Sindicato repudia charge que compara funcionários da Caixa a bicho preguiça

Charge que gerou polêmica.

O Sindicato dos Bancários de Juazeiro e região repudiou a charge que foi divulgada pelo jornal A Tarde, nessa quarta-feira (25), comparando os empregados da Caixa a um bicho preguiça.

A comparação é uma total falta de respeito com os funcionários do banco, sendo que a categoria tem estado na linha de frente, trabalhando desde o início da pandemia e assim garantindo a população seus serviços“, disse o sindicato em nota.

LEIA MAIS

PT-BA repudia ato de filiada e executiva de Curaçá por ato de racismo

Presidente do PT Bahia, Éden Valadares.

Uma semana depois do fato, a Executiva do PT da Bahia se pronunciou o caso da filiada da sigla em Curaçá, cidade do norte do Estado, filmada chamando um policial negro de macaco.

O partido comandado no estado por Éden Valadares emitiu uma nota repudiando o caso nesta quinta-feira (24), em tom similar ao adotado pelo governador Rui Costa para reprimir a ação, ao ter dito que “Merece nosso repúdio e indignação qualquer comparação de um ser humano a um animal. Não podemos descaracterizar ou desqualificar as pessoas com comparações esdrúxulas, racistas e preconceituosas.”

LEIA MAIS

Humorista desdenha de live do cantor Assisão e fãs reagem nas redes sociais

O humorista Murilo Couto, doprograma The Noite, no SBT, realizou ataques e debochou do forrozeiro Assisão. Nas palavras de Murilo, o artista pernambucano, nordestino, brasileiro – com décadas de trabalho consagrado – “parece um cachorro, um drogado”. Os comentários têm como base uma transmissão ao vivo de Assisão na internet. A live foi realizada no dia 17 de abril.

Assim como demais cantores do país, o músico também fez um show no mundo virtual para arrecadar doações em meio a pandemia do novo coronavírus.

“Que diabo é isso? Parece um cachorro. Se aLuísa Mell (digital influencer) ver esse ‘véio’, ela adota achando que é um cachorro que tá na rua”, afirmou no início.

“Você não sabe de ele está bêbado, drogado ou se ele é isso aí, esse zumbi”, completou.

Fãs de Assisão espalhados por todo o país reagiram no mesmo tom.  “Esse crápula deveria se informar ter conhecimento e depois lavar essa boca sebosa para poder falar de uma pessoa de cateter Cultural como o Assisao. BABACA sem noção!”, comentou uma fã.

Políticos também saíram em defesa de Assisão. O prefeito de Serra Talhada Luciano Duque, cidade natal do cantor, emitiu uma nota repudiando o que ele classificou como ” humor  leviano e preconceituoso”

Nota do prefeito de Serra Talhada Luciano Duque

“O nosso mestre Assisão realizou uma live recentemente, e graças ao seu prestígio, pode ajudar várias pessoas. Não vimos qualquer crítica que não fosse o reconhecimento pela sua iniciativa e pelo compromisso que Assisão tem e sempre teve com a boa música.

Para quem não sabe, o nosso mestre da música, reconhecido por tantos e tantos artistas, divide o seu tempo entre fazer shows e dar aulas espetáculo, ensinado a magia do forró, no ritmo e na dança.

Mas, fomos surpreendidos, mais uma vez, pelo preconceito de quem desconhece a imensidão cultural do nosso país e usa a popularidade virtual para atacar pessoas e ferir a honra de artistas como Assisão.

Me refiro ao humorista Murilo Couto, que acha que fazer humor é ser leviano e preconceituoso, assim como agiu ao se referir a Assisão. Queria esse rapaz ter as virtudes do nosso mestre e ser capaz de exercer com plenitude a cidadania tal qual faz o mestre do forró, o artista que criou um estilo musical e que é reverenciado por tantos colegas.

A Murilo Couto o nosso mais veemente repúdio contra o seu preconceito e leviandade. Ao nosso mestre Assisão, a nossa solidariedade, respeito e admiração. Obrigado por alegrar há mais de 50 anos as nossas noites de São João”.

Luciano Duque – Prefeito de Serra Talhada

O deputado Sebastião Oliveira também rebateu às críticas do humorista:

“Eu sou um cidadão constitucionalista e defendo todo tipo de manifestação artística. A liberdade de expressão é um direito conquistado por todos os brasileiros e brasileiras, mas ela jamais pode ser desrespeitosa, seja lá com quem for. Há limites que não podem ser ultrapassados de forma alguma, dentre eles, atacar a dignidade de uma pessoa.

Assisti com muita indignação a infeliz manifestação do humorista Murilo Couto que, de forma grosseira e desprovida de qualquer sensibilidade e educação, agrediu a pessoa e o cantor Assisão, que, assim como eu, é filho de Serra Talhada.

Como acontece com a maioria dos artistas nordestinos, a carreira de Assisão foi construída por meio de muita determinação e sacrifício. Durante décadas, ele tem levado alegria por onde passa. Assisão, além de talentoso, é um cidadão de bem que conquistou a admiração do seu povo.

Além de Assisão, o humorista faltou com respeito com seus admiradores, familiares, amigos e pernambucanos, principalmente os sertanejos, que são reconhecidos pela sua raça, honestidade e força.

Achando pouco, Murilo Couto, ao chamar ironicamente Assisão de velho, mostrou que é um ser humano que não tem o menor apreço com as pessoas de mais idade, que são justamente as que precisam de mais atenção e carinho de nossa parte.

Murilo Couto, saiba que Assisão não está sozinho. Estou solidário ao meu conterrâneo e ídolo, para o que for necessário. Saiba também que Assisão é um patrimônio da cultura pernambucana. Reconhecer o erro dignifica. Retrate-se publicamente. É mínimo que esperamos de você.

Assisão, estamos juntos para o que der e vier”.

Sebastião Oliveira – Deputado federal

Diante da repercussão, Murilo disse ter pedido desculpas ao músico nordestino.

“É da natureza das charges”, diz DCE da Univasf sobre cartaz repudiado por associação policial

Nessa quarta-feira (24), o Diretório Central dos Estudantes da Univasf (DCE) respondeu a nota de repúdio da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus familiares do Estado da Bahia (ASPRA), que criticou o cartaz de um evento promovido pelo Diretório, União Nacional dos Estudantes (UNE) e a organização Tempo de Mudar.

De acordo com o DCE, “há policiais que trabalham diuturnamente dentro dos marcos constitucionais, sem brutalidade, conforme a formação recebida nas Academias. E há aqueles que extrapolam, fazendo de sua autoridade um instrumento para abusos e brutalidades. É sobre este segundo grupo de que a charge trata”.

LEIA TAMBÉM

Associação de Policiais da Bahia repudia cartaz de DCE da Univasf e UNE

A imagem, que foi divulgada em redes sociais do DCE da Univasf, faz publicidade sobre uma roda de conversa com o título: “Democracia na berlinda: A ofensiva fascista no Brasil” e mostra uma pessoa vestida com as cores da bandeira do Brasil caída no chão algemada e um policial fardado com uma arma em punho, como se acabasse de realizar um disparo.

No documento, o DCE afirma ainda que “se coloca à disposição das autoridades e entidades policiais democráticas para desenvolver um diálogo acerca da polícia que temos e da polícia que precisamos”.

Confira a íntegra da resposta

“O Diretório Central dos Estudantes da Univasf vem a público manifestar suas convicções na democracia, no Estado de Direito e no diálogo. 

A charge é uma manifestação artística, crítica e reflexiva. É da natureza das charges.

LEIA MAIS

Associação de Policiais da Bahia repudia cartaz de DCE da Univasf e UNE

Cartaz causou polêmica.

A Associação de Policiais e Bombeiros e de seus familiares do Estado da Bahia (ASPRA) emitiu uma nota, nesta terça-feira (23), em repúdio ao cartaz de um evento promovido pelo Diretório Central dos Estudantes da Univasf (DCE), União Nacional dos Estudantes (UNE) e a organização Tempo de Mudar.

A imagem, que foi divulgada em redes sociais do DCE da Univasf, faz publicidade sobre uma roda de conversa com o título: “Democracia na berlinda: A ofensiva fascista no Brasil” e mostra uma pessoa vestida com as cores da bandeira do Brasil caída no chão algemada e um policial fardado com uma arma em punho, como se acabasse de realizar um disparo.

Segundo a nota de repúdio da ASPRA regional de Juazeiro, a comunidade policial foi surpreendida com perplexidade ao cartaz do evento. “O cartaz traz uma imagem altamente preconceituosa contra a classe de trabalhadores que mais sofre violência no Brasil”, diz a nota.

Além disso, a associação afirma que a categoria “é que garante também o cumprimento das ordens judicias e por isso, em última instância, todos os direitos fundamentais da nossa Constituição, como também, a segurança dos participantes do evento citado”.

Providências Jurídicas

A ASPRA disse ainda, no documento, que o corpo jurídico da instituição foi acionado “para tomar as medidas judiciais cabíveis, como também, para notificar os organizadores sobre as ilegalidades”.

Nosso blog entrou em contato com o DCE da Univasf e a UNE e aguarda resposta.

Confira a nota na íntegra

NOTA DE REPÚDIO AO CARTAZ DO EVENTO DEMOCRACIA NA BERLINDA: A OFENSIVA FASCISTA DO BRASIL

Com perplexidade que a comunidade policial foi surpreendida hoje com um cartaz de evento promovido pelo Diretório Central dos Estudantes da Univasf – DCE, União Nacional dos Estudantes – UNE e uma organização intitulada Tempo de Mudar.

LEIA MAIS

Senadores repudiam afirmação de general do Exército sobre intervenção militar

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que esse tipo de declaração se equipara a um crime de responsabilidade

Senadores repudiaram em Plenário, nesta segunda-feira (18), a declaração do general do Exército Antônio Hamilton Martins Mourão sobre a possibilidade de intervenção militar no país, se os casos de corrupção não forem resolvidos pelo Judiciário. Para o senador José Medeiros (Pode-MT), o Brasil vive uma crise, mas não é hora de se pensar em ruptura. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que esse tipo de declaração se equipara a um crime de responsabilidade. Já o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) considerou o caso como uma “quebra de hierarquia” e afirmou que já solicitou a convocação do ministro da Defesa, Raul Jungmann, para prestar esclarecimentos na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional.

Sindicato dos bancários de Juazeiro emite nota contra decisão Caixa Econômica

(Foto: Internet)

O funcionamento da Caixa Econômica aos sábados tem causado revolta no Sindicato dos bancários de Juazeiro. O grupo considera um desrespeito da direção da Caixa a abertura das agências aos sábados.

Em nota o sindicato repudia a iniciativa da agência, veja na íntegra:

“A carga horária da categoria bancária é de seis horas, de segunda a sexta-feira, mas o banco insiste em ignorar. O trabalho no sábado, além de desrespeitar a lei, inviabiliza o repouso semanal remunerado pelo empregado, previsto em Acordo Coletivo.

O cronograma foi divulgado para a imprensa, antes de ser repassado aos funcionários que terão de dar conta do serviço nas unidades da Caixa. O cronograma que prevê o funcionamento das agências no fim de semana foi divulgado na ultima terça-feira (14) pelo banco. A ampliação da carga de trabalho dos empregados foi definida para atender a demanda dos saques das contas inativas do FGTS.

O presidente do sindicato, Maribaldes da Silva destacou que a entidade não vai aceitar essa alta de respeito com o trabalhador. “Não iremos concordar com um absurdo desse.  Mais um desrespeito da direção do banco com seus empregados, em vez de aumentar a carga horária, o banco precisa contratar com urgência. Assim, além de cumprir o papel social na diminuição da taxa de desemprego, fortalecerá o atendimento ao público. Os empregados não são obrigados a trabalhar no sábado.  Caso sofra qualquer tipo de pressão, o bancário deve denunciar ao Sindicato”, disse.

A Caixa quer abrir agências nos primeiros sábados dos cronogramas mensais de pagamento (com exceção de abril, mês que o cronograma de pagamentos coincide com a Semana Santa): 18 de fevereiro, 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

Calendário: Os trabalhadores que nasceram em janeiro e fevereiro poderão realizar o saque da conta inativa do FGTS de 10 de março a 9 de abril. Os nascidos em março, abril e maio poderão realizar o saque da conta inativa do FGTS entre 10 de abril e 11 de maio. Nascidos nos meses de junho, julho e agosto vão sacar entre os dias 12 de maio e 15 de junho. Quem nasceu em setembro, outubro e novembro vai receber os valores em entre 16 de junho e 13 de julho. Já os nascidos em dezembro vão fazer o saque entre os dias 14 e 31 de julho”.

Sindicato dos Policias Civis de Pernambuco emite nota de repúdio alegando perseguição do Governo estadual

(Foto: Facebook SINPOL)

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL/PE) emitiu uma nota de repúdio, nesta sexta-feira (13), contra o Governo do estado. De acordo com o sindicato, o governo não cumpriu uma parte do acordo firmado entre as partes no que diz respeito a “não anistia dos processos administrativos instaurados contra a Diretoria do Sindicato e contra a categoria em decorrência da mobilização” e melhorias nas condições de trabalho.

Confira a íntegra da nota

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco – SINPOL/PE vem externar seu repúdio e sua indignação com a quebra de parte do acordo firmado entre esta entidade classista e o Governo do Estado com relação a não anistia dos processos administrativos instaurados contra a Diretoria do Sindicato e contra a categoria em decorrência da mobilização, nos últimos 2 anos por melhores condições de trabalho e salário para que os Policiais Civis possam investigar os crimes e diminuir a absurda onda de criminalidade que assola o povo pernambucano.

LEIA MAIS

Frente Brasil Popular de Petrolina emite nota de repúdio a agressão sofrida pela vereadora Cristina Costa

(Foto: Facebook)

A Frente Brasil Popular de Petrolina (PE) emitiu uma nota de repúdio a agressão sofrida pela vereadora Cristina Costa (PT). Segundo a parlamentar, o vereador Manoel da Acosap (PTB) a agrediu durante o programa “Super Manhã”, com Waldiney Passos, na Rádio Jornal, na manhã desta sexta-feira (6). Cristina afirmou, em nota, que foi até a delegacia da cidade e fez o boletim de ocorrência. Ainda segundo ela, “o fato não saíra impune”.

O vereador Manoel da Acosap afirmou que ele era a verdadeira vítima na história, pois foi agredido pela vereadora, que rasgou sua camisa e lhe arranhou. “A vítima de agressão foi eu. Ela tentou me impedir de sair da rádio, puxou, rasgou minha camisa e me arranhou com a unhas dela”

Confira a nota de repúdio

A Frente Brasil Popular de Petrolina-PE, vem por meio dessa nota tornar público o repúdio dessa organização a agressão física e moral sofrida para vereadora e colaboradora Cristina Costa por parte do também vereador da casa Plínio Amorim, câmara dos vereadores de Petrolina, durante uma entrevista concedida na manhã do dia 6/01/2017. 

Esse ato de violência expressa a misoginia e machismo presente na câmara municipal de vereadores, que conta atualmente apenas com Cristina Costa como representante das mulheres no poder legislativo do município. É papel do legislativo promover a igualdade e promover o combate à violência e aos preconceitos, ao racismo, ao machismo. 

A Frente Brasil Popular vem reiterar sua responsabilidade para com a democracia e com as pautas dos movimentos sociais que a compõem, vem também prestar toda solidariedade à vereadora Cristina Costa.

Petrolina, 06 de janeiro de 2017

Vereador Gilmar Santos repudia atitude do colega Manoel da Acosap

Após o episódio lamentável nos estúdios da Rádio Jornal Petrolina, em que, quando da participação do programa Super Manhã, apresentado pelo radialista Waldiney Passos, os vereadores Cristina Costa (PT) e Manoel da Acosap (PTB), quase chegaram às vias de fato, o vereador petista Gilmar Santos, na abertura do debate local, repudiou as agressões, segundo o mesmo, cometidas pelo edil contra a colega de partido Cristina Costa.

Em nota enviada à imprensa, Gilmar ratifica suas críticas pelo ocorrido.

Confiram a íntegra da nota:

Mais que lamentável a agressão do vereador Manoel da Acosap (PTB) à vereadora Cristina Costa (PT) é reflexo de uma cultura política machista, patriarcal e fundada no discurso de ódio, onde mais uma vez se agride o corpo de uma mulher para se agredir a democracia e as liberdades de expressão e de opinião.

Tempo tenebrosos, tempos em que valores conservadores são tão cheios de convicções que se tornam fascistas, agressores.  É urgente que mudemos os nossos valores e que sejamos intolerantes com a intolerância, com a falta de respeito, com a fala que quer se impor pela violência. Um agressor não tem a mínima condição de representar uma sociedade que se buscar melhor, mais justa e mais humana. O machismo não agride e mata só mulheres, o machismo agride a dignidade humana.

Vereador e Professor Gilmar Santos

Caso Beatriz: Dr. Augusto Coelho dispara “esse assunto já cansou a beleza das pessoas” e os pais da menina repudiam

augusto-coelho-editada

Há 4 dias de completar 1 ano da morte da pequena Beatriz Angélica Mota, assassinada de forma brutal, nas dependências do Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, no dia 10 de dezembro de 2015, além das cobranças à justiça por não ter elucidado o crime, uma nova polêmica envolve o caso.

Pela segunda vez o médico e ex-prefeito de Petrolina Augusto Coelho, colocou panos quentes na discussão ao fazer declarações a rádio Petrolina FM.

Em nota postada neste Blog no mês de junho, Dr. Augusto afirmou que o Colégio Maria Auxiliadora estava sendo vítima de uma campanha insidiosa e injusta, e questionou por que a manifestação vai para a frente do Colégio e não para a frente da Delegacia de Polícia?

Desta vez não foi diferente ao sugerir a criação de uma pauta positiva sobre o caso, mesmo questionando a eficiência dos órgãos responsáveis pela investigação, o médico ratificou sua solidariedade ao colégio reafirmando que a instituição continua sendo sendo vítima de injúrias.

“A dor da família é insuperável, mas isso não justifica que o colégio seja injuriado dessa maneira. A criança estava em uma festa, os pais estavam presentes, então a responsabilidade não é somente da escola. Foi um ano de massacre da opinião pública com comentários inconsistentes”, salientou, acrescentando que a campanha de divulgação dos 10 cards elencando as pistas sobre o crime é injusta. “Se esse crime é indissolúvel não vamos ficar jogando pedras, liberem a quadra do colégio, isso não é justiça e sim injustiça, esse assunto já cansou a beleza das pessoas”, alfinetou.

Nota de repúdio da família de Beatriz

As declarações de Dr. Augusto Coelho, foram refutadas pelos pais de Beatriz, que repudiaram  a atitude do ex-prefeito emitindo a seguinte nota:

“Queremos manifestar a nossa indignação e repúdio com a infeliz declaração feita na manhã de hoje no programa Edenelvaldo Alves, Emissora Petrolina FM, pelo senhor Augusto Coelho. É grande e profunda a nossa dor, tristeza e saudade, e ouvir tais declarações, nos trás ainda mais SOFRIMENTO.

Como pode alguém ocupar espaço midiático para defender interesses econômicos de uma instituição particular, ignorando completamente a dor de uma FAMÍLIA que perdeu a sua filha de forma brutal?

Como colocar uma pedra em cima do caso?

O senhor esqueceria uma filha? Ou a indiferença desumana é por se tratar do filho dos outros?

Senhor Augusto Coelho, nos diga como podemos virar esta página e esquecer de nossa princesa, e deste crime ocorrido dentro da quadra da escola em que confiávamos?

Como a nossa comunidade pode esquecer desse crime se ainda tem um ou mais assassinos soltos podendo fazer a qualquer momento outras vítimas?

O que o senhor tem a dizer da INDIFERENÇA DA ESCOLA, que demonstrou preocupação exclusiva com a retomada das atividades dias após o ocorrido, como se fosse um caso banal a ficar apenas nas estatísticas?

É de causar PROFUNDA INDIGNAÇÃO senhor Augusto Coelho, que alguém que tenha ocupado cargos eletivos, venha a público defender a IMPUNIDADE.

Defender o fim da apuração sem que os culpados sejam apresentados?

Por quê?

Qual o seu interesse no ENCERRAMENTO das investigações?

O senhor sabe de algo que a nossa comunidade ainda não sabe?

Toda sociedade, assim como nós, quer que o crime seja desvendado e o que esperávamos, no mínimo, seria o seu apoio e solidariedade.

Em relação a nossa campanha em busca de justiça, que o senhor afirma ser injusta e estaria denegrindo a IMAGEM DO COLÉGIO, nós reafirmamos que tal imagem já foi manchada pelo crime ocorrido em seu interior e a negligência que levou a tal ocorrido.

Encerramos senhor Augusto Coelho, dizendo que nós gostaríamos de colocar uma pedra em cima da indiferença e virar a página da estupidez humana.

Sandro Romilton & Lucinha Mota

(PAIS DE BEATRIZ ANGÉLICA)

Exclusivo: Odacy Amorim repudia boatos que apontam apoio a Edinaldo Lima

(Foto: Giomara Damasceno/blog Waldiney Passos)

(Foto: Giomara Damasceno/blog Waldiney Passos)

Faltando quatro dias para as eleições municipais de Petrolina (PE), boatos apontam que Odacy Amorim (PT) estaria articulando, diante do grande número de eleitores indecisos, uma parceria para apoiar a candidatura de Edinaldo Lima (PMDB).

No entanto, o candidato, por meio da sua assessoria, informou ao blog Waldiney Passos que repudia todos os boatos que indiquem apoio a qualquer outro candidato. De modo contrário, O candidato do PT teria ficado indignado com tais boatos, pois enxerga chances reais de vitória nestas eleições.