Definido: Juazeiro vai abrir bares, restaurantes e lanchonetes na próxima semana

Conforme o prefeito Paulo Bomfim anunciou dia 27 de julho, vários segmentos reabrirão suas portas na próxima semana implementando a segunda etapa da retomada das atividades econômicas em Juazeiro, seguindo as regras de distanciamento e medidas de higienização.

Os bares, restaurantes e lanchonetes os primeiros a fechar com os decretos e as medidas restritivas em março, retomam as atividades na próxima segunda-feira, dia 10.

Segundo ainda o prefeito outro segmento que funcionará a partir da próxima semana são as academias de ginástica com regras rígidas para contenção da proliferação do vírus.

Nesta quarta-feira, dia 05, foi publicado no Diário Oficial o decreto que estabelece as medidas preventivas, entre elas a que estabelece 30% de ocupação de mesas e cadeiras, distanciamento mínimo de 2 metros entre mesas, dentre outros cuidados no manuseio de produtos, atendimento e higienização nos bares, restaurantes e lanchonetes.

Confira o Diário Oficial AQUI

Com informações da RedeGN

Governador participa de reunião com prefeitos sobre retomada das aulas presenciais

Em assembleia promovida nesta segunda-feira (3) pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), o governador Paulo Câmara (PSB), o secretário de Saúde, André Longo e o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, apresentaram aos prefeitos pernambucanos o planejamento do Estado para a volta às aulas. Na ocasião, os gestores também foram informados dos dados preliminares sobre a proliferação do novo coronavírus em diferentes regiões do Estado. Segundo a Amupe, os prefeitos se mostraram preocupados com a retomada do ensino presencial.
O governador Paulo Câmara apresentou um panorama da situação do coronavírus no Estado e concluiu que a região do Sertão do Araripe, por ora, é a que requer mais cuidados. O secretário de saúde, André Longo, afirmou: “Esperávamos que o avanço positivo ocorresse de forma uniforme em todo o Estado, mas, no Sertão do Araripe, os números não nos agradam. No entanto, nós temos investido muito na ampliação da testagem e agora estamos trabalhando para trazer ao Estado a testagem em massa”.
O secretário de Educação, Fred Amancio, fez uma apresentação do plano de retomada das aulas presenciais aos prefeitos e afirmou que a ação só será possível caso os dados epidemiológicos do Estado continuem em queda. “A gente só vai retomar com as aulas se os números epidemiológicos continuarem evoluindo de maneira positiva. A educação tem um papel importante na sociedade, pois quanto mais tempo os alunos estão fora da escola, mais cresce a desigualdade. Estimamos um aumento da evasão escolar e será um desafio grande trazer os alunos de volta”, explicou.
O prefeito de Carpina, Manoel Botafogo (PDT), afirmou que “um levantamento foi feito e constatamos que 80% dos pais não levarão as crianças para as escolas”. A mesma observação foi dita pela prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida (PSB), que também se mostrou preocupada com a queda de arrecadação do Fundeb. “O que estamos recebendo só dá pra pagar a folha de pagamento, tivemos uma queda aqui em São Bento de R$ 2,5 milhões”, enfatizou a gestora. Os prefeitos também concordaram com a não retomada das aulas ainda este ano, “um ano se perde e se recupera, a vida nós não podemos perder”, disse o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB).
“A reunião foi muito válida. Tudo que ouvi dos prefeitos foi muito importante para construirmos uma agenda única”, destacou Paulo Câmara. O secretário de Educação, Fred Amancio, afirmou que “será necessária a ampliação do transporte escolar” e destacou que a perda de conteúdo vai gerar um “impacto negativo, a longo prazo, que os estudantes terão, devido a falta de aulas presenciais”.
Para o presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), essa é a primeira reunião de uma série de encontros que podem acontecer com a mesma temática. “Consideramos que essa primeira etapa é de escuta. Cada prefeito traz a preocupação da sua cidade, da sua região. É um assunto complexo que requer cuidado. A decisão desses pontos precisam ter um arranjo que envolve a todos.”, concluiu.

Governo de Pernambuco divide reabertura de órgãos e entidades públicas em três etapas; veja protocolo completo

Desde o dia 23 de março as atividades presenciais em órgãos, instituições e autarquias públicas administradas pelo Estado estão suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus. Após quatro meses, órgãos como o Instituto de Identificação Tavares Buril e a Empetur,  ganharam um protocolo de reabertura. As medidas, divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Governo de Pernambuco, informam que a volta dos atendimentos irá acontecer em três etapas e de forma gradual e progressiva. O documento estabelece normas como dar preferência por reuniões virtuais, distanciamento de 1,5 metro e flexibilização do horário de expediente.

As instituições passam por um período de adaptação de seus espaços físicos para atender às determinações do protocolo. Apesar do protocolo, a data de retomada dos serviços públicos ainda não foi anunciada pelo governo. O calendário dependerá da evolução dos indicadores diariamente avaliados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

O plano de retomada foi planejado pelo governo junto à Secretaria de Administração (SAD) e com a participação das Secretarias de Saúde (SES) e de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH). O protocolo é baseado em medidas de preservação da vida e do bem-estar de todos os servidores, atentando sobremaneira para a saúde daqueles identificados como grupo de risco.

“É muito importante adotar protocolos sanitários para a retomada das atividades presenciais, a partir de uma ampla discussão democrática entre os atores envolvidos. Isso traz uma maior segurança e proteção aos usuários dos serviços, servidores públicos e demais colaboradores que atuam nos órgãos e entidades do governo”, disse a secretária de Administração, Marília Lins.

Veja os principais pontos do protocolo 

Protocolo para retomada de órgãos e entidades públicas de Pernambuco – REPRODUÇÃO / GOVERNO DE PERNAMBUCO

– Fornecimento de máscaras para servidores (as) ou empregados (as) públicos(as) e disponibilização de álcool 70% no ambiente de trabalho;

– Grupo de Risco permanece desenvolvendo as atividades na forma remota, exceto quando for estritamente necessária a sua presença, enquanto perdurar a situação de emergência;

– Servidor (a) ou empregado (a) público (a) que apresentar sintomas será afastado e testado, bem como aqueles (as) que tiveram contato direto;

– Flexibilização do horário de início e término do expediente, para evitar aglomerações, com destaque para servidor(a) ou empregado(a) público (a)que utilize o transporte público, evitando o horário de pico do transporte público;

– Distanciamento de 1,5m entre as estações de trabalho, sendo os ambientes de trabalho higienizados, no mínimo, 4 (quatro) vezes ao dia;

– Distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas e o limite máximo de 10 participantes, quando indispensável a realização de reuniões presenciais, preferindo, sempre que possível, reuniões à distância, por meio de ferramentas online;

– Distanciamento em elevadores e limitação de passageiros em veículos oficiais.

Protocolo para retomada de órgãos e entidades públicas de Pernambuco – FOTO:REPRODUÇÃO / GOVERNO DE PERNAMBUCO

Com informações do Jornal do Commercio

Empresa começa a gerir matadouro de Petrolina já neste mês, garante Ronaldo Souza

Luta por reabertura do matadouro durou quase nove anos, segundo Ronaldo. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Ronaldo Souza afirmou, em entrevista ao programa “Super Manhã”, com Waldiney Passos, na Rádio Jornal, nesta segunda-feira (03), que a empresa vencedora do processo licitatória para gerir o matadouro de Petrolina começa a atuar ainda neste mês de agosto. Ainda segundo Ronaldo, a empresa já assinou o contrato de terceirização.

De acordo com o parlamentar, que foi um dos grandes responsáveis pela reativação do equipamento, a empresa começa a partir de hoje e, após algumas adequações, em 15 ou 20 dias começará os abates.

“A prefeitura fez a licitação e já assinou o contrato de terceirização. O matadouro está pronto e volta a funcionar para que Petrolina possa ter uma carne saudável. Isso dá uma qualidade melhor de carne para a cidade”, disse o vereador.

LEIA MAIS

Paulo Câmara confirma desaceleração do coronavírus, mas pede colaboração para que reabertura avance em Pernambuco

Em pronunciamento nesta segunda-feira (20), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), confirmou que o número de vítimas do coronavírus no Estado permanece em queda, passados quatro meses dos primeiros registros de casos. Apesar da retração da covid-19, mais acentuada no Grande Recife e Zona da Mata, o gestor alertou sobre a necessidade de cumprir de forma rígida o protocolo sanitário para que o plano de reabertura das atividades continue avançando.

“Por mais que mantenhamos uma fiscalização atuante, só continuaremos avançando no Plano de Convivência se cada um fizer a sua parte. Usar máscara de proteção, redobrar os cuidados com a higienização das mãos e manter o distanciamento são medidas importantes, que devem estar incorporadas ao cotidiano de todos”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

Nesta segunda-feira (20), a Região Metropolitana do Recife (RMR) e a Zona da Mata retomaram o funcionamento de serviços de alimentação, com horário reduzido, e a reabertura de academias de ginástica, com novos protocolos.

Após reunir o Gabinete de Crise, a gestão estadual confirmou mais uma semana de redução no total de óbitos provocados pelo coronavírus em Pernambuco. “Se nos detivermos ao número de mortes mês a mês, fica claro que o mês de maio registrou o pico mais alto da doença no Estado e, desde então, temos notado uma diminuição expressiva na quantidade de vítimas da covid-19”, disse o governador.

Dividindo as quatro macrorregiões de Pernambuco, percebe-se que a Região Metropolitana do Recife e a Zona da Mata demonstram uma redução consistente no número de casos, enquanto o Agreste e o Sertão precisam de mais cuidado.

“No próximo sábado (25), vamos abrir novos leitos de UTI nos municípios de Serra Talhada e Petrolina, por exemplo, para seguir reforçando a rede de saúde também no Sertão”, afirmou Paulo Câmara. Novos leitos que já foram abertos nos municípios de Caruaru e Bezerros estão em operação para atender a população do Agreste e diminuir a taxa de ocupação de leitos naquela região.

Profissionais de Educação Física se revoltam com reabertura de bares em detrimento de academias

(Foto: Ilustração)

Profissionais de Educação Física, empresários e até mesmo funcionários de estabelecimentos que prestam serviços nas áreas de atividades físicas, desportivas e similares têm feito barulho nas redes sociais por conta da retomada da construção civil, bares, restaurantes, comércio e shopping, e os espaços que promovem saúde ainda estarem fechados.

Em nota publicada no último sábado (20), o Conselho Regional de Educação Física da 12ª Região/Pernambuco (CREF12/PE) saiu em defesa do setor deixando claro que que o Exercício Físico orientado por Profissional de Educação Física é essencial à vida e à saúde física e mental.

Além disso, junto com a Associação Brasileira de Academias (ACAD), o conselho já disponibilizou um manual bem rígido com procedimentos de reabertura de academias construído seguindo as orientações e as informações dos órgãos públicos, tais como Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde.

LEIA MAIS

Miguel Coelho afirma que vai cumprir decisão judicial, mas que precisa da ajuda de todos

Nesta quinta-feira (18), o desembargador Adalberto de Oliveira Melo atendeu um pedido de liminar do MPPE e decretou ilegal o decreto de Petrolina. A cidade estava abrindo o comércio, em uma ação negociada conjunta com o comércio local e o próprio governador Paulo Câmara.

Ao tomar conhecimento da suspensão do decreto municipal, o prefeito Miguel Coelho afirmou que irá cumprir a decisão judicial, mas que depende da ajuda de todos, pois o momento é de união para que todos possam somar esforços no sentido de preservar as vidas, os empregos e a economia.

“A conta que a OMS faz é que para cada 100 mil habitantes, dez leitos de UTI têm que está abertos. Assumimos o compromisso de abrir 20, 10 já estão funcionando e outros 10 já foram pedidas habilitação para funcionar ainda no mês de junho em parceria com a Univasf. O Governo do Estado, em contra ponto, assumiu o compromisso de abrir 50 leitos de UTI em Petrolina, até o momento abriram 10, se esses 50 estivessem todos funcionando a gente estaria dentro da conta que a OMS determina, mas infelizmente não foi feito”, lamenta.

Assista o vídeo:

Pernambuco autoriza reabertura de igrejas, templos e demais espaços religiosos

(Foto: Jonas Santos)

Igrejas, templos, terreiros e demais espaços de cultos religiosos estão autorizados a voltarem a funcionar em Pernambuco a partir da próxima segunda-feira, dia 22 de junho. A decisão foi anunciada pelo governador Paulo Câmara na manhã desta quarta (17) e vale para todo o território pernambucano – exceto para aquelas 85 cidades das regiões de Palmares, Goiana, Caruaru e Garanhuns, que não avançaram para a quarta etapa do Plano de Convivência com a Covid-19, elaborado pelo estado.

Para voltar a funcionarem, igrejas e templos deverão seguir protocolos rígidos de segurança sanitária e só permitir a ocupação de 30% de seu espaço. “Podendo chegar ao limite de 50 pessoas nos templos com capacidade até mil lugares e 300 pessoas, nos locais com capacidade acima de mil lugares”, diz o governo, em comunicado à imprensa.

Preferencialmente, devem ser disponibilizados cadeiras e bancos de uso individualizado, em quantidade compatível com o número máximo de participantes autorizados para o local. No caso de bancos de uso coletivo, eles devem ser reorganizados e demarcados de forma a garantir o afastamento recomendado.

Também deve ser realizado o controle do fluxo de entrada e saída de pessoas, e na hipótese de formação de filas, deve haver demarcação para manter o distanciamento mínimo. Sempre que possível, as portas de entrada devem ser distintas das de saída, havendo sinalização de sentido único, de modo a evitar que as pessoas se cruzem.

“As atividades religiosas têm um papel fundamental para a sociedade, realizando ações sociais relevantes e asseguram o conforto espiritual, sobretudo em um momento tão difícil como o que estamos atravessando. Mas precisam ocorrer com consciência e a colaboração de todos. A pandemia não acabou e precisamos continuar com os cuidados necessários”, afirmou Paulo Câmara, em pronunciamento divulgado nesta quarta.

Antes, durante e depois da realização das celebrações religiosas, devem ser evitadas práticas de aproximação entre as pessoas e outras formas de contato físico, como dar as mãos, beijos, abraços, apertos de mãos, entre outros. Os protocolos completos podem ser consultados ao final da reportagem. “Todas essas regras foram discutidas com lideranças de cada religião e proporcionarão maior segurança a todos que frequentarem as celebrações”, acrescenta o governador.

LEIA MAIS

Primeiro dia de reabertura do comércio em dormentes tem movimentação

Depois de realizar a primeira etapa do Levantamento de Circulação da Covid-19, com a testagem de comerciantes e comerciários de serviços essenciais da cidade, a Prefeitura de Dormentes iniciou, nessa segunda-feira (15), a reabertura do comércio.

Para garantir o funcionamento responsável, as empresas devem obedecer determinadas regras de higiene, distanciamento e controle de pessoas. Os comerciantes de serviços não-essenciais estão seguindo as orientações expressas do Plano de Retomada Econômica de Dormentes, elaborado pela gestão municipal.

“Todos os comerciantes receberam a nossa cartilha e foram orientados sobre como proceder para a abertura responsável, que só foi possível diante dos ótimos resultados da nossa testagem dos comerciários de serviços essenciais”, informou a secretária de Saúde, Talita Mirele.

LEIA MAIS

MPPE solicita suspensão das medidas de retomada da economia em Petrolina, Miguel afirma que todas as ações foram acordadas com o governador

O Ministério Público de Pernambuco requereu à Justiça que o município de Petrolina suspenda as medidas de retomada da economia. A iniciativa partiu da Promotoria de Justiça de Pernambuco que entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade ao decreto apresentado pelo prefeito Miguel Coelho (MDB).

Confira a decisão do MPPE clicando aqui.

Ao participar de uma live nesta quinta-feira (11) com o blogueiro Edmar Lyra, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), afirmou que todas as ações desempenhadas em Petrolina foram em comum acordo com o governador Paulo Câmara, e disse que apesar de respeitar tal decisão, não concorda, devido aos números obtidos por Petrolina em casos da Covid-19 e das ações que foram realizadas.

“Dizer primeiro que eu entendo a posição do Ministério Público de Pernambuco em ter ingressado com a ação, mas não concordo, até por que todas as ações que fizemos foram em comum acordo com o governador Paulo Câmara. A gente aqui tem, todas as minhas falas, se você for pegar nas coletivas, nas entrevistas, aqui nas redes sociais, todas elas, sem nenhuma exceção, foi no espírito de colaboração, no espírito da gente poder somar esforços para poder a gente preservar a vida e fortalecer o sistema público de saúde”, explicou.

Miguel acrescentou que no final de maio ligou para o governador e explicou todos os números do controle da pandemia em Petrolina e o plano de reabertura gradual do comércio e Paulo Câmara concordou que Petrolina estava em uma situação diferenciada da Região Metropolitana do Recife ou algumas regiões do Agreste que estão ainda com números crescente.

LEIA MAIS

Pernambuco reabre mais setores da economia nesta segunda, e cenário volta a se parecer um pouco com o da pré-pandemia

A partir desta segunda (8), o cenário das cidades pernambucanas volta a se parecer um pouco com o da pré-pandemia da covid-19. Depois das lojas de material de construção, que reabriram há uma semana, outras atividades vão se readaptando à nova normalidade. Nesta segunda será a vez da construção civil, do comércio atacadista inaugurar sua retomada e das clínicas médicas, enquanto o setor de shopping centers estreia o serviço de drive-thru. Reações negativas dos empresários ao Plano de Convivência com a covid-19 fizeram com que o governo antecipasse a reabertura de algumas atividades.

O setor de shoppings foi uma das atividades que reagiu à falta de data para abertura pelo governo de Pernambuco e foi atendido no pleito de antecipar a operação do drive-thru para aproveitar as vendas do Dia dos Namorados. Pelo plano inicial, o serviço só poderia funcionar a partir do dia 15, mas foi antecipado para esta segunda.

No Brasil, alguns shoppings já haviam adotado a operação do drive-thru para permitir que os lojistas voltassem a vender. Em Pernambuco, os centros de compra estavam trabalhando com delivery, a partir de plataforma online.

Agora, os consumidores podem comprar pelos sites das lojas, por WhatsApp e por telefone. Depois, a compra é retirada em pontos de entrega instalados nos estacionamentos dos shoppings.

“Os shoppings e os seus lojistas ficaram satisfeitos com a antecipação do prazo para funcionamento do sistema de coleta/drive-thru. O governo reconheceu o pleito dos lojistas, e isso é muito importante neste processo. Continuaremos dialogando para implementar a volta das outras operações”, diz o presidente da Associação Pernambucana de Shopping Centers (Apesce), Paulo Carneiro. Segundo ele, os shoppings e os lojistas se esforçaram para implantar o drive-thru para que funcione a partir de hoje. O governo ainda não definiu a data da abertura efetiva.

A retomada econômica não quer dizer, porém, que o Estado está livre do novo coronavírus, e, por isso, é preciso cumprir os protocolos sanitários para evitar uma escalada de transmissão do vírus nessa volta. A construção civil volta a abrir os canteiros de obras com o compromisso de operar com metade da mão de obra e adotando medidas de distanciamento social, higiene e comunicação e monitoramento. Entre as de distanciamento estão manter distância de 1,5 metro entre os trabalhadores, utilizando máscaras, óculos e protetor facial.

LEIA MAIS

Com uso obrigatório de máscaras, Parque Josepha Coelho é reaberto para atividades individuais em Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

O Parque Municipal Josepha Coelho em Petrolina voltou a receber, nesta semana, a visita dos frequentadores. Seguindo o recomendado no Decreto Municipal nº 037/2020, neste momento, a reabertura de parques públicos e da orla fluvial somente será admitida para a prática de atividades individuais até a “fase 3” (mês de julho). A partir da “fase 4” (mês de agosto) haverá ampliação, com permissão da prática de atividades em grupo.

Vale ressaltar que durante a prática de exercícios ou passeio pelo local, será necessário manter o distanciamento de 2 metros entre cada cidadão, como recomenda o Ministério da Saúde. Além do uso obrigatório de máscara durante toda permanência no parque.  Através dessas medidas será possível reduzir o risco de infecção e manter a distância segura entre os frequentadores.

Vale ressaltar que a liberação está condicionada à reavaliação quinzenal da Secretaria Municipal de Saúde. Caso seja constatado um crescimento relevante de casos, as atividades poderão ser suspensas novamente. Localizado bem no centro da cidade, O parque funciona das 5h às 22h, todos os dias.

Gabinetes dos vereadores voltam a receber o público com acesso limitado a partir de hoje, sessões virtuais continuam em novo horário

Osório Siqueira, presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em mais uma portaria publicada nesta manhã, o presidente da Câmara Municipal de Petrolina, Osório Siqueira, estabelece novas normas de segurança em matéria de saúde pública, em consonância com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde (MS), os Decretos Estaduais e os Decretos Municipais, em especial o Decreto nª 37/2020, de 31 de maio de 2020, que trata da retomada das atividades econômicas, em especial no tocante à Administração Pública.

Considerando que o Poder Executivo, o Poder Judiciário, o Poder Legislativo e outros Órgãos Públicos, não estão realizando reuniões presenciais, para evitar com que as pessoas corram o risco de se contaminar com a COVID-19, a Câmara Municipal resolveu reabrir os gabinetes dos vereadores a partir desta quinta-feira (04), funcionando com apenas dois servidores e limitando o acesso de duas pessoas por vez, sendo obrigatório o uso de máscara e prévia higienização controlado pelas recepcionistas da Câmara Municipal de Petrolina e lavatório situado próximo a recepção, a partir do dia 04/06/2020.

O horário de expediente será das 07h00min às 13h00min, de segunda a sexta-feira, sendo obrigatório a todos os vereadores e servidores o uso de máscaras e higienização com álcool gel na recepção, mantendo o distanciamento entre as pessoas de 2,0 (dois) metros.

Sessões plenárias

As sessões plenárias ordinárias, extraordinárias e solenes, todas na forma presencial, permanecem suspensas, mantendo-se as ordinárias de forma remota, em ambiente virtual, a partir da próxima segunda-feira (09), às terças e quintas feiras, iniciando-a às 14h30min, até o dia 02/07/2020.

Apesar de decreto do Governo do Estado reabertura das atividades econômicas está mantida em Petrolina

Preocupados com a publicação de um novo Decreto por parte do Governo do Estado de Pernambuco, mantendo a não retomada das atividades econômicas, alguns empresários e comerciantes nos ligaram na noite deste domingo (31/05), querendo saber como fica a situação de Petrolina, uma vez que na última sexta-feira (29), o prefeito Miguel Coelho publicou o protocolo de reabertura das atividades econômicas no município.

Assim que o Palácio do Campo das Princesas divulgou o novo Decreto, a Prefeitura de Petrolina nos enviou uma nota esclarecendo que “não irá se pronunciar a respeito do novo decreto do Governo do Estado. O município seguirá com os protocolos de reabertura das atividades econômicas conforme foi discutido anteriormente com as autoridades, inclusive com o próprio governo, e anunciado para a população”.

A tarde, o prefeito Miguel Coelho já havia postado nas redes sociais, um vídeo  informando que nesta segunda-feira (01/06) estaria mantido o início da primeira das 5 fases do nosso Plano de Retomada Econômica, com o comércio e algumas atividades reabertas de maneira gradativa e cautelosa.

Confira postagem de Miguel Coelho:

Hoje faz 74 dias que estamos em isolamento. São quase 11 semanas de trabalho duro da @prefeiturapetrolina no reforço da rede de saúde, abertura do hospital de campanha, compra de 34 mil testes e diversas ações que já estavam em discussão desde fevereiro. Esse esforço preventivo e nossa rápida ação de enfrentamento à Covid-19 colocam Petrolina como a cidade pernambucana com o menor índice de letalidade (óbitos/infectados), de infectados/testes e com a maior testagem feita por 100 mil habitantes. Nestes 2 meses e meio, aprendemos a importância da higienização das mãos, da necessidade de mantermos distância uns dos outros, de usar a máscara corretamente, mas principalmente, aprendemos como precisamos estar em sintonia e unidos para termos bons resultados.⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀
Amanhã, 01 de junho, vamos iniciar a primeira das 5 fases do nosso Plano de Retomada Econômica, com o comércio e algumas atividades reabertas de maneira gradativa e cautelosa. Porém, pessoal, amanhã não é um retorno à vida normal. Até termos uma vacina para todos, o “normal” não existe mais. Como isso infelizmente ainda não tem prazo, o que precisa existir é o senso de corresponsabilidade, de empatia, de humanidade. É cuidarmos de nós, de quem amamos e de todos os outros para que este cuidado volte pra gente. A pandemia não acabou, o novo coronavírus não sumiu. Mas, a gente precisa fazer todo este nosso esforço coletivo ter valido a pena, e continuar valendo.⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀
Se você pode continuar trabalhando de casa e não deseja sair, não saia, continue em casa. Se você voltará a trabalhar amanhã ou se sua empresa/loja/serviço vai reabrir, tenha consciência de que isso não é definitivo, mas sim depende das atitudes de todos, dos números da Saúde, e por isso é tão importante que essa mensagem seja compreendida e adotada por todo mundo. Eu, você, nossas famílias, nossos amigos, todos precisamos fazer a nossa parte. O plano vai dar certo se todos fizermos isso, mas pode ser suspenso se a gente não fizer. Tenho fé e acredito que vamos conseguir, que teremos êxito, pois o desejo que nutrimos hoje é um só: que estes dias passem, que a gente não perca quem amamos e que a vida continue para todos. #juntostemosforça

Miguel Coelho afirma que vai manter abertura gradual do comércio a partir desta segunda-feira

(Foto: Jonas Santos/PMP)

O governador Paulo Câmara expediu Decreto nº 49.055, através do qual sistematiza as regras temporárias de enfrentamento ao coronavírus. Dentre as normas há expressa previsão da não retomada das atividades econômicas, que voltar a funcionar de modo gradual.  O Decreto estadual vai de encontro com o Decreto expedido pelo prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, que apresentou um plano do retorno gradual das atividades econômicas na cidade, mesmo assim, em nota, a prefeitura informou que está mantido o protocolo de reabertura das atividades econômicas.

Confira a nota:

A Prefeitura de Petrolina não irá se pronunciar a respeito do novo decreto do Governo do Estado. O município seguirá com os protocolos de reabertura das atividades econômicas conforme foi discutido anteriormente com as autoridades, inclusive com o próprio governo, e anunciado para a população.

123