Secretaria de Saúde da Bahia recebe da Coelba doação de 20 respiradores

Secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

A rede estadual de Saúde da Bahia ganhou um reforço de mais 20 ventiladores pulmonares. A doação foi feita à Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (27), pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba).

Os aparelhos são indicados para uso em terapia intensiva tanto para adultos quanto para atendimento pediátrico e neonatal. Os equipamentos serão instalados no Hospital Espanhol, unidade de referência para tratamento de pacientes com Covid-19.

O documento de doação foi assinado pela superintendente de Relacionamento com Clientes da Coelba, Cynira Malveira, e pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. De acordo com ele, a doação chega ainda em tempo útil. “Temos pacientes internados, então os ventiladores pulmonares terão uso”, ressaltou. A representante da Coelba registrou a satisfação em poder contribuir com a assistência.

Bahia encerra domingo com 691 casos de covid e 22 óbitos

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) confirmou 691 novos casos de covid-19, no boletim desse domingo (25). Isso representa um aumento de 0,2%. Também foram registrados 1.157 pacientes recuperados (+0,4%) e 22 óbitos. Agora o Estado soma 344.705 infectados, dos quais 330.540 já estão clinicamente curados.

Atualmente há 6.690 casos ativos. Ou seja, de pacientes sintomáticos. Ao todo, 702.270 casos já foram descartados e 83.402 permanecem em investigação. No que diz respeito aos profissionais da saúde, a Bahia já tem 28.395 trabalhadores do setor infectados.

Por fim, os óbitos registrados hoje datam de 27 de junho até esse domingo. Desde o início da pandemia 7.475 já perderam suas vidas para o novo coronavírus. Isso representa uma taxa de letalidade de 2,17%. De acordo com a Sesab, 56,04% dar mortes são de homens.

 

 

Bahia confirma 1.488 casos positivos de covid-19 nesse sábado

A Bahia encerrou a semana com mais 1.488 casos positivos de covid (alta de 0,4%), 1.370 curas clínicas (+0,4%) e 21 mortes provocadas pela doença. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab), agora são 344.014 pacientes infectados, 328.383 recuperados e 7.453 óbitos.

Atualmente 7.178 pacientes encontram-se ativos, ou seja, com sintomas da covid-19. Salvador segue com a maior proporção de infectados (26,48%). Desde o início da pandemia 700.434 testes já foram descartados e há ainda 83.368 em investigação.

Os óbitos listados no boletim de hoje aconteceram entre os dias 24 de setembro e 23 de outubro (duas mortes). Dentre as vítimas fatais, 56,00% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino.

Covid-19: secretário de Saúde da Bahia afirma que prefeitos do interior não querem testar pacientes

Vilas-Boas já chegou a trocar farpas com Paulo Bomfim, prefeito de Juazeiro durante a pandemia (Foto: Reprodução)

Os prefeitos do interior não querem realizar a testagem de covid-19 para não elevar os dados em pleno período eleitoral. Foi o que afirmou o secretário de Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas. Na terça-feira (13) ele concedeu entrevista à TV Bahia e também criticou as aglomerações nos atos políticos.

LEIA TAMBÉM

Secretaria da Saúde da Bahia recomenda proibição de comícios, passeatas e caminhadas durante campanha eleitoral

“No sábado nós enviamos à Justiça Eleitoral uma recomendação para que a Justiça Eleitoral proíba os eventos de caminhada e comícios presenciais. Dezenas de municípios estão se recusando a testar a população, com medo de aparecerem casos e isso ter impacto eleitoral”, afirmou.

Vilas-Boas classificou essa omissão dos gestores como algo “extremamente grave”. Isso porque os “municípios estão querendo colocar para debaixo do tapete” o real cenário da pandemia às vésperas do pleito que elege justamente os prefeitos.

LEIA MAIS

Bahia registra 677 casos positivos de covid-19 no feriado

A Bahia encerrou o feriado do dia 12/10 com mais 677 casos de covid-19. Isso, segundo a Secretaria de Saúde (Sesab) representa uma alta de 0,2% em relação ao domingo (11). Também foram registradas mais 852 curas clínicas (alta de 0,3%) e 31 novos óbitos.

Já são 326.634 casos confirmados, desde o início da pandemia. A boa notícia é que 312.921 pessoas já estão curadas. Os óbitos somam 7.159. Salvador segue como a cidade com maior proporção de infectados (27,16%).

Ainda de acordo com a Sesab, 27.126 profissionais da saúde já se infectaram com a doença. Por fim, os óbitos contabilizados no boletim de ontem datam de 05/07 até o domingo (11). O boletim completo pode ser conferido aqui.

Secretaria da Saúde da Bahia recomenda proibição de comícios, passeatas e caminhadas durante campanha eleitoral

(Foto: ASCOM/SESAB)

A Secretaria da Saúde da Bahia (SESAB), através do Centro de Operações de Emergência em Saúde do estado (Coes), emitiu nota no último sábado (10), recomendando medidas sanitárias mais restritivas em relação ao período eleitoral, a exemplo da proibição de comícios, passeatas e caminhadas, bem como o acompanhamento de pessoas a pé durante as carreatas.

De acordo com a SESAB,  o documento tem por finalidade definir as medidas de proteção à saúde pública durante as eleições municipais de 2020 (desde a pré-eleição até o dia da votação), no contexto da pandemia da Covid-19, bem como minimizar os riscos de transmissão da doença no estado da Bahia.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, as recomendações foram enviadas à Justiça Eleitoral, a quem compete normatizar a questão. “O objetivo é evitar o crescimento acelerado de casos e redobrar atenção em diversas localidades, a exemplo das regiões Sudoeste, Sul, Norte e Nordeste que tem permanecido com um platô elevado de infectados e taxas de ocupação de leitos em percentuais de atenção”, explica o secretário.

O titular da pasta estadual da Saúde reitera ainda que medida semelhante foi adotada em outros estados, a exemplo da Paraíba.

Nota Técnica 81 está disponível no site www.saude.ba.gov.br/coronavirus e detalha as recomendações, sempre ratificando o uso de máscara, higienização frequente das mãos e manutenção do distanciamento social.

Bahia confirma mais 993 casos, 29 óbitos e 1.015 curas da covid-19

A Bahia encerrou o domingo (11) com 993 novos casos (+0,3%) de covid-19, 1.015 curados (+0,3%) e 29 óbitos (confira o boletim completo aqui). Os dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde (Sesab) no final da tarde. Com os números de hoje já são 325.957 pacientes infectados pelo novo coronavírus.

312.069 já venceram a doença e são considerados clinicamente curados. Já as mortes totalizam 7.128. Ainda segundo a Sesab, há atualmente 6.760 casos ativos da doença. Ou seja, pacientes os quais ainda apresentam sintomas. No que diz respeito aos municípios, Salvador tem a maior proporção de doentes (27,19%).

Em relação aos profissionais de saúde, eles representam 27.063 casos positivos de covid-19 em todo Estado. Por fim, os 29 óbitos contabilizados nesse domingo aconteceram entre 26/08 e 10/10. Apenas ontem foram registradas quatro mortes.

Bahia soma mais 1.754 casos positivos de covid-19

A Bahia somou mais 1.754 casos positivos de covid-19 nesse sábado (10). Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), isso representa uma taxa de crescimento de 0,5%. Também foram confirmados mais 1.730 curas clínicas (+0,6%) e mais 24 óbitos.

Em números totais, são 324.964 casos positivos, dos quais 311.054 já estão clinicamente curados. Já as mortes somam 7.099 desde o início da pandemia, no mês de março. Salvador segue sendo a cidade com maior proporção de infectados (27,26%).

No que diz respeito aos óbitos confirmados hoje, o mais antigo data de julho. O mais recente é de ontem. O boletim epidemiológico contabiliza 655.320 casos descartados e 80.269 em investigação, dados referentes às 17h desse sábado.

Bahia registra 1.817 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

(Foto: ASCOM/SESAB)

O boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (8) pela Secretaria da Saúde da Bahia (SESAB), informa que nas últimas 24 horas, foram registrados 1.817 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.504 curados (+0,5%). Dos 321.798 casos confirmados desde o início da pandemia, 307.869 já são considerados curados e 6.880 encontram-se ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (27,40%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.007,58), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.195,39), Madre de Deus (6.186,89), São José da Vitória (5.568,32).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 646.048 casos descartados e 78.916 em investigação. A Secretaria de Saúde do Estado não divulgou número de mortos neste boletim.

Bahia confirma 850 novos casos de covid e mais de 1 mil curas nesse domingo

O boletim divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) nesse domingo (27) aponta 850 novos casos de covid-19 e 1.074 curados. Também foram registrados mais 47 óbitos. Com os números atualizados, são 306.036 pacientes infectados, 292.436 recuperados e 6.599 mortes.

Dessa forma, há 7.001 casos ativos (com sintomas da doença) em todo estado. No que diz respeito aos casos positivos, houve alta de 0,3% em relação ao boletim de sábado (26). As contaminações foram registradas em 417 municípios baianos.

Salvador (28,20%) segue com a maior proporção de casos por habitantes. No que diz respeito aos profissionais da saúde, 25.810 já ficaram doentes no estado. Sobre os óbitos confirmados hoje, a Sesab informa que há casos datados ainda de junho. No quadro geral, 55,84% são homens e 44,16% mulheres.

Os dados completos podem ser conferidos aqui.

Bahia confirma mais 2.191 casos positivos de covid-19 e 40 óbitos

A Bahia registrou mais 2.191 casos de covid-19 nesse sábado (19). De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab), isso representa uma alta de 0,8%. Também foram confirmados mais 40 óbitos e 1.861 curas clínicas. Sendo assim, o estado soma 294.210 infectados, 280.351 recuperados e 6.221 mortes.

416 municípios baianos já registram casos da covid-19. Salvador segue com a maior proporção, 28,65%. Ainda segundo a Sesab, 578.932 casos já foram descartados e 71.498 em investigação. Quanto aos óbitos, há registros datados de junho.

“A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias“, explica a pasta.

Bahia registra 2.213 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

(Foto: ASCOM/SESAB)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.213 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.237 curados (+0,8%). Dos 285.448 casos confirmados desde o início da pandemia, 272.127 já são considerados curados e 7.281 encontram-se ativos.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 559.941 casos descartados e 68.741 em investigação. Na Bahia, 24.568 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

O boletim epidemiológico desta terça-feira (15) contabiliza 41 óbitos que ocorreram em diversas datas. De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB), a existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.040, representando uma letalidade de 2,12%.

Bahia registra 718 novos casos de Covid-19 e 38 óbitos nas últimas 24 horas

(Foto: ASCOM/SESAB)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 718 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 777 curados (+0,3%). Dos 283.235 casos confirmados desde o início da pandemia, 269.890 já são considerados curados e 7.346 encontram-se ativos.

O boletim epidemiológico desta segunda-feira (14) também contabiliza 38 óbitos que ocorreram em diversas datas. De acordo com Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB), a existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.999, representando uma letalidade de 2,12%.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 555.790 casos descartados e 67.023 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta segunda-feira (14).

Na Bahia, 24.451 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Casos ativos da Covid-19 registram queda pelo 7º dia seguido na Bahia aponta Sesab

(Foto: ASCOM/SESAB)

O número de casos ativos da Covid-19 está caindo na Bahia há sete dias consecutivos. Nesta quinta-feira (10) o estado concentra 7.695 pessoas ainda doentes. Número equivalente ao registrado em maio.

O total de infectados desde o início da pandemia é de 277.327, e os registros da Secretaria da Saúde (Sesab) informam 5.818 mortos pela infecção. A Bahia possui uma taxa de mortalidade de 38,8, abaixo da média nacional de 61,2.

A faixa etária com maior registro de casos da Covid-19 é entre 30 e 39 anos. As pessoas diagnosticadas com o vírus, mas consideradas recuperadas são 263.814.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,29%). A capital registra 80.225 casos confirmados desde março. Feira de Santana é a segunda cidade com mais casos (12.108) e Itabuna (11.313) é a terceira.

Bahia mantém queda de casos ativos da Covid-19 pelo 6º dia

(Foto: ASCOM/SESAB)

Os casos ativos da Covid-19 na Bahia vem caindo há seis dias. Nesta quarta-feira (9) o boletim da Secretaria da Saúde (Sesab) traz a informação de que o estado possui 7.830 pacientes nessa condição. A última vez em que o número esteve nesse patamar foi no mês de maio. O auge dos casos ativos na Bahia foi em 13 de julho, quando eram 30.221.

Nas últimas 24 horas foram registrados 2.274 novos casos da doença causada pelo novo coronavírus. O estado soma 275.088 infectados e 5.774 mortos desde o início da pandemia.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,36%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.067,14), Almadina (5.911,41), Itabuna (5.264,44), Dário Meira (4.967,32), Salinas da Margarida (4.793,92).

123