Governador da Bahia afirma que ano letivo não será cancelado por causa da pandemia

(Foto: Secom/BA)

Em transmissão pelas redes sociais, nesta quinta-feira (28), o governador Rui Costa conversou com profissionais da imprensa do recôncavo baiano e do baixo sul da Bahia e afirmou que o ano letivo não será cancelado na Bahia.

“Não existe possibilidade de cancelamento. Muito provavelmente as aulas irão atravessar esse ano e serão concluídas em 2021. Iremos fazer um grande mutirão pela educação para superar esse período, com aulas extras, em turnos opostos e nos finais de semana. Será um ano atípico, mas não podemos prejudicar o ciclo escolar de nossos milhares de jovens e crianças”, afirmou o governador.

O governador falou ainda sobre a dificuldade de conseguir respiradores para implantar novos leitos de UTI na Bahia. “Nossa equipe tem buscado e entrado em contato com fábricas em todo o mundo, mas é uma dificuldade porque a procura é muito grande e o produto está em falta. Nenhum sistema de saúde do mundo está preparado com leitos de UTI suficientes para lidar com uma pandemia dessas; estão faltando leitos, médicos e equipamentos nos países mais ricos com os melhores sistemas de saúde do mundo. Por isso eu faço o meu apelo para que as pessoas evitem criar aglomerações e fiquem em casa. O isolamento social é a única forma efetiva de combate ao vírus”, disse Rui.

Em toda a Bahia, a estrutura que está sendo implantada pelo Governo do Estado para o enfrentamento ao novo coronavírus conta com 1.428 leitos na capital e 1257 leitos no interior. Para atender pacientes de baixa complexidade, que não tenham coronavírus, 285 leitos estão sendo instalados e 70 Unidades Pronto Atendimento (UPAs) irão realizar a classificação, manejo clínico, estabilização do paciente e, caso necessário, regulação para unidades de atendimento de maior complexidade.

Atualmente, o Governo da Bahia possui em estoque 879 mil luvas, mais de 922 mil máscaras cirúrgicas e 300 mil unidades de máscara do tipo N95. Além disso, o Governo do Estado adquiriu 32 milhões de luvas, nove milhões de máscaras cirúrgicas e um milhão de máscaras do tipo N95, o que são suficientes para atender a demanda por até seis meses.

Nova etapa de matrícula na rede estadual de ensino de Pernambuco começou nesta quinta-feira

(Foto: Pedro Menezes/SEE)

O processo final de matrícula para escolas da rede estadual de ensino de Pernambuco teve início nesta quinta-feira (2). O procedimento deve ser realizado presencialmente pelo próprio estudante ou por um responsável na escola onde foi realizada a inscrição na etapa anterior.

Essa nova etapa deve ser realizada até o próximo dia 16. Para efetivar o cadastro na escola, são necessários  os seguintes documentos: número da inscrição da matrícula 2020; cópia da certidão de nascimento ou casamento; cópia da caderneta de vacinação para os anos iniciais do ensino fundamental (Lei 13.770 de 13.05.2009); cópia do comprovante do tipo sanguíneo e Fator RH (Lei 15.058 de 03.09.2013); documento original de transferência da escola de origem; cópia do comprovante de residência com o CEP; 01 foto 3X4 recente e cópia do CPF.

LEIA MAIS

Pernambuco: matrícula na rede estadual de ensino termina nesta sexta-feira

A sexta-feira (27) é o último dia para que os pais e responsáveis efetuem a matrícula do filho na rede estadual de ensino de Pernambuco. Para 2020 são ofertadas vagas para o Ensino Fundamental, Ensino Médio e também ao EJA (Educação para Jovens e Adultos).

46.441 vagas são disponibilizadas na Zona da Mata, Agreste e Sertão. Outras 18.224 na Região Metropolitana e 10.313 no Recife. As matrículas devem ser feitas exclusivamente via internet no site www.matricularapida.pe.gov.br.

O procedimento é simples: preencher um formulário com dados pessoais. Após essa etapa, é necessário comparecer a unidade escolhida entre 2 e 16 de janeiro para confirmar a vaga. Deve-se apresentar o protocolo gerado na internet, cópia da Certidão de Nascimento, comprovante de escolaridade, uma foto 3×4 recente, comprovante de residência com CEP, documento de transferência, cópia da carteira de vacinação e comprovante do tipo sanguíneo e fator RG.

GRE prorroga matrículas em duas escolas estaduais de Petrolina

Concursos professor 2

Uma nova escola estadual em Petrolina, sertão pernambucano, funcionará no Bairro Vila Eulália e irá atender estudantes dos Conjuntos Residenciais Vivendas I, II que não conseguiram matrículas. A informação é da Gerência Regional de Educação do Sertão do Médio São Francisco (GRE Petrolina) que comunica ainda que o prazo para realização do cadastro escolar dos estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio que ainda não fizeram matrícula em nenhuma escola da rede estadual foi prorrogado até o dia 05 de fevereiro próxima sexta-feira.

Os pais ou responsáveis deverão procurar a Unidade de Gestão de Rede da GRE, situada à Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, S/N- Bairro Vila Eduardo – Petrolina –PE, para fazer o referido cadastro, munidos dos seguintes documentos:

  • Documentos pessoais ( RG e CPF);
  • Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Comprovante de residência com o CEP;
  • Declaração de transferência da Escola de Origem.

De acordo com a GRE às famílias dos Conjuntos Residenciais: Nova Petrolina e Residencial Brasil, que a Escola João Batista dos Santos no Bairro São Gonçalo ainda dispõe de 195 vagas.

Outros esclarecimentos poderão ser obtidos pelos telefones (87)3866-6354 e (87)3866-6355.