Caso Miguel: parecer jurídico diz que Sarí não cometeu homicídio

Um parecer jurídico assinado pelo professor de direito da Universidade Federal de Pernambuco Cláudio Brandão, solicitado pela defesa da empresária Sarí Côrte Real, afirma que a suspeita não cometeu homicídio culposo ou doloso do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos.

O documento de 35 páginas, a que a coluna Ronda JC teve acesso, diz que a primeira-dama do município de Tamandaré não pode ser responsabilizada pela morte do garoto, que caiu do nono andar do Condomínio Píer Maurício de Nassau, na área central do Recife, no dia 02 de junho.

Especialista em direito penal e criminologia, Brandão respondeu a uma série de questionamentos feitos pelo escritório de advocacia Célio Avelino de Andrade, responsável pela defesa de Sarí. Segundo o professor, a ex-patroa da mãe de Miguel não tinha consciência dos riscos que a criança corria nem podia prever o resultado, por isso não pode responder por homicídio doloso ou com dolo eventual.

LEIA MAIS

Caso Miguel: Sarí é indiciada por abandono de incapaz

(FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM)

A Polícia Civil de Pernambuco indiciou por abandono de incapaz com resultado de morte a moradora Sarí Corte Real, pela queda do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, 5 anos, ocorrida no dia 2 do mês passado. O resultado do inquérito foi apresentado, na tarde desta quarta-feira (01), em entrevista coletiva online, comandada pelo delegado Ramon Teixeira, responsável pelas investigações.

“A conduta de permitir o fechamento da porta, claramente intencional, conduziu a criança à área de insegurança, diante dos vários riscos existentes no edifício. Com essa ação, diversas poderiam ser as formas de encontrar o resultado morte indesejável, mas previsível”, afirmou o delegado.

LEIA MAIS

Caso Miguel: mãe de garoto chama ex-patroa de “fria” após encontro na delegacia

Mirtes disse que ex-patroa foi fria e mentiu (Foto: Diogo Cavalcante/DP)

O Caso Miguel ganhou mais um episódio na segunda-feira (29), quando Sarí Côrte Real foi depor na Polícia Civil sobre a morte do garoto de apenas cinco anos. Com autorização do delegado, Sarí e Mirtes Renata, mãe de Miguel, se encontraram na Delegacia de Santo Amaro.

Na saída do prédio Sarí foi hostilizada e seu marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB) teve o carro cercado por populares. O casal não quis falar com a imprensa. Mirtes conversou com os jornalistas e disse que a ex-patroa foi fria no encontro.

LEIA TAMBÉM

Delegacia abre mais cedo para depoimento de Sarí Corte Real no Caso Miguel

“Ela disse na minha cara que não apertou o botão. Não foi só eu que vi, todo mundo viu. Ela mentiu na minha cara friamente“, disse a mãe de Miguel. Mirtes passeava com os cachorros do casal quando Miguel – que estava sob a tutela de Sarí – caiu do nono andar de um prédio no Recife.

LEIA MAIS

Delegacia abre mais cedo para depoimento de Sarí Corte Real no Caso Miguel

Sarí estava responsável pelo menino Miguel que caiu do 9º andar do prédio (Foto: Reprodução)

A primeira-dama de Tamandaré (PE) e ex-patroa de Mirtes Santana, Sarí Côrte Real foi ouvida pela Polícia Civil de Pernambuco na manhã dessa segunda-feira (29). O depoimento aconteceu duas horas antes do início do expediente na Delegacia de Santo Amaro, na tentativa de despistar os jornalistas que acompanham o caso.

LEIA TAMBÉM

Mãe de criança que morreu ao cair de prédio está lotada na Prefeitura de Tamandaré

Criança de 5 anos morre após cair de aproximadamente 35 metros de altura de prédio no Recife

Sarí foi ouvida pelo delegado responsável pelo caso, Ramon Teixeira. Ela chegou acompanhada pelo esposo, Sérgio Hacker (PSB) que empregava Mirtes Santana na Prefeitura de Tamandaré, sem a mãe do garoto Miguel ter ciência. Semana passada foi Mirtes quem prestou depoimento, juntamente com sua mãe.

Mirtes era empregada doméstica na casa do casal. Ela havia deixado o apartamento de Sarí e Sérgio para passear com o cachorro da família. Nesse meio tempo o garoto Miguel, filho de Mirtes, deixou o apartamento e caiu do nono andar do prédio. Miguel chegou a ser atendido no Hospital da Restauração. (Com informações do JC Online).

Aparecimento de gafanhotos chama atenção de moradores no Grande Recife

Dezenas da gafanhotos apareceram em casas de Paulista, no Grande Recife, e chamaram atenção de moradores. Os bichos, de acordo com os moradores, começaram a aparecer na manhã da quinta-feira (25) em casas da Rua Vista Alegre, no centro da cidade.

A cerimonialista e lutadora de jiu-jitsu Denize Cássia, de 33 anos, mora em uma das casa da rua há cinco anos. Ela contou que nunca viu isso acontecer.

“Por volta de 11h40 a gente começou a perceber pelas paredes das casas, em canteiros e em algumas plantas. Eu moro aqui há cinco anos e nunca vi isso. Minha vizinha mora há 50 anos e também nunca percebeu nada. Ficou todo mundo assustado”, disse.

LEIA MAIS

Polícia Civil deflagra Operação Ripstop em cinco cidades de Pernambuco

Draco coordena investigação (Foto: Marina Meireles/G1)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã dessa terça-feira (16) uma operação para investigar crimes de fraudes em licitações. “Ripstop” está acontecendo na capital Recife, Olinda, Paulista, Camaragibe e também em Petrolina.

De acordo com a Polícia Civil, os mandados foram expedidos em conjunto com a Polícia Federal. A Operação Ripstop investiga ainda o uso de documentos falsos, lavagem de dinheiro e integração de organização criminosa. O esquema teria resultado na fraude de R$ 132 milhões.

A investigação

O trabalho da polícia é feito conta com apoio do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). As investigação tiveram início ainda em 2019 onde foram apontados indícios de fraudes em Petrolina. A partir disso as equipes identificaram cinco empresas de fachadas em nomes de laranjas, mas pertencentes ao mesmo grupo empresarial.

LEIA MAIS

Mãe de Miguel desabafa sobre morte do filho e afirma que ex-patroa a bloqueou do WhatsApp

Em entrevista ao programa Super Manhã da Rádio Jornal Petrolina, com Waldiney Passos, a mãe do menino Miguel Otávio, Mirtes Renata Santana de Souza, falou sobre a morte da criança, que caiu do 9º andar de um prédio em Recife (PE), na última terça-feira (02).

Ela disse que trabalhava na casa de Sari Corte Real há 4 anos e que tinha uma relação de confiança com a família, tanto que já havia levado o filho algumas vezes para o local de trabalho. “Já levei algumas vezes, quando realmente eu não tinha com quem deixar, aí tinha que realmente levar ele, mas ela nunca se importou que eu levasse ele”, comentou.

LEIA MAIS

Mãe de criança que morreu ao cair de prédio está lotada na Prefeitura de Tamandaré

Criança de 5 anos morreu ao cair do prédio (Foto: Day Santos/JC Imagem)

Mirtes Renata Santana de Souza, mãe do garoto Miguel Otávio de apenas cinco anos que morreu ao cair de um prédio no Recife está lotada na Prefeitura de Tamandaré (PE). Ela é empregada doméstica do casal Sari Corte Real e do prefeito de Tamandaré Sérgio Hacker (PSB).

LEIA TAMBÉM

Criança de 5 anos morre após cair de aproximadamente 35 metros de altura de prédio no Recife

A informação está contida na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e a data da admissão é de 1º de fevereiro de 2017, mas não há registro de desligamento. O Jornal do Commercio tentou contato com a Prefeitura de Tamandaré, com o prefeito Sérgio Hacker e com a chefia de gabinete do gestor do município, mas ninguém se pronunciou sobre o caso. Mirtes ainda não foi localizada para comentar o assunto.

Homicídio culposo

A Polícia Civil indiciou Sari por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ela era a responsável pelo garoto Miguel quando ele morreu. Inicialmente sua identidade não foi revelada à imprensa, mas após a mãe dar uma entrevista a TV Globo, a polícia confirmou a identidade.

Sari pagou fiança de R$ 20 mil e responderá pelo crime em liberdade. Mirtes trabalhava com a família há quatro anos e Miguel era seu único filho.

Criança de 5 anos morre após cair de aproximadamente 35 metros de altura de prédio no Recife

Nesta terça-feira (2), uma criança de cinco anos faleceu após cair de uma altura de aproximadamente 35 metros em um prédio no bairro de São José, próximo ao Cais de Santa Rita, na área central do Recife. De acordo com a polícia, a vítima chegou a ser socorrida para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos.

O local da tragédia foi isolado para as primeiras investigações do Instituto de Criminalística (IC).

Local em que a criança estava quando caiu do prédio. – DAY SANTOS / TV JORNAL

Segundo o perito André Amaral, a criança saiu do 5º andar e subiu de elevador até o 9º andar. Em seguida, ela foi para a área onde ficam os condensadores de ar, subiu em um deles e caiu.

Pernambuco registra 1.172 novos casos de coronavírus e mais 71 mortes

(Foto: Internet)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, neste sábado (30), 1.172 novos casos do novo coronavírus em Pernambuco e mais 71 mortes comprovadas laboratorialmente pelo vírus. Entre os confirmados, 321 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 851 como leves.

Agora, o Estado registra 33.427 infectados, sendo 14.100 graves e 19.327 leves, e 2.740 óbitos pela covid-19. Dos casos graves, 1.015 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 5.592 estão internados, sendo 224 em UTI e 5.368 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.

Além disso, o boletim deste sábado registra mais 1.058 pacientes recuperados do novo coronavírus em Pernambuco, totalizando 13.893 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Desse total, 4.753 são de casos graves e 9.140 casos leves.

Até agora, os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 161 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha.

Secretaria da Saúde de Afrânio anuncia cura clínica do primeiro paciente com o novo coronavírus

(Foto: Arquivo)

O paciente, um jovem de 20 anos de idade, estava internado na cidade do Recife quando contraiu o coronavírus. Na última quinta-feira (14), os médicos informaram que o mesmo estava curado clinicamente da doença.

Em tratamento contra um câncer, o paciente teve o diagnóstico para Covid-19 divulgado no dia 30 de abril e seguiu internado em um hospital da capital pernambucana. Por se tratar de um morador de Afrânio, o caso entrou para as estatísticas do município.

Mesmo sem ter casos de contaminação na cidade, a prefeitura está intensificando os cuidados e anunciou a suspensão da circulação do ônibus que faz a linha Petrolina/Afrânio. O objetivo é reduzir a circulação de pessoas e consequentemente da Covid-19. A prefeitura reforça o apelo de que quem puder, fique em casa e ao sair use máscara.

Circulação de pessoas sofrerá restrição em Recife e mais quatro cidades pernambucanas

O governo de Pernambuco decretou quarentena no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata a partir do sábado (16). A medida terá 15 dias de duração e prevê restrição de circulação de pessoas e de veículos. A recomendação anterior era que os moradores desses municípios apenas ficassem em casa. Também foi determinado o uso obrigatório de máscaras.

O governo estadual não utiliza o termo “lockdown”, mas o decreto de quarentena proíbe que pessoas saiam de casa sem necessidade. Recife é a quarta capital do país a adotar proibição de circulação de pessoas – as outras três são Belém, São Luís e Fortaleza.

LEIA MAIS

PF deflagra operação em PE; equipes estão em Serra Talhada e mais duas cidades

Operação acontece em três cidades de PE

A Polícia Federal deflagrou na manhã dessa sexta-feira (8) a segunda fase da Operação Outiline, que investiga desvios de recursos os quais deveriam ser utilizados na requalificação da BR-101, no Grande Recife. Equipes da PF estão na capital pernambucana e também nas cidades de Paulista e Serra Talhada, além de Brasília (DF).

Foram emitidos dois mandados de prisão temporária e nove de busca e apreensão. Segundo a PF, o contrato para execução dos serviços gira em torno de R$ 190 milhões. Como parte da operação, a Justiça Federal em Pernambuco decretou o sequestro de imóveis na capital Recife e em Gravatá (PE).

A PF também investiga crimes como corrupção e lavagem de dinheiro no Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e da antiga Secretaria de Transportes de Pernambuco. O nome dos investigados não foi divulgado.

Compesa não pode interromper fornecimento de água durante o período de emergência de saúde

(Foto: Ilustração)

A Companhia Pernambucana de Saneamento de Água (Compesa) não pode mais suspender fornecimento de água dos consumidores residenciais por inadimplência ao longo do período de emergência de saúde relativo à transmissão do novo coronavírus (Covid-19).

A decisão, em caráter liminar, foi assinada e determinada pela 33ª Vara Cível da Capital nesta quarta (25) e atende a pedido da Defensoria Pública do Estado, em ação civil pública.

LEIA MAIS

Polícia investiga morte de adolescente em shopping no Recife

(Foto: Internet)

Um adolescente de 15 anos morreu no Shopping Recife, localizado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da capital pernambucana, após ficar desacordado no centro de compras. Segundo a Polícia Civil, a morte é investigada, a princípio, como “a esclarecer”.

O shopping nega uma suposta agressão e afirma que o adolescente morreu após passar mal. A morte ocorreu na terça-feira (25) e foi divulgada pela polícia nesta quinta-feira (27). O jovem chegou a ser socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, também na Zona Sul do Recife, mas não resistiu e faleceu.

LEIA MAIS
123