Mais de R$ 100 milhões são liberados pela Ebserh para hospitais universitários federais

Desenvolver projetos de arquitetura, com uma análise das demandas físicas, aperfeiçoamento da gestão documental de infraestrutura e melhoria na gestão do patrimônio dos hospitais universitários federais. Essa iniciativa da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) já é uma realidade com a destinação de R$ 3,1 milhões para a contratação de empresa especializada. Mas isso é só parte dos R$ 103 milhões aprovados no último mês e que já estão disponíveis para os hospitais da Rede Ebserh.

Os recursos foram liberados pela estatal por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), financiado pelos ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS). Além dos projetos de arquitetura – que permitirão o dimensionamento de vários serviços como limpeza e conservação de diversos locais, podendo quantificar áreas externas que estão sob responsabilidade da Ebserh, por exemplo –, a verba também poderá ser utilizada na aquisição de equipamentos, medicamentos e demais insumos médico-hospitalares.

LEIA MAIS

Pilar da gestão municipal, pavimentação contemplará bairros da zona leste de Petrolina

Secretário destacou ações de pavimentação na cidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além das obras de recapeamento já iniciadas em Petrolina na semana passada e da entrega da pavimentação de vários bairros da cidade com o recurso do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), a Prefeitura de Petrolina investirá em mais obras de pavimentação até o fim do mandato de Miguel Coelho.

LEIA TAMBÉM:

Secretário destaca “canteiro de obras” em Petrolina e antecipa serviços que serão realizados ainda no primeiro semestre

Segundo Fred Machado, titular da secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA), “um dos grandes pilares é tratarmos da pavimentação”. Ao todo, R$ 3 milhões serão investidos em bairros com grandes demandas, a exemplo do Jardim Petrópolis, Terras do Sul, São José, São Joaquim, Henrique Leite e Fernando Idalino Bezerra.

LEIA MAIS