Fechamento do comércio de Juazeiro é prorrogado até dia 12 de julho

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O fechamento do comércio de Juazeiro, na região norte da Bahia, determinado pelo Decreto n° 449 de 20 de junho de 2020, fica prorrogado até o dia 12 de julho, exceto os estabelecimentos já definidos. O toque de recolher, que restringe locomoção de pedestres e veículos entre 18h e 05h, também fica prorrogado até a mesma data de 12 de julho, excetuando os trabalhadores de atividades essenciais como profissionais de saúde.

A decisão foi tomada durante reunião do Comitê de Prevenção e Combate à Covid-19, ocorrida na tarde desta segunda-feira (29), a medida tem como principal objetivo diminuir a taxa de transmissão do novo coronavírus aumentando o índice de isolamento social.

“Nas reuniões do Comitê de Saúde, que acontecem de maneira frequente, recebo dos especialistas as avaliações sobre a evolução da pandemia no município. A partir de dados científicos são definidas as estratégias para o enfrentamento com as diversas ações que temos implementado. E as medidas de restrição para aumentar o isolamento social e frear a propagação do vírus também fazem parte dessas estratégias. Sabemos as dificuldades que todos estão passando, mas juntos venceremos essa luta”, atestou o prefeito Paulo Bomfim.

Prefeito de Juazeiro cede às pressões empresariais e comércio volta abrir aos sábados

Prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim. (Foto: Ascom/PMJ)

No decreto de 29 de maio, que constava o plano de retomada da economia em Juazeiro (BA), parte do comércio estava autorizada a funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Porém no último sábado (6), o primeiro depois da reabertura das lojas, muitos lojistas descumpriram a ordem e atenderam seus clientes normalmente.

O prefeito Paulo Bomfim, disse em entrevista coletiva na última segunda-feira (8), que ele próprio presenciou lojas abertas. “Infelizmente muita gente desrespeitou o acordo com fizemos e abriram suas lojas. Quando a fiscalização chegava eles fechavam, quando saia os comerciantes voltaram a abrir seu comércio, infelizmente”, disse o prefeito.

Durante a conversa com os repórteres prometeu endurecer na fiscalização. “Eu gosto de resolver as coisas no diálogo. Evito a punição, mas a partir do próximo sábado, se insistirem em manter o comércio aberto, vamos partir para multa ou até mesmo cassar o alvará de funcionamento”, alertou Paulo Bomfim.

No entanto, em reunião com as entidades representativas do empresariado de Juazeiro, no início dessa semana, Bomfim “baixou a guarda” e autorizou a abertura do comércio a partir deste sábado (13), dia de Santo Antônio, mesmo com mais uma morte pela Covid-19 confirmada nesta quinta-feira (11) e 169 casos positivos do novo coronavírus.

Em release enviado a imprensa, a prefeitura informa que a permissão para a abertura do comércio também aos sábados é para evitar maior aglomeração nas ruas. Segundo a nota, com o funcionamento das lojas durante os seis dias normais o fluxo de clientes ao mesmo tempo irá diminuir porque haverá mais tempo para ir às compras.

Outras medidas adotadas foram a ampliação do toque de recolher para até o dia 30 de junho, nos mesmos horários das 22h às 05h, e a limitação de horário até as 21h30 para bares e restaurantes quando os mesmos reabrirem no final deste mês.

Prefeito Paulo Bomfim e secretária da Saúde visitam dependências da UPA de Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Na manhã desta terça-feira, 19, o prefeito Paulo Bomfim e a Secretária da Saúde, Fabíola Ribeiro, visitaram a UPA de Juazeiro, que está apta para receber pacientes com sintomas respiratórios, com dois leitos de isolamento para a COVID 19, mais 4 equipados com respiradores mecânicos e outros 6 intermediários. Juazeiro foi a primeira cidade da Bahia a tomar medidas preventivas no enfrentamento do coronavírus, em 13 de março, e atualmente tem 49 casos confirmados, o menor índice das grandes cidades do estado. Dos casos confirmados, 19 já constam com cura clínica.

Na oportunidade, Paulo Bomfim conferiu cada departamento, desde recepção, ambulatórios, leitos e farmácia. “Temos trabalhado diuturnamente para proteger a nossa população. A UPA já está atendendo aos pacientes de Juazeiro, embora hoje não tenhamos nenhum precisando de atendimento mais efetivo. Mas o espaço está pronto para atender a quem precise”, declarou Paulo Bomfim.

A secretária Fabíola Ribeiro destacou a visita do prefeito como um incentivo às equipes. “A vinda do prefeito à UPA é um estímulo aos profissionais de saúde ou que atuam na área, como motoristas, seguranças, cozinheiras, e todos que dão suporte para a linha de frente no combate ao coronavírus. O trabalho planejado do Comitê tem nos dado bons resultados e assim pretendemos continuar até passar este primeiro momento da pandemia. Mas a população precisa nos ajudar ficando em casa, se for sair usar máscara, além da higienização pessoal, como lavar as mãos com água e sabão, ou limpar com álcool gel”, finalizou.

Mesmo com orientações de distanciamento social prefeitura de Juazeiro convoca entrevista coletiva

Nesta quinta-feira (07), às 9:30, no Paço Municipal, o prefeito Paulo Bomfim e a secretária Fabíola Ribeira farão a apresentação do novo fluxo de atendimento de emergência adulta e das pessoas com coronavírus ou outros problemas respiratórios.

– Transformação da UPA em unidade do coronavírus;
– Anúncio do hospital privado que atenderá emergência adulta.

A coletiva obedecerá as regras de distanciamento. Todos deverão usar máscaras, microfones serão higienizados com álcool em gel, cadeiras estarão dispostas com a distância mínima recomendada.

Prefeito prorroga fechamento do comércio e de outros serviços não essenciais em Juazeiro até o dia 10 de maio

(Foto: ASCOM)

Em decorrência do aumento de notificações e casos confirmados de Covid-19, levando-se ainda em conta que a pandemia está em curva crescente em todo o Brasil, o prefeito Paulo Bomfim decretou nesta quinta-feira (30), a prorrogação do fechamento do comércio e de outros serviços não essenciais em Juazeiro até o dia 10 de maio.

Entretanto, os estabelecimentos ficam autorizados a funcionar de forma única e exclusiva para recebimento de prestações de seus clientes, desde que limitado a um número máximo de seis (06) pessoas em atendimento interno.

LEIA MAIS

Prefeito de Juazeiro autoriza a compra de 10 mil testes rápidos para identificar pessoas com o novo coronavírus

Prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim. (Foto: Ascom/PMJ)

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, detalhou os novos investimentos no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Inicialmente, mais R$ de 4,9 milhões serão aplicados na preparação da rede especializada, testagem, compra de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) para profissionais da Saúde, medicamentos e ampliação de leitos. Os valores são oriundos da União.

Deste total, aproximadamente R$ 1,5 milhão será usado para adquirir testes rápidos, incluindo recursos complementares vindos do Ministério Público do Trabalho. Será utilizado prioritariamente com profissionais da área de Saúde, guardas municipais, fiscais de postura que atuam no controle de aglomerações e pessoas que apresentem sintomas para a Covid-19.

LEIA MAIS

Prefeito de Juazeiro foi a Brasília em busca de recursos para as obras da Travessia Urbana e BR-235

(Foto: ASCOM)

Esta semana, o Prefeito de Juazeiro, Paulo Bonfim, o deputado federal Valmir Assunção e o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) Na Bahia, Amauri Souza, participaram de audiência pública na capital federal, na tentativa de agilizar a retomada das obras da Travessia Urbana da BR-407, e a conclusão dos 4km restantes da pavimentação da BR-235, trecho Juazeiro-Pinhões.

Paulo Bonfim, participou do encontro na Comissão Mista de Orçamento e Fiscalização da Câmara dos Deputados, para dirimir as dúvidas e adequação às recomendações do Tribunal de Contas União. O prefeito tem buscado, junto ao Ministério dos Transportes, recursos para conclusão da Travessia Urbana – considerada de grande importância para a questão da mobilidade e de responsabilidade do DNIT.

Na audiência pública, presidida pelo senador Hélio José, foi recomendada a relicitação de todo o trecho, incluindo os viadutos, que vai do Mercado do Produtor até a Ponte, seguindo as orientações do Tribunal de Contas da União (TCU).

“Agradeço a todos pela colaboração e acreditamos que nada mais falta para que estas importantes obras sejam reiniciadas sem problemas para que tão logo a população se beneficie com mais mobilidade urbana e segurança. É um trabalho de persistência, de juntar forças, pois Juazeiro está acima de tudo e de todos. Acredito que não haverá mais impedimento, mas vamos ficar vigilantes para que nada saia do planejado”, garantiu Paulo Bonfim.