Professores de Juazeiro realizam novo protesto e fazem críticas aos poderes Executivo e Legislativo

Os professores da rede municipal de ensino de Juazeiro (BA) voltaram a ocupar as ruas da cidade, nesta quarta-feira (20), para mais uma vez protestar contra a gestão municipal. A classe fez um “apitaço”, se mostrando contrária à retirada de 20% da regência de classe e o reajuste dado aos profissionais.

Eles também levaram cartazes pedindo a saía da atual secretária de Educação, Normeide Almeida. Houve ainda críticas ao Poder Legislativo, na pessoa do presidente Berg da Carnaíba, por aprovarem o projeto de lei que prejudicou a categoria.

A Prefeitura emitiu uma nota sobre a manifestação de hoje, afirmando que “age de acordo com a legalidade e transparência” e reafirmou ter garantido o pagamento do piso salarial nacional do magistério. Confira a seguir a nota:

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro entrega quatro unidades reformadas e climatizadas no bairro Itaberaba

Unidade foi entregue à população no começo desta semana

Quatro escolas foram reformadas e climatizadas e entregues à população do bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA), no começo desta semana. Foram entregues as unidades Professora Dinorah Albernaz Melo da Silva, Professor José Pereira da Silva, e as de Educação Infantil, Ana Maria Morgado Chaves e Luana da Silva Nascimento, que juntas atendem mais de 1.700 alunos, desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental.

O projeto das obras incluía, além da climatização de todas as salas, revisões hidráulicas e elétricas, colocação de forro, construção de parque infantil e refeitório, requalificação da quadra poliesportiva e construção de muro, readequação de ambientes para promoção de acessibilidade dos alunos.

O serviço faz parte de um pacote para transformar 23 unidades em alto padrão no governo de Suzana Ramos (PSDB). “Em um ano e quatro meses é uma satisfação muito grande saber que já entregamos 23 escolas totalmente reformadas. Costumo dizer que não sabemos qual a mais bonita, ficaram todas com qualidade, e nós vemos a satisfação dos pais e das crianças, no carinho que estou recebendo em cada bairro“, disse a gestora.

Em assembleia, APLB aprova moção de repúdio à secretária de Educação de Juazeiro

A APLB Sindicato promoveu, no dia 1º de abril, mais uma assembleia com seus filiados e a categoria decidiu propor uma Moção de Repúdio à atual secretária de Educação, Normeide Almeida. Descontentes com propostas do Poder Executivo municipal, os docentes também solicitam a exoneração da titular da pasta.

Ainda segundo a APLB, durante o encontro, foi feito um abaixo-assinado solicitando a saída de Normeide. Esses gestos representam a insatisfação da classe, que afirma estar sendo desvalorizada pela gestão municipal.

LEIA MAIS

Juazeiro: após manifestação de professores, Seduc afirma que reajuste “atende a proposta nacional”

A Prefeitura de Juazeiro (BA) encaminhou uma nota ao Blog, em resposta à uma matéria publicada na quarta-feira (23) sobre a manifestação de professores da rede municipal. Em novo ato, a categoria voltou a cobrar o pagamento do piso nacional e também entoou coro pedindo a saída da atual titular da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc).

LEIA TAMBÉM

Professores de Juazeiro fazem manifestação e pedem a saída da secretária de educação do município

De acordo com a nota, o “município ampliou para 26% o percentual de reajuste no salário-base para os professores da rede municipal de ensino. A medida apresentada atende a proposta nacional de reajuste e a lei de Responsabilidade Fiscal, bem como a responsabilidade financeira do município, garantindo a manutenção das atividades da educação no município”.

LEIA MAIS

Professores de Juazeiro fazem manifestação e pedem a saída da secretária de educação do município

Os trabalhadores da educação em Juazeiro realizaram manifestação, nesta quarta-feira (23), na frente do prédio sede da Secretaria Municipal de Educação e Juventude. O protesto foi realizado na porta da Seduc enquanto a Câmara de Vereadores se preparava para votar o Projeto de Lei do Executivo que tratava do reajuste do Piso Nacional do Magistério, mas de última hora o projeto foi retirado da pauta de votação.

Segundo a RedeGN, na manifestação os professores em coro proferiram algumas palavras de ordem e na seqüência defenderam a saída da Secretária de Educação e Juventude: Fora Normeide.

Seduc emite nota sobre irregularidades na Escola Hebert Mouze apontadas pelo Ministério Público da Bahia

(Foto: ASCOM)

Em resposta ao Blog Waldiney Passos, a Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) de Juazeiro esclareceu que a notificação do Ministério Público da Bahia sobre a Escola Municipal de Educação Infantil Hebert Mouze aconteceu em 2020.

LEIA TAMBÉM 

MPBA: Juazeiro é acionado para garantir funcionamento adequado da Escola Herbert Mouze Rodrigues

Ainda de acordo com anota da Seduc , em março de 2021, a Seduc respondeu o ofício do Ministério Público sobre os problemas apontados pela Vigilância Sanitária, relatando a realização de todas as adequações solicitadas.

Entenda o caso

O Município de Juazeiro foi acionado pelo Ministério Público estadual para que seja obrigado a implantar uma série de medidas que garantam aos alunos e professores da Escola Herbert Mouze Rodrigues adequadas e seguras condições de ensino. Na ação, ajuizada pela promotora de Justiça Rita de Cássia Rodrigues, o MP aponta diversas irregularidades constatadas pela Vigilância Sanitária e pelo Corpo de Bombeiros, que verificaram que a unidade escolar “possui condições insatisfatórias de funcionamento, com relação às obrigações sanitárias, saúde pública e de segurança coletiva, em flagrante descumprimento aos preceitos legais”.

Juazeiro retoma aulas na rede municipal de ensino

Os alunos da rede municipal de ensino de Juazeiro (BA) voltaram às aulas na segunda-feira (14). De acordo com a Secretaria de Educação (SEDUC), o retorno ocorre de forma escalonada, até o final deste mês. Conforme a programação, neste momento as aulas serão realizadas em formato remoto, utilizando a Plataforma Escola Presente.

Na sequência, de 21 a 25 de março, acontece o retorno presencial dos estudantes da Educação Infantil. E a partir de 28 de março, voltam os alunos do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), com exceção das escolas que estão passando por reforma em sua infraestrutura para promover o bem-estar dos alunos e colaboradores.

Antes da retomada das aulas, a Prefeitura de Juazeiro promoveu a tradicional Jornada Pedagógica, debatendo ideias com os professores e apresentando as novas estratégias de ensino para o ano letivo de 2022.

Prefeitura inicia entrega de notebooks para escolas do interior de Juazeiro

A Prefeitura Municipal de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) iniciou a entrega de notebooks para as unidades escolares do interior no municipio. A gestão segue cuidando das necessidades dos professores, a fim de  garantir a qualidade do ensino.

Uma das finalidades do equipamento é o acesso ao Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), espaço onde o professor realiza registros da aula de forma online, além de outros serviços.

Para Robson Santana Marreiro, gestor da Escola Manoel Nunes Amorim, localizada no Salitre, o material irá contribuir na rotina escolar, tendo em vista a necessidade de tecnologia nas aulas. “Os aparelhos vão contribuir no trabalho pedagógico, pois são recursos que auxiliam o professor e suas necessidades”, comenta o gestor.

Etapas da entrega

Todas as escolas da sede já foram contempladas. Nesse momento, no interior estão sendo realizadas as entregas para os anos iniciais, na próxima etapa serão contempladas as unidades de anos finais e posteriormente as Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs). O objetivo é que todos os segmentos sejam contemplados.

Professores da rede municipal de Juazeiro voltam a protestar por pagamento do piso salarial

Professores da rede municipal de ensino de Juazeiro (BA) seguem protestando pelo cumprimento da lei do piso salarial da categoria. Nesta segunda-feira (7), um grupo foi às ruas, para pressionar a gestão municipal. O ato é organizado pela APLB.

Mas segundo a Prefeitura de Juazeiro, o pagamento do piso salarial está garantido “conforme Portaria 67/2022”. “A medida apresentada atende a proposta nacional e a lei de Responsabilidade Fiscal, bem como garante a manutenção das atividades da educação no município”, diz a nota enviada ao Blog.

Confira a seguir o posicionamento da Prefeitura sobre o ato de hoje:

LEIA MAIS

Matrículas para Educação de Jovens e Adultos na rede municipal de Juazeiro  seguem até 14 de março

A Educação de Jovens e Adultos (Eja) é uma modalidade de ensino que visa proporcionar a complementação ou início dos estudos para aqueles que não tiveram oportunidades de completar o ciclo regularmente. Na rede municipal de Juazeiro, as matrículas para esse segmento seguem até o dia 14 de março e podem ser realizadas em umas das 24 escolas municipais que ofertam a modalidade, na sede e interior.

Estão aptos a se matricularem na Eja, pessoas acima de 15 anos, que devem procurar as escolas municipais portando os seguintes documentos: Histórico escolar, Comprovante de vacinação, RG, CPF, duas fotos 3X4, comprovante de residência e NIS (Número de Identificação Social).

“O município busca proporcionar uma educação de qualidade para todos e, além disso, mecanismos para manter esse aluno ativo na escola. A Eja é uma modalidade especial e a Seduc incentiva as matrículas, pois entendemos que a educação é transformadora e pode mudar realidades, independente da idade”, ressaltou a secretária de Educação  e Juventude, Normeide Almeida.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro reforçará ensino híbrido com construção de estúdio próprio para gravação de materiais educacionais

A rede municipal de ensino de Juazeiro já aderiu ao ensino híbrido, tendência que consiste na aliança entre o ensino presencial e metodologias remotas de suporte, bastante utilizado durante a pandemia da Covid-19. Por aliar tecnologias aos processos tradicionais de ensino, essa tendência traz melhorias aos processos de ensino e aprendizagem dos alunos.

Entendendo essa nova realidade no segmento, a prefeitura através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), está investindo cerca de R$ 170 mil na construção de um estúdio próprio para gravação de materiais educacionais, para disponibilização nas plataformas remotas de ensino do município.

O estúdio, que já está em fase de construção, é localizado no Núcleo de Tecnologia Municipal  (NTM), no prédio da Escola de Formação de Educadores Parlim (Efep) e seu projeto arquitetônico contempla sala de gravação com revestimentos e pisos acústicos e antichamas, portas acústicas, recepção, sala de descanso, sala de espera, copa e depósito.

O equipamento será utilizado por profissionais da Seduc para gravação de aulas remotas, materiais de apoio ao ensino e outros conteúdos educacionais, que serão disponibilizados em canais oficiais da Seduc, como a Plataforma Escola Presente, a TV Escola Juazeiro e o canal Seduc Juazeiro-BA,  no YouTube. A previsão de entrega do estúdio de gravação é já na segunda quinzena de março.

“Essa é mais uma iniciativa que estamos desenvolvendo, considerando essa nova realidade na Educação. A tecnologia é algo que já faz parte das nossas vidas, inclusive dos estudantes, e é um aspecto que ficou bem evidente e necessário com a pandemia. Oferecer ferramentas que potencializem o ensino, através de metodologias remotas, e meios para sua produção e acesso, são metas da gestão Suzana Ramos para o segmento”, explicou a secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida.

Ascom

Secretaria de Educação de Juazeiro reúne gestores e coordenadores das Escolas Municipais de Tempo Integral para revisar matrizes curriculares

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), realizou nesta sexta-feira (28) uma reunião com o objetivo de revisar e autenticar as matrizes curriculares das Escolas Municipais de Tempo Integral. Com um formato dinâmico, o encontro contou com a presença da superintendente de Ensino, Williany Cunha e o assessor pedagógico da Superintendência de Ensino, Salvador Alexandre, em conjunto com gestores e coordenadores das escolas do município.

Foram apresentadas as matrizes curriculares trabalhadas nas Escolas de Tempo Integral e os seus componentes (disciplinas), além da apresentação das ementas da parte diversificada, *como explica Willany Cunha. “O nosso objetivo é validar e implementar as matrizes curriculares das Escolas de Tempo Integral, visando com isso obter um melhor resultado no atendimento às crianças e jovens, voltado para aprendizagem e desenvolvimento”, ressaltou a superintendente.

Dentre as disciplinas ofertadas, destacam-se inglês, dança, empreendedorismo, teatro, robótica, entre várias outras que serão definidas a partir das necessidades individuais de cada escola e ofertadas no período oposto às atividades regulares da escola.

“A reunião de hoje está nos oferecendo uma série de pontos positivos, como a ideia de que podemos fortalecer o currículo que já temos em mãos de uma maneira mais condensada, considerando aquilo que é essencial para a realidade atual, para fazer a diferença no trabalho das nossas escolas”, relata Rosilene Leal, coordenadora pedagógica da Escola Américo Tanuri, localizada no distrito de Maniçoba.

Após a mobilização para a reconstrução do currículo seguindo os preceitos do Ministério da Educação, a decisão dos componentes escolhidos para cada escola será submetida aos órgãos responsáveis, para que seja feita a validação.

Novas Escolas de Tempo Integral

O município de Juazeiro irá ampliar o atendimento do ensino integral na rede municipal. Em 2022, as Escolas Municipais Rural de Massaroca, Bom Jesus (NH1), Eliseu Santos, Caic Misael Aguilar e Eleotério Soares passarão a atender na modalidade Tempo Integral, garantindo mais efetividade na educação juazeirense.

Ascom

Secretaria de Educação de Juazeiro inicia mobilização para construção de novo currículo escolar

A rede municipal de ensino de Juazeiro terá um novo currículo escolar para nortear as ações de ensino, de forma contextualizada com a realidade local. Para isso, a Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), está realizando encontros para alinhamento da construção desse novo documento. Os gestores escolares e coordenadores pedagógicos da rede municipal participaram de uma apresentação da nova proposta e orientação para mobilização do trabalho sobre o novo currículo nas escolas.

O evento aconteceu de forma escalonada, seguindo os protocolos de segurança sanitária, inclusive, com a sanitização do ambiente. A programação teve a participação da secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida, da equipe técnico-pedagógica da Seduc e da consultora da empresa responsável pelo desenvolvimento da proposta, Ana Virgínia Félix.

Entre os aspectos destacados na ocasião, foram abordadas a importância da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), enquanto documento norteador na construção do novo currículo; a relevância de um documento contextualizado com a realidade local, para a promoção de bons resultados na educação; e a estrutura inicial  da nova proposta. Além disso, também foram esclarecidos pontos sobre os processos de construção do novo documento.

“A construção desse documento de forma coletiva, é o exercício da gestão democrática do ensino público. É muito importante darmos a ‘cara de Juazeiro’ à educação municipal, para fortalecermos o sentimento de pertencimento por parte da comunidade escolar”, destacou Normeide Almeida.

O coordenador pedagógico da Escola Municipal José de Amorim, Aurílio Marcos Alves da Silva, destacou a importância da construção de um novo currículo para a rede municipal. “Conseguimos contribuir e valorizar aquilo que é de essência da nossa região, da nossa cidade de Juazeiro e construir uma identidade para esse processo de educação que nós tanto enxergamos como importante para a vida do estudante”, finalizou o coordenador.

A discussão será estendida aos professores da rede municipal, com a realização de um Simpósio para apresentação de contribuições da comunidade escolar. A conclusão do novo currículo está prevista para o mês de julho, para aplicação nos próximos 10 anos.

Ascom-Seduc

Profissionais da rede municipal de ensino de Juazeiro participarão de curso sobre desinfecção e sanitização escolar

Para reforçar o cuidado e prevenção ao coronavírus e suas variantes nas escolas municipais de Juazeiro, profissionais que atuam nas unidades de ensino participarão de um curso de desinfecção e sanitização escolar, que será realizado no dia 27 de janeiro. A iniciativa realizada pela Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) será aplicada pela empresa Vulcanjet Brasil, com o objetivo de garantir a segurança sanitária nas escolas, a partir das etapas de desinfecção do ambiente, superfícies e do ar, para eliminar microorganismos causadores de doenças, entre eles, as variantes do coronavírus, Delta e Ômicron.

O curso é destinado a cerca de 600 profissionais, entre auxiliares de serviços gerais, merendeiras, gestores e vice-gestores que atuam em unidades de ensino da sede e interior do município. A participação ocorrerá mediante inscrição prévia, que pode ser realizada até o dia 26 de janeiro, através de formulário eletrônico (https://www.even3.com.br/cursodesinfeccaoseducvulcanjet/).

Formações

As formações acontecerão na Comunidade Alcance, no período de 8h às 17h, de forma escalonada, e contarão com palestras ministradas por um corpo técnico especializado. O local também será sanitizado antes, nos intervalos e ao término do curso, bem como, as carteiras e utensílios utilizados.

“Essa atividade é mais uma ferramenta de preparação dos nossos colaboradores para o retorno das aulas, considerando as diversas repercussões da pandemia. Cuidar dos ambientes de ensino e orientar nossos profissionais quanto a esse cuidado que será diário nas escolas, é imprescindível para a segurança sanitária de nossos alunos e colaboradores”, finalizou a secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida.

Ascom

Pré-matrícula nas creches de Juazeiro segue até sexta-feira

(Foto: ASCOM)

A pré-matrícula para novos alunos no segmento Educação Infantil (creches), da rede municipal de ensino de Juazeiro continua até esta sexta-feira (14). Desta forma, os pais ou responsáveis devem acessar o Portal da Educação Municipal para preencher o questionário socioeconômico e pleitear a vaga.

Segundo a Prefeitura de Juazeiro, o resultado final será divulgado no dia 18 de janeiro. Na sequência, os pais ou responsáveis devem validar a matrícula, entre 19 e 21 deste mês, nas escolas, em data e horário agendado pelo Portal da Educação Municipal.

Para confirmar a matrícula, o responsável deverá entregar a seguinte documentação: Protocolo de inscrição; Certidão de Nascimento ou documento de identificação da criança com foto (original e cópia); CPF da mãe ou responsável legal (original); Carteira de Identidade da mãe ou responsável legal (original); Comprovante de residência da mãe ou responsável legal; Carteira de Vacinação (original e cópia); Número do NIS (Número de Identificação Social) da criança; Duas fotos ¾; Documentos que comprovem os “Critérios de Prioridade para o Atendimento”, descritos na Instrução Normativa Nº002/2021, publicada no Diário Oficial do Município (Doem).

123