Gabriel Menezes volta a criticar pauta da sessão; Membros da Mesa Diretora rebatem

Gabriel voltou a cobrar projetos relevantes na pauta (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Gabriel Menezes (PSL) voltou a criticar a Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim. Ontem (12) o edil cobrou novamente a colocação de projetos relevantes na pauta. Ele apresentou um levantamento realizado por seu gabinete e atestou que a maior parte dos pedidos da pauta são medalhas e honrarias.

LEIA TAMBÉM

Gabriel Menezes critica constância de títulos e medalhas e ganha apoio de Ruy Wanderley

“Estamos na 10ª sessão ordinária de 2020. Fiz um resumo da 1ª até a 10ª, iniciamos o ano em 4 de fevereiro. Hoje, na 10ª sessão do ano traz seis Títulos de Cidadão e uma Medalha [de Honra ao Mérito]. O resumo é que em 10 sessões essa Casa é apenas 23 títulos de cidadão, oito medalhas e somente, vergonhosamente, dois projetos do Executivo e seis do Legislativo“, destacou..

Em seguida ele cobrou uma ação do presidente da Câmara, Osório Siqueira (PSB). “Que tenha o poder, que comande a pauta. A gente precisa dar uma resposta à sociedade, quando o cidadão desce o cacete ele nivela por baixo e eu me sinto mal”, concluiu.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes critica constância de títulos e medalhas e ganha apoio de Ruy Wanderley

Câmara tem apresentado repetição de Títulos e Medalhas (Foto: Blog Waldiney Passos)

Quem acompanha as sessões na Câmara de Vereadores de Petrolina já percebeu uma repetição nos itens colocados em votação há algumas semanas: entrega de Títulos de Cidadão e Medalha de Honra ao Mérito Legislativo. Isso gerou críticas de Gabriel Menezes (PSL).

Em sua fala antes da votação dos projetos de Decreto Legislativo, o edil chamou atenção dos colegas de mandato. “Isso é brincar com a cara dos petrolinenses. Só tem título e medalha unicamente, não voto mais Título de Cidadão enquanto os projetos importantes que temos dormindo nas comissões dessa Casa continuarem lá“, disparou o oposicionista.

Apesar das críticas dos governistas, Gabriel ganhou apoio de Ruy Wanderley (PSC), ex-líder da Situação na atual legislatura. “Que a Mesa Diretora possa observar, tem muito projeto importante para o município e que se possa colocar em pauta para apreciação dos vereadores”, afirmou.

Autor de homenagem a Domingos de Cristália, Valgueiro afirma que ex-vereador é digno de reconhecimento

Vereador defendeu sua proposta nessa sessão (Foto: Ascom)

Três projetos de Decreto Legislativo foram colocados em pauta nessa terça-feira (18), porém, nenhum deles foi votado. O motivo? Falta de quórum, após a retirada dos membros da Situação. Entre os itens agendados estava a concessão do Título de Cidadão Petrolinense ao ex-vereador Domingos de Cristália.

A honraria foi proposta por Paulo Valgueiro (MDB), líder da Oposição. Segundo o edil, não há motivo para rejeitar o projeto. “O Regimento Interno estabelece o número de Títulos que cada vereador pode apresentar. A questão do Título de Cidadão é de foro íntimo, o vereador apresenta a pessoas importantes, que contribuíram para a nossa cidade. O título apresentado ao amigo Domingos de Cristália é exatamente esse reconhecimento, vejo uma liderança e um homem de bem“, disse.

Ex-colegas de bancada, Valgueiro elogiou a atuação de Domingos, alegando que o ex-vereador tem serviço prestado mesmo antes de ser vereador de Petrolina. “É uma questão de foro íntimo, uma homenagem que a gente presta. Ele é merecedor dessa honraria, toda e qualquer que for que receba. Hoje deram entrada mais de 10. A gente entende que quando o vereador apresenta [a homenagem] é porque essa pessoa merece“, afirmou.

Petrolina: vereadores se reúnem para votar Títulos de Cidadão na sessão dessa terça-feira

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Se na quinta-feira (13) a Câmara de Vereadores de Petrolina recebeu protestos, hoje (18) a situação deve ser outra. Na pauta constam apenas três projetos de Lei do Poder Legislativo, todos propondo concessão de Título de Cidadão ou Cidadã Petrolinense. Os autores dos PLs são Alvorlande Cruz (PSB), Paulo Valgueiro (MDB) e Cristina Costa (PT).

LEIA TAMBÉM

Vereadores solicitam construção de parque em lagoa desativada de Petrolina

Os destaques de hoje são os Requerimentos apresentados pelos edis. Há Moções de Aplauso – inclusive ao prefeito Miguel Coelho (MDB) por seus serviços prestados, mas também pedidos de informação, como o n°034/2020, de Elismar Gonçalves (MDB) cobrando respostas da Codevasf na Adutora de Nova Descoberta. A sessão começou há poucos minutos, com a leitura da ata da sessão passada.

Dom Francisco Canindé Palhano agora é Cidadão Petrolinense 

O bispo Diocesano Dom Francisco Canindé Palhano recebeu das mãos dos vereadores Cícero Freire (PR) e Rodrigo Araújo (PSC) o Título de Cidadão Petrolinense e a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan. Agora potiguar de nascimento agora é mais um filho ilustre da Terra dos Impossíveis.

A cerimônia de entrega das honrarias foi acompanhada por fiéis da Igreja Católica e visitantes, no Plenário da Casa Plínio Amorim, na manhã dessa terça-feira (11). Dom Francisco Canindé foi nomeado para a Diocese de Petrolina em 2018.

Fotos: Jean Brito/Ascom CMP

Câmara de Petrolina homenageia Dom Francisco Canindé Palhano nessa terça-feira

A sessão dessa terça-feira (11) será dividido em dois momentos: a discussão das proposições dos edis, via Indicações e Requerimentos, além da votação de um projeto de Decreto Legislativo. Em seguida, às 10h30 a Casa Plínio Amorim promove uma sessão solene, em homenagem ao Bispo Diocesano de Petrolina.

Dom Francisco Canindé Palhano receberá o Título de Cidadão Petrolinense e a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan. A dupla láurea foi proposta pelos vereadores Cícero Freire (PR) e Rodrigo Araújo (PSC). Dom Francisco Canindé está em Petrolina desde 2018, quando assumiu os trabalhos na Diocese, depois de servir em Senhor do Bonfim (BA).

A sessão solene é aberta ao público e os fiéis que desejam prestigiar o Bispo podem comparecer à Câmara, que fica localizada em frente ao Fórum, próximo ao River Shopping.

Em sessão solene, Câmara concederá Título de Cidadão Petrolinense ao Coronel Domingos Lindoso

(Foto: Arquivo)

Nesta sexta-feira (25), a Câmara Municipal de Petrolina concederá Título de Cidadão Petrolinense ao Coronel PM Domingos Lindoso da Silva Lorena, de autoria do Vereador Ruy Wanderley Gonçalves de Sá.

A sessão solene para a entrega do título está marcada para às 19h30, no Plenário da Câmara Municipal, Praça Santos Dumont, s/n, Centro Petrolina.

Câmara de Vereadores concede Título de Cidadão Petrolinense a Germano de Souza

(Foto: Jean Brito)

Pelos relevantes serviços prestados em Petrolina (PE), principalmente na geração de emprego e renda na região, o empresário do ramo de marketing multinível, representante do Grupo Hinode – Germano de Souza Martins, fora agraciado com o Título de Cidadão Petrolinense.

Natural de Serrita (PE), Germano tem a vida pautada na generosidade, prova disso, é que com empenho e muita perseverança conseguiu romper os desafios ao longo de sua trajetória. “Você pode se transformar na pessoa que quiser ser, e não, no que os outros queiram que você seja”, contou o novo cidadão Petrolinense que desembarcou na ‘Terra dos Impossíveis’ em Janeiro de 1987.  

LEIA MAIS

Ausência de vereadores da Situação pode adiar votação do Título de Cidadão Petrolinense a Moro

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Autor do Projeto de Decreto Legislativo n° 005/2019, Ronaldo Silva (PSDB) não tem certeza de conseguirá aprovar sua matéria na sessão de hoje (18). Segundo o edil, a ausência de aliados da Situação – Ruy Wanderley (PSC) e Cícero Freire (PR) podem atrapalhar seus planos.

“A expectativa é aquela, quando o projeto é de sua autoria você fica na expectativa muito grande. Estou contando os votos, nós precisamos de 16 votos. Estão faltando alguns vereadores da nossa base, vou ver se consigo alguém da Oposição”, afirmou.

Apesar de o clima nacional não ser tão favorável ao ministro da Justiça e ex-juiz federal da Operação Lava-Jato, Ronaldo acredita que a maior parte da população confia em Moro. “O juiz Sérgio Moro foi o juiz que teve a coragem de botar os corruptos ladrões na cadeia, tanto político, quanto empresário”, finalizou.

Na última sessão do semestre, Câmara de Petrolina analisa 17 projetos de lei; Título de Cidadão a Sergio Moro é um deles

Ultima sessão do primeiro semestre tem vários projetos em pauta (Foto: Jean Brito/CMP)

A última sessão do primeiro semestre de 2019 tem 17 projetos de Lei em pauta. As matérias são todas do Poder Legislativo e tratam de temas diversos como, Título de Cidadão Petrolinense, Medalha de Honra ao Mérito, denominação de ruas ou equipamentos públicos.

Os destaques são o PL n° 121/2017 de autoria de Cristina Costa (PT), matéria que dispõe sobre a isenção de inscrição em concursos públicos municipal as pessoas cadastradas no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (REDOME);  e o PL nº 079/2019 que trata da criação do Programa Horta Escolar.

Já Ronaldo Cancão (PTB) tem dois projetos em pauta: um cria o Programa Saúde na Escola e o outro institui o Programa Nosso Rio, em defesa e preservação do Velho Chico. Gaturiano Cigano (PRP) também tem dois projetos em pauta, voltados à prioridade de atendimento no serviço de assistência psicológica e social, para mulher vítima de agressão e para o combate ao racismo.

Líder da Oposição, Paulo Valgueiro quer uma lei para mais transparência do Executivo. Através do PL n° 68/2019 o edil anesia pela inclusão de dados sobre o Patrimônio Imobiliário Público do município de Petrolina em plataforma digital do Poder Executivo.

Por fim, o item mais polêmico do dia, o Título de Cidadão Petrolinense ao ex-juiz da Operação Lava-Jato e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, de autoria de Ronaldo Silva (PSDB). Com o recesso antecipado, os trabalhos na Casa Plínio Amorim serão retomados apenas em agosto.

Relatora de projeto, Cristina Costa vê inconstitucionalidade em Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro

Bolsonaro visitou Petrolina na semana passada (Foto: Reprodução/Jornal do Commercio)

A celeuma do título de Cidadão Petrolinense ao presidente Jair Bolsonaro ainda repercute na Câmara de Vereadores. Relatora do projeto de Decreto Legislativo n° 26/2019, Cristina Costa (PT) apontou inconstitucionalidade à matéria, retirada de votação na quinta-feira (23), mas que deverá voltar a discussão futuramente.

De acordo com Costa, a Lei Orgânica Municipal é clara sobre a entrega de títulos. “Conforme o artigo 3 da Lei Orgânica Municipal recebe o Título de Cidadão Petrolinese a pessoa que reconhecidamente tenha prestado serviços relevantes ao município de Petrolina. Diante do artigo coloquei o parecer desfavorável pela inconstitucionalidade”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Elias Jardim justifica retirada de projeto e se mantém firme na decisão de homenagear Bolsonaro

A vereadora viu “incoerência”, já que até o momento o presidente da República ainda não prestou serviços relevantes. É importante destacar que a entrevista foi feita na quinta-feira (23), véspera da vinda de Bolsonaro à Petrolina.

LEIA MAIS

Elias Jardim justifica retirada de projeto e se mantém firme na decisão de homenagear Bolsonaro

Vereador Elias Jardim. (Foto: Blog Waldiney Passos)

“O momento não estava bom para votar”. Foi assim que o vereador Elias Jardim (PHS) justificou sua decisão de retirar da pauta dessa quinta-feira (23) o projeto de Decreto Legislativo n° 026/2019, concedendo Título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM:

Repercussão negativa faz vereador Elias Jardim retirar Título de Cidadão a Bolsonaro da pauta

O vereador da Situação conversou com o Blog após seu recuo e admitiu ter errado na articulação com seus pares. “[O projeto] vai voltar à pauta, o momento não estava tão bom para votar. Vou articular melhor, acho que falhei na articulação para que seja aprovado. A gente não vai colocar para ser reprovado, em breve esse projeto vai voltar a pauta”, destacou.

LEIA MAIS

Repercussão negativa faz vereador Elias Jardim retirar Título de Cidadão a Bolsonaro da pauta

Grupo anti-Bolsonaro está na Câmara acompanhando sessão (Foto: Blog Waldiney Passos)

A repercussão negativa da proposta de conceder o Título de Cidadão Petrolinense ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez o autor do projeto de Decreto Legislativo n° 026/2019, Elias Jardim (PHS), recuar e pedir a retirada da matéria na sessão dessa quinta-feira (23).

O projeto chegou a ser lido e colocado em pauta, mas foi retirado ao som de tímidas vaias de manifestantes contrários ao título, os quais se fazem presentes na Casa Plínio Amorim, em maior número que os favoráveis e colocaram cartazes mostrando a indignação ao presidente da República.

Nos bastidores da Câmara ventila-se que a falta de apoio de colegas da própria bancada também pesou na decisão de Elias. Até o momento o edil não quis se pronunciar sobre a retirada do projeto, todavia, o item deve voltar à pauta na próxima semana.

Às vésperas da vinda do presidente, Câmara vota Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro

Sessão de quinta-feira (27) foi marcada por votação de matérias do Executivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Anunciado na sessão de terça-feira (21) o Título de Cidadão Petrolinense a Jair Bolsonaro (PSL) será votado pelos vereadores nessa manhã (23). O Projeto de Decreto Legislativo nº 026/2019 foi proposto por Elias Jardim (PHS) e vem dividindo opiniões dos edis e petrolinenses.

LEIA TAMBÉM:

Enquete: Você concorda com Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro?

Na última sessão Elias havia afirmado que a matéria é um projeto importante e cabe à Câmara incentivar o presidente da República a fazer um bom trabalho. Bolsonaro virá a Petrolina nesta sexta-feira (24) para entregar casas populares no bairro Antônio Cassimiro.

Além desse projeto, há ainda uma matéria apresentada por Ronaldo Silva e o PL nº 049/2019, de Gaturiano Cigano (PRB) no qual fica proposto a inserção de placas de atendimento prioritário o Símbolo Mundial do Autismo.

Elias Jardim propõe Título de Cidadão Petrolinense a Jair Bolsonaro

(Foto: Arquivo)

O vereador Elias Jardim (PHS) utilizou seu tempo de justificativa para Indicações e Requerimentos para antecipar um projeto de Decreto de Legislativo que apresentará na Casa Plínio Amorim. O edil propôs conceder Título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República.

“Estou apresentando um projeto de decreto Legislativo propondo um título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República, o senhor Jair Messias Bolsonaro. Ele está vindo a Petrolina nessa semana, a primeira cidade do Sertão que ele visita”, destacou o edil.

No Plenário os colegas reagiram de forma distinta: alguns criticaram e outros apoiaram. O presidente Osório Siqueira (PSB) lembrou que a matéria não estava na pauta e apenas foi anunciada pelo autor do pedido. Elias aproveitou para classificar o projeto como importante. “É importante a gente incentivar o nosso presidente, é um projeto importante”.

12