Investigado por homicídio em Mato Grosso é preso na zona rural de Petrolina 

A Polícia Militar de Pernambuco em operação conjunta do 5º BPM e 2º BIESP cumpriram um mandado de prisão de um homem de 59 anos, na última quarta-feira (12), no povoado de Curral Queimado, zona rural de Petrolina, sertão pernambucano.  

A prisão foi expedida pela 1º Vara Criminal da Comarca De Cuiabá – Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, onde o acusado responde por assassinato. O homem foi conduzido e apresentado na 213ª Delegacia de Polícia Civil. 

Suspeito de assalto a carro-forte é preso em Abaré (BA) 

A prisão foi realizada na manhã desta terça-feira (11), na cidade de Abaré, norte do estado da Bahia. O suspeito, que não teve a idade divulgada, tinha um mandado de prisão expedido pela Vara Criminal da Comarca de Salgueiro (PE), pela prática de roubo majorado e organização criminosa.

Segundo informações do Blog Didi Galvão, o suspeito é responsável por integrar uma organização criminosa responsável por assaltos a vários carros-fortes nos Estados de PE e BA. Ele também é suspeito de integrar o grupo que assaltou o Banco do Bradesco de Abaré-BA.

A operação foi realizada pelos policiais da Força Tarefa Bancos e Policiais Civis da Equipe Malhas da Lei de Cabrobó (PE).

Roubo majorado

De acordo com o artigo 157 do Código Penal, podemos distinguir três formas ou espécies de roubo: simples, majorado (quando, devido às circunstâncias, a pena prevista no caput do crime é aumentada) e qualificado (quando, devido às circunstancias, é aplicada pena diferente daquela prevista no caput).

JACOBINA: Homem é preso por bater no próprio pai. Vítima ainda tentou evitar a prisão do filho

Um homem foi preso na madrugada da última segunda-feira (3) por uma equipe da Guarda Civil Municipal em Novo Paraíso, distrito de Jacobina, na Bahia, após agredir o próprio pai e expulsar o idoso da casa em que mora. O rapaz ainda teria ameaçado os agentes da guarda municipal que atenderam a ocorrência.

Conforme informações colhidas pelo Blog Jacobina Notícias, a guarnição da GCM foi até o local indicado na denúncia e encontrou a vítima, um idoso que faz uso de bengala, sentado na calçada. Ele confirmou toda a versão aos guardas e autorizou que os agentes entrassem na residência para conter o filho.

Ao entrarem na casa, os guardas municipais foram desacatados, xingados e ameaçados pelo homem que apresentava sinais claros de embriaguez. Diante dos diversos crimes praticados pelo indivíduo, desde agressão ao pai à ameaça e desacato aos GCMs, o homem recebeu voz de prisão. Enquanto o suspeito era imobilizado, o pai dele, que havia sido agredido e colocado para fora de casa, se voltou contra os guardas municipais e os agrediu com a bengala. 

O agressor foi preso e conduzido para a delegacia de Jacobina, onde o delegado plantonista adotou as medidas cabíveis ao caso.

Médico é preso com mais de 40 bananas de explosivos em Juazeiro

(Foto: Polícia Militar)

A apreensão ocorreu na madrugada desta quinta-feira (29), na BA-210, no trecho que liga a cidade de Juazeiro a de Sobradinho, ambas no norte da Bahia.

Por volta de meia noite e meia, policiais militares da Peto 76, abordaram uma caminhonete Ford Ranger, de cor branca, na altura do antigo lixão de Juazeiro, com três ocupantes. Um deles se identificou como médico, mesmo não apresentando o CRM.

LEIA MAIS

Babá teria contado à mãe de Henry que Dr. Jairinho torturava o menino

Dr. Jairinho e Monique foram presos nesta quinta-feira. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Uma reportagem exibida na tarde desta quinta-feira (8), pela TV Globo, mostrou que a mãe do menino Henry Borel, sabia que o namorado Dr. Jairinho, espancava a criança. As informações divulgadas pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, é baseada em uma troca de mensagens entre Monique Medeiros da Costa Silva de Almeida, mãe de Henry, e Thayná de Oliveira Ferreira, babá da criança.

O babá descreve em tempo real a suposta sessão de tortura praticada pelo padrasto, o vereador Dr. Jairinho, preso hoje de manhã e também já foi afastado do Partido Solidariedade), em 12 de fevereiro.

LEIA TAMBÉM

Caso Henry Borel: Dr. Jairinho é preso preventivamente no RJ

LEIA MAIS

Desembargador julga HC que prevê prisão domiciliar a devedores de pensão

O desembargador Jones Figueirêdo Alves julgou procedente, por meio de decisão interlocutória, um Habeas Corpus (HC) coletivo interposto pela Defensoria Pública do Estado de Pernambuco em favor de todos os presos devedores de alimentos no sistema prisional do Estado de Pernambuco, objetivando a liberação dos mesmos para cumprimento da pena privativa de liberdade em prisão domiciliar.

O magistrado amparou sua decisão na Recomendação nº 62, de 17/03/2020 do Conselho Nacional de Justiça, que estabeleceu diretrizes aos Tribunais e magistrados, para adoção de medidas preventivas à propagação da infecção pelo novo coronavírus – Covid-19, no âmbito dos estabelecimentos do sistema prisional e do sistema socioeducativo.

Uma liminar da Defensoria Pública do Estado com o mesmo pedido havia sido deferida no dia 26 de março de 2020, pelo desembargador Jones Fiqueirêdo Alves, para evitar a disseminação do novo coronavírus no sistema prisional. Na liminar concedida foi estabelecida a substituição da prisão civil em questão pela prisão domiciliar, para os que já se encontravam custodiados, e a suspensão do cumprimento dos mandados de prisão civil dos devedores de alimentos, pelo prazo de 90 dias.

LEIA MAIS

Juiz acata pedido e polícia está proibida de prender quem descumprir decreto estadual em Luís Eduardo Magalhães

Uma decisão da Justiça pode mudar o cenário de combate a pandemia na Bahia. Na última semana o juiz Claudemir da Silva Pereira, da Comarca de Luís Eduardo Magalhães acolheu o habeas corpus impetrado pela Associação Comercial e Industrial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem) e determinou que a Polícia e Militar respeite o decreto municipal que permite o funcionamento do comércio, mesmo com as restrições estabelecidas pelo governo do estado.

O magistrado lembrou que não deve ser exercida a prisão de quem descumprir o decreto municipal, do prefeito Júnior Marabá (DEM). Silva Pereira entendeu que “tanto município, como estado e União são entes políticos que devem ser respeitados, no entanto, por evidente, vivem as pessoas nos munícipios, por sua vez, é este o núcleo a localidade onde vivem os cidadãos, com suas peculiaridades e vivenciam suas experiências.”

O juiz também entendeu que efetuar a prisão de quem não seguir as medidas restritivas do Estado é um ato “extremamente violento”. (Com informações do Bahia Notícias).

Fernando Filho e Gonzaga Patriota votaram a favor da prisão do deputado Daniel Silveira

A Câmara dos Deputados decidiu na última sexta-feira (19), pela manutenção da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso em “flagrante delito” na última terça-feira (16) por fazer ameaças a ministros do STF e ao Estado Democrático de Direito, segundo decisão do ministro Alexandre de Moraes. Foram 364 votos a favor, 130 contra e 3 abstenções.

A bancada pernambucana votou em peso a favor da manutenção da prisão. Apenas o deputado federal Pastor Eurico (Patriotas) votou contra. Representando a cidade de Petrolina os dois deputados: Fernando Filho (DEM) e Gonzaga Patriota (PSB), votaram a favor.

Confira os votos dos parlamentares pernambucanos:

André de Paula (PSD-PE) – Sim
André Ferreira (PSC-PE) – Sim
Augusto Coutinho (SOLIDARIEDADE-PE) – Sim
Carlos Veras (PT-PE) – Sim
Daniel Coelho (CIDADANIA-PE) – Sim
Danilo Cabral (PSB-PE) – Sim
Eduardo da Fonte (PP-PE) – Sim
Felipe Carreras (PSB-PE) – Sim
Fernando Coelho (DEM-PE) – Sim
Fernando Monteiro (PP-PE) – Sim
Fernando Rodolfo (PL-PE) – Sim
Gonzaga Patriota (PSB-PE) – Sim
Luciano Bivar (PSL-PE) – Sim
Marília Arraes (PT-PE) – Sim
Milton Coelho (PSB-PE) – Sim
Ossesio Silva (REPUBLICANOS-PE) – Sim
Pastor Eurico (PATRIOTA-PE) – Não
Raul Henry (MDB-PE) – Sim
Renildo Calheiros (PCdoB-PE) – Sim
Ricardo Teobaldo (PODE-PE) – Sim
Sebastião Oliveira (AVANTE-PE) – Sim
Silvio Costa Filho (REPUBLICANOS-PE) – Sim
Tadeu Alencar (PSB-PE) – Sim
Túlio Gadêlha (PDT-PE) – Sim
Wolney Queiroz (PDT-PE) – Sim

Maioria dos deputados federais de Pernambuco votou a favor da prisão de Daniel Silveira

Deputado Daniel Silveira. (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Entre os deputados da bancada de Pernambuco no Congresso, apenas o Pastor Eurico (PATRIOTA-PE) disse não a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), durante sessão deliberativa do Plenário, realizada na noite desta sexta-feira (19), de forma semi-presencial. Os demais votaram a favor.

Daniel Silveira foi preso na última terça-feira (16) no âmbito de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga notícias falsas (fake news), calúnias, ameaças e infrações contra o tribunal e seus membros, por ordem do ministro Alexandre de Moraes.

LEIA MAIS

Polícia Militar da Bahia prende foragido por homicídio, em Campo Alegre de Lourdes

(Foto: Ilustração)

Equipes da 25ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Casa Nova) capturaram, na madrugada da última quinta-feira (18), um foragido da Justiça, no município de Campo Alegre de Lourdes.

Segundo o comandante da unidade, major Ederson da Silva Cirne, o flagrante ocorreu durante patrulhamento. “Ele foi abordado e, durante a conferência de documentos e consulta no sistema, foi constatado que possuía um mandado por homicídio”, disse o oficial.

Ainda de acordo com o oficial, o mandado foi expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em 2016, com validade até 2036.

Congresso está decidindo sobre prisão do deputado Daniel Silveira

Deputado Daniel Silveira. (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A Câmara dos Deputados começou a sessão deliberativa do Plenário para decidir se mantém ou revoga a prisão em flagrante do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), detido desde terça-feira (16) no âmbito de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga notícias falsas (fake news), calúnias, ameaças e infrações contra o tribunal e seus membros.

Silveira gravou e divulgou vídeo em que faz críticas aos ministros do Supremo, defende o Ato Institucional nº 5 (AI-5) e a substituição imediata de seus integrantes. Após a prisão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes e referendada pelo Supremo, cabe à Câmara decidir, por maioria absoluta, se ele continua preso ou não.

LEIA MAIS

Polícia Civil prende homem acusado de assalto a transportes coletivos em Petrolina

Após a informação de mais dois roubos a transportes coletivos na manhã desta terça-feira (2), em Petrolina, Policiais Civis da 213° Delegacia se reuniram com o delegado e traçaram estratégias para capturar o acusado que vinha realizando esse tipo de crime na cidade.

No início da tarde de hoje, os agentes conseguiram localizar e prender a pessoa de iniciais M.T.C.M.T. e assim puseram fim a onda de assaltos a coletivos. O acusado estava na rua 33 do bairro São Gonçalo, de onde foi conduzido à delegacia onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante pelo crime de roubo qualificado.

O homem foi recolhido à carceragem para aguardar a realização da audiência de custódia e representando à autoridade judicial pela decretação da sua prisão preventiva.

Irmãos suspeitos de assassinar policial rodoviário federal no Recife se entregam à polícia

A dupla suspeita de assassinar a tiros o policial rodoviário federal, Eduardo de Lima Júnior, de 37 anos, na madrugada do domingo (10), no Alto do Mandu, Zona Norte do Recife, se entregou à polícia nesta segunda-feira (11).

Acompanhados de um advogado, os suspeitos, que são irmãos, se apresentaram ao DHPP Sul, que fica localizado no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. De lá, a dupla foi encaminhada até ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. 

LEIA MAIS

Após ser preso, Marcelo Crivella é afastado da prefeitura pela justiça do Rio de Janeiro

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O mandato do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, só terminaria na próxima semana, dia 31 de dezembro, mas a justiça resolveu afastá-lo de suas funções, após ele ser preso na manhã desta terça-feira (22), por uma operação que apura indícios de corrupção na prefeitura fluminense. O presidente da Câmara de Vereadores terminará o mandato de Crivella.

A decisão da desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita, está no despacho em que a magistrada acatou denúncia do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e decretou prisão preventiva de sete denunciados em um desdobramento da Operação Hades, que apura corrupção na prefeitura e tem como base a delação do doleiro Sergio Mizrahy.

LEIA TAMBÉM

Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella é preso em operação contra corrupção

Segundo a desembargadora, o afastamento do prefeito foi determinado com base no Artigo 319, Inciso VI do Código de Processo Penal.

Além de Marcelo Crivella, também foram presos os empresários Rafael Alves, Christiano Stockler Campos e Adenor Gonçalves, o ex-tesoureiro da primeira campanha de Crivella, Mauro Macedo e o delegado aposentado Fernando Moraes. O ex-senador Eduardo Lopes não foi encontrado no endereço no Rio, mas pode ser preso ainda nesta terça-feira.

Polícia prende acusado de matar pedreiro na cidade de Araripina

(Foto: Ilustração)

A prisão aconteceu na noite deste sábado (12) no bairro Planalto, na cidade de Araripina, Pernambuco, em cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juiz plantonista da comarca do município de Ouricuri, também em Pernambuco.

O homem de iniciais L.D.AR.P. é acusado de matar a tiros na tarde de sexta-feira (11), um pedreiro identificado por J. Leandro, no loteamento Nova Roma, em Araripina. O motivo do crime não foi revelado.

Após passar por exames de corpo de delito, o acusado foi encaminhada a cadeia pública da cidade, onde está a disposição da justiça.

123