“A gente vai usar o planejamento para garantir a segunda dose nesse lote”, afirma Miguel Coelho

Primeiro passo foi dado na luta contra a covid (Foto: Ascom PMP)

Uma cerimônia marcou o início da vacinação contra a covid-19 em Petrolina. A primeira imunizada é uma profissional da saúde e as equipes da Secretaria de Saúde do município seguirão com os trabalhos nessa quarta-feira (20). Segundo o prefeito Miguel Coelho (MDB), nesse momento inicial a prioridade é garantir as duas doses ao grupo prioritário.

“Iniciamos com os trabalhadores da saúde. Hoje vamos iniciar o grupo de idosos que estão em abrigos e asilos. A gente precisa continuar com toda cautela até atingir a imunização de rebanho”, disse o prefeito que foi entrevistado no programa Super Manhã da Rádio Jornal.

O Governo Federal repassou doses insuficientes para imunizar todos os integrantes do grupo prioritário. Porém, o gestor afirmou que não há risco de os imunizados ficarem sem a segunda dose. “A gente não pode correr o risco de fazer a aplicação da primeira e não ter a segunda dose. A gente vai usar o planejamento para garantir a segunda dose nesse lote e nos próximos que a gente for fazer [o pedido]“, destacou.

LEIA MAIS

Representante dos discentes da Univasf relata problemas causados por “brigas de egos” na reitoria pro-tempore

Crise interna da Univasf ganha mais um capítulo (Foto: Blog Waldiney Passos)

A crise interna na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ganhou mais um capítulo nesse começo de ano. No dia 11 de janeiro o vice-reitor, Valdner Ramos Clementino solicitou sua exoneração e deixou o posto na reitoria pro-tempore.

O atual reitor temporário, Paulo Fagundes (indicado pelo deputado federal Pastor Eurico), foi nomeado para fazer a gestão transitória entre a gestão de Julianelli Tolentino e seu substituto, Télio Nobre, vencedor na eleição interna. Entretanto, a intervenção externa de Brasília (DF) gerou uma série de imbróglios na instituição, como explica o representante discente do Conselho Universitário, Mateus Alencar Ferreira.

“O que está havendo hoje é que o grupo deles está sendo quebrado. E por conta dessa quebra de interesses e ideologias foi que o Valdner acabou por renunciar. O grupo político está se partindo e a comunidade sofre com isso, porque os estudantes ficam nesse fogo cruzado”, disse ao programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa segunda-feira (18).

LEIA MAIS

Vilmar Cappellaro descarta concorrer a deputado estadual em 2022

Prefeito quer seguir comandando a cidade até o fim de 2024 (Foto: Ascom)

Nada de pensar em 2022. Foi o que disse o prefeito de Lagoa Grande (PE), Vilmar Cappellaro (MDB) ao ser questionado sobre uma possível candidatura a deputado estadual em 2022. Isso significa que o gestor reeleito no ano passado descartou a hipótese de abandonar a gestão municipal e não vislumbra novos desafios a nível estadual.

LEIA TAMBÉM

Vilmar Cappellaro destaca vontade de fazer mais no 2º mandato

“Eu pretendo concluir meu mandato. Vou buscar um mandato bastante participativo com a nossa vice Catharina Garzieira, uma jovem que nasceu em Lagoa Grande, tem experiência na vida privada e tem histórico familiar na política”, disse ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

O prefeito deixou claro a vontade de seguir trabalhando por Lagoa Grande. “A gente sempre diz o seguinte: a gente nunca sabe como anda o processo político. Hoje definitivamente não tenho nenhuma intenção de deixar o mandato para concorrer”, ressaltou.

Vilmar Cappellaro destaca vontade de fazer mais no 2º mandato

Prefeito destacou vontade de fazer mais (Foto: Reprodução)

Empossado no início de 2021, Vilmar Cappellaro (MDB) foi entrevistado no programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina e destacou as ações para o novo governo. Até 2024 ele comandará Lagoa Grande (PE) e espera repetir as ações que fizeram ganhar mais um mandato no Poder Executivo.

LEIA TAMBÉM

Vilmar Cappellaro agradece confiança da população de Lagoa Grande: “Tem gente que acredita em nós”

“A gente quando é criança começa a ter sonhos de ver essas lideranças. Minha família era muito humilde e pobre. Na região do Sul, os políticos procuravam a atenção que as lideranças davam. Quando apareceu essa oportunidade, de ter construído os meus sonhos, achei importante dar a minha contribuição”, disse à Rádio Jornal Petrolina.

LEIA MAIS

Próximo do retorno à Câmara de Petrolina, César Durando afirma que Legislativo precisa de modernizar

Petrolina terá dois herdeiros de Simão Durando no poder (Foto: Reprodução/Facebook)

César Durando ocupará uma cadeira na Câmara de Vereadores de Petrolina em 2021. Primeiro suplente do DEM com 2.464 votos nas eleições de 2020, ele herdará a vaga de Gilberto Melo, futuro secretário de Agricultura do município. Irmão do vice-prefeito eleito, Simão Durando, César vai para seu terceiro mandato legislativo.

LEIA TAMBÉM

Com ida de Edilsão e Gilberto Melo para governo de Miguel, suplentes ganham cadeiras na Câmara de Petrolina

“Agradeço a Deus, foi uma campanha muito bonita, limpa e transparente. Nós pudemos, em nossa caminhada, mostrar a Petrolina as nossas propostas, nossas ideias e nossas bandeiras para lutar por uma Petrolina cada vez melhor”, disse ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

LEIA MAIS

Vazão do Reservatório de Sobradinho será novamente reduzida

(Foto: Reprodução/Internet)

A partir dessa quarta-feira (2) o Reservatório de Sobradinho (BA) está operando com nova vazão. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) passou a trabalhar com 1.400 m³/s e a previsão é chegar a 1.100 m³/s amanhã (3).

O anúncio foi feito pelo diretor de Operação da Companhia, João Henrique Franklin, durante entrevista a Rádio Jornal Petrolina. Ele ressaltou que até ontem (1°) o Reservatório tinha 51% da sua capacidade, volume considerado bom. “É um cenário diferente daquele que atravessamos em 2015, quando chegamos a 1% à época”, disse no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

As constantes reduções, no entanto, não impedem a Chesf de aumentar as vazões. Tudo vai depender do nível de chuvas em 2021. “Passamos muitos anos com o rio seco, agora o Rio São Francisco está reocupando sua calha”, finalizou.

Festival Edésio Santos da Canção será realizado sem público e com transmissão online

Esse ano público não poderá acompanhar festival presencialmente (Foto: Arquivo/PMJ)

A Comissão Organizadora já anunciou as músicas que nesse ano disputarão a 24ª Edição do Festival Edésio Santos da Canção. E em 2020, por conta da pandemia, o tradicional evento de Juazeiro (BA) será realizado em novo formato: transmissão online e sem a presença do público.

LEIA TAMBÉM

Juazeiro: Estão definidas as músicas que irão concorrer ao Festival Edésio Santos 2020

Foram selecionadas 24 canções, com artistas locais e de outros estados. Elas disputarão os prêmios de entre os dias 10 e 12 de dezembro. “Estamos definindo o espaço onde [será realizado]. Só vai ter acesso a banda base do Festival e intérpretes, comissão julgadora, equipe técnica e equipe de transmissão“, contou o gestor da SECULTE, Alan Cléber que foi entrevistado no programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa segunda-feira (23).

As equipes da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) está sendo assessorada pela Secretaria de Saúde (SESAU) e os artistas serão testados antes das apresentações. Nesse ano o Edésio Santos tem prêmios nos que variam entre R$ 10.500 e R$ 2.500, além de troféus aos vencedores.

Após Alepe aprovar projeto que aumenta custas processuais, presidente da OAB Petrolina classifica matéria como “impertinente”

Alexandre Torres falou sobre projeto que aumenta custas de processos (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Ordem de Advogados do Brasil (OAB) está se mobilizando em Pernambuco para derrubar um projeto de lei votado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) na última quinta-feira (19). A matéria prevê alteração no valor das custas processuais e as taxas judiciárias.

O projeto seguirá para a segunda votação e caso seja aprovado outra vez, seguirá para sanção do governador Paulo Câmara (PSB). Contudo, a OAB-PE considera a matéria “impertinente” porque querer elevar as custas em plena pandemia. Durante entrevista no programa Super Manhã com Waldiney Passos dessa segunda-feira (23), o presidente da subseção em Petrolina, Alexandre Torres afirmou que o maior prejudicado será a população.

“Estamos mobilizados para que possamos conversar com os deputados e tentar em segunda instância derrubar esse projeto que nós julgamos impertinente e absurdo, porque representa um aumento de mais de 30% no valor final das custas. Quem vai pagar essa conta é a população. Em tempo de pandemia, você suprimir o direito de acesso à Justiça é um crime à população“, disse a Rádio Jornal Petrolina.

LEIA MAIS

Prefeita eleita, Suzana Ramos pretende melhorar a situação dos canais de Juazeiro

Prefeita eleita quer melhorar situação dos canais (Foto: Ascom/Suzana Ramos)

A prefeita eleita de Juazeiro (BA), Suzana Ramos (PSDB) já está ciente aos problemas de infraestrutura da cidade. E está preparada para melhorar a questão dos canais da cidade. A meta, segundo ela, é buscar recursos e promover obras nesse segmento, como revelou no programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

“Nós sabemos que um dos grandes problemas de Juazeiro é a muriçoca em todos canais. Quero justamente ir a Brasília falar sobre isso, para a gente tentar buscar recursos para revitalizar os canais. É um dos meus sonhos e foi uma das coisas que coloquei [no Plano de Governo]. O juazeirense espera isso da gente, vou em busca“, afirmou.

Eleita no último final de semana, ela será a primeira mulher a governar o município. Suzana já foi vereadora da cidade e terá ao seu lado como vice, Leonardo Bandeira, filho do ex-prefeito Joseph Bandeira.

Novo presidente da Câmara deve ter unanimidade na base aliada, afirma Miguel Coelho

Até o início de 2021 o assunto que dominará os bastidores na Câmara de Vereadores de Petrolina será a eleição da Mesa Diretora. E o prefeito Miguel Coelho (MDB) comentou sobre a votação interna no Poder Legislativo. Ele foi entrevistado no programa Super Manhã com Waldiney Passos, na quarta-feira (18) e avaliou o cenário da Casa.

LEIA TAMBÉM

Osório prega cautela sobre eleição para presidente da Câmara: “É uma caixa de surpresa”

“Temos 23 vereadores [em Petrolina] e elegemos 19. É natural que um governo que elege 19 vereadores a gente possa colocar o presidente, dependendo da unanimidade da nossa base. Que a gente deixe a vaidade de lado e possa buscar a convergência para que possamos construir uma unanimidade e consenso”, afirmou.

Por fim, o prefeito reeleito celebrou o resultado positivo também na Casa Plínio Amorim. “Acho que todos os nossos vereadores que estão lá eleitos têm as próprias condições. Nosso partido o MDB foi o  que mais elegeu. É a gente buscar um consenso entre todos para que possamos alinhar interesses“, conclui.

Miguel celebra votação em Petrolina, mas destaca que responsabilidade aumentou para 2º mandato

Prefeito comemorou votação histórica (Foto: Ascom/Miguel Coelho)

O prefeito Miguel Coelho (MDB) foi reeleito no domingo (15) e já planeja as ações para o novo mandato. Durante entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa quarta-feira (18), o gestor celebrou o percentual das urnas. “Foi com a benção de Deus, mas também com a confiança do povo da nossa cidade que nos consagramos o prefeito mais votado da história de Petrolina e o mais votado do Norte-Nordeste brasileiro”, afirmou à Rádio Jornal.

Miguel enfatizou que as pesquisas estavam corretas ao apontar a ampla vantagem do gestor. “As pesquisas estavam todas corretas. Fico feliz da população ter entendido a nossa mensagem, a nossa proposta de fazer Petrolina avançar ainda mais“, salientou.

A votação histórica, segundo ele, aumenta a responsabilidade no segundo mandato. “Até quem antes nunca havia votado na gente viu que o nosso trabalho fez Petrolina retomar seu protagonismo nacional e regional. Ser o mais votado da história representa uma responsabilidade imensa para nós da gestão. Agora é continuar o trabalho”, conclui.

Lucinha Mota lembra dificuldades na campanha e lamenta insucesso do PSOL em Petrolina

Lucinha buscou primeiro mandato político em 2018 e tentou novamente em 2020 (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mesmo sendo a 11ª candidata mais bem votada em Petrolina, Lucinha Mota (PSOL) não conseguiu uma cadeira na Câmara de Vereadores de Petrolina. Nessa terça-feira (17) ela falou sobre a derrota durante uma entrevista no programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

LEIA TAMBÉM

11ª candidata mais bem votada, Lucinha Mota não consegue vaga na Câmara de Petrolina

Para Lucinha, a pandemia afetou o desempenho do PSOL nas urnas. “Nós tínhamos bons nomes, pessoas inclusive que tiveram experiências em outras campanhas. E até de um vereador que foi eleito, como o Geraldo da Acerola [vereador pelo PT]. Foi uma eleição muito estranha, muito diferente. Era uma eleição totalmente diferente e no início isso nos assustou um pouco”, disse.

LEIA MAIS

“A população de Petrolina soube votar certo”, afirma Simão Durando

De secretário a vice-prefeito, Simão está preparado para o trabalho (Foto: Reprodução/Prefeitura de Petrolina)

Eleito vice-prefeito na chapa de Miguel Coelho (MDB), Simão Durando (DEM) foi entrevistado no programa Super Manhã com Waldiney Passos, nessa terça-feira (17), na Rádio Jornal Petrolina. Ainda celebrando a vitória incontestável nas urnas, ele já mira o início do mandato. “A gente está muito animado [com] a transformação que está por vir”, afirmou.

LEIA TAMBÉM

Miguel vence com mais de 100 mil votos de diferença para o segundo colocado

“A gente quer realmente agradecer a população de Petrolina que soube votar certo. Com o voto que deu a Miguel vai continuar no ritmo do trabalho, no ritmo da força política que Miguel tem, para que traga mais recursos para a cidade. Petrolina soube votar por quem pode seguir no ritmo do desenvolvimento”, pontuou Simão.

LEIA MAIS

Superintendente da Codevasf Petrolina nega envolvimento da companhia na Operação Mapa da Mina

Empresa que prestou serviço à Codevasf foi alvo de operação nessa semana (Foto: CODEVASF)

O superintendente da 3ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Aurivalter Cordeiro foi entrevistado nessa sexta-feira (13), no programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina e comentou sobre a operação da Polícia Federal que investiga lavagem de dinheiro na Operação Mapa da Mina.

LEIA TAMBÉM

CODEVASF emite nota sobre operação que investiga recursos desviados da empresa em Petrolina

Operação investiga uso de lotéricas para “lavar” recursos desviados da Codevasf em Petrolina

Aurivalter ressaltou que nenhuma notificação da PF ou da Controladoria Geral da União (CGU) chegou à instituição. “Em instante algum coloca-se o nome da Codevasf de Petrolina. Nós não fomos notificados, nem nada. Alguém deve ter verificado que a empresa Alforge prestou serviço a Codevasf no período de 2014 a julho de 2016, mas essa empresa teve a licitação vencida”, explicou.

LEIA MAIS
123