Bolsonaro determina suspensão de radares nas rodovias federais

Os radares fixos, aqueles instalados em postes ao lado das rodovias, não entram nessa suspensão.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares “estáticos, móveis e portáteis” até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

LEIA MAIS

Protesto de caminhoneiros interdita trânsito em várias rodovias do país

(Foto: Luciney Araújo/ TV Gazeta)

Manifestação de caminhoneiros está interditando rodovias em várias cidades do país na manhã desta segunda-feira (21). Há protestos já registrados em Vitória, no Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Alagoas. Os caminhoneiros protestam contra o aumento do preço do combustível.

“Em todo o Brasil estamos fazendo uma paralisação contra o aumento abusivo do combustível. Semana passada tivemos cinco. Está difícil para todo mundo, não só para nós”, falou um dos participantes.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão indo aso locais as manifestações estão acontecendo para fazer negociação para os motoristas coloquem os veículos no acostamento e liberem a pista.

De acordo com a Associação Brasileira de Caminhoneiros, os protestos devem acontecer em todos os estados do país.

Acidentes nas rodovias federais de Pernambuco aumentaram nas festas de fim de ano

O balanço foi divulgado nesta terça-feira (2) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). (Foto: divulgação/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta terça-feira (2), o balanço da operação ano novo no estado de Pernambuco. Os números de acidentes e mortes nas estradas são maiores do que o mesmo período de 2016 para 2017.

O balanço total de final de ano, incluindo o período de Natal e Ano novo contabilizou o total de 124 acidentes, com 86 feridos e nove mortes. Em 2016, durante os dias 23 de dezembro de 2016 ao dia 1º de janeiro 2017, foram registrados o total de 109 acidentes, que deixaram 99 feridos e quatro pessoas mortas.

Dos três acidentes com vítimas fatais, dois foram atropelamento de pedestres. O primeiro ocorreu na madrugada da sexta-feira (29), na BR 407, em Petrolina, Sertão de Pernambuco. Um ciclista que estava cruzando a rodovia quando foi atropelado por um motorista não identificado, ele fugiu do local sem prestar socorro.

O segundo aconteceu na noite do sábado (30), na BR 232, em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata Pernambucana, o pedestre estava atravessando a rodovia quando foi atropelado, o homem morreu no local e o motorista do veículo, evadiu-se sem prestar socorro à vítima.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está intensificando até o dia 22 de fevereiro a fiscalização nas rodovias federais, trata-se da Operação Integrada Rodovida, que reúne órgãos da União, do estado e dos municípios, com o objetivo de reduzir a violência no trânsito em Pernambuco.

Durante esse período, 895 pessoas e 921 veículos foram fiscalizados, sendo emitidas 746 autuações por diversas infrações ao Código de Trânsito. Entre elas, destacam-se 46 por ultrapassagens em local proibido, 41 pelo não uso do cinto de segurança, 9 pela falta da cadeirinha e 4 por conduzir motocicleta sem capacete.

No combate à alcoolemia, contou-se com o apoio das equipes da Operação Lei Seca, sendo realizados 652 testes com o bafômetro, emitido-se 16 autuações e sido realizada a prisão de duas pessoas, que estavam dirigindo sob efeito de álcool com índice superior a 0,34 mg/l.

Durante as fiscalizações, também foram recolhidos 55 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 22 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) por diversas irregularidades. Registrou-se, ainda, 29.30 toneladas de excesso de peso em veículos de transporte de cargas e o recolhimento de 6 animais que estavam soltos as margens da rodovia. Esses animais são considerados uma ameaça à segurança no trânsito e consequentemente a vida das pessoas.

O combate à criminalidade contou com o apoio do Núcleo de Operações Especiais, através dos Grupos de Policiamento Tático e do Grupo de Motociclismo da PRF, sendo presas 6 pessoas por diversos crimes, tais como uso de documento falso, assalto a veículo, embriaguez ao volante e receptação.

Fim de ano sem lombadas eletrônicas em algumas rodovias de Pernambuco

(Foto: Internet)

As principais rodovias de Pernambuco terão lombadas eletrônicas desligadas para garantir mais fluidez ao tráfego de veículos durante o fim de ano. A medida entra em vigor a partir das 5h da manhã desta sexta-feira (29) e segue até as 5h da terça-feira (2).

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), foi montado um esquema de mobilidade nas rodovias. Uma delas é a BR-232, que liga o Recife ao Agreste e Sertão. A expectativa é aumento de fluxo de até 30% no período. A ação também terá como focos a PE-60, que leva ao Litoral Sul, e a PE-35, em direção ao Litoral Norte do Estado.

O DER recomenda atenção redobrada e uso do cinto de segurança para o condutor que vai viajar. Para evitar problemas quando pegar a estrada, é necessário verificar todos os equipamentos de segurança do veículo, condições dos faróis e níveis de óleo e combustível.

Fonte: DER

ICM revela boas condições em 67% das Rodovias Federais

(Foto: Ilustração)

Através do monitoramento criado pelo o governo federal, o Indicador de Qualidade das Rodovias Federais (ICM), avaliou que 67% da malha estão em boas condições. Do restante, 20% está em situação regular, 7% em situação ruim e 5% em estado péssimo. O resultado é relativo ao quadro geral das rodovias no primeiro semestre de 2017.

Essa foi a primeira edição da pesquisa, realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A segunda está prevista para o início de 2018. A expectativa é que, a partir do ano que vem, as edições passem a ser produzidas trimestralmente.

O levantamento foi elaborado por uma equipe de 80 engenheiros, divididos em 35 equipes. Foram analisados os 52 mil quilômetros que compõem a malha viária federal. Não estão incluídas as estradas estaduais e as rodovias federais concedidas a outros entes públicos ou privados para exploração.

Com informação do EBC

Vereador sugere construção de passarelas em rodovias que atravessam Juazeiro

Um exemplo citado pelo vereador foi a Avenida João Durval Carneiro nas proximidades do bairro Castelo Branco. (Foto: ASCOM)

Duas das principais rodovias, a BR 235 e BR 407, atravessam as Avenidas João Durval Carneiro e Lomanto Junior no centro urbano de Juazeiro (BA). Segundo o vereador Domingos Alves Viana, mesmo com a presença de sinalização vertical e faixa de pedestres a travessia coloca em risco a vida de pedestres.

O parlamentar propôs ao Executivo, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (27), a construção de passarelas de pedestres em alguns pontos das rodovias.

(Foto: ASCOM)

“De acordo com a Associação Brasileira de Pedestres (Abraspe), tanto nas áreas urbanas e suburbanas, como nas rodovias, as passarelas devem ser colocadas nos pontos em que os pedestres busquem cruzar a via com mais frequência. Um exemplo é o ponto que fica entre o bairro Jardim Vitória e Alto da Maravilha onde fica localizada a garagem da Empresa de Viação São Luiz, onde o flux ema travessia é intenso”, citou.

O mesmo problema acontece com os pedestres na BR 407 em direção ao Juá Garden Shopping. “Naquele ponto onde fica localizado o shopping o acesso para o pedestre é complicado”. Outro exemplo citado pelo vereador foi a Avenida João Durval Carneiro nas proximidades do bairro Castelo Branco. “Nesse caso o fluxo de veículos fica lento por causa do semáforo”.

A vantagem das passarelas no caso da Rodovia Lomanto Junior é que os semáforos que existem na região para intercalar o fluxo de veículos com o de passageiros podem ser retirados, permitindo um tráfego constante dos veículos e o acesso dos pedestres às margens das duas vias.

PRF registra redução de mortes entre Natal e Ano Novo em PE

No combate à alcoolemia, foram realizados 1380 testes com o bafômetro, inclusive com o apoio das equipes da Operação Lei Seca, sendo emitidas 24 autuações e presas três pessoas por dirigir sob efeito de álcool/ Foto: Internet

O número de acidentes em 2016 nas rodovias pernambucanas foi menor em comparação ao ano de 2015, no período compreendido entre entre 23 de dezembro a 1º de janeiro. Ano passado foram registrados 109 acidentes, que deixaram 99 feridos e quatro pessoas mortas. No mesmo período de 2015 foram registrados 113 acidentes, com 110 feridos e 18 mortes.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a redução foi ocasionada pela intensificação da fiscalização nas rodovias federais durante o final de 2016 a partir da Operação Integrada Rodovida Cidades, que reúne órgãos da União, do Estado e dos municípios.

Pesquisa CNT aponta piora no estado geral das rodovias de Pernambuco

Buracos São Gonçalo 3

As rodovias que cortam Pernambuco apresentam hoje mais problemas do que no ano passado. A 20ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias constatou que, dos 3.136 quilômetros de vias estaduais e federais do estado, 57,9% aparecem em condição regular, ruim ou péssima. Em 2015, o mesmo levantamento identificou 53,1% das rodovias nesta situação.

O estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT) avaliou as rodovias estaduais e federais de todo o país considerando a geometria das vias e as condições do pavimento e da sinalização. Em Pernambuco, foram 34 rodovias e ligações de rodovias. Entre as federais, a BR-101, que corta a Região Metropolitana do Recife e o litoral do Estado, passando por áreas de grande movimentação urbana, recebeu classificação regular. Já entre as estaduais sete foram consideradas péssimas, entre elas a ligação PE-082 com a BR-408, em Timbaúba, na Mata Norte.

LEIA MAIS

Rodovias de Petrolina possuem placas exigidas pelo Denatran e uso de farol volta a ser obrigatório

(Foto: Internet/Ilustração)

(Foto: Internet/Ilustração)

Após a regulamentação da aplicação de multas para os condutores que trafegam por rodovias com o farol desligado, as BR’s que dão acesso e que cruzam a cidade de Petrolina (PE) receberam as placas que permitem a fiscalização pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com o inspetor chefe da PRF em Petrolina, Paulo Lima, a fiscalização já está acontecendo desde a quinta-feira (21), tanto no perímetro urbano, que envolve as avenidas Honorato Viana e Sete de Setembro, como no perímetro rural.

“Estamos aplicando a lei normalmente porque Petrolina se enquadra nos padrões que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) diz que é necessário para a lei dos faróis, que é a presença de placas informando que o local se trata de uma rodovia federal”, explicou.

LEIA MAIS

Tribunal libera cobrança de multas por farol baixo apagado em rodovias

(Foto: Ilustração/Internet)

A finalidade da lei, segundo o Ministério das Cidades, é aumentar a segurança nas rodovias e evitar colisões frontais. (Foto: Ilustração/Internet)

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que atende ao Distrito Federal e outros 13 Estados do Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, liberou a cobrança de multa aos motoristas de carro que trafegarem por rodovias com o farol baixo apagado. A decisão foi proferida pelo desembargador federal Carlos Moreira Alves.

A lei inicial, que entrou em vigor em 8 de julho deste ano, havia sido suspensa por decisão da Justiça Federal de Brasília em 2 de setembro, após ação civil da Associação Nacional de Proteção Mútua aos Proprietários de Veículos Automotores (ADPVAT).

A entidade propôs a interrupção na aplicação das penalidades por falta de sinalização nas rodovias, o que poderia confundir os motoristas. A multa para o descumprimento dessa regra é R$ 83,15, com a perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

LEIA MAIS

Comissão aprova contratação de empréstimo de US$ 200 mi para a Bahia

Senado Bahia

O estado deve utilizar o dinheiro na segunda etapa do programa de manutenção de rodovias, sobretudo na região oeste e no sertão / Foto: Waldemir Barreto – Agência Senado

A  Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) autorizou nesta terça-feira (26) a contratação de quatro operações de crédito externo, no valor global de US$ 482,5 milhões (R$ 1,7 bilhão). Os projetos irão à votação em Plenário, em regime de urgência.

A maior operação, de US$ 200 milhões, a ser assinada com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), beneficiará a Bahia. O estado deve utilizar o dinheiro na segunda etapa do programa de manutenção de rodovias, sobretudo na região oeste e no sertão. De acordo com o senador Walter Pinheiro (sem partido-BA), os recursos contribuirão para gerar trabalho e renda, favorecendo ainda o escoamento da produção agrícola do estado.

A segunda operação de maior valor, US$ 150 milhões, também a ser assinada com o Bird, destina-se à cidade de Manaus (AM). Os recursos deverão ser utilizados na busca do equilíbrio fiscal e na melhoria dos serviços públicos. Os recursos a serem captados serão pagos em 24 anos, tendo cinco anos de carência e 19 anos para amortização do empréstimo, explicou Fernando Bezerra Coelho, que relatou o projeto de resolução.

LEIA MAIS

Sem-terra liberam rodovias após quase 5 horas de protesto

MST 01

Trecho da BR-408 foi interditado pelos integrantes do MST (Foto: Reprodução/TV Globo)

Depois de quase cinco horas de protesto, os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) liberaram a maioria das rodovias federais de Pernambuco. Por volta das 12h30, apenas parte da BR-423, em Águas Belas, (Agreste), permanecia bloqueada.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 450 sem-terra participaram, nesta sexta-feira (15), dos atos pela democracia e contra o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT). O MST não divulgou o número de manifestantes. Os sem-terra, de acordo com a PRF, chegaram a bloquear sete trechos de estradas no estado. A ação do MST teve caráter nacional. Os sem-terra realizaram atos públicos em vários estados.

Em Pernambuco, de acordo com levantamento da PRF,  as manifestações foram realizadas na BR-101 Norte, em Goiana (Mata Norte) e perto da divisa com a  Paraíba, no quilômetro 367 da BR-316 em Petrolândia (Sertão),  na BR-408 em Paudalho (Mata Norte), e na BR-423 em Águas Belas (Agreste).

LEIA MAIS

Operação Semana Santa tem início nesta sexta com reforço na fiscalização das estradas

prf

A Operação Semana Santa nas rodovias teve início nesta sexta-feira (18) e vai até o domingo de Páscoa, 26. Durante as festividades, as principais rodovias deverão ter um aumento de 40% no fluxo de veículos nos dias mais movimentados. Para coibir a imprudência de motoristas, motociclistas e ciclomotores,  a ação é integrada com o Departamento de Estradas Rodagem, órgão vinculado à Secretaria de Transportes do Governo do Estado, Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Equipe da Lei Seca, Polícia Militar (PM), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) e Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran).

Durante a Semana Santa, o serviço de motopoliciamento da PRF será acionado para otimizar as abordagens e a fiscalização de motocicletas, coibindo a circulação de veículos sem documentação e a prática de crimes cometidos sobre duas rodas. O DER também montará um esquema especial aliado à tecnologia. “Reforçamos a quantidade de câmeras de monitoramento, que estarão interligadas a nossa Central de Comando”, destacou o diretor executivo Luiz Medeiros.

Cerca de 60 agentes do DER estarão atuando na prevenção de acidentes e fiscalização das rodovias. “Devido ao aumento do fluxo estaremos com um ponto fixo de fiscalização na PE-145, que é a porta de entrada para Fazenda Nova”, ressaltou Laurent Licari, chefe de Fiscalização do DER. O motorista que insistir na prática de infrações, como forçar passagem entre veículos e a embriaguez ao volante, estará sujeito a uma multa de R$ 1915,40. Além disso, o excesso de velocidade será coibido com o uso de radares móveis, dispostos ao longo das rodovias.

De acordo com a PRF, antes de iniciar a viagem, é importante fazer uma revisão no veículo, observando as condições dos pneus, o nível do óleo e combustível, o funcionamento dos sistemas de freio e de iluminação, além do estado dos para-brisas.

Com informações do DP

Diminui o número de mortes nas rodovias da Bahia, segundo PRF

prf

O número de mortes em estradas federais na Bahia caiu 19,65% em 2015 no comparativo com o ano anterior, de acordo com balanço divulgado na manhã desta segunda (29), pela Polícia Rodoviária Federal. Foram 638 óbitos em acidentes ocorridos em 2015 em BRs que cortam o estado ante 794 em 2014.

As estatísticas apontaram também que houve queda de 29,63% no número de acidentes (de 10.068 para 7.084), de 16,81% de acidentes graves (1.565 para 1.302) e de 14,72% em registros de acidentes com feridos (6.423 para 5.478).

Conforme o balanço apresentado pela chefe do núcleo de comunicação social da PRF na Bahia, Mércia Oliveira, 78,35% das mortes ocorreram em trechos rurais das rodovias federais no estado, embora tenha ocorrido na área urbana a maioria dos acidentes. Ela aponta como colaboradores o abuso na velocidade e em ultrapassagens.

Das ocorrências que resultaram em mortes, as principais causas que puderam ser detectadas pelos policiais foram a falta de atenção, a velocidade incompatível, uso de bebidas alcoólicas e ultrapassagens indevidas, assinala o relatório.

PRISÕES POR EMBRIAGUEZ

A redução de acidentes está relacionada a ações preventivas adotadas pela PRF, que fiscalizou 633.994 pessoas, 551.502 veículos e realizou 61.873 testes de alcoolemia no ano passado. De acordo com a polícia rodoviária, 2.008 condutores foram multados por dirigir sob influência de álcool e 339 foram presos pelo crime de embriaguez ao volante.

CCJ aprova uso obrigatório de farol baixo nas rodovias durante o dia

Uso-do-farol-baixo-durante-o-dia-é-obrigatório-no-Brasil2

A Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (24) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 156/2015, que torna obrigatório o uso de farol baixo, durante o dia, nas rodovias. A proposta ainda será votada pelo Plenário do Senado.

A justificação do projeto aponta a pouca visibilidade como uma das principais causas de acidentes de trânsito nas rodovias. Apesar de o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) já ter editado uma resolução recomendando o uso de farol baixo nas rodovias durante o dia, o entendimento é de que só uma norma com força de lei levaria os motoristas a adotar a medida.

Na opinião do relator, senador José Medeiros (PPS-MT), o projeto merece ser aprovado e tem o mérito de “buscar um trânsito mais seguro.”

“Trata-se da imposição de um procedimento bastante simples e de baixo custo que poderá aumentar a segurança nas estradas e assim contribuir para a redução da ocorrência de acidentes frontais nas rodovias e, consequentemente, salvar inúmeras vidas”, avaliou Medeiros.

12