Paulo Câmara assume presidência do Consórcio Nordeste

O governador Paulo Câmara assumiu, na manhã desta terça-feira (18), a presidência do Consórcio Nordeste. Após a transmissão de cargo, realizada no Palácio do Campo das Princesas, ele ressaltou a honra de representar os colegas governadores à frente de uma instituição que tem cumprido papel fundamental na integração e cooperação entre os nove Estados da região, além da busca de soluções conjuntas para desafios em comum.

 

“Aprofundar a cooperação entre os Estados, impulsionar os potenciais em comum e compartilhar as soluções dos desafios são as metas para o mandato à nossa frente. Desde já, meu objetivo é, no mínimo, repetir a altivez e a liderança dos meus dois antecessores, Rui Costa e Wellington Dias. Vamos seguir cada vez mais integrados na direção de um Nordeste e um Brasil menos desigual, mais próspero e, sobretudo, mais humano”, afirmou Paulo Câmara.

LEIA MAIS

Em nova pesquisa, Lula segue na liderança, Bolsonaro tem 24% e Moro apenas 9%

O ex-presidente Lula manteve a dianteira de 20 pontos percentuais que tem para Jair Bolsonaro na pesquisa do Ipespe e da XP divulgada nesta sexta-feira (14), dando ao petista uma vitória no primeiro turno.

 

O petista tem 44% das intenções de voto, contra 24% do presidente. Os números são os mesmos verificados em dezembro do ano passado, quando foi feito o último levantamento.

 

A nova pesquisa eleitoral também traz uma estabilização de Sergio Moro, o terceiro colocado, com 9% – mesmo percentual obtido em dezembro, depois de o ex-juiz aparecer com 11% em novembro, quando sua pré-candidatura foi lançada. É importante registrar que a variação no período está dentro da margem de erro.

Eleições: Primeira pesquisa do ano aponta vitória de Lula no 1º turno

Realizada pela Quaest e pela Genial Investimentos, a primeira pesquisa do ano eleitoral sobre intenções de voto para presidente aponta uma vitória, já no primeiro turno, do ex-presidente Lula.

No levantamento, o petista tem 45% das intenções de voto no cenário simulado, no qual são apresentadas opções ao entrevistado. Em segundo lugar, consta o presidente Jair Bolsonaro, com 23%, seguido por Sergio Moro, com 9%; Ciro Gomes, com 5%; João Doria, com 3%; e Simone Tebet, com 1%. Rodrigo Pacheco aparece com zero.

LEIA MAIS

Lula lidera pesquisa, Bolsonaro aparece em 2º e Moro, em 3º

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida eleitoral ao Palácio do Planalto com 34,9% das intenções de voto, informou o levantamento da Paraná Pesquisa, divulgado nesta segunda-feira (22). Em seguida, estão o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com 29,2%, e o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro, com 10,7%.
O levantamento entrevistou eleitores 2.020 eleitores, com 16 anos ou mais, em 26 Estados e Distrito Federal e em 164 municípios brasileiros, entre os dias 16 e 19 de novembro de 2021. A margem estimada de erro é de 2%.
No 1º cenário avaliado, Ciro Gomes (PDT) aparece em 4º lugar, com 6,1% das intenções de voto. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), marca 3,1%. Luiz Henrique Mandetta (DEM) aparece com 1,2%.
LEIA MAIS

Sergio Moro se filia ao Podemos com discurso em defesa da Lava Jato

O ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro se filiou nesta quarta-feira (10) ao Podemos. A expectativa do partido é de que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro (sem partido) seja lançado futuramente candidato a presidente da República nas eleições de 2022.

O ex-ministro não cravou a pré-candidatura ao Planalto no discurso em que defendeu o legado do combate à corrupção pela Operação Lava Jato, que o projetou nacionalmente.

O ato da filiação ocorreu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

Confira comentário de Waldiney Passos no programa Super Manhã da Rádio Jornal desta quinta-feira (11).

Moro se reúne com Podemos e indica que decidirá sobre eventual candidatura em novembro

O ex-juiz Sergio Moro se reuniu no último final de semana com a cúpula do Podemos para tratar da possibilidade de uma candidatura pelo partido nas eleições de 2022. Ele indicou que irá tomar uma decisão somente no mês de novembro. Moro afirmou que pretende conversar ainda com outras pessoas para a análise do cenário político antes de definir se sairá candidato e para qual cargo. Moro viajou ao Brasil nos últimos dias vindo dos EUA, onde atua como consultor de um escritório de advocacia em Washington.

Ex-ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro, ele tem sido cortejado para se candidatar à Presidência em 2022, mas também é cogitada a possibilidade de disputar uma vaga ao Senado. A ideia do Podemos é lançar o ex-juiz da Lava Jato como candidato da chamada terceira via para concorrer contra Bolsonaro e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera pesquisas de intenção de votos.

LEIA MAIS

Presidente comemora mil dias de governo no interior da Bahia

O presidente Jair Bolsonaro visitou hoje (28) a cidade de Teixeira de Freitas, na Bahia, onde participou da inauguração da Estação Cidadania, de entrega de títulos de propriedades rurais e de duplicação das rodovias BR-116 e da BR-101. O evento é alusivo aos mil dias da gestão Bolsonaro.

A Estação Cidadania é um centro de iniciação ao esporte que conta com ginásio poliesportivo e quadra externa para a prática de modalidades olímpicas e paralímpicas. O projeto do Ministério da Cidadania é legado de infraestrutura esportiva dos Jogos Rio 2016, que tem o objetivo de identificar talentos, formar atletas e incentivar a prática esportiva em territórios de vulnerabilidade social.

LEIA MAIS

Bolsonaro tem alta hospitalar

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

O Presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) teve alta hospitalar neste domingo (18). A informação foi confirmada pelo redes sociais da secretaria de comunicação da presidência.

Bolsonaro estava internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo para tratar uma obstrução intestinal.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro evolui de forma satisfatória e tem sonda retirada, diz boletim

Presidente deve receber alta neste domingo, afirma equipe médica

O presidente Jair Bolsonaro deve receber alta neste domingo (18). A afirmação é do cirurgião Antonio Luiz Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente. Segundo ele, ainda não há como precisar o horário em que o presidente receberá alta. “O sistema digestivo já está funcionando”, disse o médico. Macedo disse que o presidente pode retomar as atividades “com calma” a partir de segunda-feira (19).

LEIA TAMBÉM

Internado em São Paulo, Bolsonaro passará por nova avaliação

De manhã, o presidente postou um vídeo em uma rede social em que caminhava pelos corredores do Hospital Vila Nova Star. Mais tarde, ele chegou a participar da live de inauguração de uma agência da Caixa em Missão Velha, no Ceará.

Quadro de presidente continua evoluindo, mas sem previsão de alta

O presidente Jair Bolsonaro apresenta evolução clínica considerada satisfatória, segundo o boletim médico divulgado no início da tarde de hoje (16). Bolsonaro está internado desde a noite de quarta-feira (14) no Hospital Vila Nova Star, após apresentar um quadro de obstrução intestinal.

Ainda de acordo com o informe da equipe médica, o presidente passa bem, mas não há previsão de alta. Ontem (15) foi feita a retirada da sonda nasogástrica com a perspectiva de que hoje fosse retomada a alimentação oral.

Internado em São Paulo, Bolsonaro passará por nova avaliação

O presidente Jair Bolsonaro foi transferido na noite desta quarta-feira (14) para o hospital Vila Nova Star em São Paulo. O mandatário chegou ao hospital por volta das 19h30 onde deverá passar por nova bateria de exames para avaliação de necessidade de cirurgia para correção de uma obstrução intestinal.

O diagnóstico do mandatário veio após internação no Hospital das Forças Armadas (HFA), onde deu entrada após fortes dores abdominais e uma crise persistente de soluço por quase duas semanas. Caso seja realizado procedimento cirúrgico, será o sétimo ato deste tipo realizado pelo chefe do Executivo após a facada recebida em 2018, durante a campanha eleitoral, em Juiz de Fora (MG). A última, foi realizada no dia 25 de setembro, para a retirada de um cálculo vesical.
LEIA MAIS

Bolsonaro tem obstrução intestinal e será transferido para São Paulo

(Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro enfrenta um quadro de obstrução intestinal e deve ser transferido para São Paulo para que os médicos avaliem a necessidade de uma cirurgia de emergência, informou nesta quarta-feira (14) em nota oficial a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Bolsonaro foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, após sentir dores abdominais na madrugada. Segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o presidente chegou a ser sedado pela manhã, mas já acordou e deve ser transferido ainda nesta quarta para São Paulo.

LEIA MAIS

Paulo Câmara pode ser vice de Lula em 2022

A informação foi revelada pela coluna Painel, da Folha de São Paulo. Segundo a reportagem, com o ex-presidente Lula (PT) livre para candidatar-se em 2022, em decisão revalidada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana, as movimentações para a composição da chapa liderada pelo petista começam a ganhar força.

Uma das principais especulações é a do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), compor a chapa presidencial ao lado do líder do PT.

LEIA MAIS

Bolsonaro reproduz vídeo com críticas ao governador de Pernambuco

(Foto: Carolina Antunes/PR)

O presidente Jair Bolsonaro reproduziu em sua conta no Twitter um vídeo em que o apresentador de TV Sikêra Jr. faz críticas ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), a partir de cifras retratadas em seu programa como verbas da União destinadas ao Estado.

A temática dos repasses federais a Estados e municípios já esteve no centro do acirramento político de Bolsonaro com governadores antes. O episódio gerou reações de gestores, que criticaram o presidente por apresentar números de forma distorcida para insinuar que haveria benevolência do governo federal e que os entes subnacionais fariam uma má gestão dos recursos no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

LEIA MAIS

Bolsonaro diz que Brasil será autossuficiente na produção de vacinas

O presidente Jair Bolsonaro fez nessa terça-feira (23) um pronunciamento em cadeia de rádio e TV em que afirmou que o país, em poucos meses, será autossuficiente na produção de vacinas contra a covid-19.

“Não sabemos por quanto tempo teremos que enfrentar essa doença, mas a produção nacional vai garantir que possamos vacinar os brasileiros todos os anos, independentemente das variantes que possam surgir”, disse o presidente.

LEIA MAIS
123