Diretório estadual do PSOL ratifica apoio para que Lucinha Mota tome posse em Petrolina

O diretório estadual do PSOL emitiu uma nota demonstrando apoio a Lucinha Mota, que está prestes a assumir uma cadeira na Câmara de Vereadores de Petrolina. O partido reafirmou a posição do diretório local e confia na Justiça Eleitoral, que ainda analisa a cassação de mandato de Júnior Gás (Avante).

LEIA TAMBÉM

Em nota, PSOL de Petrolina repudia retorno de Júnior Gás à Câmara e afirma que vai recorrer da decisão: “Não há como se manter um Gabinete Parlamentar ilegítimo”

Para o PSOL, há “total confiança na decisão do juiz Elder Muniz de Carvalho Souza que, através de robustas provas, configurou a ilegalidade da chapa do Partido “Avante” pelo uso de candidatura “laranja””.

Júnior conseguiu uma liminar que garantiu seu retorno à Câmara, enquanto o processo é julgado em instâncias superiores. O vereador é acusado de fraude eleitoral, no que diz respeito a cota de gênero, na eleição de 2020.

Leia a seguir a íntegra da nota do PSOL:

LEIA MAIS

Em nota, PSOL de Petrolina repudia retorno de Júnior Gás à Câmara e afirma que vai recorrer da decisão: “Não há como se manter um Gabinete Parlamentar ilegítimo”

A Direção Municipal do PSOL, em Petrolina, emitiu, nesta tarde desta quinta-feira (16), uma nota repudiando as candidaturas laranja no pleito eleitoral 2020 na cidade.

O partido se solidarizou com Lucinha Mota, a quem consideraram como “legítima candidata” nas eleições 2020. ” Reiteramos nossa solidariedade e o apoio incondicional à Lucinha Mota, Legitima candidata eleita no Pleito 2020, uma vez que, candidaturas do Avante, recheadas de crime eleitoral conforme comprovado nos altos e decisão do Tribunal de Justiça em Petrolina de cassação do Mandato do Vereador Junior Gás”, afirmou.

LEIA TAMBÉM

Júnior Gás obtém liminar para retorno à Câmara de Petrolina

Após o retorno do vereador cassado Júnior Gás (Avante) para a Câmara de Petrolina, por meio de uma medida liminar, o partido disse ainda que vai recorrer da decisão na justiça. ” A decisão monocrática do Tribunal de Pernambuco, de conceder liminar ao Avante não altera a sentença do juiz de 1º grau, na qual julgou procedente as denúncia de fraude eleitoral, contra o partido Avante. Não há como se manter um Gabinete Parlamentar ilegítimo, construído após irregular eleição do candidato” (sentença pág. 29). Contudo, o PSOL, juntamente com a vereadora eleita Lucinha Mota, vai recorrer da decisão, baseada no sistema jurídico constitucional que rechaça as candidaturas espúrias e fraudulentas”, destacou.

Confira a nota do PSOL na íntegra

LEIA MAIS

PSOL mantém confiança de que Lucinha Mota assumirá vaga na Câmara de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A vitória de Júnior Gás (Avante), que conseguiu uma liminar para retornar à Câmara de Vereadores de Petrolina não desanima o PSOL. Para o secretário geral do partido, Rosalvo Antônio, o clima é de total confiança na Justiça Eleitoral de que Júnior será cassado.

LEIA TAMBÉM

Júnior Gás obtém liminar para retorno à Câmara de Petrolina

Essa liminar foi concedida sob a alegação da ampla defesa, mas não altera em nada em relação a cassação da Chapa, que se utilizou de candidaturas laranjas, o que se constitui em crime eleitoral”, afirmou Rosalvo.

Segundo o secretário-geral, Lucinha tem três dias para recorrer da decisão favorável a Júnior. “Nossa candidata tem três dias para recorrer e em breve Lucinha Mota estará casa Plinio Amorim exercendo seu mandato, representando não apenas os mais de 5 mil votos que o PSOL obteve, mas todo o município, cidade e campo”, reiterou Rosalvo.

“Não se trata de revanchismo, mas sim do cumprimento da lei “, diz secretário geral do Psol Petrolina sobre cassação de Júnior Gás

 

Diretoria municipal do PSOL. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em entrevista ao blog, o secretario geral do Psol de Petrolina, Rosalvo Antonio, avaliou que há uma possibilidade real de Lucinha Mota (PSOL) assumir a vaga deixada na Câmara de Vereadores de Petrolina pelo vereador Júnior Gás, que teve a chapa cassada pela justiça eleitoral.

De acordo com Rosalvo Antonio, a decisão da justiça eleitoral já era esperada pelo partido. “Nós do Psol avaliamos que a possibilidade de Lucinha assumir é total. Uma vez que com a cassação da chapa do candidato cassado, o partido que passa a ter o maior número de sobras é o Psol, nós tivemos mais de 5 mil votos. Então, nós não temos dúvidas e a decisão da justiça a gente já esperava”, destacou Rosalvo.

LEIA TAMBÉM

Justiça cassa mandato de Júnior Gás e abre caminho para Lucinha Mota ser vereadora em Petrolina

Segundo o secretário do Psol de Petrolina, Lucinha Mota deve assumir a vaga baseado na lei. ” Não se trata de revanchismo, mas sim do cumprimento da lei. Então, perante a lei, Lucinha será a vereadora do Psol na Câmara de Petrolina”, afirmou.

Em recente declaração à imprensa, Lucinha Mota (PSOL) declarou estar confiante sobre a possibilidade de assumir uma vaga na Casa Plínio Amorim em Petrolina.

LEIA TAMBÉM

“Estou acreditando que essa vaga será minha”, dispara Lucinha Mota sobre possibilidade de assumir cadeira na Câmara de vereadores de Petrolina

Justiça cassa mandato de Júnior Gás e abre caminho para Lucinha Mota ser vereadora em Petrolina

(Foto: Arquivo)

A composição da Câmara de Vereadores de Petrolina deve ser modificada nos próximos dias. Isso porque, na segunda-feira (23), a Justiça Eleitoral de Pernambuco acatou o pedido apresentado por Lucinha Mota (PSOL) e cassou os mandatos eletivos e diplomas do Avante na cidade. Dessa forma, o vereador Júnior Gás perde sua cadeira na Casa Plínio Amorim.

LEIA TAMBÉM

Justiça Eleitoral cita indícios de fraude no sistema de cotas do Avante e Câmara de Petrolina pode ter mudanças

Na decisão, o juiz eleitoral Elder Muniz entendeu ter havido fraude na cota de gênero da sigla, no pleito de 2020. “Como consequência, determino a cassação do mandato eletivo e dos diplomas obtidos pelos candidatos a vereador, titular e suplentes, que concorreram pelo PARTIDO AVANTE na eleição proporcional, declarando nulos todos os votos atribuídos a referida agremiação partidária, e consequentemente, DETERMINO a redistribuição dos mandatos assim conquistados aos demais partidos políticos que alcançaram o quociente partidário no pleito em questão”, afirma.

LEIA MAIS

Líder do PT na ALEPE e PSOL emitem nota e cobram Governo de Pernambuco sobre atuação da PM durante protesto no Recife

A líder do Partido dos Trabalhadores (PT), Deputada Estadual Teresa Leitão, e o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) emitem nota e cobram o Governo de Pernambuco sobre atuação da Polícia Militar de Pernambuco em manifestação no Recife.

De acordo com a Dep. Teresa Leitão, os protestos seguiam pacíficos quando foram interrompido pela PM. “Em Pernambuco, o ato pacífico que caminhou em fila indiana pelo trajeto tradicional da nossa luta, foi interrompido pela brutalidade gratuita da Polícia Militar”, disse em nota. 

O PSOL, também por meio de uma nota, afirmou que  a manifestação reivindicava alimentação e vacina para os brasileiros e foi recebida com truculência pela PM. “A manifestação pedia comida no prato e vacina no braço e foi recebida com balas de borracha e bombas de efeito moral”, destaca.

Confira as notas na íntegra

LEIA MAIS

Lucinha Mota afirma que disputará eleições de 2022 e não descarta saída do PSOL: “O amanhã a Deus pertence”

Lucinha rebateu críticas sobre sua entrada na política

Lucinha Mota teve votos suficientes para ter sido eleita vereadora de Petrolina no pleito de 2020. Entretanto, seu partido – PSOL – não obteve o coeficiente partidário suficiente. E ela não vai desistir. A mãe de Beatriz Angélica Mota reafirmou ser pré-candidata em 2022, só falta definir o cargo.

LEIA TAMBÉM

Caso Beatriz: “A polícia solucionou o caso nas primeiras semanas”, afirma Lucinha Mota

Ainda no ano passado alguns eleitores questionaram a escolha da candidata pelo PSOL. “Eu não posso entrar num partido que tem dono. Eu não consegui, até então, me identificar com outro partido que me desse essa liberdade. Eu não entrei para a política por emprego, por dinheiro. Eu sempre me sustentei desde os 15 anos de idade. Eu escolhi o PSOL, que é pequeno sim, mas me dá direito de escolha. A gente discute e decide as coisas democraticamente“, justificou.

LEIA MAIS

Lucinha Mota lembra dificuldades na campanha e lamenta insucesso do PSOL em Petrolina

Lucinha buscou primeiro mandato político em 2018 e tentou novamente em 2020 (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mesmo sendo a 11ª candidata mais bem votada em Petrolina, Lucinha Mota (PSOL) não conseguiu uma cadeira na Câmara de Vereadores de Petrolina. Nessa terça-feira (17) ela falou sobre a derrota durante uma entrevista no programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

LEIA TAMBÉM

11ª candidata mais bem votada, Lucinha Mota não consegue vaga na Câmara de Petrolina

Para Lucinha, a pandemia afetou o desempenho do PSOL nas urnas. “Nós tínhamos bons nomes, pessoas inclusive que tiveram experiências em outras campanhas. E até de um vereador que foi eleito, como o Geraldo da Acerola [vereador pelo PT]. Foi uma eleição muito estranha, muito diferente. Era uma eleição totalmente diferente e no início isso nos assustou um pouco”, disse.

LEIA MAIS

Breno Rainan, candidato do PSOL, a prefeitura de Juazeiro visita bairro Itaberaba

Breno Rainan e Antônio Carlos, candidatos a prefeito e vice-prefeito de Juazeiro.

Candidato a prefeito de Juazeiro pela primeira vez, o estudante do curso de História Breno Rainam, de 25 anos de idade, esteve nesta quinta-feira (8) no bairro Itaberaba. Acompanhado do seu vice na chapa, Antônio Carlos, e do candidato a vereador Professor Saúde, que possui projeto de saúde para a maior idade, visitou os Residenciais Juazeiro I, II e III, que ficam localizados naquela comunidade.

A visita aconteceu para que os candidatos pudessem conversar com os moradores sobre as demandas do local. Durante o percurso, encontraram quadras de esporte totalmente descobertas, o que dificulta a utilização durante o dia por conta do sol forte da região. Além disso, outros problemas, como pontos de ônibus sem sinalização e cobertura, além de feira livre sem estrutura.

“A gente sabe que bairros como o Itaberaba são os que mais sofrem com o descaso da gestão, são sempre os esquecidos. Na nossa candidatura, a parte periférica de Juazeiro é prioridade porque é de onde viemos”, conta Breno Rainan.

Foi conversado com alguns moradores sobre o incentivo do uso dos espaços que o bairro possui, como as associações de moradores.

“Espaços assim são ótimos para atividades saudáveis com as crianças e com os idosos, então a gestão precisa incentivar e deixar claro que é um espaço deles e que pode ser usado sem medo”, afirma o vice candidato, Antônio Carlos.

Dr. Marcos Ortopedista apresenta propostas para a população e diz que vai democratizar a gestão de Petrolina

Dr. Marcos Heridjanio, candidato a prefeito de Petrolina. (Foto: Ascom)

Candidato a prefeito de Petrolina pela primeira vez, o médico ortopedista Marcos Heridjanio acredita que o povo está cansado de falsas promessas e se compromete caso eleito a cumprir suas propostas de campanha, com a mesma seriedade que cumpre seu papel como médico.

O seu plano de governo é baseado em dois pilares a descentralização do poder e a democratização da gestão, entre as propostas está a criação de sub prefeituras para assistir as áreas mais distantes do município.

“Queremos levar a administração também para a periferia, onde as pessoas não são assistidas como deveriam”, expôs acrescentando que outra ideia do PSOL é universalizar as creches “tem que ter creche o mais perto de casa possível para que os pais e mães possam trabalhar e ter onde deixar seus filhos com segurança”, explicou.

Ainda falando em Educação, Dr. Marcos defende a universalização do ensino integral e a criação de um fundo que garantirá transporte público gratuito para os estudantes e classe trabalhadora desempregada de Petrolina”.

Estimular a cultura da paz também é meta do PSOL assim como o SUS. “Na nossa gestão em Petrolina, caso eleito, vamos complementar o calendário de vacinas, fixar prazos para realização de exames e marcação cirurgias eletivas, para que estas deixem de ser uma moeda de troca para político em época de eleição. Queremos construir uma rede de emergências nas periferias, implantar farmácias 24h com medicamento gratuito” explicou.

Outra proposta de governo será fortalecer o turismo, gerando emprego e renda. “Vamos inaugurar um museu a céu aberto com a história do sertão, onde o turista pode conhecer o engenho de cana, a casa de farinha e entender como vivia o homem sertanejo antigamente. Tudo contado de maneira temática e agradável”, finalizou.

PSOL confirma o nome de Breno Rainan para candidato a prefeito de Juazeiro e Antônio Carlos para vice

(Foto: Ascom/PSOL)

O PSOL de Juazeiro, em convenção realizada neste domingo(13), homologou o nome de Breno Rainan como candidato a prefeito e o de Antônio Carlos como vice-prefeito.

O encontro teve a participação, por vídeo, do presidente estadual do PSOL Bahia, Fábio Nogueira e a presença de militantes do PSOL Petrolina, representado por Vivi Black, militantes do PCB, representados por Amanda Santos e militantes de movimentos sociais de Juazeiro.

LEIA MAIS

Psol de Petrolina marca convenção para próximo domingo

(Foto: Internet)

O Partido Socialismo Liberdade de Petrolina (Psol) já tem data para anunciar seus candidatos que vão disputar as eleições municipais deste ano. No próximo domingo (06), das 15h30 às 16h30, será realizada a convenção do partido.

O evento, segundo edital da legenda, será realizado de forma online e deve concretizar a escolha do nome do Dr. Marcos Heridijânio, que é pré-candidato pela sigla, para disputa majoritária na cidade. Além do candidato a prefeito, serão definidos os candidatos para vice-prefeito e vereador.

PSOL de Petrolina intensifica articulação para eleições em Petrolina

PSOL aposta em nomes conhecidos da população para 2020 (Foto: Reprodução/PSOL)

O PSOL de Petrolina está se mobilizando para as eleições de outubro. A intenção do partido é emplacar candidatos a vereador e prefeito no pleito municipal. Para fortalecer as articulações, o diretório promoverá uma reunião na tarde desse sábado (29), na zona rural.

O encontro marcado para 16h, no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 06, contará com a participação de Lucinha Mota, mãe de Beatriz Angélica Mota e candidata a deputada estadual em 2018. Além dela, Rosalvo Antônio, Edivan Bombeiro  e Marcos Heridijanio também estarão presentes.

Nesse ano o PSOL contará com a força de Geraldo da Acerola, ex-vereador eleito pelo PT. A reunião acontecerá em frente ao Posto de Combustível do N6, na Rua G.

Após 25 anos filiado ao partido, Geraldo da Acerola afirma que pode deixar o PT

O fato de não ter conseguido se reeleger vereador de Petrolina na última eleição (2012), fez com que Geraldo da Acerola se afastasse um pouco do cenário político local e se dedicasse mais aos seus projetos de família e como agricultor orgânico. Porém, a possibilidade do médico Dr. Marcos Heridijânio, sair candidato a prefeito de Petrolina pelo PSOL este ano, fez com que o ex-vereador reavaliasse seus planos.

Em conversa com este blogueiro, Geraldo afirmou que caso o amigo pessoal, Dr. Marcos, consiga viabilizar sua candidatura na majoritária, estaria disposto a voltar a disputar novamente uma cadeira na Câmara Municipal de Petrolina e para tanto poderia até mesmo trocar o PT pelo PSOL.

Ainda de acordo com Geraldo, seu descontentamento com os partidos de esquerda em Petrolina é pela demora em anunciar os nomes dos pré-candidatos a prefeito para enfrentar Miguel Coelho na próxima eleição.

“Eu também não estou chateado com o PT, a gente discorda de alguns companheiros, pois é o momento da gente já está com o nome na rua, porque nossos adversários são poderosos. Na verdade nós sabemos que não só em Petrolina, mas no Brasil, a esquerda tem que se fortalecer. Aqui em Petrolina todo mundo sabe que as esquerdas têm que se unir, se organizar, pensar em uma estratégia. Pela primeira vez teremos segundo turno em Petrolina, caso as oposições se organizem. Tem que ter mais de um candidato, dois ou três candidatos, para que force um segundo turno. Eu estou disposto até mesmo a mudar de legenda se for para organizar, para que possamos garantir um segundo turno”, assegurou Geraldo.

O médico Marcos Heridijânio, natural do município de São José do Belmonte, foi candidato do PT a deputado federal por Pernambuco em 2018. Questionado sobre a possibilidade de se filiar ao PSOL para disputar o cargo de prefeito de Petrolina nas próximas eleições, ele não descartou e disse já contar com o apoio da família e dos amigos para enfrentar o novo desafio.

“Eu sou a favor que Lucinha (Lúcia Mota) seja candidata a prefeita, ela teve 11 mil votos e quem votou nela não foi por interesse pessoal, foi justamente por pensar em tudo que aconteceu na vida dela, mas estou disposto também a lutar pelo PSOL e seus ideais”, ressaltou.

 

Professor Paulo José presidente do PSOL em Juazeiro, morre no Recife

Faleceu aos 56 anos, na tarde deste sábado (26), o professor da rede estadual e municipal de ensino, Paulo José, que foi candidato a prefeito de Juazeiro em 2012 pelo PSOL, partido que presidia, obtendo naquela oportunidade 975 votos.

De acordo com familiares, professor Paulo vinha se recuperando bem  de um transplante de rim que realizou no Recife-PE, onde estava internado. No entanto, a família não soube informar o que teria acontecido.

O velório está programada para acontecer no prédio do SAF, em Juazeiro a partir das 07:00 horas deste domingo (27). Às 15:oo horas o corpo e será levado para o distrito de Juremal, onde será  sepultado. À família enlutada apresentamos os pêsames de toda a equipe do Blog Waldiney Passos.

1234