DF começa a montar grades na Esplanada para votação do impeachment

Um muro de metal dividindo a Esplanada ao meio deve começar a ser erguido neste fim de semana, nos mesmos moldes do isolamento que foi feito para a votação no plenário da Câmara/Foto:Wilson Dias/Agência Brasil

Um muro de metal dividindo a Esplanada ao meio deve começar a ser erguido neste fim de semana, nos mesmos moldes do isolamento que foi feito para a votação no plenário da Câmara/Foto:Wilson Dias/Agência Brasil

O governo do Distrito Federal já começa a montar o esquema de segurança na Esplanada dos Ministérios para a primeira votação sobre o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, que ocorrerá esta semana no Senado.

As grades que vão dividir o público contrário e favorável ao impeachment já estão no gramado em frente ao Congresso Nacional. Um muro de metal dividindo a Esplanada ao meio deve começar a ser erguido neste fim de semana, nos mesmos moldes do isolamento que foi feito para a votação no plenário da Câmara, no último dia 17. Manifestantes pró e contra o governo devem comparecer para acompanhar a decisão do plenário do Senado sobre o afastamento da presidenta.

O esquema de segurança também deve incluir um vão dos dois lados do muro, onde poderão ser feitos atendimentos de emergência pelo Corpo de Bombeiros, caso seja necessário. Além disso, o gramado logo em frente ao Congresso Nacional ficará isolado, com os manifestantes sendo mantidos distantes do prédio.

Nesta semana foi aprovado o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável à admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma na Comissão Especial do Impeachment no Senado. A aprovação abre caminho para a votação do parecer no plenário. A sessão deverá começar na quarta-feira (11), mas a votação só deve ocorrer na quinta-feira (12).

Com informações da Agência Brasil

Definido o percurso da tocha olímpica Rio 2016 em Juazeiro  

Órgãos de segurança estiveram reunidos com representantes da prefeitura de Juazeiro para definir percurso da Tocha Olímpica/Foto: ASCOM

Órgãos de segurança estiveram reunidos com representantes da prefeitura de Juazeiro para definirem percurso da Tocha Olímpica/Foto: ASCOM

O coordenador da Comissão Municipal de Revezamento, Samuel Morais, e o diretor-presidente da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), Vilmar Ferreira, apresentaram nesta quarta, o percurso da tocha olímpica Rio 2016 em Juazeiro, para as forças de segurança que irão atuar no evento.

A chama olímpica chegou ao Brasil na última terça (03) e irá passar por mais de 300 municípios. Na Bahia, 26 cidades serão contempladas. A tocha estará em Juazeiro dia 26 de maio e percorrerá 6 km. O percurso irá iniciar em frente ao 3º Batalhão da Polícia Militar de Juazeiro e finalizará na Orla 2.

Vilmar Ferreira afirmou que o objetivo da reunião foi alinhar os procedimentos de segurança para manter a ordem do evento e definir um plano de ação. “Nosso objetivo é ter uma passagem tranquila pela cidade. O evento é mundial e precisa ter uma atenção especial por parte da segurança”, afirmou o diretor-presente da CSTT.

Participaram da reunião a Comandante da Guarda Municipal, Josilene Lins, o Superintendente de Esportes do município, Gilberto Pacheco, e representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, e Agência Fluvial de Juazeiro.

Com informações da Assessoria

Participação da PM no evento Caprishow, em Dormentes, é discutida durante reunião

Segurança durante Caprishow foi discutida durante reunião no 5 BPM

Segurança na Caprishow foi discutida durante reunião no 5 BPM

O comando do 5º Batalhão da Polícia Militar deve intensificar o policiamento ostensivo e preventivo durante a realização da 11ª edição do Caprishow, feira de caprinos e ovinos que acontece no município de Dormentes, entre os dias 20 e 22 de Maio. O evento atrai um número muito grande de turistas de toda a região, que além de participarem das atividades técnicas, aproveitam para curtir a extensa programação cultural que inclui shows de artistas regionais e nacionais.

Nesta quinta (14), o comandante da PM em Petrolina, tenente coronel Ricardo Peres, recebeu o prefeito de Dormentes, Roniere Reis, para discutirem sobre a logística de segurança pública que será implementada nesta edição.

De acordo com a assessoria de comunicação do 5º BPM, o comandante já se prontificou em apoiar o evento, que movimenta toda a região. Vários criadores de caprinos e ovinos aproveitam a ocasião para comercializar seus animais.

Com informações do 5º BPM

Segurança nas barragens é tema de audiência pública no Senado

FBC Barragens_Audiência

Na tarde desta terça-feira (15), durante audiência pública na Comissão Temporária da Política Nacional de Segurança de Barragens (CTPNSB), no Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) defendeu o aperfeiçoamento do marco legal do setor e a instituição, no Brasil, da chamada “cultura de Boas Práticas” para o segmento, a exemplo do que fazem países como o Canadá.

Na avaliação do senador, a legislação atual – principalmente, a Lei 12.334/2010, que instituiu a referida Política,”deixou muito frouxa” a previsão de penalidades e punições pelo descumprimento de medidas voltadas à mitigação de riscos, o que pode resultar em incidentes ou desastres envolvendo este tipo de empreendimento, como aconteceu no episódio de rompimento da Barragem do Fundão, na região de Mariana (MG).

Também participaram da audiência pública na CTPNSB, o relator da comissão, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES); e os representantes da Associação Canadense de Barragens Canadian Dam Association, Andy Small; do Comitê Brasileiro de Barragens, Carlos Henrique Medeiros; do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea/MG), José do Carmo Dias; e do Centro de Estudos Avançados em Segurança de Barragens, Dimilson Pinto Coelho.

Para Andy Small, “o Brasil pode contar com assessoria técnica adicional” neste segmento, a exemplo do que oferece aCanadian Dam Association. Formada por profissionais que trabalham voluntariamente, a entidade canadense não tem fins lucrativos e atua em ações como monitoramento de barragens, controle de vazão e riscos de inundação.

Ao também defender que o Brasil adote melhores práticas, critérios e tecnologias de controle de qualidade no segmento, Dimilson Coelho afirmou que o país deve unificar e manter atualizada a base de dados relativas ao setor. “Para, inclusive, facilitar a tomada rápida de decisões, em caso de riscos”, afirmou.

Senador questiona segurança de estruturas de barragens  

FBC Barragens 1

Em audiência pública realizada na Comissão Temporária da Política Nacional de Segurança de Barragens (CTPNSB), nesta terça-feira (01), que tratou sobre o rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana-MG, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) questionou os especialistas e representantes públicos presentes sobre os métodos que vem sendo utilizados para a construção de barragens.

Bezerra indagou o professor Carlos Barreira Martinez, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), se a sugestão apresentada pelo acadêmico em se construir barragens pelo método jusante, considerado mais seguro em relação ao sistema de montante, muito comum no Brasil e que representa cerca de 70% das barragens de Minas Gerais, era utilizado em outros países. O professor Martinez deu como exemplo o Chile que, desde 1970, constrói barragens pelo método jusante, avaliado de custo maior e que compromete uma área bem mais abrangente para edificação, porém, muito mais seguro, esclareceu.

Durante exposição feita por Walter Arcoverde, diretor de Fiscalização do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), que falou sobre as funções do órgão na gestão e segurança de barragens, Fernando Bezerra declarou que “não acredita que a ampliação da fiscalização vai resolver os problemas na segurança das barragens. É preciso melhorar a estrutura do DNPM, que sofreu muito nesses últimos anos ”.

LEGISLAÇÃO – Dificuldade jurídica em definir atribuições, necessidade de criação de legislação para situações extremas, num ambiente que há déficit regulatório, criação de uma caução ambiental com aprovisionamento de recursos, e um alerta sobre a segurança de outras barragens em Minas Gerais, foram questões levantadas por Carlos Eduardo Ferreira Pinto, procurador do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), e apoiada pelo senador Fernando Bezerra, que completou:

Participaram também da audiência Joaquim Pimenta de Ávila, projetista da Barragem do Fundão; e José Mário Queiroga Mafra, engenheiro da empresa VOGBR, que tem atuação nas áreas de engenharia geotécnica e recursos hídricos, voltada para o setor de mineração. Mafra declarou que a última inspeção realizada nas barragens da região afetada foi feita pela empresa em julho de 2015, ao afirmar que naquele período “nada demonstrava perigo de rompimento da barragem”.

Devido a falta de segurança agência do Banco do Brasil em Afrânio-PE continua de portas fechadas

Banco do Brasil Afrânio

Assaltada no dia 19/01/16, a agência do Banco do Brasil em Afrânio PE, encontra-se fechada até hoje (11/02/16), ou seja, os clientes da mesma que pagam caro pela movimentação financeira estão indignados com o desvio de punição. Se o Estado não proporciona a segurança adequada, que a cobrança seja dirigida ao Governo, e não ao povo. A população sertaneja cliente da agência 1011-1, do Banco do Brasil em Afrânio quer uma resposta da entidade financeira em questão, em relação a volta dos serviços pelos quais todos pagam caro. Ultimamente uma rotina estranha tem massacrado os clientes do (BB) que pedem uma solução.

Banco do Brasil Afrânio 01

Senhores de idade sofrem em enormes filas na tentativa de tirar os benefícios na agência dos correios ou em pontos pequenos desproporcionais a tamanhas aglomerações. Outros correm riscos indo a outras cidades na luta pela sobrevivência, pois os salários dos trabalhadores são sustentáculos para as famílias, todos precisam receber. Questionamento: se acontecer algum imprevisto com o cliente: doença, acidente, ou falta de dinheiro mesmo, e este tiver que parar uns dias de pagar suas tarifas, o banco entende? Tenho certeza que unanimemente todos responderão não. Então o porquê disso? Os bandidos assaltam, o estado não faz a segurança necessária, a agência que só lucra e lucra muito, não diz nada, se os serviços vão voltar e nem quando, todos se calam, e a clientela é quem paga por tudo? Tá certo? _ Sabemos que a entidade financeira é a mais forte nesse sentido, tanto é que dela estamos precisando, mas por favor, analisem o direito do cidadão que não aguenta mais ver a corda quebrar e ser emendada só nas costas dos mais fracos, o povo.

Com informações do Blog do G Silva.

 

Caminhada pede mais segurança pública para Afrânio

Passeata Afrânio 1

Cansados da onda de violência que acontece na cidade e assustam os moradores, a população de Afrânio realizou passeata pelas ruas da cidade reclamando do quadro pequeno das polícias Civil e Militar e exigindo mais segurança do Governo do Estado de Pernambuco.

O manifesto realizado nesta terça-feira (02) circulou pelas ruas e avenidas da cidade, de acordo com os organizadores do movimento o número de cidadãos que clamam por mais segurança no município e que participaram da passeata, superou a expectativa.

A Prefeita Lúcia Mariano determinou o fechamento das atividades da Prefeitura logo cedo, seguindo a determinação do comercio que também cerrou as portas para estar junto ao protesto.

A cidade unida mostrou que quando o assunto é proteção das famílias, não existe cores partidárias, preferências religiosas ou condição social. Em Afrânio todo mundo se juntou para o protesto.

A causa da segurança é assunto de todos nós. Se o governo estiver pensando que vamos ficar calados, se enganou, porque vamos continuar lutando pela paz de nossa terra”, destacou a Prefeita Lucia Mariano,

O protesto contou com o apoio da Associação Comercial, CDL e Câmara de vereadores que agradeceram a presença do povo.

Segurança: Afrânio deve receber sete câmeras de segurança

cameras afranio

Na manhã de sexta-feira (29), a Polícia Militar reuniu-se com  com representantes da prefeitura e integrantes da Associação Comercial da cidade de Afrânio, Sertão pernambucano, para abordar a implantação de câmeras de monitoramento no centro da cidade.

20160130023105

As câmeras serão instaladas em pontos estratégicos para viabilizar maior segurança à cidade. Os aparelhos tem uma visão completa, no ângulo de 360° graus e serão operadas pela Polícia Militar, diretamente da sede Companhia de Polícia Militar em Afrânio.  Sedo assim, será possível o acompanhando de toda movimentação do Centro cidade, inibindo novas ações criminosas no município.

Polícia Civil de Pernambuco fará paralisação na próxima terça-feira

assembleia-dos-policiais-civis-02-site-600x286

Na próxima terça-feira (02/02) o Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) realizará uma assembleia geral para discutir medidas acerca do descumprimento de compromissos firmados por parte do Governo do Estado com a categoria. Apesar de firmar em documento, o governo ainda não publicou no Diário Oficial a formação dos dois grupos de trabalho para reformular o PCCV (Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos) e para elaborar a Lei Orgânica da Polícia Civil.

Ainda de acordo com os compromissos entre governo e categoria assinado em dezembro de 2015, no início do período legislativo, que compreende o dia  1º de fevereiro, o Governo enviaria um Projeto de Lei reformulando o atual PCCV da Polícia Civil e alterando as faixas de progressão de 1,5% para 2%, que já poderia vigorar em abril de 2016. “Disseram que iriam esperar a conclusão do primeiro quadrimestre do ano. Não foi isso que firmaram com a gente”, denuncia Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol.

Áureo Cisneiros também explica que a diretoria do sindicato procurou a assessoria da Secretaria de Administração durante todo mês de janeiro, mas não obteve nenhuma confirmação sobre a criação dos dois grupos de trabalho. “Não estamos pedindo favor, queremos a realização de compromissos que o governo assinou com os policiais civis”, explica o dirigente.

O Sinpol alerta que os quase 5 mil policiais civis de Pernambuco continuam trabalhando em delegacias com péssimas condições de atendimento, com carga horária excessiva e recebendo o pior salário de policial civil do Brasil. Segundo dados do próximo governo estadual, o efetivo ideal para a polícia civil em 2015 deveria ser de 10 mil policiais na ativa.

“Nenhum Governo assina um termo de compromisso com uma categoria e descumpre em menos de um mês. Não vamos tolerar esse tipo de tratamento. O governo parece que não se preocupa com a segurança pública que é um direito do cidadão”, denuncia Áureo.

Com informações de O Povo com a Notícia

Em vigor há 18 anos, Código de Trânsito não contempla smartphones e aplicativos

celular direção

Criado em setembro de 1997 e em vigor há 18 anos, desde 22 de janeiro de 1998, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) passa por constante atualização, por meio de resoluções. Entre essas atualizações estão a regulamentação de artigos, além de leis que alteram o CTB. Até agora foram 38 alterações, sendo 27 leis, uma medida provisória, uma lei complementar e nove decretos.

Entre as mais conhecidas estão a Lei Seca, que alterou os níveis de álcool permitidos no sangue do motorista e as penalidades para quem dirigir alcoolizado, e a mais recente, que aumentou a punição para quem estaciona em vagas exclusivas sem autorização.

No entanto, ainda há pontos em que o código está defasado. O CTB não contempla os smartphones e seus aplicativos de bate-papo, que têm disputado a atenção de várias pessoas enquanto dirigem.

O diretor-geral do Detran-DF, Jayme de Sousa, lembra que muitos carros atualmente têm dispositivos que permitem ao motorista atender o telefone sem usar as mãos ou recorrer a fones de ouvido. “Hoje, a maioria dos veículos novos tem o sistema de viva-voz [que conecta pelo bluetooth o telefone ao sistema de som do carro]. A lei não proíbe você atender o telefone no viva-voz. A lei proíbe você utilizar apenas uma das mãos para dirigir”.

Biavati acredita que o CTB deveria considerar outros meios de transporte em seu corpo de normas. “Nós incorporamos uma massa de novos usuários ao trânsito motorizado e também ao não motorizado, como as bicicletas por exemplo. Além disso, o código não prevê nada sobre um skatista que use o asfalto. Não era um meio de transporte [na época da criação do código], mas agora é”.

Sousa lembra que a tendência das cidades não é aumentar as ruas para receber mais veículos. A saída agora, segundo ele, é investir em meios de transporte alternativos ao carro. “A tendência hoje não é alargar mais as vias, é procurar outros meios de mobilidade urbana. Não falo só do transporte público coletivo, mas também da bicicleta, que tem sido um meio muito utilizado. O desafio do governo é buscar outros modelos de mobilidade para que possamos garantir a fluidez no trânsito”. Para ele, o CTB foi uma lei “à frente do seu tempo” e que precisa apenas se manter atual.

O assessor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) Ailton Brasiliense segue o mesmo raciocínio. “Legislação é uma preocupação permanente. Sempre haverá preocupação com a melhor sinalização, veículos mais confiáveis, equipamentos novos. A parte de educação, de engenharia, economia; isso tudo tem que estar em processo de revisão. E essas resoluções são permanentes”.(EBC)

Aproximadamente 28 mil policiais irão fazer o policiamento durante o carnaval pernambucano

Carnaval 2015

Às vésperas do carnaval, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco divulgou um reforço de 1.951 patrulhas a mais, totalizando 35.466 rondas durante os cinco dias de festa, em relação ao ano passado. Somente para o desfile do Galo da Madrugada, serão mobilizados 5.578 profissionais, entre policiais militares, civis, científicos e bombeiros. Além dos policiais, 643 câmeras de videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) também estarão em atividade.

Unidades especializadas funcionarão em esquema especial. São elas: o Departamento de Polícia da Mulher, na Rua Alfredo Lisboa, 539, no Recife; e a Secretaria de Turismo, na Avenida Liberdade, 68, em Olinda. O folião também poderá registrar ocorrências de delitos como roubos, perda ou extravio de documentos pela internet, nos sites da SDS e da Polícia Civil (www.policiacivil.pe.gov.br) e da SDS (www.sds.pe.gov.br).

Durante o dia do desfile do Galo, quem sofrer algum tipo de violência pode procurar pelo Juizado do Folião, que estará instalado em dois locais para o atendimento: no Polo do Fórum Thomaz de Aquino e no Polo da Estação Central do Metrô do Recife. Além do Juizado do Folião, haverá atendimento jurídico no Aeroporto Internacional do Recife – Guararapes Gilberto Freyre, onde poderão ser resolvidas questões como problemas com bagagem, overbooking e falta de assistência por parte da companhia aérea. (Diário de Pernambuco)

Divulgado o esquema de segurança do Carnaval de Pernambuco

sds
A Secretaria de Defesa Social (SDS) divulgou nesta quinta-feira (21), o número do efetivo que fará a segurança nas ruas no carnaval deste ano. Ao todo haverá um aumento de 5.7% no número de rondas em relação ao ano passado. Isso representa mais 1931 rondas no Estado, totalizando 35.466 patrulhas durante os cinco dias de festa.

Apenas para o Galo da Madrugada, será aplicado um efetivo de 5.578 profissionais, entre policiais militares, civis e científicos e bombeiros militares. Também serão utilizadas 643 câmeras de videomonitoramento.

Durante o dia do desfile do Galo, quem sofrer algum tipo de violência pode procurar pelo Juizado do Folião, que estará instalado em dois locais para o atendimento: no Polo do Fórum Thomaz de Aquino e no Polo da Estação Central do Metrô do Recife. Além do Juizado do Folião, haverá atendimento jurídico no Aeroporto Internacional do Recife – Guararapes Gilberto Freyre, onde poderão ser resolvidas questões como problemas com bagagem, overbooking e falta de assistência por parte da companhia aérea.

Segurança do Carnaval de Juazeiro é debatida em reunião 

Reunião de segurança carnaval 2

Na noite desta quarta-feira, 06, uma reunião entre o Comandante do Policiamento Regional Norte (CPRN), Coronel Alfredo Nascimento e o coordenador do Carnaval de Juazeiro, Samuel Morais debateu estratégicas que serão montadas para a segurança durantes os dias da festa.

Segundo o coordenador do carnaval antecipado, o objetivo é oferecer informações à Polícia Militar para que a instituição possa elaborar o seu plano de segurança. “A PM da Bahia tem expertise em controle de multidão, em festa de largo. Aqui, sempre tivemos esta parceria o que tem levado a acontecer carnavais de muita tranquilidade em Juazeiro. Esperamos que este ano seja mais um carnaval de paz e que todos possam brincar e curtir a festa”, declarou Samuel Morais.

Durante a reunião ficou definido que o Plano de Segurança do Carnaval de Juazeiro 2016 será apresentado no próximo dia 19, em local a ser definido.

Crise na segurança se agrava e delegados são substituídos

delegados

Um dia após 19 comandantes de batalhões da Polícia Militar de Pernambuco serem substituídos, a dança das cadeiras continua na segurança pública para tentar frear o avanço da violência. Delegados da Polícia Civil começaram a ser informados de que serão transferidos para outras delegacias. Em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, por exemplo, o delegado Carlos Couto será o novo titular. Até então, o profissional estava lotado em Camaragibe. O delegado Wagner Domingues será transferido para a Delegacia de Peixinhos.

As remoções fazem parte de um pacote de ações que estão sob estudo para dar novo gás ao programa Pacto pela Vida, que apresentou o pior resultado da história no ano passado. Pelo segundo ano consecutivo, houve aumento no número de homicídios. O resultado de 2015 ainda não foi divulgado oficialmente pela Secretaria de Defesa Social (SDS) mas se sabe que foi houve crescimento de quase 13% no número de assassinatos em relação a 2014.

Os assaltos e crimes contra o patrimônio também explodiram em 2015. Roubo de carros, por exemplo, teve uma taxa elevada. O bairro de Boa Viagem ficou entre as localidades mais atingidas.

Segundo fontes, a lista de mudanças de delegados é extensa e vem sendo discutida desde as últimas semanas de 2015. Até sexta-feira todos os profissionais devem ser informados sobre as substituições, pois há pressa para que os novos postos sejam assumidos.

Histórico

As primeiras mudanças de profissionais já começaram no final do ano passado. Em 18 de novembro, a SDS anunciou a troca no comando da Polícia Militar. O coronel Antônio Pereira Neto foi exonerado do cargo, que ocupava há dez meses. O coronel Carlos Alberto D’Albuquerque, que fazia parte da Casa Militar, assumiu a vaga. O subcomandante da PM também foi trocado.Em dezembro, foram anunciados novos diretores para a Polícia Civil. (JC Online)

Segurança será reforçada no interior de Pernambuco, garante Governador

Governo de Pernambuco segurança

Nesta terça-feira (29), a política de fortalecimento da segurança pública no Interior do Estado foi reforçada com o lançamento da Companhia do Batalhão Especializado de Polícia do Interior (BEPI) de Toritama, no Agreste.

A frente de trabalho se junta às novas companhias de Palmares, na Mata Sul, e de Custódia, no Sertão. As três unidades nascem do desdobramento da Companhia Independente de Operações de Sobrevivência na Caatinga (CIOSAC), que segue dando nome à última.

Juntas as companhias, elas contam com 480 homens, que realizam ações em 171 municípios das três regiões. O reforço foi oficializado pelo governador Paulo Câmara durante solenidade no município agrestino.

O chefe do Executivo estadual destacou que o lançamento da nova companhia faz parte de uma estratégia pensada pelo Estado para oferecer mais segurança à população. “Esse ato reitera o nosso compromisso com a segurança pública de Pernambuco. A chegada de novos policiais será fundamental para a redução da violência na região. Tenho certeza de que os homens que atuarão no BEPI serão incansáveis na busca de mais harmonia para o Agreste “, afirmou Paulo.

14151617