Gonzaga Patriota propõe a aplicação do fundo eleitoral no combate ao novo coronavírus

(Foto: Internet)

O Deputado Federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) protocolou na Câmara dos Deputados, na manhã de hoje (18), uma Emenda solicitando o cancelamento dos mais de R$ 2 bilhões do fundo eleitoral, e a soma deste valor à Medida Provisória nº 924/2020, que trata do enfrentamento emergencial ao Novo Coronavírus.

Com os R$ 5 bilhões já autorizados no último dia 13 de março, nesta Medida Provisória destinada a combater o novo coronavírus, adicionado ao valor que já está aprovado e destinado ao financiamento público da eleição deste ano, serão cerca de 7 bilhões de reais destinados exclusivamente ao financiamento de ações para o enfrentamento da nova pandemia.

Para Gonzaga Patriota, a prioridade é o combate ao Novo Coronavírus, e o momento que o país está atravessando na luta contra essa pandemia mundial requer esforço de toda a sociedade. “O vírus é extremamente potente e de fácil proliferação, e não há que se pensar em destinar recursos públicos, oriundos do suor do trabalho do contribuinte brasileiro, para financiar campanhas políticas, ao tempo em que é notória a necessidade urgente de mobilização de profissionais de saúde e aquisição de equipamentos voltados à assistência e tratamento dos doentes, principalmente o aumento de leitos de UTI”, justificou Gonzaga Patriota.

O fundo eleitoral, é o recurso destinado à confecção de santinhos, alugueis de comitês, combustível para carros de som, contratação de agências publicitárias, cabos eleitorais, entre outros.

Lucinha Mota justifica porque tiraria Ronaldo Cancão e Cristina Costa da Casa Plínio Amorim 

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Na última segunda-feira (9), Lucinha Mota (PSOL) participou do programa Ponte e Vírgula, na Ponte FM, e ao ser questionada sobre quais vereadores ela tiraria da Câmara Municipal de Petrolina (PE), ela afirmou que tiraria Ronaldo Cancão (PTB) e Cristina Costa (PT).

LEIA TAMBÉM

“Quem vai me julgar é o povo e Deus”, afirma Cancão em resposta à Lucinha Mota

A declaração de Lucinha, mãe de Beatriz Angélica Mota e pré-candidata a vereadora nas eleições 2020 em Petrolina, repercutiu, e na última terça-feira (10), Cancão, durante sessão ordinária na Casa Plínio Amorim lamentou a afirmação de Lucinha, já Cristina, preferiu não comentar sobre o assunto.

Hoje (11), Lucinha participou do Programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal, e justificou sua declaração. “Quando eu coloquei o nome de Cristina e Ronaldo Cancão foi simplesmente pelo fato deles terem levado Alison à Câmara de Vereadores. Eu não concordei com aquilo. Aquilo foi um falta de respeito com a memória de Beatriz, porque Alison teve o direito ao contraditório, e ele teve isso no Tribunal, que não negou a ele esse direito, é tanto que ele conseguiu o relaxamento de prisão. Não cabia ali a presença de seu advogado fazer uma defesa,” ressaltou Lucinha Mota.

“Eu não fui para desqualificar nem ele [Cancão], nem Cristina, por que eu sei que eles têm serviço prestado no município. Agora, eu coloquei a minha opinião, e eu tenho direito, se não, não existia democracia. O limite é o respeito”, completou Lucinha.

Segundo assessor de Wilker Torres, família Viana enriqueceu “às custas do povo de Casa Nova”

(Foto: Reprodução/Site da prefeitura de Casa Nova)

O assessor do prefeito de Casa Nova (BA), Roninho Queiroz, levantou a voz para falar sobre a atuação da família Viana na cidade baiana. De acordo com ele, “os Viana”, como são conhecidos, enriqueceram “às custas do povo de Casa Nova”.

“É a herança de dominação, desrespeito e usufruto das riquezas de Casa Nova pela família em benefício próprio. Foram despejados da política municipal e ficam assim, na porta, insistindo para voltar, insistindo para que um lado qualquer os aceite, como fizeram nas últimas três eleições”.

LEIA MAIS

“A avaliação não pode ser positiva”, diz Henrique Diniz sobre atual gestão de Lagoa Grande

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A juventude pretende ganhar a prefeitura de Lagoa Grande (PE). Essa é perspectiva do pré-candidato à prefeito, Henrique Diniz. O jovem economista participou do Programa Super Manhã da Rádio Jornal, com Waldiney Passos, na manhã desta quarta-feira (4), e teceu críticas à atual gestão.

“A avaliação não pode ser positiva, foram várias promessas, como a redução na taxa de iluminação; reativação do matadouro; o pátio de feira de Lagoa Grande , Vermelhos e Jutaí, Balneário de Vermelhos; a geração de emprego e renda para afetar positivamente o lado econômico que ele prometeu e era discurso constante nos palanques e nenhuma empresa foi para Lagoa Grande”, ressaltou Diniz.

LEIA MAIS

Julio Lossio ressalta potencial de Lucas Ramos e minimiza suposto acordo entre PT e PSB em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Diante da polêmica sobre o suposto acordo entre o PSB e PT nas eleições de Petrolina (PE), para rifar a candidatura de Lucas Ramos (PSB) em apoio a Odacy Amorim (PT), o  ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PSD), preferiu minimizar a eventual negociação, reduzindo a manobra a um tipo de especulação.

LEIA TAMBÉM

Ao contestar retirada de candidatura de Lucas Ramos em Petrolina, Gonzaga Patriota classifica acordo entre o PSB e PT como suicídio

“Ainda tem muita água para rolar em baixo da ponte. Até lá, teremos muitas especulações”, disse Lossio à reportagem do Blog do Jamildo.

LEIA MAIS

Ao contestar retirada de candidatura de Lucas Ramos em Petrolina, Gonzaga Patriota classifica acordo entre o PSB e PT como suicídio

Gonzaga Patriota (Foto: Internet)

O possível acordo entre o PSB e PT para rifar a candidatura do deputado estadual Lucas Ramos à prefeitura de Petrolina (PE), em troca do apoio do PT, representado pelo ex-deputado Odacy Amorim no pleito, ainda rende opiniões, mesmo depois do governador Paulo Câmara ter negado  a eventual negociação.

LEIA TAMBÉM

“Não existe qualquer negociação com o PT sobre candidatura em Petrolina”, afirma Paulo Câmara

Em entrevista ao Blog do Jamildo, o deputado federal Gonga Patriota (PSB) classificou o suposto acordo como suicídio.  “Nem o presidente estadual do partido, Sileno Guedes, e nem o governador Paulo Câmara falaram comigo. Mas se quiserem juntar (PSB e PT), fazemos esse suicídio juntos”, disse o parlamentar.

LEIA MAIS

Prefeito de Curaçá tem contas aprovadas parcialmente pelo TCM

(Foto: Internet)

Na sessão desta quarta-feira (19), o Tribunal de Contas dos Municípios concedeu provimento parcial ao pedido de reconsideração formulado pelo prefeito de Curaçá, Pedro Alves de Oliveira, e emitiu novo parecer, desta vez pela aprovação com ressalvas das contas de 2018.

O conselheiro Raimundo Moreira, relator do parecer, reduziu a multa imposta de R$ 4 mil para R$3,5 mil, em razão das descaracterizações das irregularidades descritas anteriormente.

LEIA MAIS

Gonzaga Patriota defende jornalista da Folha atacada na CPI das Fake News

Gonzaga Patriota (Foto: Internet)

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) manifestou apoio à repórter da Folha de São Paulo, Patrícia Campos Mello, alvo de acusações falsas e caluniosas de um dos depoentes na CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News. Durante discurso, o socialista criticou a atitude de Hans River, ex-funcionário da empresa de marketing digital Yacows e do presidente Jair Bolsonaro.

“Esse nosso pronunciamento é para dizer que como comunicador, advogado e como cidadão, não dá pra você vê o Hans River que disparou fake news através das redes sociais, na CPI, formada por deputados e senadores, fazer um ataque sem limites a repórter da Folha, Patrícia Campos. E aí, não apenas Hans River, o senhor presidente da República, Jair Bolsonaro, que tem tanto o que fazer, não dá pra ouvir e registrar o apoio que ele deu a esse Hans River falando mal da repórter”, lamentou Patriota.

O socialista se solidarizou com a repórter e ressaltou a importância da liberdade de imprensa para a democracia. “Peço a divulgação desse pronunciamento como apoio a todas as entidades que repudiaram esse comportamento do Hans River e esse ato do presidente. E declaro apoio, obviamente, a nossa repórter Patrícia e peço respeito aos comunicadores que têm um papel fundamental na garantia de um país democrático”, disse.

LEIA MAIS

Bolsonaro diz que espera enviar reforma administrativa esta semana

(Foto: Internet)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nessa segunda-feia (17) a tarde que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma administrativa está sendo finalizada e deve ser enviada ainda esta semana ao Congresso Nacional.

“Estamos na iminência de mandar a reforma administrativa, não vai atingir os já servidores, não vai ser mexido nada no tocante a eles. Quero falar que está ultimando, sempre tem um pequeno acerto a mais para fazer. Amanhã [nesta terça], a previsão, à tarde, é que eu [devo] ser apresentado à nova proposta. Espero que essa semana nasça essa criança aí, que está demorando muito para nascer”, disse ao chegar de volta ao Palácio do Alvorada, residência oficial.

Pela manhã, o presidente havia dito que a reforma administrativa está “madura” para ser apresentada e negou que o governo decidiu paralisar concursos públicos, mas que só manterá os essenciais até a aprovação da reforma. O projeto deve acabar com a estabilidade automática para futuros servidores públicos.

LEIA MAIS

Leninha do STTAR é destaque durante ato de filiação do PSB em Petrolina

Leninha do STTAR se filia ao PSB em Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A última sexta-feira (14) foi de visita do Governador Paulo Câmara em Petrolina (PE). Com sua comitiva, Câmara cumpriu uma intensa agenda de eventos durante todo o dia. Ao final da tarde, o gestor estadual assumiu seu papel de Vice-presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e se fez presente em um ato de filiação na capital sertaneja.

LEIA TAMBÉM

Prefeitos do Sertão se filiam ao PSB com presença de Paulo Câmara e lideranças socialistas

O evento reuniu lideranças, autoridades políticas e prefeitos que se filiaram na ocasião. Além dos gestores municipais, lideranças de Petrolina e de cidades circunvizinhas aproveitaram o momento e assinaram sua carta de filiação ao PSB, com as bençãos de Paulo Câmara. Dentre elas, uma foi o destaque da noite, mais conhecida como “Leninha do Sindicato”, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados (STTAR) de Petrolina foi ovacionada por membros do sindicato e autoridades presidentes.

LEIA MAIS

Workshop sobre influência política da mulher está com inscrições abertas em Petrolina

(Foto: Ilustração)

No dia 18 de março, a Faculdade Uninassau Petrolina sediará o Workshop ‘Mulher, Poder e Influência Política’, promovido pela GR Cidades e DL ambiental, com o objetivo de discutir o papel e desafios da mulher no processo político, as relações de poder e a construção da liderança. O evento será às 18h30, no auditório da Instituição.

Os temas debatidos serão: “Mulher, Poder e Influência Política em Petrolina”, com a gestora e bióloga, Denise Lima. A nova modelagem do Direito Eleitoral em 2020, com a professora universitária e advogada, Ariana Andrade; e Estratégia eleitoral – A formação da liderança com o economista e gestor, Geraldo Júnior.

As inscrições serão realizadas no dia do evento e outras informações podem ser obtidas pelo telefone (87) 3024-2519. A Uninassau Petrolina fica na Avenida Clementino Coelho, Nº 714 – Centro de Petrolina.

Quem matou miliciano ‘foi a PM da Bahia, do PT’, diz Bolsonaro

(Foto: Adriano Machado/Reuters)

“Quem foi responsável pela morte do capitão Adriano foi a PM da Bahia, do PT. Precisa dizer mais alguma coisa?”, disse o presidente da República, Jair Bolsonaro, no último sábado (15). A afirmação é uma referência à morte do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, morto no município de Esplanada, a 170 km de Salvador (BA), e que no passado recebeu homenagens da família Bolsonaro.

 “A medalha foi em 2005. Não tem nenhuma sentença julgada condenando o capitão Adriano por nada, sem querer defendê-lo”, afirmou Bolsonaro em evento no Rio ao lado do filho e senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ), responsável pela homenagem. O presidente disse que a homenagem foi um pedido dele ao filho.

Perguntado sobre o motivo da morte do miliciano, Bolsonaro citou a imprensa dizendo que leu que seria “queima de arquivo”. Ao ser questionado por que o filho condecorou o miliciano, Bolsonaro chamou o filho, Flávio, para esclarecer a homenagem. “Isso tem 15 anos”, disse Flávio.

O senador lembrou que fez questão de pedir para não cremarem o corpo, já que “pelo que eu soube e como mostrou a revista Veja, ele foi torturado”. “Pra falar o que? Com certeza não é pra falar sobre nós, porque não tem o que falar contra nós, não temos envolvimento nenhum com milícia”, disse Flávio Bolsonaro, bem exaltado.

LEIA MAIS

Durante visita de Paulo Câmara, Miguel Coelho discorda de discurso sobre Compesa e rebate críticas de Lucas Ramos

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A primeira parada do governador Paulo Câmara, durante sua visita a Petrolina (PE) nesta sexta-feira (14), foi no bairro São Gonçalo, onde inaugurou a Escola de Referência Evanira de Souza Dias. O evento foi prestigiado por vários políticos e autoridades da região. O prefeito Miguel Coelho esteve presente.

LEIA TAMBÉM 

Ponte de Bodocó deve estar pronta em março, segundo Paulo Câmara
Em Petrolina, Paulo Câmara destaca investimentos do Governo do Estado na educação

“Essa escola foi eu que pedi como deputado estadual, há quatro anos atrás. O trabalho que a gente começou lá atrás, hoje, se trona realidade, tanto aqui no São Gonçalo, como a escola do João de Deus. Como disse o governador, política é uma coisa e o administrativo é outra, enquanto ele for governador e eu prefeito, essa parceria estará mantida”, ressaltou o gestor municipal.

Além da inauguração da escola, o primeiro momento de Paulo Câmara foi dedicada à imprensa. Quem também concedeu entrevista foi o prefeito de Petrolina. Entre os assuntos abordados, os questionamentos foram voltados para a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e para a as eleições 2020, claro.

Questionado sobre a fala do governador Paulo Câmara referente aos serviços da Compesa, Miguel Coelho, afirmou que o povo de Petrolina quer mudança. “Ele não precisa convencer a mim, Petrolina está com sua opinião formada que é de fazer uma PPP, um processo de concessão. […] Essa questão de uma nova licitação já foi superada, a própria Compesa admite e diz que quer participar da licitação. O que a gente quer é que a empresa que ganhe, invista o dinheiro de Petrolina em Petrolina.”

LEIA MAIS

Gonzaga Patriota convoca motorista de transporte alternativo para lutar a favor de projeto de lei que revê multas

Deputado tem feito articulações a favor dos motoristas na Câmara dos Deputados.

De volta ao Congresso Nacional, o deputado federal Gonzaga Patriota falou sobre o seu Projeto de Lei (PL nº 4190, de 2019), que propõe rever as multas imputadas ao transporte alternativo, impostas pela Lei 13.855, de 2019, e convocou a categoria e a sociedade para lutar por esse direito.

Segundo o parlamentar, não são somente os motoristas que dependem dessa atividade. Existem milhares de passageiros que se deslocam através do transporte alternativo por falta do transporte convencional, já que não dispõe de ônibus para atender a todos.

LEIA MAIS

Estratégia ou coincidência? Camarote da Polícia Militar é isolado pela prefeitura de Juazeiro, mas não perde o prestígio no carnaval

(Foto: Portal Zap)

Umas das novidades do Carnaval de Juazeiro (BA), ocorrido no último fim de semana, entre os dias 7 e 9 de fevereiro, foi a realocação do camarote da Polícia Militar da Bahia. A área reservada para PMs e seus familiares, antes montada na Praça São Tiago Maior, na Orla da cidade, este ano foi instalada na Avenida Adolfo Viana, na entrada do circuito por onde passaram os trios elétrico e os blocos.

Seria uma estratégia da gestão municipal para ofuscar o brilho do suposto candidato a prefeito, o Coronel Aselmo Bispo, comandante do CPRN, ou foi mera coincidência, já que a prefeitura deu uma justificativa valorosa para o feito?

Na Praça São Tiago Maior foi instalado o Palco Alternativo, que antes ficava na Rua da 28, a estrutura serviu para as apresentações de artistas locais, e atrações para os mais diversos públicos, como é o caso das crianças.

Dias antes do carnaval, o coordenador geral do evento, Samuel Morais, explicou que a mudança se deu para ampliar a presença de públicos mais jovens e uma maior integração entre os pólos da festa.

LEIA MAIS
123