Peixamento da prefeitura já distribuiu mais de 270 mil alevinos no interior de Petrolina

Depois das chuvas que caíram nos meses de fevereiro a abril em Petrolina e região, para aproveitar esse momento de fartura nas barragens do interior, a prefeitura em parceria com a 3ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio do programa ‘Novo Tempo no Interior’, tem promovido a entrega gratuita de alevinos das espécies de tambaqui e curimatã.

Até final do mês de maio, cerca de 10 comunidades que solicitaram participar do programa através de cadastro junto às equipes da Secretaria de Governo e Agricultura, receberam um total de 270 mil peixes. As primeiras comunidades contempladas com a ação foram Pau Ferro, Rajada, Cristália, Simpatia, Baixa Alegre, Caititu, Atalho, Uruás, Cruz de Salinas e Satisfeito.

LEIA MAIS

Sobradinho: corpo é encontrado sem os sinais vitais em manancial

Corpo estava envolto por um saco preto.

No final da tarde deste sábado (18), um cadáver foi encontrado envolto em um saco plástico de cor preta, boiando às margens de um manancial a 1 km da localidade de Carranquinha, zona rural de Sobradinho (BA).

O Departamento de Perícia Técnica foi acionado para realizar a perícia. Posteriormente, o Instituto de Medicina Legal procedeu com a remoção do corpo. A vítima ainda não foi identificada.

Compesa nega responsabilidade sobre esgoto lançado no rio São Francisco e explica cobrança de taxas

(Foto: Ilustração)

Após a prefeitura de Petrolina aplicar uma multa de R$ 800 mil à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) por lançar dejetos no Riacho das Porteiras e pela cobrança de taxa de esgotos no Loteamento Vale Dourado, a companhia se pronunciou sobre a penalidade e afirmou não ser responsável sobre o esgoto e explicou a cobrança de taxas no local.

LEIA TAMBÉM

Prefeitura de Petrolina multa Compesa em quase R$ 800 mil por lançar esgoto em afluente do Rio São Francisco

Após multa milionária da AMMA, Compesa afirma que não despeja esgoto no rio São Francisco

Segundo nota da Compesa, o esgoto do Loteamento Vale Dourado não é operado pela empresa, já que “o empreendimento nunca deu entrada na documentação legal para fazer a transferência da titularidade para a Compesa”.

Além disso, de acordo com a companhia, era prestada assistência aos moradores do loteamento “sempre que era acionada a fim de fazer a desobstrução do esgoto nas ruas. Em decorrência da prestação desses serviços, a Compesa realizava a cobrança”.

Na nota, a Compesa afirmou ter recebido com indignação uma multa aplicada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (ARMUP).

Confira a íntegra da nota

Enquanto a Companhia Pernambucana de Saneamento- Compesa trabalha para ampliar os serviços de saneamento em Petrolina, a prefeitura do município insiste no caminho do confronto que não interessa aos petrolinenses. A Companhia recebe com indignação uma multa aplicada pela Armup (Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina), sobre o lançamento de esgoto do Loteamento Vale Dourado no Rio São Francisco, que sequer é operado pela empresa. 

LEIA MAIS

Van de transporte de passageiros parada dentro do rio na Orla chama a atenção

Van estava estacionada dentro do rio. (Foto: WhatsApp)

Na tarde desta terça-feira (26), este blog recebeu fotos de um leitor que chamava a atenção para uma van de transporte de passageiros estacionada no Rio São Francisco, na Orla 1, em Petrolina (PE). De acordo com a denúncia, o veículo estava com as janelas abertas, mas não havia nenhuma pessoa próxima ou dentro da van.

Caso parecido

Em outubro deste ano um homem foi multado pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) em R$ 5 mil por lavar o carro no rio. Na oportunidade ele infringiu o artigo 61 do Decreto Federal 6.514.

Jovem de Salgueiro morre afogado em Belém do São Francisco

Jovem faleceu enquanto se divertia com amigos e familiares. (Foto: ASCOM)

Durante um dia de lazer, nesse domingo (3), na zona rural de Belém do São Francisco, um jovem, de 19 anos, morreu afogado no Rio São Francisco. Alisson Silva, mais conhecido como “Peu”, era de Salgueiro. Segundo informações, o jovem se divertia com amigos e familiares quando aconteceu a tragédia.

Peu residia no bairro Nossa Senhora Aparecida (Prado), em Salgueiro, onde jogava handebol profissional e era muito conhecido por estar sempre envolvido em causas LGBT e de consciência negra.

Trabalhadores encontram corpo enquanto retiravam baronesas do rio

(Foto: ASCOM)

Durante a tarde desta quarta-feira (29), a equipe da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) encontrou o corpo de uma mulher submerso enquanto trabalhava na retirada das baronesas, no Rio São Francisco. O cadáver foi encontrado nas proximidades da Ponte Presidente Dutra.

Imediatamente, foi acionada a Guarda Civil Municipal (CGM), que realizou o isolamento até a chegada da Polícia Militar (PM) e do Instituto de Criminalística (IC). A Polícia irá investigar o caso.

Petrolina: homem supostamente embriagado cai com carro no rio e é multado pela AMMA

A multa de R$ 5 mil, entretanto, a depender da reincidência e da gravidade, prevê punição de até R$ 50 milhões. (Foto: ASCOM)

Um fato inusitado chamou a atenção nesta semana na Porta do Rio, em Petrolina (PE). Um condutor, supostamente embriagado, perdeu perdeu o controle do seu veículo e caiu dentro do Rio São Francisco. O homem, que se recusou a realizar o teste do bafômetro, foi multado pela Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) em R$ 5 mil.

A Guarda Municipal foi acionada e prestou amplo apoio até a chegada da Polícia Militar. O motorista teve o carro rebocado pelo guincho da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA).

Por entrar no rio com o carro, o motorista infringiu o artigo 61 que penaliza aquele que causar poluição de qualquer natureza, que possam resultar em danos à saúde humana, animal ou a biodiversidade. Além disso, foi enquadrado no inciso 5º do artigo 62, que pune quem lançar resíduos sólidos, líquidos, gasosos, sejam eles oleosos ou não que venham a causar danos ambientais. Ambos fazem parte do Decreto Federal 6.514 que regulamenta as infrações e sanções administrativas referentes ao meio ambiente.

A multa de R$ 5 mil, entretanto, a depender da reincidência e da gravidade, prevê punição de até R$ 50 milhões. De acordo com o diretor-presidente da AMMA, Rafael Oliveira, todo cidadão pode acionar a AMMA quando perceber algo errado.

“O Rio São Francisco é o nosso maior bem e precisamos, cada vez mais, termos consciência e cuidar dele. Quando um veículo entra no rio, está contribuindo para que a poluição, a sujeira e, principalmente, os óleos presentes nele, prejudiquem todo o ecossistema. Por isso, nós cidadãos também somos fiscais e devemos denunciar quando houver alguma irregularidade”, explica.

Para denúncias, as pessoas podem entrar em contato pelo telefone da Agência Municipal do Meio Ambiente 3861- 4382, da Guarda Municipal nos finais de semana, através do telefone 153, ou da Ouvidoria Municipal 156.

Rampas de acesso ao rio são interditadas para obras do Parque Fluvial em Juazeiro

Rampas estão interditadas para obras do Parque Fluvial. (Foto: ASCOM)

Devido às obras do Parque Fluvial que estão em andamento em Juazeiro (BA), nesta quinta-feira (09), a fiscalização ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano interditou as rampas de acesso ao Rio São Francisco. A ação tem como finalidade garantir a segurança da população durante o período de obras na Orla II.

A partir de agora, está proibido o acesso de transeuntes com veículos no local e, caso seja descumprida a interdição no local, as medidas cabíveis serão tomadas. A obra de revitalização irá beneficiar toda a população e turistas e para que ocorra com segurança é necessária compreensão de todos.

Corpo é encontrado próximo ao povoado de Pedrinhas

(Foto: Internet)

Nessa quinta-feira (5), o corpo de um homem, de 33 anos, foi encontrado no rio São Francisco, próximo ao povoado de Pedrinhas, em Petrolina (PE). A vítima foi identificada como Carlos Eduardo dos Santos Gonçalves.

Segundo o 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), uma quipe do 4º Grupamento de Bombeiros retirou o corpo da água. A vítima foi encaminhada para o Instituto de Medicina Legal (IML) para investigar a causa da morte.

 

Estudantes marcam encerramento das comemorações dos 122 anos de Petrolina com roteiro histórico e cultural

(Foto: ASCOM)

Uma declaração de amor ao Rio São Francisco e um mergulho na história de Ana das Carrancas. Foi desta forma que um grupo de estudantes se despediu, nesta sexta-feira (29), do mês de aniversário dos 122 anos de Petrolina.

A atividade lúdica, pedagógica e cultural ‘Parabéns Petrolina!’ começou no Ateliê Ana das Carrancas onde os alunos do 2º ao 5º Anos do Ensino Fundamental do Plenus Colégio e Curso participaram de uma oficina. Sob a orientação das artesãs Maria da Cruz e Angela Lima (filhas e herdeiras da arte de Ana Leopoldina dos Santos – nome de batismo da ceramista) – os estudantes colocaram a mão no barro e aprenderam a fazer pequenas peças artesanais.

Depois de conhecer detalhes da vida e obra desta artesã/ceramista que recebeu em 2005 a Ordem do Mérito Cultural, do presidente Lula e, em 2006, o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco, do governo do Estado, o grupo fez uma parada na Orla da cidade para uma foto coletiva na placa turística #Eu Amo Petrolina.

LEIA MAIS

Compesa conclui obras na Orla I para coibir esgotos clandestinos

A Compesa também realizou serviços de geofonagem ao longo da Avenida Cardoso de Sá. (Foto: ASCOM)

A Compesa concluiu na última sexta feira (15), a execução de mais de 500 metros de uma nova rede coletora de esgotos para atender os pontos comerciais da Orla I. A ação faz parte do Projeto Orla Nossa em parceria com a prefeitura de Petrolina.

A Compesa também realizou serviços de geofonagem ao longo da Avenida Cardoso de Sá e ruas adjacentes paralelas aos canais e encontrou vários pontos clandestinos jogando esgoto nos canais de águas pluviais. Para esses casos foram realizados tamponamentos. Como resultado final de todas essas ações, a Compesa combateu todos os esgotos que antes eram despejados nessa área do rio.

“Redes de esgoto que não vão para o local adequado representam uma grave ameaça à saúde pública, pois as pessoas que têm contato com essa água poluída ficam suscetíveis a doenças”, ressalta o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, João Raphael.

Ele também reforça a necessidade de preservar o rio São Francisco e a importância de se trabalhe em parceria com a gestão municipal e com a população. “As tubulações de Esgoto da Compesa são redes fechadas que levam as águas sujas para a Estação de Tratamento. As redes de Drenagem, deveriam levar apenas águas da chuva para os Rios. Trabalhando em parceria, a população sentirá os benefícios. Cidades com qualidade de vida elevada têm água tratada e rede coletora de esgoto”, finaliza.

Frente Parlamentar em Defesa do Rio São Francisco visita Petrolina

O objetivo principal da frente parlamentar é a defesa do rio São Francisco e dos demais rios do estado. (Foto: ASCOM)

A Frente Parlamentar em Defesa do Rio São Francisco e Demais Rios de Pernambuco, presidida pelo deputado Odacy Amorim (PT-PE), visitou Petrolina nesta segunda-feira (28).  Além de Odacy, o encontro contou com a presença dos deputados estaduais Zé Maurício (PP-PE), Zó (PCdoB-BA) e Lucas Ramos (PSB-PE). Os parlamentares percorreram as margens do Velho Chico, identificando e discutindo ações necessárias para a proteção, revitalização e salvação do rio.

Odacy sugeriu a implementação de algumas ações que beneficiem o São Francisco, a exemplo da elaboração de planos de metas e investimentos por parte das prefeituras do estado com o governo de Pernambuco, como o realizado por ele em 2007 quando estava a frente do governo municipal.

Sugeriu ainda que haja um controle efetivo da vazão do Rio São Francisco durante o período em que ele estiver cheio, devendo a Chesf liberar apenas a quantidade necessária de água, ou seja, 1300 m³/s, evitando assim o desperdício. Outra ideia discutida no encontro seria a possibilidade da união custear a construção de uma barragem de controle de volume entre o rio e o mar, freando assim o avanço marítimo.

LEIA MAIS

Comissão Parlamentar em Defesa do Rio São Francisco visitará Petrolina nesta segunda

O foco da frente parlamentar em defesa do Rio São Francisco é a sustentabilidade hídrica e a preservação da biodiversidade. (Foto: ASCOM)

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) trará a Petrolina, na próxima segunda-feira (28), a Comissão Parlamentar em defesa do rio São Francisco e demais rios de Pernambuco, presidida pelo mesmo.

Estarão presentes, além do próprio Odacy, os deputados estaduais pernambucanos Lucas Ramos (PSB/PE) e Zé Maurício (PP/PE), e os deputados baianos Zó (PCdoB-BA) e Roberto Carlos (PDT/BA). A comissão percorrerá as margens do Velho Chico, identificando e discutindo ações necessárias para a proteção, revitalização e salvação do Rio.

O parlamentar ressaltou a importância do encontro e da vinda da comissão parlamentar a Petrolina. “Na Assembleia Legislativa sou presidente da comissão parlamentar em defesa do Rio São Francisco e demais rios de Pernambuco, e a situação que o Velho Chico se encontra tem me causado grande preocupação. É preciso urgentemente que nos mobilizemos e busquemos soluções para toda esta problemática. Tenho certeza que esse encontro será extremamente positivo para a implementação de ações que salvem o nosso Rio”.

O foco da frente parlamentar em defesa do Rio São Francisco é a sustentabilidade hídrica e a preservação da biodiversidade, buscando acompanhar e cobrar ações efetivas dos governos municipais, estaduais e federal, que visem a proteção do São Francisco.

Vítima de afogamento em Juazeiro é tia do jogador Daniel Alves

O corpo foi encontrado no dreno do rio, perto da fazenda, e retirado da água por familiares. (Foto: WhatApp)

A vítima de afogamento encontrada na manhã desta sexta-feira (18), em Juazeiro (BA), era uma tia do jogador baiano Daniel Alves, que atua no clube francês PSG. A informação foi confirmada pela Polícia Civil e por familiares do jogador.

A vítima, Marlúcia Capistania, de 46 anos, avisou aos familiares que sairia para cuidar de umas mudas de banana na fazenda Mulungu, no povoado de Salitre, onde morava. De acordo com a polícia, a família estranhou a demora dela e foi procurá-la. O corpo foi encontrado no dreno do rio, perto da fazenda, e retirado da água por familiares.

O corpo de Marlúcia foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro. A delegada Lígia Nunes, titular da 17ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/ Juazeiro), informou que, conforme o relato de familiares, Marlúcia teve um AVC há dois anos e também estava abalada com a morte de um primo, ocorrida na noite de quinta-feira, também no povoado de Salitre.

12