrobó, a delegacia recebeu denúncias de pessoas estariam praticando crime ambiental na Fazenda Mucambo.

No local a Polícia Civil encontrou nove pessoas trabalhando na extração de manganês, produto utilizado na indústria do aço. Os proprietários da mina não tinham autorização do órgão competente para explorar o local, configurando crime ambiental.

Na propriedade a polícia também apreendeu três caminhões e uma carreta carregadas co o produto, que pesava aproximadamente 100 toneladas. Todo material foi apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde foi instaurado Inquérito Policial.

Homem procurado por ter relação sexual com menor de idade é preso em Cedro

(Foto: Ilustração)

Um homem de 48 anos foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco na cidade de Cedro. José Ailton, mais conhecido como Jacaré, era procurado pela Justiça de Serrita, também no Estado.

Jacaré é acusado de ter conjunção carnal ou praticar ato libidinoso com menor de 14 anos, crime previsto no Artigo 217-A do Decreto Lei 2.848.

Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Salgueiro e ficará à disposição da Justiça.

Polícia Civil deflagra Operação Pacificação em Arcoverde

20 policiais participam da Operação (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Policiais civis de Pernambuco estão nas ruas de Arcoverde, Sertão do Estado, para cumprir mandados de busca e apreensão através da Operação Pacificação. Os trabalhos da 19ª DESEC tiveram início em agosto desse ano e busca prender criminosos que praticam roubos e estão envolvidos com o tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil, três mandados de prisão temporária, um de internação de adolescente e quatro de buscas domiciliares foram cumpridos no começo da manhã. 20 policiais participam dessa que é a sétima Operação de Intervenção Tática da DESEC na cidade.

No entanto, até o momento a PC não forneceu mais notícias sobre os presos e se houve também a apreensão de armas e drogas.

Procurado por cometer estupro em Sertânia é preso em Petrolina

(Foto: Ilustração)

A Polícia Civil de Petrolina cumpriu um mandado de prisão na manhã dessa segunda-feira (26), no bairro João de Deus.

Sergio Salvador dos Santos era procurado por um estupro cometido em Sertânia (PE) no ano de 2004. Desde então ele era procurado pela Justiça do Estado.

Sergio foi detido e encaminhado à Delegacia do Ouro Preto, onde passou pelos procedimentos exigidos e foi encaminhado à Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. A ação foi coordenada pelos delegados Isabella Cabral e Daniel Moreira, através da 214ª Circunscrição.

PRF erradica 230 mil pés de maconha em operação no Sertão de Pernambuco

(Foto: Polícia Federal/Divulgação)

Entre os dias 11 e 20 de julho a Polícia Rodoviária Federal (PRF) erradicou 230 mil pés de maconha em Cabrobó e municípios vizinhos do Sertão Pernambuco. A ação faz parte da Operação Lábaro, que contou com a participação da Polícia Civil de Pernambuco.

Segundo a PRF, cerca de 19 toneladas da droga deixaram de ser produzidas. As polícias chegaram até às plantações depois de fazer o monitoramento aéreo da região. Três pessoas foram detidas no dia 12 de julho com R$35 mil em dinheiro, na BR-116, em Belém de São Francisco.

Caso Beatriz: “O que se tem feito para prender Alisson?”, questiona Sandro Romilton

Família de Beatriz cobra respostas sobre morte da garota (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Caso Beatriz voltou a ser destaque na imprensa local nessa semana, novamente tendo Alisson Henrique de Carvalho no centro das atenções. O ex-funcionário do Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora é suspeito de apagar imagens das câmeras de segurança no dia em que Beatriz Angélica Mota foi morta, em 2015 e segue foragido.

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: “A impressão que eu tenho é que não estão fazendo é nada”, desabafa Lucinha Mota

Na quinta-feira (18) os pais de Beatriz receberam informações sobre a possível localização de Alisson. A Polícia Civil de Pernambuco, no entanto, não conseguiu localizá-lo na residência. A atuação da instituição de segurança foi criticada pelos pais da garota, conforme mostramos ontem.

Pai de Beatriz, Sandro Romilton conversou com o Blog Waldiney Passos e voltou a questionar a capacidade da Polícia Civil em continuar à frente do caso que completará quatro anos em dezembro.

LEIA MAIS

Caso Beatriz: “A impressão que eu tenho é que não estão fazendo é nada”, desabafa Lucinha Mota

Familiares de Beatriz foram cobrar Polícia Civil sobre investigação (Foto: Blog Waldiney Passos)

Revolta. Esse é o sentimento de Lucinha Mota e Sandro Romilton, pais da menina Beatriz Angélica Mota. Nessa sexta-feira (19) eles foram até o Batalhão da Polícia Militar de Petrolina, onde também está localizada a Delegacia da Polícia Civil que investiga o Caso Beatriz para cobrar respostas sobre a investigação.

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: “A impressão que eu tenho é que não estão fazendo é nada”, desabafa Lucinha Mota

Os pais da garota e familiares não conseguem entender por qual motivo Alisson Henrique de Carvalho, suspeito de apagar imagens das câmeras de monitoramento do Colégio Auxiliadora no dia em que a menina foi morta, continua solto.

“Ficou provado que o Estado não tem nenhuma equipe de prontidão para prender Alisson. A impressão que eu tenho é que não estão fazendo é nada. Quando me refiro à Polícia Civil me refiro à instituição, não vamos arredar os pés daqui enquanto vocês provarem na prática quem são os agentes que estão na rua”, disse Lucinha.

Ontem (18) policiais foram à uma residência no bairro Padre Cícero, onde Alisson estaria escondido. Segundo os pais de Beatriz, apesar de haver um mandado de prisão expedido contra ele, a Polícia Civil de Pernambuco demorou em agir.

LEIA MAIS

Polícia Civil de Pernambuco afirma que Caso Beatriz tem “estrutura necessária”

Polícia Civil de Pernambuco se manifesta após falas da mãe de Beatriz (Foto: Blog Waldiney Passos)

Um dia após o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência de Alisson Henrique de Carvalho, suspeito de apagar imagens das câmeras de segurança do Colégio Auxiliadora, a Polícia Civil de Pernambuco emitiu uma nota refutando as críticas feitas pelos pais de Beatriz Angélica Mota sobre inoperância do órgão.

Segundo a Polícia Civil, o caso conta com uma delegada exclusiva, Polyana Neri, e “estrutura necessária, além de contar com o apoio do Ministério Público e da Diretoria de Inteligência da PCPE”, mesmo com as afirmações de Lucinha Mota e Sando Romilton de falhas na investigação.

LEIA TAMBÉM:

Após receber informações sobre o paradeiro de Alisson, Lucinha Mota entra em greve de fome para conseguir mandado de busca e apreensão contra o acusado

Ontem (18) Lucinha chegou a fazer greve de fome, cobrando da Polícia Civil a prisão de Alisson que estaria escondido na sua própria residência, no bairro Padre Cícero. De acordo com a família, em nenhum momento a instituição informou se houve alguma prisão ou atualização do caso.

Confira a seguir a resposta da Polícia Civil:

LEIA MAIS

Petrolina: duplo homicídio é registrado no Loteamento Recife

Além do homicídio registrado na manhã dessa sexta-feira (19), Petrolina contabilizou, na noite de ontem (18), um duplo homicídio no bairro Loteamento Recife.

As vítimas foram mortas a tiros. Genildo do Nascimento e Hugo Ramos trabalhavam em uma oficina mecânica.

Ele baleados e morreram no local. A Polícia Civil está investigando o crime, mas até o momento ninguém foi preso.

Homem é preso após tentativa de feminicídio no interior de Cabrobó

Armas apreendidas pela polícia durante ocorrência (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um homem foi preso na manhã da última segunda-feira (8) na zona rural de Cabrobó (PE). José Mario da Silva, de 31 anos foi detido após seu enteado de 15 anos acionar a Polícia Civil a respeito de uma tentativa de feminicídio contra a mãe do jovem, companheira de José.

Segundo a polícia, a vítima de 37 anos foi atacada com golpes de faca. De imediato uma equipe da 25ª DESEC se deslocou à Ilha da Assunção e conseguiu deter José com duas facas e uma chave de fenda, instrumentos utilizados na tentativa de feminicídio.

A vítima foi socorrida ao Hospital Regional de Cabrobó e passa bem. José Mario foi encaminhado à Cadeia de Cabrobó.

Alvo de operação da Polícia Civil, ex-prefeito de Sertânia foi preso em Alagoas

Guga Lins foi preso em Maceió, durante operação da Polícia Civil de Pernambuco

Conforme o Blog mostrou mais cedo, a Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nessa quinta-feira (3) a Operação RES PUBLICAE em Afogados da Ingazeira. Entre os seis presos está o ex-prefeito de Sertânia, Gustavo Maciel Lins, mais conhecido como Guga Lins.

LEIA TAMBÉM:

Polícia Civil deflagra operação para combater grupo de extermínio em Salgueiro

Segundo o delegado responsável pela operação, Ubiratan Rocha Fernandes, Guga foi preso com apoio da Polícia Civil de Alagoas. “A Polícia Civil foca no desvio de dinheiro público que as gestões municipais estão causando ao erário. O foco foi a gestão anterior na cidade de Sertânia onde o ex-prefeito Gustavo Maciel foi preso em Alagoas”, explicou.

LEIA MAIS