Bolsonaro reproduz vídeo com críticas ao governador de Pernambuco

(Foto: Carolina Antunes/PR)

O presidente Jair Bolsonaro reproduziu em sua conta no Twitter um vídeo em que o apresentador de TV Sikêra Jr. faz críticas ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), a partir de cifras retratadas em seu programa como verbas da União destinadas ao Estado.

A temática dos repasses federais a Estados e municípios já esteve no centro do acirramento político de Bolsonaro com governadores antes. O episódio gerou reações de gestores, que criticaram o presidente por apresentar números de forma distorcida para insinuar que haveria benevolência do governo federal e que os entes subnacionais fariam uma má gestão dos recursos no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

LEIA MAIS

Bolsonaro diz que Brasil será autossuficiente na produção de vacinas

O presidente Jair Bolsonaro fez nessa terça-feira (23) um pronunciamento em cadeia de rádio e TV em que afirmou que o país, em poucos meses, será autossuficiente na produção de vacinas contra a covid-19.

“Não sabemos por quanto tempo teremos que enfrentar essa doença, mas a produção nacional vai garantir que possamos vacinar os brasileiros todos os anos, independentemente das variantes que possam surgir”, disse o presidente.

LEIA MAIS

‘Somos o 5º país que mais vacina’, diz Bolsonaro em pronunciamento

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil é o quinto país que mais vacinou no mundo, em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, nesta terça-feira (23). Durante quatro minutos o presidente destacou as ações tomadas pelo governo para a obtenção de vacinas desde o ano passado, disse que o país tem mais de 14 milhões de pessoas que receberam ao menos uma dose da vacina e que já foram enviadas mais de 32 milhões de doses de imunizantes para todos os estados.

“Quero tranquilizar o povo brasileiro e afirmar que teremos vacina”, disse o presidente garantindo a disponibilidade de mais de 500 milhões de doses ainda em 2021. “Somos incansáveis na luta contra o coronavírus. Essa é a missão e vamos cumpri-la”, afirmou. Ainda segundo o chefe do Executivo, o país terá imunizantes, “independentemente das e variantes que possam surgir.”

LEIA MAIS

Comerciantes de Campo Formoso protestam pela abertura dos seus estabelecimentos

Seguindo o exemplo de Petrolina e tantas outras cidades da região, dezenas de comerciantes que prestam serviços considerados não essenciais na cidade baiana de Campo Formoso (BA) bloquearam a rodovia BA 220, na entrada da cidade, nesta segunda-feira (22), para protestar contra os decretos do governo da Bahia e da prefeitura, que determinam a suspensão das atividades por sete dias.

A gente está aqui para trabalhar, porque quem é empresário sabe da despesa de uma empresa. A gente precisa que o prefeito ajude, que o governador ajude. A gente não está aqui para arrumar guerra não. A gente está aqui para ajudar e ser ajudado“, disse um dos manifestantes.

O discurso dos manifestantes está em sintonia com a postura do presidente Jair Bolsonaro que afirmou nesta segunda-feira, não defender medidas como um lockdown nacional.

“Me chamam de negacionista ou de ter um discurso agressivo, mas lockdown não deu certo”, afirmou. “Parece que só no Brasil está morrendo gente.”

“Só Deus me tira daqui”, diz Bolsonaro a apoiadores em seu aniversário

O presidente da República, Jair Bolsonaro, cumprimentou apoiadores neste domingo (21.mar.2021) que foram até o Palácio da Alvorada felicitá-lo pelos seu aniversário de 66 anos. Bolsonaro estava acompanhado da primeira dama, Michelle, que completa 39 anos na 2ª feira (22.mar). Os 2 usavam máscara.

Na conversa, Bolsonaro discursou contra medidas de restrição impostas por governadores por causa do avanço da pandemia. Disse que as decisões tomadas pelo chefes estaduais e municipais impedem as pessoas de trabalhar.

“Estão esticando a corda. Faço qualquer coisa pelo meu povo. Esse qualquer coisa é o que está na nossa Constituição, na nossa democracia, no nosso direito de ir e vir.”

Depois, o presidente acrescentou: “Enquanto eu for presidente, só Deus me tira daqui […]. Não abriremos mão desse poder que vocês nos deram por ocasião das eleições de 2018″.

LEIA MAIS

Marina Silva se vê longe da disputa em 2022 e sugere frente pró-Ciro

Depois de receber 1% dos votos em 2018 na sua terceira tentativa de chegar à Presidência da República, a ex-ministra e ex-senadora Marina Silva (Rede), de 63 anos, diz não ter planos de se lançar em uma nova disputa em 2022. Vivendo em isolamento social em Brasília, ela afirmou em entrevista por telefone ao Estadão que só saiu de casa uma vez desde o dia 1.º de março do ano passado, para ir ao médico.

LEIA MAIS

Auxílio deve voltar em março e por até 4 meses, diz Bolsonaro

Bolsonaro em evento nesta quinta-feira (11), no Maranhão

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (11) que uma nova rodada do auxílio emergencial deve ser paga a partir de março e por um período de até quatro meses. O chefe do Executivo afirmou que essa é a alternativa discutida atualmente entre o Executivo e o Congresso. Ele disse, contudo, que não sabe qual seria o valor do benefício.

“Está quase certo, ainda não sabemos o valor. Com toda certeza – pode não ser – a partir de março, (por) três, quatro meses”, disse em conversa com jornalistas ao final de evento do governo em Alcântara (MA). “Isso que está sendo acertado com o Executivo e com o Parlamento também porque temos que ter responsabilidade fiscal”, acrescentou.

O presidente não deu detalhes de quantas pessoas vão ser contempladas com essa nova rodada do auxílio.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já disse que a ideia é atender à metade dos 64 milhões de beneficiários que receberam no ano passado. Nem o presidente nem o ministro disseram como vão ser os critérios de seleção.

LEIA MAIS

Apoiado por Jair Bolsonaro, Arthur Lira vence eleição para presidir a Câmara Federal

 

A Câmara Federal acaba de elege o deputado Arthur César Pereira de Lira (PP-AL), de 51 anos,  para presidir a Casa pelos próximos 2 anos.

O resultado representa também a vitória do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o agora ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) que apostou em Baleia Rossi (MDB-SP) para tentar impedir a influência do governo no Congresso.

Lira recebeu 302 votos, o que foi suficiente para vencer a eleição já no primeiro turno — eram necessários a maioria dos deputados presentes. Baleia teve 145 votos.

Saiba quem é Arthur Lira

Ele é filho do ex-senador e atual prefeito de Barra de São Miguel, Benedito de Lira (PP). É advogado e tem negócios no meio rural.

Está em seu 3º mandato na Câmara. Chegou à Casa em 2011. Antes, foi vereador em Maceió de 1993 a 1999. Depois, deputado estadual. Passou por PFL (hoje DEM), PSDB, PTB e PMN.

Ocupou postos importantes no Congresso, como a presidência da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara e da CMO (Comissão Mista de Orçamento). Também foi líder do PP e do Centrão.

Esse grupo existe no Legislativo desde a Constituição, mas voltou a ganhar notoriedade durante a gestão de um antigo aliado de Lira: Eduardo Cunha (MDB-RJ), ex-presidente da Câmara que foi cassado e preso.

Assim como Cunha fizera, Lira aglutinou o Centrão em torno de si. Em 2019 e 2020 foi o deputado mais poderoso da Câmara depois do presidente, Rodrigo Maia.

O integrante do PP aproximou-se de Jair Bolsonaro ao longo de 2020. Intermediou e articulou a transformação de seu grupo político na Câmara em apoio ao governo. Assim, tornou-se o candidato favorito do Palácio do Planalto.

Bolsonaro diz que edital para concurso da Polícia Federal deve sair ainda em janeiro

Em publicação no Twitter, na manhã deste domingo (10), o presidente Jair Bolsonaro informou que o edital para o concurso da Polícia Federal deve ser publicado ainda neste mês.Em dezembro, o Diário Oficial da União publicou a autorização para a realização do concurso para o preenchimento de cargos na Polícia Federal.

No total, o concurso prevê a disponibilização de 1,5 mil vagas de nível superior para os cargos de delegado, escrivão, papiloscopista e agente de polícia federal.

De acordo com a Portaria 14.358, que trata do assunto, o prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições será de até seis meses. São 123 postos para delegado, 400 vagas para escrivão, 84 para papiloscopista e 893 para agentes. O último concurso da PF foi realizado em 2018 e ofereceu 500 vagas de nível superior.

Fonte: Folha de Pernambuco.

Presidente da Codevasf estará em Juazeiro (BA) hoje (28) para autorizar investimento de R$ 9,5 milhões em infraestrutura urbana

O presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Marcelo Moreira, estará em Juazeiro (BA) nesta sexta-feira (28) para assinatura de ordem de serviço para início imediato de obras de recapeamento asfáltica de cerca de 24 quilômetros em vias públicas do município.

Para dotar o município de infraestrutura urbana, estão sendo investidos cerca de R$ 9,5 milhões em recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) por meio de Termo de Execução Descentralizada (TED). A solenidade ocorre às 14 horas, na sede da 6ª Superintendência Regional da Codevasf, no bairro Piranga, e deve contar com as presenças de um público restrito formado por autoridades e técnicos da Companhia em razão da pandemia de Covid-19.

Juazeiro ocupa uma posição de capital baiana do Submédio São Francisco, região em que se destacam os projetos públicos de irrigação Curaçá, Mandacaru, Maniçoba, Salitre 1ª Etapa e Tourão, todos implantados e mantidos pela Codevasf e que juntos movimentaram em 2019 cerca de R$ 1,562 bilhão na economia local com a geração de aproximadamente 32 mil empregados diretos e 48 mil empregos indiretos somente na região de influência da cidade.

Os investimentos devem melhorar a mobilidade e a trafegabilidade e impulsionar os negócios das cadeias produtivas na região de Juazeiro, a exemplo da cadeia da fruticultura e da cana-de-açúcar.

LEIA MAIS

Michel Temer aceita convite de Bolsonaro para ser enviado especial ao Líbano

(Foto: Isac Nóbrega/Presidência da República)

O ex-presidente Michel Temer aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro e será o enviado especial brasileiro ao Líbano. Segundo pessoas envolvidas nas tratativas, os detalhes serão acertados nesta segunda-feira (10).

O plano é enviar um avião KC-390 com medicamentos, mantimentos e outras doações para ajudar o Líbano, que enfrenta uma crise sem precedentes depois que uma explosão no porto de Beirute provocou a morte de mais de uma centena de pessoas.

A iniciativa é parecida com o que já ocorre nos Estados Unidos onde ex-presidentes costumam liderar missões humanitárias. Com a presença de Temer, que tem ascendência libanesa, a diplomacia brasileira quer dar maior relevância à missão.

Os contatos entre Bolsonaro e Temer começaram no dia seguinte ao acidente, ocorrido na terça-feira. O presidente ligou para seu antecessor informando que pretendia coordenar uma ajuda para o Líbano e pediu a Temer que fizesse a ponte com a comunidade libanesa no Brasil, que é expressiva.

Em reunião com líderes internacionais ocorrida neste domingo (8), Bolsonaro revelou o envio da avião com a missão humanitária e o convite para que Temer liderasse a delegação. O Brasil também deve mandar um navio com quatro toneladas de arroz.

O gesto sela uma aproximação entre Bolsonaro e Temer, que se intensificou pouco antes da saída do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, do cargo, por conta dos ataques feitos por ele ao Supremo Tribunal Federal (STF). Temer vem aconselhando Bolsonaro a moderar o discurso e evitar falas polêmicas em público.

Em nota, o ex-presidente Michel Temer afirmou estar honrado com o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro para chefiar a missão humanitária do Brasil no Líbano. Temer também declarou que quando o ato for publicado no Diário Oficial, serão tomadas as medidas necessárias para viabilizar a tarefa.

Bolsonaro assina nesta quinta MP que libera quase R$ 2 bilhões para vacina

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinará nesta quinta-feira (06) uma MP (medida provisória) que prevê a liberação de quase R$ 2 bilhões para investimento na produção da vacina contra o novo coronavírus. Marcado para as 18h, o evento para a assinatura da medida já consta na agenda presidencial. Esse valor será destinado à (Fiocruz) Fundação Oswaldo Cruz, que fechou acordo com a farmacêutica AstraZeneca para compra de lotes e transferência de tecnologia da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Mais cedo, o Secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, já havia adiantado que a estimativa de entrega da vacina de Oxford seria em dezembro deste ano. Ele citou um contrato para que o Brasil adquirisse parte da tecnologia e pudesse produzir a imunização em solo nacional, criando independência em relação a outros países. Medeiros também não descartou o interesse do ministério em adquirir outras vacinas que estão sendo testadas no combate à covid-19. “O Ministério da Saúde terá interesse em adquirir a primeira vacina que ficar disponível para a população, desde que essa vacina tenha a eficácia comprovada”, disse ele durante coletiva.

Eduardo Macário, Diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis, pontuou que a distribuição seria similar à que ocorre no caso da campanha de vacinação para a gripe. “Estamos nos preparando da melhor forma possível”, afirmou, acrescentando ser necessário entender o público-alvo mais adequado e se a imunidade é permanente.

Mesmo com críticas, projeto que concede título de cidadão petrolinense a Bolsonaro é aprovado

Por 18 votos a favor e apenas contra, os vereadores de Petrolina aprovaram nesta terça-feira (4), o projeto de lei do vereadores Elias Jardim que concede o título de cidadão petrolinense ao presidente da República, Jair Bolsonaro. O projeto que já havia sido colocado em pauta e retirado do plenário outras vezes, dessa vez ficou e passou.

Como já era esperado, os dois representantes do PT na Casa Plínio Amorim – Cristina Costa e Professor Gilmar Santos – se opuseram à proposta. Ambos teceram duras críticas ao perfil de Bolsonaro, sobretudo em relação aos nordestinos e às minorias, além da forma como vem se conduzindo diante da crise sanitária provocada pela pandemia do novo coronavírus no país.

Em contrapartida, vários governistas saíram em defesa de Bolsonaro. O líder da bancada, Aero Cruz (MDB), disse ser preciso reconhecer os investimentos do governo federal na região, detalhe também destacado por Osinaldo Souza (MDB).

Já o autor da proposta, Elias Jardim (DEM), destacou o fato de Bolsonaro tocar grandes obras no país, mostrando “início, meio e fim”, ao contrário das gestões anteriores, além de afirmar que ele faz “uma gestão séria, que não rouba e nem deixa roubar”.

Até quem tem ressalvas às políticas públicas do presidente, acabou votando a favor da honraria. Foi o caso da vereadora Maria Elena (MDB). A Casa, agora, deverá definir a data de entrega do título a Bolsonaro.

Título de Cidadão Petrolinense a Jair Bolsonaro vai ser votado hoje na Câmara Municipal de Petrolina, confira pauta

(Foto: Arquivo)

Doze projetos constam da pauta para serem votadas na sessão remota desta terça-feira (4) na Câmara Municipal de Petrolina. Sem sombra de dúvidas, a mais polêmica das matérias é o Título de Cidadão Petrolina, proposto pelo vereador Elias Jardim ao presidente Jair Bolsonaro.

“A proposição que tem como finalidade, prestar uma justa homenagem ao Sr. Presidente da Republica, Jair Messias Bolsonaro pelo seu grande esforço para retirar o Brasil de uma grande crise”, justifica o edil.

Confira todos os projetos em pauta para votação hoje:

01-Projeto de Decreto Legislativo nº 026/2019 – Concede o Título de Cidadão Petrolinense ao Excelentíssimo Senhor Presidente da República Jair Messias Bolsonaro – Autor: Elias Jardim

02-Projeto de Decreto Legislativo nº 043/2020 – Concede o Título de Cidadão Petrolinense ao Senhor Gustavo Luiz de Lima Correia – Autor: Elismar Gonçalves

03-Projeto de Decreto Legislativo nº 044/2020 – Concede o Título de Cidadão Petrolinense ao Pastor Simão Souto Neto – Autor: Osinaldo Souza

04-Projeto de Decreto Legislativo nº 045/2020 – Concede a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan ao Pastor Simão Souto Neto – Autor: Osinaldo Souza

05 – Projeto de Lei nº 038/2020 – Denomina via pública a Avenida da Estrada da Tapera, que da acesso ao Residencial Pomares – Avenida Comissário Jorge Maxiniano – Autor: Ronaldo Souza

06 – Projeto de Lei nº 043/2020 – Denomina posto de saúde de Ponta da Serra – Posto de Saúde Mariana de Jesus Reis Cavalcanti e revoga a lei nº 669, de 27/11/1996, que denomina o posto de saúde de Ponta da Serra – Autor: Ronaldo Souza

07 – Projeto de Lei nº 044/2020 – Dá denominação a Quadra Poliesportiva localizada em Uruás – Quadra Poliesportiva Marcos André da Silva – Autor: Gaturiano Cigano – Pareceres favoráveis das Comissões competentes – votação 1° e 2° turno

08 – Projeto de Lei nº 051/2020 – Denomina quadra poliesportiva na localidade de Caititu – Quadra Poliesportiva José Araújo Ribeiro (Netinho de Teodoro) – Autor: Ronaldo Souza

09 – Projeto de Lei nº 014/2020 – Cria o Dia Municipal do Protetor de Animais – Autor: Gaturiano Cigano

10 – Projeto de Lei nº 042/2020 – Cria no calendário oficial do Município de Petrolina o Festival de Aboio, Toadas e Versos do Vale do São Francisco – Autor: Elismar Gonçalves

11 – Projeto de Lei nº 045/2020 – Oficializa e inclui no calendário oficial de festas e eventos do Município o Evento Automobilístico Expo TMA – Autor: Gaturiano Cigano

12 – Projeto de Lei nº 047/2020 – Institui a Campanha “Janeiro Branco”, dedicado a conscientização e a mobilização da sociedade em favor da saúde mental no âmbito do município de Petrolina, e dá outras providências – Autor: Paulo Valgueiro.

Novo exame de Bolsonaro dá negativo para Covid-19

(Foto: Reprodução/ Twitter)

Após novo exame, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) testou negativo para a Covid-19. A informação foi divulgada pelo presidente em publicação nas redes sociais no início da manhã deste sábado (25). Bolsonaro estava com coronavírus desde o dia 7 de julho, mas sempre apresentou sintomas leves da doença.

Ele publicou uma foto dele segurando uma caixa de hidroxicloroquina acompanhando postagem em que informa ter dado negativo novo teste de Covid-19. “Bom dia a todos”, disse o presidente, em uma imagem tomando café no Palácio do Alvorada.

LEIA MAIS
123