Produtores e trabalhadores rurais discutem acordo coletivo para 2018

A CCT 2018 é formada pelo empresariado agrícola e trabalhadores rurais do Vale do São Francisco. (Foto: ASCOM)

Reunindo líderes dos Sindicatos dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR) e Juazeiro (BA), sindicatos e confederações trabalhistas de sete municípios, além dos próprios empresários e trabalhadores rurais, aconteceu nessa terça (30) e quarta-feira (31) a Convenção Coletiva do Trabalho do Vale do São Francisco 2018.

O encontro tem como objetivo propor e efetivar acordos entre as duas classes visando a criação de um documento que vai reger as relações patrões e trabalhadores durante o ano de 2018.

Segundo o presidente do SPR Petrolina, Jailson Lira, ao final do evento é esperado um acordo que seja benéfico para os dois lados. “Esta já é a nossa 24ª convenção coletiva, entre o patronato e os trabalhadores, e a forma como o encontro tem se desenvolvido, demonstra uma grande maturidade das partes, que com certeza nos levará a um denominador comum”, analisa ele.

Entre as cidades participantes também estão Santa Maria da Boa Vista e Belém do São Francisco (PE), Curaçá, Casa Nova e Sobradinho (BA).

Sindicato alerta trabalhadores do comércio para não assinar contracheque com data retroativa

(Foto: Arquivo)

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope), vem chamando a atenção de seus filiados, que atentem para não assinar contracheque com data retroativa. O Sintcope lembra, que o contracheque é o documento emitido pela empresa no qual se especifica o salário bruto do trabalhador e as respectivas deduções, e só deve ser entregue para o trabalhador assinar no quinto dia útil, quando é efetuado o pagamento do salário.

Apesar do que determina a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), há casos de trabalhadores que são pressionados a assinar o contracheque com data retroativa, nos meses em que ocorre atraso no pagamento do salário.

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope) lembra que é um direito do trabalhador que o contracheque seja assinado apenas no dia do pagamento.

“O empregador não pode obrigar trabalhador a assinar com data diferente do pagamento. É uma desonestidade, uma ilegalidade. O trabalhador que receber esse tipo de pressão deve nos procurar”, conta a presidente do Sintcope, Dilma Gomes.

A Convenção Coletiva da Categoria em vigor tem, inclusive, uma cláusula sobre o atraso no pagamento de salário. Estabelece que no caso de atraso no pagamento de salários, inclusive comissões até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao vencimento, em se tratando de empregado mensalista, ou até o 2º (segundo) dia útil do vencimento quando se tratar de pagamento semanal ou quinzenal, se sujeitará o empregador ao pagamento da multa de 5% (cinco por cento) em favor do empregado, sobre sua remuneração.

O Sintcope lembra ainda que além de conferir a data do pagamento, o trabalhador deve assinar o contracheque, pois sem assinatura não terá valor. O documento é importante porque comprova detalhadamente os valores que foram pagos, como, por exemplo, horas extras, adicional noturno e adicional de periculosidade.

Salário depositado – Se ao salário for depositado em conta bancária, o comprovante de depósito serve como recibo de pagamento. “Mas é preciso lembrar que essa conta deve ter sido aberta com consentimento do trabalhador que não terá nenhum custo de tarifa bancária no ato do saque.

Qualquer dúvida ou denúncia entre em contato com o Sintcope pelo telefone 3861-5876, pelo whatsapp 988380172/988380176 ou envie sua mensagem para [email protected]

Sétimo lote do PIS/Pasep será liberado para saque nesta quinta-feira

(Foto: Ilustração)

O Ministério do Trabalho libera nesta quinta-feira (18), o sétimo lote Abono Salarial do PIS/Pasep ano-base 2016 a trabalhadores da iniciativa privada nascidos nos meses de janeiro e fevereiro e servidores com inscrição de final 5.

Do total de recursos que ainda podem ser retirados – quase R$ 10 bilhões – aproximadamente 22,8% são para o Nordeste, segundo levantamento preliminar do Ministério do Trabalho.

A região tem a segunda maior fatia, com R$ 2,25 bilhões para 2,97 milhões de trabalhadores. De acordo com os dados, os saques no Nordeste já atingiram R$ 1,93 bilhão para 2,55 milhões de pessoas, o equivalente a 46,20% dos beneficiários no período.

A maior parte destes recursos vem para a Bahia, onde 791,64 mil pessoas poderão sacar R$ 598,75 milhões. Os baianos têm o quinto maior volume do país, atrás dos paulistas, com R$ 2,3 bilhões a receber, mineiros (R$ 1, 1 bilhão), fluminenses (R$ 908,08 milhões) e paranaenses (R$ 607,58 milhões).

Depois deste lote, outras duas parcelas serão liberadas: a primeira em 22 de fevereiro e a segunda em 15 de março.

Quem pode!

O Abono Salarial Ano-Base 2016 é pago a quem estava inscrito há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep e trabalhou formalmente por pelo menos um mês naquele ano com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, é preciso que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício vai de R$ 80,00 a R$ 954,00 de acordo com o tempo trabalhado no ano-base. Recebe o valor cheio quem trabalhou formalmente durante todo o ano de 2016 com rendimento médio de até dois salários mínimos. Quem trabalhou um mês, por exemplo, com esses mesmos pré-requisitos, recebe 1/12 do valor, e assim sucessivamente.

Sindicato dos Comerciários de Juazeiro promove a caravana “Seu direito, nossa luta!”

A mobilização vai até sexta-feira (24). (Foto: ASCOM)

Na tarde desta quarta-feira (22), o Sindicato dos Comerciários de Juazeiro percorreu lojas da Rua Oscar Ribeiro para conversar com os trabalhadores comerciários sobre os impactos da reforma trabalhista e a importância da sindicalização.

O objetivo dessa ação é aproximar o comerciário cada vez mais do sindicato e esclarecer dúvidas como jornada de trabalho, banco de horas, aviso prévio, benefícios da sindicalização, entre outros. Cerca de vinte lojas foram visitadas onde os trabalhadores ficaram por dentro dos seus direitos e deveres em relação à empresa.

A mobilização vai até sexta-feira (24) e passará por várias lojas do centro da cidade. Durante esse período o Sindicato funcionará exclusivamente das 08h00 às 12h00. O Comerciário que deseja receber uma visita pode entrar em contato através do telefone (74) 3611-9325 e agendar o horário.

Simone Paim vence eleição apertada e é primeira presidente mulher do STTRAR de Petrolina

Simone Paim venceu a eleição para presidente do sindicato com 8 votos de frente. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Petrolina (STTAR) tem, pela primeira vez em sua história, uma nova presidente.

Com apenas 8 votos de diferença, Simone Paim, diretora de assalariados da atual gestão sindical e candidata pela Chapa 2 com o vice Francisco Aderbal, conhecido como Brando, venceu a eleição que aconteceu nessa terça-feira (21).

A chapa 1 era encabeçada por Leninha, que obteve 1.609 votos contra 1617 de Simone, que deve tomar posse ainda neste ano, no dia 26 ou 27 do mês de dezembro.

A nova presidente do sindicato classificou a eleição como “difícil” e disse contar com os trabalhadores rurais para “fazer a diferença” e “resgatar a autonomia da instituição”. “Foi uma eleição complicada por não termos recursos para realizar a nossa campanha. Fizemos uma campanha voltada par ao trabalhador que fizeram sua escolha, que foi a chapa 2”, afirmou.

Ainda segundo Simone, agora a ideia é dar continuidade às ações do sindicato e buscar mais direitos para as mulheres trabalhadoras rurais. “Queremos dar continuidade ao que estávamos fazendo para tentar revogar essa reforma trabalhista, buscar convênios para dar mais assistência às mulheres que não são atendidas no campo, ampliar, junto ao governo do estado, o programa chapéu de palha mulher, pois grande parte da mão-de-obra são as mulheres e buscar políticas públicas para garantir mais direitos nessa sociedade”.

De acordo com a presidente eleita, 7.227 trabalhadores estavam aptos a votar, mas nem todos compareceram à eleição. “O trabalhador rural está desacreditado com apolítica do sindicato e nós vamos buscar fazer a diferença de resgatar a nossa autonomia, pois sabemos que é um sindicato de 54 ano de história, 24 anos de convenções coletiva e sabemos que somos a maior categoria do Vale do São Francisco”, disse.

Sindicato

O STTAR tem 54 anos de tradição. Há dois anos foi desmembrado, separando os trabalhadores assalariados dos da agricultura familiar. A entidade é a maior no estado, terceira do Nordeste e quinta do país em número de filiados. São cerca de 35 mil associados.

Sindicato dos Trabalhadores do Comércio oferece assistência jurídica gratuita para sindicalizados

(Foto: ASCOM)

Além do atendimento médico e odontológico, no Sindicato dos Trabalhadores do Comércio (Sintcope), o trabalhador sindicalizado tem acesso à assistência jurídica. Dúvidas sobre os direitos trabalhistas, previdenciários podem ser tiradas na Assessoria Jurídica.

O atendimento com o advogado acontece duas vezes por semana, nos dias de terça e quinta-feira, das 17h30 às 19h, na sede do sindicato, além de ser por ordem de chegada.

“Vivemos um clima de apreensão. Temos recebidos denúncias de trabalhadores, inclusive preocupados com boatos de que precisam assinar documentos para fazer eventuais acordos com as empresas e serem recontratados após a vigência da reforma. Então o melhor local para que ele receba essa orientação segura é o sindicato”, afirma a presidente do Sintcope, Dilma Gomes.

LEIA MAIS

Trabalhadores rurais participam de Curso Regional de Formação para Terceira Idade em Juazeiro

A estimativa é que cerca de 500 idosos participem do Curso Regional de Formação e Capacitação de Trabalhadores da Terceira Idade. (Foto: ASCOM)

O olhar curioso e atento da agricultura Jovita Pereira não disfarçou a satisfação em está participando, pela segunda vez, do Curso Regional de Formação e Capacitação de Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares da Terceira Idade. A abertura do evento foi realizada na tarde desta sexta-feira (01), no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro-BA (STRJ).

O encontro contou com a participação de trabalhadores e trabalhadoras rurais e dirigentes sindicais do território do Sertão do São Francisco. A diretora da Confederação Nacional de Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), Josefa Rita da Silva, esteve presente no evento e destacou a importância da participação dos idosos da região no curso de formação.

“Queremos mostrar para a sociedade que somos mais de 70% de agricultores da terceira idade, acima de 65 anos, que continua na roça, produzindo e botando alimentação nas mesas de todo o país. Cadê o respeito aos valores que temos?  Por isso, é importante que a gente fique atento aos nossos direitos “, desabafou Josefa.

LEIA MAIS

Trabalhadores receberão até o final de agosto parte do lucro do FGTS

Valor chega a R$ 7,8 bilhões. (Foto: Internet)

Até o final de agosto, a Caixa Econômica Federal (Caixa) vai creditar R$ 7,8 bilhões nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de 88 milhões de trabalhadores, como distribuição dos resultados do fundo. Com isso, a rentabilidade das 245,7 milhões de contas chegará a 7,14%.

Segundo dados divulgado em cerimônia no Palácio do Planalto, o lucro líquido do FGTS no ano passado foi de R$ 14,555 bilhões. Com a distribuição dos resultados do fundo, serão creditados, em média, R$ 29,62 em cada conta.

“É a primeira vez que o lucro do fundo está sendo distribuído com os verdadeiros donos do dinheiro”, ressaltou o presidente Michel Temer.

“São décadas que os trabalhadores lutam para ter a remuneração do seu FGTS no mesmo nível da inflação. Com essa mudança, o FGTS terá 7,1% [de remuneração] e a inflação do ano passado foi de 6%. Depois de décadas o FGTS terá uma correção acima da inflação”, disse o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

LEIA MAIS

Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Petrolina realiza palestra sobre motivação pessoal

(Foto: ASCOM)

A equipe do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Petrolina, vinculado à Secretaria de Saúde, realizou uma palestra para os profissionais da empresa Muranaka nesta segunda-feira (05).

Durante o evento foram distribuídos brindes e folders informativos para um grupo de cerca de 120 pessoas. Os trabalhadores entenderam o funcionamento do órgão e assistiram uma palestra sobre ‘Motivação pessoal nos desafios da vida’. De acordo com a coordenadora do CEREST de Petrolina, Daise Brecci, essas parcerias com as empresas do município são importantes para fortalecer a política de saúde dos trabalhadores.

“Nossa função é fazer um trabalho educacional para prevenir os acidentes de trabalho.  A gente trabalhando com prevenção e com promoção, vamos ter menos trabalhadores adoecendo e sofrendo acidentes de trabalho. Empresas e/ou instituições que tenham interesse de conhecer os nossos serviços ou receber orientações sobre os direitos e deveres dos trabalhadores podem nos procurar”, destacou.

Petrolina sedia encontro regional dos trabalhadores da assistência social

(Foto: ASCOM)

Gestores da assistência social de Petrolina e de outros municípios do Sertão pernambucano estão reunidos para discutir o atual cenário do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) e seus desafios. As discussões acontecem durante o IV Encontro Regional dos Trabalhadores da Assistência Social de Pernambuco que começou nesta segunda e segue até esta terça-feira (23), em Petrolina.

Durante a abertura do evento, a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Petrolina, Kátia Carvalho, lembrou que desenvolver políticas eficazes na área social é o grande  desafio dos novos gestores.

“Estamos aqui para compartilhar o máximo possível de conhecimento porque nós precisamos juntar forças e executar políticas públicas eficazes para atender a população. Esse encontro é uma grande oportunidade de aproximar os gestores que trabalham na tarefa de cuidar das pessoas”, destacou a gestora.

LEIA MAIS

Eleições do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro acontece nessa sexta

(Foto: ASCOM)

A chapa Unidade e Luta convida todos os trabalhadores e trabalhadoras filiados ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ), para participarem do processo democrático de votação, que acontecerá nesta sexta-feira (05). Serão disponibilizadas urnas fixas e itinerantes, na sede e no interior.

De acordo com o presidente da comissão eleitoral, Waldenir Brito, podem votar todos os sócios do sindicato que se filiaram à entidade até o mês de novembro de 2016 e que estejam em dias com a contribuição até março de 2017. “Haverá urnas na sede do Sindicato e nas delegacias sindicais, das 08h às 17h e nas empresas da hortifruticultura e canavieiros, que vão funcionar das 6h às 17h”, explicou.

Brito ainda reforçou sobre os documentos necessários para a votação. “É importante que no dia da eleição, o trabalhador tenha em mãos um documento de identificação com foto e a carteirinha do Sindicato”, afirmou.

Segundo informações da comissão eleitoral, cerca de 5 mil trabalhadores estão aptos para votar nesta sexta-feira.

Chapa

A Chapa Unidade e Luta é composta por 22 membros: oito efetivos, oito suplentes e seis membros do conselho fiscal: três efetivos e três suplentes, sendo composta por 11 mulheres e 11 homens. O presidente do STRJ e candidato à reeleição, Emerson José da Silva (Mitú), pontuou  as principais contribuições que a atual diretoria tem conquistado para a melhoria de vida dos associados.

LEIA MAIS

Petrolina: Trabalhadores Rurais e Sindicatos dão início às manifestações na Praça do Galo e no Bambuzinho contra reformas

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Em Petrolina, os trabalhadores rurais deram início, na manhã dessa sexata-feira (28), à manifestação contra as reformas, trabalhista e previdenciária, propostas pelo governo do Presidente Michel Temer. Os manifestantes aderiram à parada geral e estão reunidos na Praça do Galo, no Centro da cidade.

No Bambuzinho, outro grupo de manifestantes também estão realizando protestos contra as reformas. Vários sindicatos estão presentes no local para apresentar os seus descontentamentos com as propostas do governo Temer.

Os manifestantes seguirão em caminhada para a Concha Acústica, ocupando as principais ruas de Petrolina.

Confira fotos da manifestação

(Foto: Blog Waldiney Passos)

(Foto: Blog Waldiney Passos)

(Foto: Blog Waldiney Passos)

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Trabalhadores da saúde começam a ser vacinados na UPAE/IMIP de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Acompanhando o calendário de vacinação da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) deu início, nesta segunda-feira (24), à campanha de vacinação dos trabalhadores de saúde. Até sexta-feira (28), funcionários e colaboradores da Unidade poderão se imunizar contra os vírus H1N1, H3N2 e B.

De acordo com a gerente de epidemiologia, Isadora Rodrigues, todo ano a UPAE participa da campanha. “Nós solicitamos as doses de acordo com o nosso percentual de profissionais, de forma a atingir o maior número possível de trabalhadores. Sempre que as vacinas são disponibilizadas pela secretaria nós ofertamos, e geralmente isso segue o calendário do Ministério da Saúde”, informa.

Ciente da importância da imunização, o auxiliar de recepção e portaria Rodolfo Soares, não perdeu tempo e foi logo no primeiro dia garantir a vacina. “Na verdade a equipe de enfermagem sempre está cobrando o nosso cartão de vacinação para verificar se está em dia. Mas, os trabalhadores da saúde já entendem bem que estão expostos à riscos e sabem que a vacinação é uma das melhores formas de proteção. Aqui na UPAE, por exemplo, a equipe sempre adere às campanhas”, acredita.

LEIA MAIS

Juazeiro: Sindicato dos Trabalhadores Rurais realiza cadastramento do CEFIR com trabalhadores do povoado de Angico

(Foto: ASCOM)

Durante o domingo (23), o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ) realizou a primeira etapa do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (CEFIR), na escola Antonila da França Cardoso, no povoado de Angico, distrito de Pinhões, em Juazeiro (BA). O CEFIR consiste em um registro público eletrônico de âmbito estadual e obrigatório para todos os produtores rurais.

De acordo com o presidente do STRJ, Emerson José da Silva (Mitú), deve fazer o cadastro todos os trabalhadores e trabalhadoras que tiverem menos de quatro módulos fiscais. Para se cadastrar o trabalhador precisa do documento da terra (contrato de compra e venda, doação, escritura ou título de terra), a carteira de identidade e o CPF.

“No caso de quem possui apenas o ITR ou INCRA precisará apenas da declaração de confrontante  que é fornecida pelo Sindicato”, disse Mitú.

LEIA MAIS

Projeto do vereador Gabriel Menezes propõe obrigatoriedade do uso de protetor solar para os trabalhadores da fruticultura irrigada

Vereador conta com o apoio dos pares para aprovação do projeto/Foto: Blog Waldiney Passos

Está tramitando na Câmara Municipal de Petrolina, o projeto de Lei de Nº 020/17, de autoria do vereador Gabriel Menezes (PSL), que propõe aos empregadores do setor da fruticultura irrigada, agricultura, pecuária e demais setores da agroindústria, o fornecimento gratuito de protetor solar, fator de proteção (FPS), igual ou superior a 15, aos seus empregados no município de Petrolina.

De acordo com a matéria, o protetor solar passa a ser considerado Equipamento de Proteção Individual – EPI, para os empregados que laborem diretamente expostos à radiação solar.

Em sua justificativa Gabriel assegura que em Petrolina, segundo dados do Ministério da Saúde, foram registrados 185 casos de câncer não melanoma, enquanto 12 foram os casos de câncer melanoma no ano de 2014. Já no ano de 2015, tivemos 176 casos da câncer não melanoma e 23 de melanoma. “São números preocupantes”, alerta.

Após passar pelas comissões o projeto vai ao plenário para votação.

12