Juazeiro: Bairro Antônio Conselheiro ganha ruas pavimentadas e saneadas

(Foto: Ascom)

O Toda Sexta tem Obra inaugurou as obras de saneamento e pavimentação do bairro Antônio Conselheiro, em Juazeiro. O serviço contempla as Ruas José Firmino, Rua União, Rua Roraima e Rua Petrolina.

A Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) foi responsável pela obra. Titular da pasta, Hemerson Guimarães avaliou o serviço.

“Hoje já somamos 199 obras inauguradas em 2 anos e 11 meses de gestão e na próxima sexta-feira estaremos entregando ao povo de Juazeiro a Vila Bossa Nova, completando assim 200 obras inauguradas”, afirmou.

Nova concessão priorizará ampliação dos serviços de água e esgoto para a zona rural de Petrolina

Rubem Franca, diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (Armup).

As discussões em torno do edital que vai selecionar a nova concessionária dos serviços de água e esgoto em Petrolina tiveram uma primeira rodada nessa terça-feira (12). Durante uma audiência pública na Câmara Municipal, representantes da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apresentaram à população a minuta do edital que já está sob análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Durante o encontro, representantes da FGV detalharam os itens do edital que foram elaborados com base em estudos técnicos recebidos por meio do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) e também do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

O diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (Armup), Rubem Franca, abriu o evento e reforçou a importância de ampliar as discussões. Segundo o gestor, foram quase dois anos de estudos até chegar à minuta deste edital.

LEIA MAIS

Miguel comemora melhoria em saneamento do Dom Avelar após obras da prefeitura

O prefeito Miguel Coelho comemorou em suas redes sociais as melhorias que a obra da Bacia do Dom Avelar, executada pela Prefeitura de Petrolina, trouxe para o bairro. Segundo o gestor municipal, as obras devem ser finalizadas em agosto de 2020.

Ainda de acordo com Miguel, a obra deve mudar a realidade de 40 mil pessoas moradoras dos bairros Terras do Sul, São Jorge, São Joaquim, Santa Luzia e Padre Cícero. O prefeito garantiu, ainda, que após a finalização do saneamento o próximo passo é a pavimentação desses bairros.

O serviço começou no dia 23 de setembro deste ano. A obra conta com investimento de R$ 4,6 milhões. Ao todo, serão construídos 97 poços de visita e 846 caixas de passagem do esgoto. Somando a tubulação toda, serão mais de 55 km de encanamento percorrendo o subsolo de seis bairros.

Compesa x Prefeitura

A Compesa, que é a responsável pelo sistema de água e esgotos na cidade, se recusa a utilizar um empréstimo de R$ 38 milhões disponível junto à Caixa Econômica e intermediado pelo prefeito para realizar a obra. Segundo a Companhia, há uma insegurança jurídica que impede a realização do investimento.

Prefeito Miguel Coelho vistoria obra de saneamento no Dom Avelar que já beneficiou 2600 moradores

(Foto: Jonas Santos)

As obras de saneamento do bairro Dom Avelar, em Petrolina, foram vistoriadas nesta quinta-feira, pelo prefeito Miguel Coelho. A intervenção iniciada em setembro deste ano segue em ritmo acelerado e já garantiu o tratamento de esgoto das moradias de 2600 moradores da referida comunidade. A previsão é concluir os serviços em abril do próximo ano.

A obra já contemplou ruas como a Sentimento, Afeto e Generosidade. Os operários promovem a desobstrução do esgoto, que antes era despejado na rua, e fazem a ligação com a rede de tubulações para encaminhar à estação de tratamento do bairro Vila Marcela.

LEIA MAIS

Prefeitura inicia obras da Bacia do Dom Avelar que vai beneficiar seis bairros de Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

Depois de décadas, uma das obras mais aguardadas pelos moradores da zona norte de Petrolina saiu do papel. A prefeitura iniciou na última segunda-feira (23), os trabalhos para recuperar a bacia do bairro Dom Avelar e oferecer saneamento a mais de 40 mil moradores dos bairros Dom Avelar, Terras do Sul, Santa Luzia, São Jorge, São Joaquim e Padre Cícero.

A obra conta com investimento de R$ 4,6 milhões e foi anunciada pelo prefeito Miguel Coelho como parte da programação pelo aniversário da cidade. Já na segunda-feira, o diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município (Armup), Rubem Franca, esteve no local reunido com representantes da empresa executora para acompanhara o início dos trabalhos que devem ser concluídos em 10 meses.

Serão construídos 97 poços de visita e 846 caixas de passagem do esgoto. No total, serão mais de 55 km de tubulação percorrendo o subsolo dos seis bairros. A intervenção é para recuperar a rede de esgoto existente que foi construída há mais de 10 anos, porém, nunca foi concluída e ativada.

Prefeitura de Petrolina avança em processo de licitação para contratar nova empresa de abastecimento de água e esgoto

A Prefeitura de Petrolina deu mais um passo para selecionar a nova concessionária que deverá operar os sistemas de água e saneamento básico do município. Após mais de 18 meses de trabalho, está pronta a minuta do edital com as regras que as empresas interessadas devem atender para concorrer ao processo licitatório.

O texto foi construído por representantes da administração municipal e da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a partir de estudos técnicos recebidos por meio do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) de três empresas.

O processo foi encaminhado para o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), que deverá avaliar para posteriormente ser aprovado. “Estamos construindo um processo junto com o TCE para que possamos ter o edital que melhor contemple as expectativas da população. Após a devolução do tribunal, serão feitos os ajustes, se preciso for, para posterior publicação na forma exigida pela lei. A gestão do prefeito Miguel Coelho tem trabalhado incansavelmente para dar aos petrolinenses um serviço à altura do investimento aqui arrecadado”, explicou o procurador geral de Petrolina, Diniz Eduardo.

A previsão é que em até 90 dias o TCE dê o parecer sobre a minuta do edital. Após aprovado, o processo será encaminhado para publicação no Diário Oficial, no qual será dado prosseguimento ao processo licitatório.

Prefeitura de Petrolina inicia licitação para obra de esgotamento sanitário da bacia do Dom Avelar 

(Foto: Ascom/Prefeitura de Petrolina)

A população que reside na região da bacia do Dom Avelar sofre há mais de 10 anos com o esgotamento sanitário ineficiente. Após vários impasses com a Compesa, a Prefeitura de Petrolina tem buscado solucionar este problema. O governo municipal irá investir cerca de R$ 6 milhões na recuperação da rede de esgotamento sanitário da área afetada.

De acordo com a prefeitura, a obra está em fase licitatória e irá beneficiar mais de 40 mil pessoas que residem em seis bairros da zona leste de Petrolina, são eles: Dom Avelar, Terra do Sul, Santa Luzia, São Jorge, São Joaquim e Padre Cícero.

LEIA MAIS

Moradores da zona leste de Petrolina cobram a conclusão das obras de saneamento básico

(Foto: Luís Henrique)

Moradores do bairro São Joaquim, São Jorge e Dom Avelar, todos localizados na zona leste de Petrolina, cobram do poder público, a conclusão das obras de saneamento básico que contemplará a região. Obrigada a conviver com inúmeros transtornos provocados pelo esgoto que corre a céu aberto pelas calçadas das residências, a população cobra providências.

“Venho pedir agilidade tanto da Prefeitura Municipal de Petrolina como da Compesa, para concluir o saneamento básico dos bairros Dom Avelar, São Jorge, São Joaquim, Santa Luzia, Terra do Sul, Mandacaru, Casimiro e Park Mandacaru. Os esgoto das residências estão correndo nas portas das casas, em diversas localidades fica água parada nas ruas. É tudo que o mosquito da dengue precisar para se proliferar”, disse o morador Luís Henrique.

Compesa

Sobre a conclusão da obra de saneamento na região mencionada, o Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Companhia Pernambucana de Saneamento. Em nota, a Compesa afirmou que aguarda negociação com a prefeitura para dar continuidade aos serviços.

“A Companhia esclarece que já tem projeto pronto para realizar a obra de saneamento. São bairros que integram a Bacia do Dom Avelar e a Companhia aguarda uma negociação com a Prefeitura para promover a total execução do serviço”, diz a nota.

LEIA MAIS

Casa Nova: Prefeito Wilker Torres discute melhoria no abastecimento de água e ampliação da rede de esgoto

(Foto: Ascom)

O Prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres, em reunião com o Secretário de Estado de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Leonardo Góes, acompanhado do Deputado Estadual Tum (PSC), na tarde da última quarta-feira (15) discutiu a realidade do abastecimento de água no município.

De acordo com o prefeito, apesar das melhorias efetivadas no fornecimento de água, ainda há bairros e localidades do município que passam por dificuldades para receber água tratada. “Herdamos uma situação muito ruim em termos de abastecimento, da cobertura da rede de água, com equipamentos antigos e tratamento inadequado. Estamos mudando esta realidade, melhorando a qualidade da água oferecida à população, ampliando o fornecimento a diversos bairros e localidades, melhorando a captação e a distribuição”, disse Torres.

LEIA MAIS

Após impasses com a Compesa, Prefeitura anuncia investimento de R$ 6 milhões para recuperar saneamento do Dom Avelar

(Foto: Ascom)

A Prefeitura de Petrolina (PE) está dando mais um importante passo para sanar os problemas crônicos de esgotamento sanitário na cidade. Após vários impasses com a Compesa, o prefeito Miguel Coelho decidiu intervir na problemática da zona leste e anunciou um investimento de cerca de R$ 6 milhões para recuperar a bacia do bairro Dom Avelar. Com a iniciativa da prefeitura, a expectativa é de que em 30 dias seja lançada a licitação para dar andamento à obra.

De acordo com a prefeitura, a Compesa, que é a responsável pelo sistema de água e esgotos na cidade, ainda se recusa a utilizar um empréstimo de R$ 38 milhões disponível junto à Caixa Econômica e intermediado pelo prefeito para resolver os problemas da cidade. Este valor, seria suficiente para sanar problemas de esgotamento em bairros como Dom Avelar, Santa Luzia, Terras do Sul, São Joaquim, Padre Cícero, Vila Débora e Antônio Cassimiro.

Segundo o prefeito Miguel Coelho, a intervenção é mais uma prova do interesse da gestão municipal em enfrentar a questão da água e esgoto de Petrolina. “A obra no Dom Avelar é apenas uma das ações nossas para melhorar esses serviços na cidade. A maior intervenção será quando nosso processo de implantação de um novo serviço de água e esgoto começar a operar, o que trará mais investimentos para a cidade e o fim dessa polêmica que ninguém mais aguenta”, afirma o prefeito.

LEIA MAIS

Prefeitura anuncia ação emergencial para reduzir esgotos no Antônio Cassimiro

(Foto: Ascom)

Apesar de não ser a responsável pelos serviços de água e esgotos na cidade, a Prefeitura de Petrolina anunciou uma medida emergencial para amenizar os transtornos provocados pelos esgotos que se espalham pelo bairro Antônio Cassimiro. As intervenções terão início nesta terça-feira (16) e serão possíveis após uma parceria entre a Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) e a Compesa.

Durante visita à comunidade na manhã desta segunda-feira (15), o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira, ressaltou que a prefeitura não possui responsabilidade pelos serviços, mas agirá de forma excepcional diante da problemática na comunidade. “É importante, mais uma vez, lembrar que a prefeitura não tem responsabilidade sobre isso. Trata-se de uma área onde a Compesa não opera, e por isso, foi necessário esse acordo pontual para tentar resolver essa problemática que aflige toda a população desta área”, disse.

Quem também acompanhou a visita foi o secretário executivo de infraestrutura, Anderson Freire. Segundo ele, os serviços irão contemplar as ruas 5, 7 e 8 do Antônio Cassimiro nas quais a prefeitura disponibilizará uma retroescavadeira e também fará a recuperação do pavimento. Já a Compesa, ficará responsável pela desobstrução do esgoto e ainda pela recomposição da tubulação.

Caos em Juazeiro: esgoto a céu aberto afeta moradores de várias ruas do bairro Antônio Guilhermino

“Nós moradores do bairro Antônio Guilhermino em Juazeiro, estamos sofrendo há mais de um ano com o esgoto jorrando a céu aberto nas portas, e até entrando nas  residências. Nós moradores estamos revoltados com o descaso do poder público municipal.”

Este é o desabafo de Felipe Juliano, morador do bairro Antônio Guilhermino. Em contato com o Blog Waldiney Passos, ele denunciou o drama vivido pela comunidade. São mais de três ruas cortadas por esgoto que escorre pelo bairro, colocando em risco a saúde da população.

Através do WhatsApp, Felipe Juliano enviou fotos de diferentes pontos do bairro onde o problema é mais crítico. Na Rua 8, por exemplo, uma senhora é vista passando por dentro do esgoto; na Rua 7, onde está localizado o posto de saúde, os porcos passeiam por dentro da lama de dejetos. E na Rua 13, casas estão rodeadas de esgoto.

LEIA MAIS

Enquete: a Compesa presta um bom serviço em Petrolina?

A Compesa presta um bom serviço em Petrolina?

 

Atual responsável pelo saneamento básico em Petrolina, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) é criticada diariamente pelo trabalho realizado no município. Embora seja eleita por revistas como uma das melhores empresas de saneamento do país, a companhia não consegue emplacar um bom serviço na cidade pernambucana.

Além da constante falta de água registrada semanalmente em diversos bairros do município, os moradores reclamam de esgotos a céu aberto e bocas de lobo estouradas, por exemplo.

A empresa, inclusive, chegou a ser multada duas vezes – em R$ 20 milhões e R$ 800 mil – pela prefeitura por despejar esgoto sem tratamento diretamente no Rio São Francisco. Na oportunidade, a Compesa negou as acusações.

Municipalização do serviço

A prefeitura de Petrolina, com a promessa de melhorar o serviço de saneamento para as comunidades, defende a municipalização do serviço, tratada como prioridade do governo municipal, que, caso se concretize, será exercida por meio de uma Parceria Público Privada (PPP).

LEIA MAIS

Vereadores solicitam audiência pública sobre municipalização da rede de saneamento em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta quinta-feira (21), os vereadores da bancada de oposição de Petrolina (PE) devem solicitar uma audiência pública para discutir sobre a viabilidade do processo de municipalização da rede de saneamento da cidade.

Além disso, o requerimento solicita a presença de autoridades políticas e técnicas para participarem do evento, que deve acontecer no dia 15 de março, e prevê o debate sobre “soluções urgentes e aptas a combater o atual cenário e as dificuldades ocasionadas pela falta de investimentos no setor ao longo do tempo e que causam tantos transtornos à população”.

LEIA TAMBÉM

Imbróglio político entre Compesa e Petrolina é discutido na Casa Plínio Amorim

Diversos bairros de Petrolina ficam sem água no final de semana e população cobra resposta da Compesa

Petrolina: municipalização do saneamento básico continua como prioridade do governo municipal

Na última semana, os parlamentares das duas bancadas mostraram harmonia quando debatiam sobre a qualidade do serviço prestado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no município. Na oportunidade, Gabriel Menezes (PSL) afirmou que a bancada de oposição apoiaria a municipalização do serviço.

Embora seja a favor da municipalização do serviço, a bancada de oposição critica a forma de Parceria Público Privada (PPP). Segundo o vereador Gilmar Santos (PT), “é importante que o debate seja aprofundado, [mas] há uma desconfiança no modelo PPP da municipalização”.

No final de janeiro deste ano, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, reiterou sua vontade de municipalizar o serviço durante audiência em que foi discutido o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). “Uma vez o Plano Municipal aprovado, a gente pode publicar o edital de licitação da nova PPP [Parceria Público Privada]”, disse.

Reclamações

Nos últimos dias, após as chuvas aparecerem na cidade, foi possível registrar diversas reclamações da população petrolinense sobre a falta de água, principalmente. Na oportunidade, a Compesa informou que uma oscilação de energia teria provocado a queda de vazão do abastecimento.

Petrolina conclui plano de saneamento e quer alcançar 90% de cobertura de esgoto até 2025

A meta mais ousada do plano municipal é atingir 100% de saneamento básico em 35 anos.

Com 72% de saneamento da área urbana, o esgotamento sanitário é uma das pautas mais cobradas pelos petrolinenses todos os dias. Por isso, o assunto tem sido prioridade da Prefeitura  de Petrolina nos dois últimos anos.

Nesta quarta-feira (13), o tema ganhou um marco que vai guiar o futuro do saneamento do município, pois o prefeito Miguel Coelho recebeu um volume finalizado do plano municipal de saneamento básico, que, entre outras metas, pretende atingir 90% de cobertura de esgoto nos bairros com novas obras em áreas como a bacia do Dom Avelar.

O conteúdo estipula um conjunto de metas e ações para os próximos 35 anos. Além de ampliar o esgotamento, o documento prevê o compromisso de levar abastecimento de água a 64 localidades negligenciadas durante décadas pela Compesa na zona rural, como os perímetros irrigados.

“A cobertura de água hoje é de mais de 95% nos bairros, mas a zona rural, que é a área mais necessitada foi esquecida. Nosso compromisso é começar levar água para essa gente do interior, seja com a Compesa ou uma nova empresa em parceria público-privada”, explicou o prefeito ao receber o material.

LEIA MAIS
123