Apresentador do SporTV, Rodrigo Rodrigues morre aos 45 anos no Rio de Janeiro

O apresentador do “SporTV”, Rodrigo Rodrigues morreu, aos 45 anos, no início da tarde desta terça-feira (28) no Rio de Janeiro. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Unimed-Rio, desde o último sábado (25).

Diagnosticado com Covid-19 há cerca de 15 dias, Rodrigo Rodrigues estava afastado do trabalho quando deu entrada no hospital no último sábado. Ele teve confirmada uma trombose venosa cerebral (TVC) e foi submetido a uma cirurgia no último domingo (26).

Contratado pelo Grupo Globo em janeiro de 2019, Rodrigo Rodrigues era um dos principais apresentadores do SporTV comandando os programas “Troca de Passes”, “Redação SporTV”, “SporTV News”, “Tá na Área”e “Seleção SporTV”, além de ser considerado eventual substituto de Felipe Andreoli, no “Globo Esporte”, da TV Globo. Além da Vênus Platinada, o jornalista trabalhou em diversas emissoras como a TV Cultura, ESPN Brasil, Band, Gazeta e Esporte Interativo. E foi locutor e apresentador da Rádio Globo, em São Paulo.

Rodrigo Rodrigues não se limitou ao trabalho como jornalista esportivo. Ele também atuou na área cultural em programas como “Vitrine”, da TV Cultura, “5 Discos”, da Gazeta, e “Cor de Rosa”, do SBT. Como escritor, lançou livros como “As Aventuras da Blitz”, que contava a trajetória do grupo musical, e “London London”, guia para conhecer Londres de metrô. Guitarrista, ele tocou na banda “The Soundtrackers”, e chegou a apresentar o quadro “Ding Dong”, do Domingão do Faustão.

Mulher que desrespeitou agente de fiscalização em bar lotado no Rio de Janeiro é demitida

(Foto: Reprodução TV Globo)

A mulher que apareceu em uma reportagem do Fantástico do último domingo (5), ofendendo um fiscal da Prefeitura do Rio durante uma inspeção na região da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi demitida da empresa onde trabalhava na manhã desta segunda-feira (6) por causa do episódio.

Neste fim de semana, Flávio Graça, superintendente de Inovação, Pesquisa e Educação em Vigilância Sanitária, Fiscalização e Controle de Zoonoses da Prefeitura do Rio de Janeiro, foi ofendido por um casal durante uma fiscalização. “Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você”, disse uma das frequentadoras de um restaurante. Veja a reportagem.

LEIA MAIS

Desaparecida: Caliane foi ao Rio de Janeiro se encontrar com homem que conheceu nas redes sociais

A família de Caliane Silva dos Santos, 31 anos, está desesperada a procura da mulher que há um mês foi ao Rio de Janeiro se encontrar com um homem e não deu mais notícias.

Segundo familiares, ela conheceu Habbid Habidala, parente de ciganos, através das redes sociais, ele a convenceu a ir ao Rio de Janeiro, inclusive depositou o dinheiro para custear a viagem,

O último contato de Caliane com a família foi quando ela, provavelmente ao chegar na capital fluminense, disse para a mãe que iria carregar o celular e voltaria a ligar e até hoje nada.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Caliane, favor ligar para o número (74) 98836-5226, falar com Thiago.

Homem que diz ser de Araripina é encontrado vagando por rodovia do Rio de Janeiro

Homem diz ser do Distrito de Rancharia, zona rural de Araripina

Um homem que diz ser do Distrito de Rancharia, interior de Araripina (PE) foi encontrado às margens de uma rodovia no Estado do Rio de Janeiro aparentando ter distúrbios mentais. Ele diz que seu nome é Jurez Diniz e teria deixado o município sertanejo há cerca de 14 anos.

Jurez foi encontrado por policiais na quarta-feira (10) e um deles entrou em contato com o Blog Waldiney Passos no intuito de tentar localizar a família do homem. “Ele está aqui no Rio de Janeiro, na região centro-sul Fluminense. Segundo ele, veio andando do Paraná. Provavelmente passou por São Paulo e nesse momento se encontra aqui no município de Paty do Alferes“, conta o policial militar que ajudou o araripinense.

Jurez foi acolhido pela equipe e está bem. Se alguém tiver informações sobre a família dele pode entrar em contato com o Blog através das nossas redes sociais ou pelo WhatsApp (87) 988161881.

Homem invade sede da Globo no Rio e faz repórter refém

Um homem armado invadiu o prédio da Globo no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, onde está a central de Jornalismo, imobilizou a jornalista Marina Araújo e a fez de refém com uma faca. A emissora confirmou ao Notícias da TV a tentativa de crime na tarde desta quarta-feira (10), informou que o caso já foi solucionado e que a funcionária está bem.

As imagens do circuito interno de segurança vazaram nas redes sociais. Em um vídeo publicado no Twitter, é possível ver Marina sendo feita de escudo por um rapaz que usava uma máscara e chapéu pretos, que acabaram camuflando seu rosto.

Segundo informações preliminares, não confirmadas pela Globo, o homem teria invadido a emissora à procura de Renata Vasconcellos, âncora do Jornal Nacional, que faz 48 anos nesta quarta. Ele teria se entregue após Renata aparecer.

PF apura desvios de recursos à saúde e cumpre mandados na residência do governador do RJ

Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) é um dos alvos da operação

A Polícia Federal deflagrou nessa terça-feira (26) a Operação Placebo, para apurar desvios de verbas destinadas à saúde no Rio de Janeiro. Os mandados estão sendo cumpridos no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC).

A PF cumpre 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O foco da ação é encontrar possíveis indícios de fraude e desvios dos recursos públicos nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus.

A PF entende que há um esquema de corrupção envolvendo uma organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha e servidores da cúpula da gestão do sistema de saúde. Os mandados também estão sendo cumpridos no Leblon, no escritório da primeira-dama Helena Witzel.

Parte da equipe também está na casa do ex-subsecretário de saúde, Gabriell Neves, também no Leblon. Outro alvo da operação é o ex-secretário estadual de saúde do Estado, Edmar Santos, exonerado há poucos dias.

Bahia: Sobradinho e Paulo Afonso confirmam mais casos positivos de covid-19

Sobradinho (BA) atualizou para dois o número de casos confirmados do novo coronavírus, registrando também a primeira cura da doença. Segundo o boletim divulgado na noite de quinta-feira (14), o paciente está no Rio de Janeiro (RJ), mas com endereço na cidade baiana.

LEIA TAMBÉM

Sobradinho confirma 1º caso positivo de coronavírus

Ele testou positivo no dia 29 de abril e teve a cura clínica declarada. O paciente atualmente reside no RJ, porém, seus familiares em Sobradinho estão sendo acompanhados pela Vigilância Epidemiológica. A cidade soma seis testes negativos, dois positivos e dois em investigação.

Já em Paulo Afonso, o número de casos subiu para 11, dos quais cinco já se curaram. Um dos testes positivos é de Rodelas (BA), mas foi notificado em Paulo Afonso. Há ainda 40 suspeitas e 142 testes negativos.

 

Rio de Janeiro confirma primeira morte por coronavírus

(Foto: Ilustração)

O governo do Rio de Janeiro e a Prefeitura de Miguel Pereira confirmaram, nesta quarta-feira (18), o primeiro caso de morte em decorrência do Covid-19 no Estado. A vítima é uma mulher de de 63 anos. Ela morreu na terça-feira (17), no município de Miguel Pereira, onde vivia.

LEIA TAMBÉM

Exame de idoso que morreu no RJ aponta presença do coronavírus

Empregada doméstica, trabalhava no Rio de Janeiro e entrou em contato com sua empregadora, que, ao voltar de uma viagem à Itália, foi submetida a teste e teve confirmada a doença.

LEIA MAIS

Exame de idoso que morreu no RJ aponta presença do coronavírus

(Foto: Cadu Rolim/FotoArena/Estadão Conteúdo)

O primeiro exame feito em um idoso de 69 anos, morto na terça-feira (17) em Niterói (RJ) indicou a presença do novo coronavírus. A informação foi repassada pelo prefeito da cidade, Rodrigo Neves na manhã dessa quinta-feira (19).

Agora o município aguarda a contraprova para confirmar ou descartar o que seria o primeiro óbito do RJ pela doença. O homem morreu na rede articular, em decorrência de um choque séptico e pneumonia. O enteado da vítima estava nos Estados Unidos e testou positivo em 11 de março.

No começo da semana São Paulo confirmou a primeira morte do Brasil, por conta da doença. Os dois estados são os mais afetados do país e têm encontrado dificuldades para notificar a presença do covid-19.

Foragido da Justiça do Rio de Janeiro é preso em Santa Maria da Boa Vista durante operação das Polícias Civil e Militar

(Foto: Divulgação/7ª CIPM)

Uma operação conjunta entre as equipes do Malhas da Lei 7ª CIPM, GATI, GT Sede SMBV, Graduado de operações e Polícia Civil de SMBV, ocorrida na manhã desta segunda-feira (8), resultou na prisão de um homem, de 45 anos, foragido da Justiça do Estado do Rio de Janeiro desde janeiro de 2009.

Segundo informações da 7ª CIPM, contra o acusado, haviam dois mandados de prisão em aberto, sendo um da 1ª Vara Criminal de Angra dos Reis sob o nº2007/02878-0 e outro da 2ª Vara Criminal de Ninopólis nº2005/03885-6.

LEIA MAIS

Falso padre é preso no Recife suspeito de lucrar mais de R$ 200 mil com golpes

Um homem de 25 anos foi preso nesta quarta-feira (12), no Recife, por suspeita de aplicar golpes fingindo ser padre e lucrar mais de R$ 200 mil, segundo a Polícia Civil. Os crimes foram praticados entre janeiro e novembro de 2019, no Rio de Janeiro. No momento da prisão, um policial agiu disfarçado de carteiro para não chamar a atenção do suspeito.

A operação foi coordenada pelo delegado Carlos Couto, da Delegacia de Jardim São Paulo, e realizada em conjunto com a 48ª Delegacia de Seropédica, no Rio de Janeiro. O homem preso foi identificado pela polícia como Luiz França de Lima, mas ele se apresentava às vítimas como Luiz Benjamín Alvarenga.

Em um dos casos, ele morou dois anos na casa de uma família e a roubou cerca de R$ 100 mil, de acordo com o delegado. Em dezembro, ele foi preso pela polícia do Rio de Janeiro.

LEIA MAIS

Óleo compatível ao que atingiu praias do Nordeste chega ao Rio de Janeiro

Mancha de óleo causou estragos no litoral nordestino (Foto: Adema/Governo de Sergipe)

Depois de atingir as praias do Nordeste, o óleo de origem ainda não identificada chegou ao Sudeste. Nesse final de semana, cerca de 300 grama do óleo foi recolhida na praia de Grussaí, em São João da Barra (RJ).

Segundo a força-tarefa formada por Marinha, Ibama e ANP (Agência Nacional de Petróleo), as manchas de óleo que atingiram a praia de Grussaí passaram por análise do Instituto de Estudo do Mar Almirante Paulo Moreira e é compatível com a que atingiu o Nordeste.

“[O material] é compatível com o óleo encontrado no litoral da região Nordeste e Espírito Santo”, concluiu o instituto. Equipes estiveram no local para fazer a limpeza da praia. De acordo com o Ibama, até sexta-feira (22), o óleo já havia atingido 724 localidades em 120 municípios de dez estados brasileiros.

Incêndio atinge hospital do Rio de Janeiro, número de mortes sobe para 11

De acordo com a direção do hospital, a principal suspeita é que houve um curto circuito no gerador do prédio 1

Um incêndio de grandes proporções atingiu o hospital Badim, instituição particular localizada na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. No fim da tarde de ontem, pouco antes das 18h, o prédio  Começou a ser tomado pelas chamas, e uma fumaça preta e espessa pôde ser vista de longe por moradores da região.

O número de mortos no incêndio subiu para 11 durante a madrugada desta sexta-feira, segundo a Defesa Civil do Estado informou ao canal GloboNews. Dez corpos foram retirados por volta das 2h pelos bombeiros. Mais cedo, o vice-governador do Rio, Claudio Castro (PSC), afirmou às 22h20 que uma pessoa havia sido encontrada morta. Ainda não há informações sobre as vítimas.

Os bombeiros confirmaram no fim da noite que o incêndio foi controlado. “Mas como o incêndio foi grande, há muita fumaça e a visualização do local ainda está ruim”, disse a corporação. Seis carros do Corpo de Bombeiros foram enviado ao local e cerca de dez ambulâncias da corporação atuam na remoção das pessoas.

Os pacientes foram transferidos para hospitais próximos, tanto privados como públicos. Familiares de pacientes se aglomeraram na rua enquanto esperam por informações. A direção do Hospital Badim se manifestou sobre o incêndio no início da madrugada desta sexta-feira (13).

Por meio de nota, declarou um profundo pesar pelo ocorrido e informou que 103 pacientes estavam internados no momento em que o fogo teve início. De acordo com o hospital, a evacuação dos pacientes começou antes mesmo da chegada do Corpo de Bombeiros, por meio do trabalho da brigada de incêndio do próprio estabelecimento. “Desde o primeiro momento, a prioridade total foi socorrer os pacientes e funcionários e salvar vidas. Mais de 100 médicos foram mobilizados para dar assistência aos pacientes que estavam sendo socorridos”, diz a nota encaminhada à imprensa.
O hospital disse que só deve dar números e informações mais apuradas sobre vítimas quando o Corpo de Bombeiros finalizar a vistoria do prédio e liberar o acesso.

Curto-circuito e pacientes retirados Segundo o hospital, o incêndio foi provocado por um curto-circuito em um gerador na antiga unidade — o hospital tem dois prédios, um com 19 anos de fundação, segundo o site da instituição, e outro inaugurado em 2018.

Informações preliminares apontam que o incêndio se iniciou após um curto-circuito no gerador do subsolo do prédio mais antigo, espalhando fumaça para todos os andares.

Pacientes foram retirados ainda na maca e funcionários improvisaram leitos na rua São Francisco Xavier, que está bloqueada. Quem estava no prédio antigo, onde as chamas começaram, foi transferido para a unidade nova. O hospital tem capacidade para 128 leitos. “Todos os pacientes do CTI 1 já foram retirados e estão recebendo os primeiros atendimentos na rua Arthur
Menezes. Nesse momento, os pacientes do CTI 2, que tem 20 leitos, também estão sendo retirados”, informou o hospital.

“Toda a direção do hospital Badim está empenhada em prestar os devidos socorros necessários aos pacientes, que estão sendo transferidos para o hospital Israelita Albert Sabin e para os hospitais da Rede D’Or, do qual o Badim é associado”, comunicou o centro médico.

Sequestrador de ônibus no Rio é morto por atiradores de elite

Até as 9h, o sequestrador havia liberado seis reféns.

O porta-voz da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro, coronel Mauro Fliess, confirmou que o sequestrador que fez 37 reféns no início da manhã, em um ônibus na Ponte Rio-Niterói, foi morto por atiradores de elite.

Tiros foram ouvidos no local por volta das 9h. Pelo Twitter, a PM informou que a ocorrência foi encerrada sem vítimas entre os reféns. “O tomador de refém foi neutralizado por um atirador de precisão do #Bope [Batalhão de Operações Policiais Especiais] e todos os reféns foram libertados ilesos” postou a corporação.

LEIA MAIS

“O Exército não matou ninguém”, diz Bolsonaro sobre assassinato de músico no Rio de Janeiro

(Foto: Internet)

Nesta sexta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) falou pela primeira vez sobre a morte de Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos. Evaldo foi morto no último domingo (7), no Rio de Janeiro, quando o carro que dirigia foi alvo de pelo menos 80 tiros de fuzil disparados por soldados do Exército. Os militares dizem que confundiram o carro com o de criminosos.

“O Exército não matou ninguém, não. O Exército é do povo e não pode acusar o povo de ser assassino, não. Houve um incidente, uma morte”, disse Bolsonaro que só havia se manifestado sobre o tema na terça-feira (9), por meio do porta-voz Otávio Rêgo Barros.

Em Macapá, durante um evento para a inauguração do aeroporto local, Bolsonaro disse ainda lamentar “a morte do cidadão trabalhador, honesto, e está sendo apurada a responsabilidade. No Exército sempre tem um responsável.
Não existe essa de jogar para debaixo do tapete. Vai aparecer o responsável”.

LEIA MAIS
12345