Professores da UFPE podem decretar greve nesta quinta-feira

A decisão vai ser votada na assembleia geral da categoria (Foto: internet)

A decisão vai ser votada na assembleia geral da categoria (Foto: internet)

Os professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) podem deflagrar greve por tempo indeterminado nesta quinta-feira (03). A decisão vai ser votada na assembleia geral da categoria, que está sendo realizada esta manhã, no Clube Universitário. De acordo com a Associação dos Docentes da UFPE (Adufepe), diante da perda dos direitos trabalhistas, as premissas negativas da PEC 241 e da PLP 257, a ameaça de greve geral não pode ser descartada.

No dia 22 de outubro, os professores paralisaram as atividades por 24 horas em adesão à paralisação nacional em defesa da educação, do Sistema Único de Saúde (SUS) e dos direitos trabalhistas. O ato foi aprovado em assembleia e fez parte da mobilização das centrais sindicais contra a atual conjuntura política do país.

Os estudantes também estão mobilizados contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241/2016 e a reforma do ensino médio. Atualmente, cinco centros da UFPE no campus Recife estão ocupados pelos alunos: o de Artes e Comunicação (CAC), de Educação (CE), de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), o Núcleo Integrado de Atividades de Ensino (Niate) do CFCH e o Centro de Ciências Biológicas (CCB). Sem aulas, os locais estão recebendo debate sobre as PECs, sobre a legitimidade das ocupações, desmonte em torno da educação e da saúde mobilizando alunos, professores e servidores.

UFPE realiza concurso para técnico administrativo; Salário vai até R$ 3.868,21

(Foto: Ilustração/Internet)

A divulgação do resultado final do julgamento dos pedidos de isenção de taxa será realizada até o dia 4 de outubro. (Foto: Ilustração/Internet)

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) vai realizar concurso público com 63 vagas para diversos cargos de técnico administrativo em educação, nas classes C (nível fundamental), D (nível médio/técnico) e E (nível superior). Há vagas para o Recife, Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, e Caruaru, no Agreste. As inscrições ocorrerão entre 20 de setembro e 10 de outubro, exclusivamente no site da Covest.

No campus do Recife, há 57 vagas para vários cargos. São oito oportunidades na Classe C, seis delas para ampla concorrência, uma para pessoas com deficiência e uma para negros. Para a Classe D, há  24 vagas. Na Classe E, a instituição oferece  25 chances. As formações exigidas dependem dos cargos.

No Centro Acadêmico de Vitória de Santo Antão (CAV), são ofertadas quatro vagas. Segundo a UFPE, há uma oportunidade para cargo da classe C e três para cargos da classe E, com formações variadas.

LEIA MAIS

Protocolo define orientações para tratamento da chikungunya

Carlos Brito

Médicos pernambucanos, entre eles Carlos Brito, membro do Comitê Técnico de Arboviroses do Ministério da Saúde (MS) e professor de Clínica Médica da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), concluíram um protocolo para o tratamento da chikungunya. O documento, que será divulgado oficialmente em breve pelo MS, alerta para o cuidado na administração de alguns tipos de medicamentos que podem causar o agravamento do quadro e até mesmo a morte de pacientes acometidos por esta arbovirose que tem como principais características fortes dores e inflamações nas articulações.

A medida foi tomada após relatos de automedicação e mesmo de prescrição médica de drogas como antiinflamatórios ou corticóides durante a fase aguda da doença e que seria um risco para a saúde dessas pessoas. Nas emergências, pacientes vêm recebendo injecções de dexametasona para aliviar, mais rapidamente, os sintomas de inchaço de que se queixam, inadvertidos do perigo que a droga representa, quando administrada entre o 10º e 14º dias da doença, quando geralmente acontece a fase aguda.

“A medicação com antiinflamatórios e corticóides nesta fase pode levar a complicações porque aumenta o risco de sangramento, complicando para casos de hemorragia e, principalmente nos idosos, podendo levar a um dano renal. Em outros países, como a Colômbia, já se faz essa associação. Aqui os médicos prescrevem por desconhecimento. É natural, é uma doença nova e também as pessoas se automedicam porque sentem muita dor nas articulações”, explica Brito, enfatizando a importância do protocolo. Na fase aguda, segundo o especialista, são indicados apenas os analgésicos que podem ser tylenol, dipirinona, paracetamol. “As dores também regridem com o bloqueio de analgésicos e a inflamação tende a regredir”, garante.

 Nesta quarta-feira, a Secretaria de Saúde do Recife inicia a capacitação de profissionais de saúde com base no protocolo de atendimento aos casos de chikungunya. Os cerca de 400 profissionais da rede municipal estarão reunidos a partir das 8h30, no auditório do Banco Central. Entre as novidades, a aplicação de um questionário sobre a intensidade da dor e a introdução de analgésicos mais potentes a serem distribuídos pela atenção básica de acordo com a prescrição médica.

Com informações do DP

Inscrição para vestibular de música e dança na UFPE vai até dia 11

dança

Quem pretende estudar música ou dança na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)  deve prestar atenção ao calendário. O edital do processo seletivo foi divulgado ontem pela instituição. As inscrições já estão abertas e vão até 11 de fevereiro.  Esses cursos não integram o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação.

Candidatos devem se inscrever no site da Covest e pagar a taxa de R$ 70. É preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado para concorrer às vagas.

São oferecidas 30 vagas para Dança (licenciatura), 60 para Música (licenciatura), quatro para Música/Canto (bacharelado) e 18 para Música/Instrumento (bacharelado). Metade das vagas vai para estudantes que cursaram todo o ensino médio em escola pública.

Concorrentes de música farão a seleção em duas etapas. A primeira é a média do Enem (incluindo as cinco provas). Em seguida farão um teste de habilidade específica.

Para os candidatos de dança o processo seletivo consta de três fases. A primeira e a segunda são iguais aos feras de música: Enem e teste de habilidade. A terceira etapa é uma entrevista, onde os vestibulandos passarão por entrevista onde serão observados os seus propósitos e experiência na área, de modo que se possa avaliar o seu interesse e conhecimento sobre a natureza artístico-pedagógica da Dança.

Veja no edital todos os detalhes do vestibular para dança e música

Com informações de JC Online

UFPE: inscrições para estudos em universidade holandesa ocorrem entre 11 e 15 de janeiro

O Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da UFPE irá selecionar estudantes dos cursos de graduação como parte da para período de estudos na Holanda, que ocorre entre 13 e 27 de janeiro de 2016. Os interessados deverão realizar inscrição entre os dias 11 a 15 de janeiro, das 9h às 17h, na Secretaria do Centro, ou pelos emails [email protected] e [email protected]

Os aprovados vão estudar no NHTV University of Applied Sciences e Avans Hogeschool na cidade de Breda. A programação faz parte da disciplina eletiva Estudos Internacionais, cuja carga horária é de 60h e aberta para todos os alunos regularmente matriculados nos cursos vinculados ao CCSA. Confira o edital aqui.

UFPE reabre inscrições para concurso com salários de R$ 8,6 mil por falta de candidatos

A Universidade Federal de Pernambuco reabriu as inscrições para o concurso de professor efetivo nos campi Recife e Agreste com salários de até R$ 8,6 mil. Os interessados têm até o dia 19 de janeiro para participar. Segundo a instituição, as inscrições foram reabertas devido à falta de candidatos.

As vagas para adjunto têm salário de R$ 8.639,50. Para assistentes, está sendo oferecido salário de R$ 5.945,98, em regime de dedicação exclusiva. Os documentos referentes ao concurso estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe) da UFPE.

Há três vagas para o campus Recife, distribuídas da seguinte forma: Centro de Artes e Comunicação (CAC) – Departamento de Ciência da Informação – uma vaga para a classe assistente (titulação mínima de mestre); Centro de Tecnologia e Geociências (CTG) – Departamento de Engenharia Mecânica – uma vaga para a classe assistente e uma vaga para a classe adjunto (titulação mínima de livre-docente ou doutor). Para o Centro Acadêmico do Agreste (CAA), em Caruaru, há uma vaga para o Núcleo de Tecnologia, classe assistente.

Inscrições

As inscrições são feitas na diretoria do centro acadêmico que oferece a vaga, de segunda a sexta-feira, nos horários indicados no edital do concurso. Serão admitidas inscrições por procuração, em instrumento público ou particular, e por via postal. A taxa de inscrição custa R$ 215,99 e o valor deve ser pago mediante Guia de Recolhimento da União (GRU), disponível no site da Progepe. Será concedida a isenção da taxa aos candidatos que comprovarem insuficiência de recursos, conforme estabelece o Decreto n° 6.593/2008. A lista de documentos exigidos no ato da inscrição está no edital. (Fonte: DP)

MEC suspende vestibular para curso de licenciatura em História da UFPE em Olinda, Pesqueira e Petrolina

Seis cursos superiores de Pernambuco tiveram o vestibular suspenso pelo Ministério da Educação (MEC) depois de serem considerados insatisfatórios de acordo com o Conceito Preliminar de Curso (CPC) – indicador de qualidade do Ensino Superior no Brasil. A licenciatura em História da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está na lista, que também conta com graduações em Olinda, Pesqueira e Petrolina.

A decisão foi publicada ontem (23) no Diário Oficial da União, que determina que sejam aplicadas “medidas cautelares preventivas de de suspensão de ingresso” em tais cursos, justificado por “reiterados resultados no CPC nos anos de 2011 e 2014”.

Além do curso da UFPE, estão na lista as licenciaturas em Letras (Espanhol) e Pedagogia do Instituto Superior de Educação de Pesqueira, a licenciatura em Letras da Faculdade de Ciências Humanas de Olinda e a graduação em Física pelo  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão, de Petrolina.

Ao todo, 68 cursos foram proibidos de receber novos alunos pelo MEC, em todo o país. O CPC é calculado a partir de uma avaliação completa, que considera desde o desempenho dos alunos, infraestrutura, corpo docente e recursos pedagógicos, além de outros aspectos. A avaliação é realizada a cada três anos e a análise publicada nesta quarta é referente aos dados coletados em 2014.

Os estudantes que já estejam matriculados em algum desses cursos não serão afetados. (Fonte: Diário de Pernambuco)
123