Pais de Beatriz se reúnem com presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados

(Foto: Reprodução/Facebook)

Lucinha Mota e Sandro Romilton, pais de Beatriz Angélica Mota, se reuniram com o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, em Brasília. O encontro aconteceu na terça-feira (18), no momento em que a Comissão se dispôs a dar voz à luta do casal.

Helder Salomão (PT-ES) se comprometeu a, dentro das prerrogativas dos deputados federais, cobrar celeridade nas investigações do crime. Para quem não lembra, Beatriz foi morta em 2015, no Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora e desde então, apesar da repercussão do caso, ninguém foi preso.

No encontro com o deputado, os pais de Beatriz relataram a luta incansável por justiça. Ele recebeu um relatório que aponta várias falhas na investigação feita pela polícia de Petrolina e pede a federalização do caso. Também estiveram na reunião o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), Tulio Gadelha (PDT-PE), que se comprometeu a abraçar a causa.

Lucinha e Sandro foram acompanhados pelos advogados Jayme Badeca, presidente da Comissão Especial da subseção OAB Juazeiro, Valentine Oliveira, secretária de formação do PSOL e Paulo José presidente, do PSOL de Juazeiro (BA).

Em ritmo de pré-campanha, Julio Lóssio visita Cabo de Santo Agostinho

(Foto: Divulgação)

Pré-candidato a governador de Pernambuco pela Rede Sustentabilidade (Rede), o ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio está correndo trecho atrás de apoio para as eleições de outubro. Nessa segunda-feira (7) Lóssio visitou o município de Cabo de Santo Agostinho ao lado do seu filho, Julinho.

Recife também foi incluída na agenda de compromissos do pré-candidato, lá Lóssio deve se encontrar durante a noite com Túlio Gadêlha, militante do PDT e namorado da apresentadora Fátima Bernardes, onde fará uma transmissão ao vivo em suas redes sociais para conversar sobre suas propostas de campanha.

Lóssio anunciou sua pré-candidatura ao Governo do Estado em janeiro desse ano, durante uma cerimônia acompanhada pela presidente do partida, Marina Silva, que possivelmente disputará as eleições de outubro para assumir a Presidência da República.

Deputados pressionam e namorado de Fátima Bernardes é demitido de cargo no governo de Pernambuco

(Foto: Internet)

A demissão de Túlio Gadêlha do cargo de presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe) foi provocada pela pressão de deputados estaduais da própria base do governador Paulo Câmara (PSB). Ao viajar para Petrolina nesta semana, o namorado da apresentadora global Fátima Bernardes fez vários anúncios e concedeu algumas entrevistas. Porém, esqueceu de avisar sobre a agenda aos políticos que possuem votos na região, como o deputado Lucas Ramos (PSB).

O resultado, em um grupo do whatsapp, frequentado por aliados do Palácio, só se falava que a fama teria subido à cabeça de Gadêlha. Ele passou a ser visto como uma ameaça interna, diante da possibilidade de se candidatar na eleição deste ano. Não demorou muito, um grupo de deputados inconformados com sua postura se uniu e foi em comitiva pedir a cabeça do presidente do Iterpe para o governador Paulo Câmara.

No grupo do whatsapp, segundo fontes palacianas, até mesmo um membro do PDT, partido do qual ele é filiado, concordou com a exoneração de Túlio, diante de sua “falta de sensibilidade”. O próprio deputado Wolney Queiroz teria aceitado a demissão sem grandes resistências, em função do forte desconforto causado na base.

Gadêlha foi informado de sua demissão por telefone, menos de dois meses após tomar posse como presidente do órgão, que é ligado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco.