Vereadores de Petrolina pedem valorização dos enfermeiros e técnicos de enfermagem 

(Foto: Ascom PMP)

Os vereadores César Durando (DEM), Diogo Hoffmann (PSC) e Ruy Wanderley (PSC) apresentaram o Requerimento n° 181/2021 em conjunto. O trio solicita empenho dos deputados federais e do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) para aprovação do projeto que cria o piso salarial nacional da enfermagem.

LEIA TAMBÉM

Representantes do Sindsemp se reúnem com Fernando Filho para debater projeto do piso salarial na saúde

“É uma pauta nacional e é importante o apoio dessa Casa, do nosso Senado Federal e da bancada pernambucana para que esse projeto seja votado“, destacou Ruy. Outro membro do Governo Municipal a apoiar a cobrança foi César Durando. “O projeto cria o piso salarial nacional, é importante essa discussão e já levamos essa discussão aqui também em Petrolina e eles tiveram uma grande vitória“, reiterou.

Diogo Hoffmann complementou que a aprovação do piso nacional é também uma forma de valorizar a classe. “Nesse momento de pandemia eles cresceram, certamente milhares e milhões foram salvos [na pandemia] pelos profissionais“, enfatizou.

Petrolina: vereadores solicitam ao Estado que não corte fornecimento de água a famílias de baixa renda

(Foto: Ilustração)

A Câmara de Vereadores quer que a população carente de Petrolina não tenha o fornecimento de água interrompido por conta de atraso no pagamento das contas durante a pandemia da covid-19. O pedido foi apresentado através do Requerimento n° 115/2021, debatido na sessão da última terça-feira (13).

LEIA TAMBÉM

Cobrança da conta de água está suspensa até maio a inscritos na tarifa-social em PE

“Tem vereador de situação e oposição, nesse momento tem que ser vereador a favor das pessoas. Apresentamos o Requerimento de número 115 aonde solicita da ARPE que possa garantir o fornecimento de água”, disse Ruy Wanderley (PSC) no programa Super Manhã com Waldiney Passos desta quinta-feira (15).

LEIA MAIS

Vereadores “batem cabeça” sobre quem é o “pai” dos Requerimentos em Petrolina

Clima esquentou na Câmara

Entra ano e sai ano, os debates sobre quem é o “pai da obra” ganha destaque na Câmara de Vereadores de Petrolina. Mas em três meses de trabalho os debates se intensificaram acerca das Indicações e Requerimentos, demandas cotidianas apresentadas pelos edis. E nesta terça-feira (30), Capitão Alencar (Patriota) não deixou barato.

LEIA TAMBÉM

Rodrigo Araújo reivindica inclusão de policiais e guardas civis no grupo prioritário da vacinação

O vereador apresentou o Requerimento n° 108/2021, no qual solicita ao governador Paulo Câmara (PSB) a inclusão dos profissionais da segurança pública como prioritários no Plano Nacional de Imunização (PNI). Entretanto, Rodrigo Araújo (Republicanos) pediu destaque e afirmou que tal solicitação já havia sido apresentada por ele.

LEIA MAIS

Ruy Wanderley pede ao governador gratuidade do transporte coletivo a desempregados de Petrolina

A gratuidade no transporte coletivo a quem perdeu o emprego durante a pandemia já é lei na capital pernambucana. E Ruy Wanderley (PSC) quer que o benefício seja ampliado a Petrolina. O pedido foi apresentado nesta terça-feira (23), através do Requerimento n° 081/2921.

Ruy Wanderley (Foto: Blog Waldiney Passos)

“O governador tomou a decisão de beneficiar as pessoas que estão dificuldade, que passam pela perda de emprego. E faço esse pedido para que ele possa beneficiar os nossos desempregados na cidade de Petrolina”, justificou Ruy.

O edil lembrou que muitas pessoas estão em dificuldade, já que estamos em um ano de pandemia. E que a iniciativa precisa ser expandida ao município.

A lei estadual nº 17.182/2021 foi publicada no Diário Oficial de hoje. Ela contempla pessoas que ficaram desempregas a partir de março de 2020 e ganhavam até dois salários mínimos.

Câmara de Petrolina aprova projeto que garante acesso gratuito a personal trainer em academias

Profissionais poderão sim entrar nas academias sem pagar custo adicional

Além do projeto de reajuste salarial aos servidores municipais da educação e saúde, a Câmara de Petrolina aprovou por 20×0, na terça-feira (16), o Projeto de Lei n° 015/2021. A matéria garante acesso aos profissionais de educação física (personal trainer) devidamente registrados na classe, de forma gratuita em academias de ginástica.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Petrolina aprova reajuste salarial dos servidores municipais

Dessa forma, as academias não poderão cobrar custo adicional dos alunos ou do próprio personal trainer. O texto assegura ainda que o acesso desse profissional é apenas para orientação das atividades e que quaisquer lesões provocadas no aluno – com exceção das que ficarem comprovadas ter sido causadas por falha nos equipamentos – a responsabilidade é do personal.

LEIA MAIS

Ruy Wanderley pressiona Governo de Pernambuco a aceitar desafio de reduzir ICMS dos combustíveis

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Diante das ações do Governo Federal em reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o vereador Ruy Wanderley apresentou, na sessão desta terça-feira (23), o Requerimento n° 027/2021 ao governador Paulo Câmara (PSB) para reduzir o imposto no Estado.

“É um pedido que estou fazendo ao governador do Estado, Paulo Câmara, para que ele possa abraçar a ideia do nosso presidente Jair Messias Bolsonaro para que os governadores possam zerar impostos. É inadmissível a gente ter combustível, em Petrolina nós pagamos um dos mais caros do Brasil”, justificou.

LEIA MAIS

Ruy Wanderley cobra políticos da região em Brasília: “Que seja feita a defesa do povo brasileiro”

Vereador cobrou defesa dos interesses populares (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Ruy Wanderley (PSC) já foi líder do governo de Miguel Coelho (MDB) na Câmara de Vereadores de Petrolina. Ele também é aliado político do grupo Coelho. Entretanto isso não impediu o edil de fazer uma cobrança ao deputado federal Fernando Filho (DEM) e ao senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

LEIA TAMBÉM

Projeto que reajusta salário dos agentes de saúde já está na Casa Plínio Amorim

Após Alex de Jesus chamar blitz de trânsito de “barbaridade”, Capitão Alencar afirma que PM cumpre a lei

Na sessão de terça-feira (9) ele cobrou alguma ação na Câmara dos Deputados e Senado Federal para controlar as ações do Governo Federal, diante das constantes altas no preço do combustível e contas de água e luz. “Mediante a um projeto de lei que o Governo Federal, possa também proibir aumentos de combustível, tarifa de água e energia que penaliza a população brasileira. Você não pode adotar uma lei proibindo reajuste salarial do trabalhador, do servidor que ganha pouco, mas ao mesmo tempo o governo autoriza o reajuste da energia, por exemplo. Isso é uma vergonha“, disse Ruy.

LEIA MAIS

Sindsemp mostra descontentamento com projeto do Executivo sobre IGEPREV

(Foto: ASCOM)

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) está descontente com o Projeto de Lei n° 28/2020, apresentado pelo Poder Executivo e colocado na pauta dessa terça-feira (22). Na justificativa da matéria, a Prefeitura alega que as mudanças “buscam adequar a norma previdenciária municipal aos novos entendimentos legais” no Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV).

Contudo, o Sindsemp não concorda e destacou alguns pontos no projeto. “O projeto traz prejuízos incalculáveis ao servidor público. Primeiro por destinar uma situação de impedir ou de não conceder aposentadoria especial aos professores readaptados e professores cedidos. E tem a questão de calcular isso. Um dos maiores prejuízos do projeto é que o nosso Comitê de Investimento, que tem acompanhamento direto dos conselheiros, ele vai ser direcionado a membros que não são servidores. São servidores que são apenas comissionados”, explica Walber Lins.

O presidente do Sindsemp solicitou a retirada do PL de pauta, porém não foi ouvido. Em entrevista ao Blog, Lins também apontou outra falha, referente ao Comitê de Investimento. “Todo recurso, todo dinheiro do servidor vai ser aplicado por pessoas que não têm participação. Como o dinheiro é do servidor e o servidor não tem essa participação?“, questionou.

LEIA MAIS

Ruy Wanderley propõe homenagens a policiais militares na Câmara de Petrolina

Ruy Wanderley prestou homenagens a PMs (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Prestes a encerrar a atual legislatura, Ruy Wanderley (PSC) propôs oito Medalhas de Honra ao Mérito  Legislativo Dom Malan a policiais militares da ativa ou reserva, através de projetos de Decreto Legislativo apresentados em dezembro, na Câmara de Vereadores de Petrolina.

Além disso, reforçou cobranças da categoria, como a coleta de lixo na Vila Militar. Outra demanda apresentada por Ruy foi a iluminação pública da Vila, serviço que contemplará mais de 700 famílias. “Nós temos direito por legislatura a oito Medalhas de Honra ao Mérito Dom Malan. Como eu não tinha [concedido nenhuma] estou fazendo esse reconhecimento aos homens guerreiros da Polícia Militar, da ativa e da reserva”, disse o vereador.

Homenagens

Após a solicitação de Ruy, os seguintes policiais militares serão homenageados pela Câmara de Vereadores de Petrolina: Cb Aline Dos Santos Silva, Sd Dariel Frankli Da Silva, Sgt Enilson Alves De Oliveira, Cb Manuel Ximenes De Barros Filho, Tenente Coronel Marcondes Gonçalves Ferraz, Sub Tenente Robson Glay Vieira Patrício, Cb Sergio Wagner De Lima Dourado e Sgt Wesley Bandeira Da Silva. “Me sinto honrado em conceder essa honraria pelo papel brilhante que eles desenvolvem aqui em Petrolina“, afirmou.

Petrolina: Câmara aprova Medalhas de Honra ao Mérito e inicia discussão da LDO

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A manhã de terça-feira (6) está sendo muito movimentada em Petrolina. Depois de aprovar as Indicações e Requerimentos, os edis já analisaram e votaram os projetos de Lei do Poder Legislativo. Dos seis inicialmente apresentados na pauta, apenas quatro passaram.

LEIA TAMBÉM

Transporte coletivo volta a ser debatido na Câmara de Petrolina

Os projetos de Lei n° 66/2020 e 69/2020, ambas propostas por Gaturiano Cigano (DEM), não entraram em votação porque o edil não se fez presente na Câmara. Entre as quatro propostas debatidas, havia três Medalhas de Honra ao Mérito e uma Denominação de Espaço Público. Elas foram aprovadas por 18×0.

Veja a seguir os projetos aprovados nessa terça-feira:

  • Projeto de Decreto Legislativo nº 059/2020 – Concede Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan ao Senhor Francisco Walber Lins Pinheiro – Autor: Alvorlande Cruz (MDB);
  • Projeto de Decreto Legislativo nº 060/2020 – Concede Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan ao Senhor Adroal Nunes Rodrigues – Autor: Alvorlande Cruz (MDB);
  • Projeto de Decreto Legislativo nº 061/2020 – Concede Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan a Senhora a Senhora Cícera Maria de Jesus (Mãe Socorro – Autora: Cristina Costa (PT);
  • Projeto de Lei nº 036/2020 – Altera a Lei 2.969, de 13/11/2017, que denomina a Avenida Fernando Farias, passando a ter a seguinte denominação – Avenida das Nações Fernando Farias – Autor: Ruy Wanderley (PSC).

Discussão de Indicações e Requerimentos fora da pauta gera atrito na Câmara de Petrolina

Um pedido de Zenildo do Alto do Cocar (MDB) acabou gerando um atrito na sessão de hoje (28), em Petrolina. Durante as justificativas das Indicações e Requerimentos o vereador defendeu uma proposta que não constava na pauta dessa manhã.

Alguns colegas da bancada de Situação alertaram sobre a prática e a durante o debate Zenildo trocou farpas com Manoel da Acosap (DEM). O primeiro a destacar que o pedido não valeria foi o vice-presidente da Mesa Diretora, Ronaldo Cancão (DEM).

Injustiça com os colegas

Em seguida, Rodrigo Araújo (Republicanos) disse que não era justo Zenildo usar o tempo para apresentar cobranças fora da pauta. “Isso vai polemizar, mas imagine se eu tiver minhas Indicações e falar verbal. Isso está errado“, pontuou.

LEIA MAIS

Mirando eleições, partidos criam “União por Petrolina”

Entre os presentes na reunião estava o vereador Ruy Wanderley (PSC)

O adiamento das eleições 2020 deu mais tempo aos pré-candidatos. Em busca de mais forças no pleito de novembro, três partidos de Petrolina decidiram formar um bloco. PSC, Avante e Patriota encabeçam a “União por Petrolina”.

Entre os que podem se beneficiar por tal aliança estão o vereador Ruy Wanderley (PSC) e o suplente Júnior do Gás. A “União” tem o objetivo de elaborar um “plano de governo e propostas nas áreas de Saúde, Educação, Segurança e Desenvolvimento Econômico, plano de suma importância para o desenvolvimento local no cenário pós-pandemia”.

Estiveram presentes na reunião os presidentes dos partidos, Eva de Sá, Flávio Gaúcho, Sidney Paixão e o advogado Thiago Michel.

Projeto que cria Vale Alimentação em Petrolina é retirado de pauta e provoca confusão

Os trabalhos dessa terça-feira (21) começaram quentes. O Projeto de Lei do Executivo n° 16/2020 – propondo a criação do Vale Alimentação Estudantil – foi retirado de pauta a pedido do líder do Governo, Aero Cruz (MDB). Ele atendeu a uma solicitação do presidente da Comissão de Justiça e Redação, Ruy Wanderley (PSC).

Duas emendas da Bancada de Oposição foram apresentadas ao projeto e o vereador Paulo Valgueiro (PSD) solicitou um debate mais amplo sobre, fato previamente acordado entre ele – líder da Oposição – e Aero, além do próprio Ruy. A retirada do PL gerou uma polêmica por parte de alguns edis da Situação, como Alvorlande Cruz (Republicanos) e Edilsão do Trânsito (MDB), os quais acusaram Valgueiro de remover o PL para “prejudicar o povo”.

Decisão partiu do líder governista

Presidente da Câmara, Osório Siqueira (MDB) explicou a situação. “O vereador Aero pediu para tirar de pauta, ele tem prerrogativa de tirar de pauta como representante do Executivo, como líder da bancada e recebeu um pedido do vereador Ruy Wanderley e também porque o vereador Paulo Valgueiro questionou as emendas“, disse.

LEIA MAIS

Após 1ª sessão online, vereadores reforçam pedido para encontros virtuais em Petrolina

Vereadores fazem mais pressão para sessões (Foto: Arquivo)

O coro por sessões virtuais durante a pandemia do coronavírus em Petrolina ganhou força após a votação de dois projetos de Lei do Poder Executivo na semana passada. Nessa segunda-feira (18) Ruy Wanderley (PSC) apresentou um ofício à Mesa Diretora, reforçando a reivindicação dos colegas.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Vereadores de Petrolina aprova em sua primeira sessão online projetos do prefeito Miguel Coelho

Vereadores de Petrolina pedem retomada das sessões de forma virtual

No pedido de Ruy, as sessões seriam retomadas a partir de quinta-feira (21) das 9h às 12h, com transmissão ao vivo pelo site oficial da Casa Plínio Amorim. Esse é o modelo que já é aplicado em outras Câmaras do país, incluindo em Juazeiro (BA) que hoje fará mais uma sessão online.

“Requeremos de Vossa Excelência a retomada dos trabalhos legislativos, através da realização de Sessões Ordinárias remotamente, através de videoconferência, observando as orientações da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, Secretaria Estadual e Municipal de Saúde, evitando aglomerações e preservando a integridade física de nossos edis e dos servidores da Câmara Municipal de Petrolina“, destaca o ofício.

Gabriel Menezes critica constância de títulos e medalhas e ganha apoio de Ruy Wanderley

Câmara tem apresentado repetição de Títulos e Medalhas (Foto: Blog Waldiney Passos)

Quem acompanha as sessões na Câmara de Vereadores de Petrolina já percebeu uma repetição nos itens colocados em votação há algumas semanas: entrega de Títulos de Cidadão e Medalha de Honra ao Mérito Legislativo. Isso gerou críticas de Gabriel Menezes (PSL).

Em sua fala antes da votação dos projetos de Decreto Legislativo, o edil chamou atenção dos colegas de mandato. “Isso é brincar com a cara dos petrolinenses. Só tem título e medalha unicamente, não voto mais Título de Cidadão enquanto os projetos importantes que temos dormindo nas comissões dessa Casa continuarem lá“, disparou o oposicionista.

Apesar das críticas dos governistas, Gabriel ganhou apoio de Ruy Wanderley (PSC), ex-líder da Situação na atual legislatura. “Que a Mesa Diretora possa observar, tem muito projeto importante para o município e que se possa colocar em pauta para apreciação dos vereadores”, afirmou.

12345