Após procurar unidades de saúde para emissão do Cartão SUS, usuário não consegue serviço e questiona prefeitura de Petrolina

(Foto: Ilustração)

Uma nota divulgada pelo “Informa Petrolina” orienta usuários sobre a importância do Cartão SUS, para a realização de procedimentos na rede de saúde pública. Segundo o informativo, o documento pode ser emitido em qualquer posto de saúde da cidade.

No entanto, um leitor procurou o Blog Waldiney Passos, questionando a veracidade do informativo divulgado pela prefeitura, já que segundo ele, ao percorrer os postos dos bairros Santa Luzia, Dom Avelar, São Jorge, São Joaquim, Terra do Sul, Mandacaru e Cassimiro, foi informado em todos, que as unidades não emitem o Cartão, e que o mesmo deveria procurar o Centro Auditivo.

Moradores do bairro Santo Antônio reclamam de esgoto estourado há mais de uma semana

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Moradores do bairro Santo Antônio entraram em contato com o Blog Waldiney Passos, através do WhatsApp, e denunciaram os  transtornos provocados por um esgoto estourado há mais de uma semana, na Rua 18 C.

De acordo com a população local, a fedentina tomou conta das casas, o esgoto corre a céu aberto, o SAAE já foi acionado, mas até o momento nada foi feito.

O Blog Waldiney Passos entrou e contato com a prefeitura de Juazeiro, para saber quais providências serão tomadas. Até o momento a gestão municipal não se pronunciou sobre a referida reclamação.

Moradores do bairro São Joaquim ainda sofrem com transtornos provocados pela chuva

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

As chuvas que ocorreram na primeira semana deste mês em Petrolina (PE), ainda deixam rastros em algumas localidades. No bairro São Joaquim, as queixas sobre os transtornos são inúmeras. Durante a chuva, a água invadiu casas e deixou a rua intransitável. O problema, é que o Sol voltou a aparecer, mas os moradores ainda estão sofrendo as consequências.

“A última chuva que deu entrou água dentro de casa. Até hoje, a fossa ainda está entupida com a água minando do chão, não podemos nem usar o banheiro por que se der a descarga a fossa volta pro banheiro deixando a casa podre. Não sei mais o que fazer sem solução pra pensar mais sobre isso ninguém resolve nada em relação a isso. Precisamos do saneamento com urgência”, desabafou um morador do São Joaquim.

Além dos problemas sanitários, a população local também reclama da infraestrutura da Rua 20, no bairro São Joaquim. Sem pavimentação, sempre que chove a rua fica alagada, a lama toma conta e a via fica intransitável, segundo os moradores.

Contra construção do Pátio de Eventos no antigo Ceape, moradores do bairro KM2 farão reunião nesta quarta

(Imagem: Jairo Dronex)

Desde que a gestão municipal anunciou a construção do novo Pátio de Eventos, no terreno do antigo Centro de Abastecimento de Petrolina (Ceape), moradores de bairros próximos ao local, expõem através das redes sociais, rejeição ao “projeto salvador” do maior evento do município.

A indignação se tornou mais evidente nos últimos dias, através de moradores do bairro KM2. Um abaixo-assinado contrário à construção do Pátio no terreno previsto já circula na cidade. A faixa etária do moradores é um dos principais argumentos da população. Segundo o documento, na localidade residem muitos idosos que podem ter a saúde afetada durante o São João de Petrolina. Outros pontos como capacidade de público e insegurança, também foram ressaltados pela população local.

Moradora reclama do acúmulo de entulho em terreno baldio no bairro Palhinhas, em Petrolina

Lixos e entulhos jogados no terreno.

Uma moradora do bairro Palhinhas, em Petrolina (PE), entrou em contato com o nosso blog para denunciar o acúmulo de lixo e entulho em um terreno baldio. Segundo a reclamação, o local foi limpo há cerca de três meses, no entanto, carroceiros e pessoas de carro, inclusive residentes no bairro, continuam sujando o terreno.

“Todos os dias eles [carroceiros] trazem podas [de árvores]. O pior são as fumaças. Se só botasse o lixo, menos mal. É que colocam fogo e a fumaça é terrível”, reclama a moradora. O terreno fica na rua do progresso, atrás da loja da Panevale.

No local é possível identificar resto de móveis, lixos, resto de poda de árvores, que é o que mais jogam no terreno, resto de construções e até colchões velhos.

Morador reclama de falta de intervenção da prefeitura de Juazeiro em ruas no Itaberaba

Ruas ficam com lamas mesmo antes de chover na cidade.

Um morador do Itaberaba, em Juazeiro (BA), entrou em contato com o nosso blog para denunciar o descaso da prefeitura municipal em relação à pavimentação das vias do bairro. Em fotos enviadas para nossa redação, é possível identificar pontos de alagamentos e diversos buracos.

“Estão todas esburacadas e cheias de lama. Eles [a prefeitura] fingem que não estão vendo a situação em que se encontram essas ruas. Dificulta o transporte público, ônibus escolares. Muitos carros passam por aqui”, diz o morador.

Cliente da Caixa denuncia mais de três horas de demora para ser atendido

Lei Estadual prevê tempo de espera máximo de 15 minutos.

Um leitor do blog Waldiney Passos entrou em contato com nossa redação para denunciar o descaso da Caixa de Petrolina nos atendimentos prestados aos clientes. De acordo com a denúncia, foram mais de três horas de espera por um atendimento.

“A Caixa Econômica Federal, internamente, trabalha de forma escravista com os clientes que buscam atendimento diversos. Estou deste 9h da manhã para ser atendido são 13h30. No painel foram atendidas apenas quatro pessoas. O que fazer? Cadê os órgãos de controle Procon?”, disse o leitor.

Ainda segundo a denúncia, havia somente dois funcionários na agência. Ele chegou a procurar o gerente geral, mas foi informado de que ele não estaria no local. O leitor disse, ainda, que foi abordado para não fazer fotos na área interna da agência.

Morador do Loteamento Rafael cobra resposta da Compesa sobre esgoto

Problema foi levado à Compesa há uma semana (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um esgoto estourado há mais de uma semana, uma rua com mau cheiro e os moradores sofrendo com transtornos. Esse cenário é registrado na Rua 13 do Loteamento Rafael, próximo a um condomínio de Petrolina. Um leitor do Blog disse ter acionado a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no dia 6 de novembro.

Até hoje, 16, nenhuma equipe esteve no local para solucionar o problema. “A Compesa já foi informada da situação, gerando um protocolo. A reclamação foi feita no dia seis, deram prazo de três dias úteis“, relatou à nossa Produção.

Desde a sexta-feira (15) o Blog Waldiney Passos busca contato com a Compesa, que não respondeu indicando quando fará o reparo no endereço citado.

Leitor reclama e Hospital Universitário esclarece dificuldades no atendimento

(Foto: Internet)

Usuários do Hospital Universitário (HU), em Petrolina (PE) entraram em contato com o Blog Waldiney Passos para reclamar da nova modalidade de atendimento executada pelo Hospital via telefone.

“O HU atualizou modalidade de atendimento pelos telefones a partir de hoje [11], mas ninguém atende e nem completa a ligação”, relatou um denunciante.

Diante da reclamação, o Blog entrou em contato com o HU, para saber como funciona essa nova modalidade, e qual a resposta do Hospital sobre as queixas dos usuários.

Leitor critica demora no atendimento da Caixa de Petrolina; Banco responde

Leitor afirma que banco não cumpre lei do tempo de espera (Foto: Reprodução/Internet)

Ir às agências bancárias da Caixa Econômica Federal de Petrolina é um verdadeiro teste de paciência aos clientes ou não do banco. O Blog Waldiney Passos recebeu o desabafo de um leitor que esteve na unidade da Avenida Sete de Setembro na última terça-feira (5).

Em contato com a nossa equipe o leitor disse que entrou na unidade pouco antes de 14h45 e só conseguiu ser atendido perto de 16h. A maior queixa não foi o fato de o banco não cumprir com a lei municipal sobre tempo de espera, mas o descaso com os clientes.

“Um setor que precisa emitir senhas e entregar Cartão Cidadão e só deixam um funcionário trabalhando. É difícil pra gente ter que esperar por horas pra resolver um simples problema de senha”, contou.

Outro lado

Diante da queixa apresentada na matéria, o Blog entrou em contato com a Caixa Econômica. Em nota, o banco disse que “tem preocupação constante em atender seus clientes no prazo que a legislação determina e, por isso, investe constantemente em modernização de equipamentos, sistemas de Tecnologia da Informação, racionalização de processos, contratação e treinamento de pessoal, além da significativa expansão de sua rede de atendimento, em todo país”, conclui.

Após chuvas, Rua do bairro São Joaquim fica intransitável e moradores cobram providências

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

As chuvas que ocorreram na semana passada, em Petrolina (PE) provocaram transtornos em alguns bairros da cidade. O bairro são Joaquim é um dos afetados. Sem pavimentação, a Rua 20 está praticamente intransitável, os moradores reclamam e cobram providências.

“A rua não tem estrutura, quando chove fica a pior situação, lama, cheia de buraco, não dá pra transitar de moto e nem a pé. A água entra na área em tempo de entrar dentro de casa. Sem falar que se passar de moto é capaz de você cair, por causa da lama. Precisa com urgência que joguem caçambas de terra e que passem uma máquina para ajustar a rua”, diz um morador.

O Blog Waldiney Passos já contactou a prefeitura de Petrolina sobre essa demanda do bairro São Joaquim, no intuito de saber quais providências serão tomadas para resolver o problema. Até o momento não obtivemos resposta.

Leitora reclama de longa espera em filas da Caixa Econômica Federal de Petrolina

Somente uma pessoa atendendo em agência da Caixa do River Shopping.

Uma leitora entrou em contato com nosso blog nesta sexta-feira (16) para reclamar das longas filas na agência da Caixa Econômica Federal no River Shopping, em Petrolina (PE). De acordo com a reclamação, demora, inclusive, para pegar a ficha de atendimento.

“Venho expressar minha indignação pela Caixa Econômica Federal, mais precisamente do Shopping de Petrolina. A demora enorme, só para pegar uma senha a fila é quilométrica e dentro da agência o atendimento “normalmente” é com apenas dois funcionários e no horário de almoço fica apenas um atendendo”, disse.

Leitor reclama de serviço da Compesa no Centro de Petrolina

Serviço tem prejudicado quem precisa trafegar pelo local.

Um leitor entrou em contato com nosso blog para reclamar de um serviço realizado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no Centro de Petrolina. A empresa abriu um buraco para fazer uma manutenção e tem causado engarrafamentos na via, principalmente em horário de maior movimento.

O serviço está sendo realizado na rua Manoel Clementino, conhecida como a rua do canal. Além disso, o leitor informou que a via havia sido recapeada a pouco tempo. “Está gerando muito transtorno e engarrafamento de veículos na Avenida Guararapes sentido avenida da Integração em horário de pico”, disse.

Nosso blog entrou em contato com a Compesa e aguarda resposta.

Leitora afirma que contorno da Avenida Adolfo Viana tem dificultado o trânsito e prejudicado comerciantes locais 

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

A inacabada requalificação da Avenida Adolfo Viana está sendo alvo de críticas de moradores e comerciantes da região que abrange uma das principais vias de Juazeiro (BA), localizada na área central do município.

Em contato com o Blog Waldiney Passos, uma leitora enviou vídeos e fotos que mostram os transtornos causados pelo contorno que corta a via, instalado logo após o semáforo das imediações do INSS. Segundo o relato da denunciante, os motoristas têm dificuldade para realizar a manobra de retorno e acabam jogando os veículos para as calçadas das lojas.

“Na Avenida Adolfo Viana o transtorno é total. Essa entrada está prejudicando o pessoal, as calçadas estão sendo quebradas. Perigo de atropelamentos, e até de carros adentrarem nas lojas, por que as calçadas já foram atingidas. Já fizemos um abaixo-assinado e até agora nada”, disse a leitora.

O Blog entrou em contato com a prefeitura de Juazeiro para saber quais providências serão tomadas, mas até o momento a prefeitura não se manifestou sobre a reclamação. Além disso, solicitamos informações sobre o andamento da obra de requalificação da Avenida.

Produtores rurais de Juazeiro e Petrolina reclamam de alta no preço da outorga de água                                      

(Foto: Divulgação)

Representantes de 3.772 produtores rurais de sete perímetros públicos irrigados de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE), no Vale do São Francisco, se reuniram na tarde da última terça-feira (9) para reclamar de um reajuste médio de 400% no valor da outorga d’água cobrada pela Agência Nacional de Águas (ANA). O aumento é referendado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – CBHSF.

Durante o encontro, realizado na sede da 6ª Superintendência da Codevasf, em Juazeiro, os gerentes executivos e advogados dos perímetros Tourão, Maniçoba, Mandacaru, Curaçá I e II, no lado baiano, e Senador Nilo Coelho e Bebedouro, em Pernambuco, analisaram a nova metodologia de cobrança revelando que o aumento é abusivo e pode comprometer a produção agrícola da região.

“Somente para se ter uma ideia da gravidade deste reajuste, os 279 produtores do projeto Tourão pagaram no ano passado o valor de R$ 290.000,00. Com a mudança a ANA aumentou a outorga para R$ 2.200.000,00 com vencimento para o dia 31 deste mês”, reclamou o gerente executivo do perímetro, Walter Farias. Ele salientou ainda que se o impasse não for resolvido o aumento também terá que ser absorvido e pago por toda a população que vive e utiliza a água dos projetos agrícolas. O Tourão é considerado o maior projeto agrícola de Juazeiro ocupando uma área de 15.300 hectares.

123