Uauá confirma 7ª morte por covid-19

A Prefeitura de Uauá (BA) confirmou a sétima morte por covid-19, no boletim de domingo (26), mas não forneceu mais detalhes sobre o paciente.

Esse foi o segundo dia consecutivo com óbito, já que no sábado (25) mais um paciente perdeu a batalha contra a doença. O homem em questão estava internado na capital Salvador, desde 21 de julho.

Também ontem foram registrados mais quatro casos positivos. Uauá soma 213 casos positivos, dos quais 109 já estão recuperados.

No total já foram notificados 723 casos. 278 já foram descartados por terem resultado negativo.

Uauá: Prefeitura decreta lockdown a partir do dia 24

Lockdown será de 24 a 31 de julho (Foto: Reprodução/ Internet)

Mais um município baiano adotará o lockdown para tentar controlar a disseminação do novo coronavírus. A partir desta sexta-feira (24), Uauá estará em quarentena mais rígida. A medida foi anunciada no Decreto n° 1.125/2020 (veja aqui), publicado no Diário Oficial de terça-feira (21).

O lockdown vigorará até dia 31 de julho. Enquanto durar o decreto, fica determinado o “fechamento total dos estabelecimentos e prestadores de serviço, com restrição de circulação de pessoas”. Dessa forma, serviços da construção civil, casas lotéricas, publicidade e o comércio não essencial deverá suspender as atividades.

Distribuidores de gás e água, lojas que comercializam alimentação/medicamentos para animais somente poderão atuar via delivery. Farmácias, postos de combustíveis (exclusivamente para abastecimentos), funerárias e concessionárias de serviços públicos essenciais, tais como, energia elétrica e água poderão abrir normalmente. O lockdown também proíbe a circulação de pessoas das 18h às 5h.

Uauá registra primeiros casos suspeitos de coronavírus

O município de Uauá (BA) é mais uma cidade da região a registrar casos suspeitos do novo coronavírus. De acordo com a Prefeitura, na noite de sábado (21) foram notificados três casos e todos os pacientes já tiveram seus materiais coletados.

LEIA TAMBÉM

Uauá tem primeiro caso suspeito de H1N1

Tratam-se de dois adultos e uma criança. Um homem de 42 anos foi o primeiro a dar entrada no Hospital Municipal Dr. Jair Braga. Ele apresentava sintomas como tosse, febre e garganta inflamada e disse ter visitado Feira de Santana, cidade que já teve casos confirmados da doença. Ele está em quarentena domiciliar.

Os demais pacientes são sua esposa e filho, que apresentaram os mesmos sintomas do homem. Dessa forma toda família está em quarentena e segue monitorada pela Vigilância Epidemiológica da cidade. Os resultados dos exames deve sair nos próximos dias.

Governo da Bahia reconhece Situação de Emergência em Uauá

Seca tem prejudicado atividade econômica local (Foto: Reprodução/ Internet)

O Governo da Bahia decretou Situação de Emergência em Uauá por 180 dias. De acordo com o Decreto n° 19.352/2019, a seca tem atingido diversas localidades da cidade, afetando a atividade econômica. O prazo de validade do Decreto é retroativo a 24 de novembro.

O Estado reconheceu um Decreto Municipal do dia 25 de novembro, no qual o prefeito de Uauá, Lindomar Dantas autoriza órgãos municipais a adotarem medidas no “intuito de apoiar as ações de resposta do desastre”.

O Blog solicitou mais informações a respeito do suporte aos moradores e quais as áreas mais atingidas pela seca. Estamos aguardando uma resposta da gestão municipal.

Maior especialista em palma forrageira do país fará palestra a agricultores de Uauá

(Foto: Ascom)

No dia 14 de maio o município de Curaçá (BA) receberá a visita do agrônomo Paulo Suassuna, considerado o maior especialista em palma forrageira do Brasil. Ele visita o município para uma formação com os agricultores da cidade, evento promovido pela Prefeitura e Sebrae.

O “Seminário de Tecnologia do Cultivo Intensivo da Palma” será realizado no auditório do Colégio Estadual Nossa Senhora Auxiliadora, das 08h às 16h. As inscrições podem ser feitas no site da Prefeitura de Uauá ou no Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município.

A formação tem apoio da Fundação Banco do Brasil (Programa Bioma Caatinga), do Sistema FAEB/SENAR, do Banco do Nordeste do Brasil e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Uauá.

Uauá: reajuste salarial de professores é sancionado pela Prefeitura Municipal

(Foto: Ascom)

Os professores da rede municipal de ensino de Uauá (BA) receberam o reajuste de 6,81% após o prefeito Lindomar Dantas sancionar a Lei Municipal nº 595/2018 que altera o valor do piso, na quinta-feira (26). Dessa forma, o valor será acrescido já na folha de pagamento de julho.

A assinatura da lei contou com a presença do coordenador da APLB/Uauá, Francisco Prolepses e do Sindicato dos Servidores Municipais de Uauá (SINDSIMU), Milton Rodrigues, que representaram a categoria. Segundo o Poder Executivo, a sanção é mais um passo na valorização dos profissionais.

Isso porque no início do ano a Prefeitura autorizou a mudança de nível para 70 professores, com acréscimos variando entre 40% e 55%.

Uauá: reajuste salarial dos professores será discutido na Câmara de Vereadores

(Foto: Reprodução/Internet)

Os professores da rede municipal de Uauá, a 125 km de Juazeiro poderão ter um reajuste salarial de 6,81% a partir desse mês. Na sessão do dia 26 de junho o Projeto de Lei do Executivo deu entrada na Câmara de Vereadores e deverá ser votado, após longas discussões com a categoria.

Desde fevereiro a Prefeitura e o sindicato negocia o reajuste que será feito em cima do piso. Segundo o Poder Executivo, a proposta segue a Lei Federal do Piso Nacional do Magistério. O prefeito Lindomar Dantas (PCdoB) afirmou que, mesmo com a dificuldade financeira vivida pelo Brasil, a bonificação só foi possível por meio do diálogo.

“Apesar das dificuldades, com responsabilidade e transparência, conseguimos manter um importante diálogo junto a categoria dos educadores para buscarmos as melhores soluções para que todos os direitos possam ser reconhecidos”, disse o gestor.

Ainda não há previsão de quando o Projeto de Lei será apreciado na Câmara de Vereadores, já que o Legislativo está em recesso no mês de julho.

Em nota, Prefeitura de Uauá afirma que ambulância passou por revisão há 15 dias

(Foto: Moisés Ribeiro)

A Prefeitura de Uauá se manifestou sobre o incêndio de ambulância, logo no início da manhã dessa sexta-feira (11) na zona rural do município. De acordo com a nota, não houve feridos e o motorista do veículo utilizou o extintor de incêndio do veículo, para amenizar as chamas, fato que proporcionou ao paciente sair do carro.

Segundo a Prefeitura, as ambulâncias do município passam por manutenção regularmente e o veículo incendiado, modelo Kangoo 2014 foi submetido a uma revisão elétrica e mecânica há 15 dias e somente a perícia apontará a causa do incidente.

Confira a nota enviada pela Prefeitura de Uauá:

LEIA MAIS