Projeto da Univasf faz doação de máscaras para servidores da área social de Petrolina

(Foto: Ascom)

A doação realizada nesta segunda-feira (18), contemplou servidores municipais de Petrolina que trabalham na área social. Foram doadas 100 máscaras de acetato pelo Projeto Escola Verde e Núcleo Temático de Educação Ambiental Interdisciplinar da Univasf – Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Sem vacina para todos ainda, o uso da máscara ainda é um dos meios de proteção mais eficazes contra o novo coronavírus e o projeto Escola Verde já produziu cerca de 2 mil delas desde o início da pandemia, em março, quando os trabalhos começaram com estudantes da Univasf, da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e da Universidade de Pernambuco (UPE).

As ‘máscaras-escudo’ foram produzidas pelos alunos e agora vão contribuir com a proteção dos servidores. O Programa Escola Verde é reconhecido pelo Ministério da Educação para promoção da Educação Ambiental formal e informal, em diferentes espaços e contextos, por adesão voluntária de professores, gestores, estudantes, comunidades e demais instituições públicas e privadas.

Representante dos discentes da Univasf relata problemas causados por “brigas de egos” na reitoria pro-tempore

Crise interna da Univasf ganha mais um capítulo (Foto: Blog Waldiney Passos)

A crise interna na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ganhou mais um capítulo nesse começo de ano. No dia 11 de janeiro o vice-reitor, Valdner Ramos Clementino solicitou sua exoneração e deixou o posto na reitoria pro-tempore.

O atual reitor temporário, Paulo Fagundes (indicado pelo deputado federal Pastor Eurico), foi nomeado para fazer a gestão transitória entre a gestão de Julianelli Tolentino e seu substituto, Télio Nobre, vencedor na eleição interna. Entretanto, a intervenção externa de Brasília (DF) gerou uma série de imbróglios na instituição, como explica o representante discente do Conselho Universitário, Mateus Alencar Ferreira.

“O que está havendo hoje é que o grupo deles está sendo quebrado. E por conta dessa quebra de interesses e ideologias foi que o Valdner acabou por renunciar. O grupo político está se partindo e a comunidade sofre com isso, porque os estudantes ficam nesse fogo cruzado”, disse ao programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa segunda-feira (18).

LEIA MAIS

GECAL da Univasf lança coletânea de ebooks na próxima semana

A caprinoovinocultura na região do Sertão do São Francisco se fortalece a cada ano. E a temática resultou em uma coletânea de ebooks, que será lançada no próximo dia 20/01, em cerimônia virtual, transmitida ao vivo pelo YouTube.

A coletânea é resultado das atividades desenvolvidas pelo Grupo de Estudos em Caprinos Leiteiros (GECAL), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). São oito volumes, pensados no produtor, discente, pesquisador, docente, extensionista e demais pessoas envolvidas na cadeia produtiva.

Por conta da pandemia do novo coronavírus o lançamento não acontecerá de forma presencial. O evento pode ser acompanhado pelo link a seguir: https://youtube.com/channel/UCygRrHEUTOSG5pqdXDYxAcw

Hospital Universitário intensifica ações voltadas para a Saúde Mental no mês de janeiro

(Foto: Ascom)

Uma pesquisa coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/Ministério da Saúde),  aponta que 47,3% dos trabalhadores de serviços essenciais durante a pandemia de Covid-19, no Brasil e na Espanha, foram afetados com sintomas de ansiedade e depressão. Além disso, 42,9% sofreram mudanças nos hábitos de sono.

Com foco na prevenção destes sintomas, o Hospital Universitário da Univasf (HU-Univasf) está apoiando, por mais um ano, o Janeiro Branco, mês voltado para a conscientização de questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional. Conteúdos educativos serão produzidos e divulgados durante todo o mês, com apoio da Divisão de Gestão de Pessoas e equipe de profissionais de Psicologia e Psiquiatria do hospital.

LEIA MAIS

Univasf divulga calendário acadêmico e retomará aulas de forma remota em março

Aulas serão retomadas de forma remota (Foto: Arquivo)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou o calendário acadêmico referente aos semestres letivos de 2020.1 e 2020.2. As datas foram aprovadas pelo Conselho Universitário (Conuni) e preveem o início das aulas de forma remota, a partir do dia 1º de março.

O semestre 2020.1 terá duração de 16 semanas, com conclusão prevista em 19 de junho desse ano. Serão ofertadas as disciplinas obrigatórias, optativas e eletivas previstas e as matrículas devem ser feitas em fevereiro. Já o segundo semestre começará em 12 de julho e seguirá até 30 de outubro, com matrículas agendadas para junho.

Além de definir o cronograma dos dois semestres, o calendários também determinou quando serão realizadas as colações de grau: via cerimônias remotas, entre 21/01 e 22/02; 14/07 a 15/08; e 19/11 a 18/12 a depender do semestre de conclusão.

Suzana Ramos tomará posse nesta sexta-feira como primeira mulher a governar Juazeiro

(Foto: Ascom/Suzana Ramos)

Em solenidade restrita por causa da pandemia do novo coronavírus, a prefeita eleita de Juazeiro, Suzana Ramos (PSDB), será empossada nesta sexta-feira, 1º de janeiro de 2021, como a primeira mulher a gerir o município baiano.

Eleita com 64.229 votos (55,68%), Suzana assumirá o cargo maior do município, junto com seu vice Leonardo Bandeira (SD), em solenidade no Complexo Multieventos da Univasf, bairro Santo Antônio, a partir das 17h.

Assim como ocorreu na diplomação, a entrada no local será restrita aos vereadores diplomados, aos novos secretários municipais e à imprensa (sem credenciamento prévio).

Os presentes devem seguir todos os protocolos de segurança: uso de máscara e álcool gel e distanciamento social.

Pesquisa da Univasf busca identificar comportamentos das pessoas durante a pandemia

O Laboratório de Desenvolvimento, Aprendizagem e Processos Psicossociais (LDAAP) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está convidando a população local para uma pesquisa intitulada “Comportamentos e Decisões Pessoais durante a Pandemia da Covid-19”.

Voluntários com mais de 18 podem participar. Basta clicar aqui e responder aos questionamentos da Univasf. O questionário é completamente online e antes de responder aos questionamentos, o participantes deve confirmar seu consentimentos.

Ao final do formulário é importante enviar as respostas, para conclusão da pesquisa. Esse trabalho é orientado pelo Prof. Dr. Leonardo Sampaio. Para mais informações basta entrar em contato com o email fornecido no próprio questionário.

Em Petrolina, deputada estadual Dulci Amorim se reúne com representantes do HU

(Foto: Divulgação)

A deputada estadual Dulci Amorim (PT) visitou o Hospital Universitário de Petrolina nessa semana e buscou ouvir as principais demandas da gestão, para buscar melhorias no atendimento ao público. Dulci esteve acompanhada do ex-prefeito e ex-deputado Odacy Amorim (PT), que inaugurou a unidade.

O casal foi recebido pelo gerente administrativo, Heitor Leite e pela dra. Kátia. Desde o início da pandemia do novo coronavírus o HU da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está sendo utilizado também no tratamento de pacientes.

“Nossa luta não começou agora e nem pode parar. Sem saúde, não sairemos dessa crise econômica. E sem garantias de que o povo terá suas necessidades básicas asseguradas, ficará cada vez mais difícil manter as medidas de prevenção à Covid-19“, afirmou a parlamentar.

Médicos residentes do HU Univasf denunciam falta de EPIs e abusos da atual administração

HU se manifestou através de nota, disponível no final da matéria (Foto: Ascom)

Residentes do Hospital Universitário de Petrolina elaboraram uma carta aberta (confira aqui) à população, na qual denunciam uma série de abusos praticados pela atual administração da unidade, ligada à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O documento foi apresentado em Assembleia dos Residentes da Univasf, dos cursos de medicina; enfermagem; fisioterapia e terapia ocupacional; e de farmácia.

Em primeiro lugar, os residentes estão sendo proibidos de entrar no HU após 8h. Mas em contrapartida, a administração não apura o cumprimento da carga horária trabalhada: há pessoas sem horário de almoço, trabalhando além do horário e atuando além de oito horas diárias. De acordo com os estudantes dos cursos, o HU extrapola seu poder e fere a orientação do Conselho Federal de Medicina (que veta a limitação do acesso aos hospitais). No fim, o principal afetado é a população, pois há diminuição dos profissionais disponíveis.

Outro ponto da denúncia é a falta de comunicação interna, refletindo na não realização de exames e consultas. Segundo a carta houve “suspensão de exames de imagem para pacientes não internados e de alguns ambulatórios aconteceu de forma não oficializada”.

LEIA MAIS

Hospital Universitário de Petrolina se pronuncia sobre idosa de 96 anos que aguarda cirurgia

(Foto: Ascom)

O Hospital Universitário de Petrolina (HU) atendeu solicitação deste Blog e enviou nota sobre o estado de saúde e previsão de realização de uma cirurgia de uma paciente que havia fraturado a perna.

Os familiares de Dona Ananda Simão de Lima, de 96 anos, procurou nossa produção na manhã desta quarta-feira (2), informando que a paciente havia sido levada para o Hospital Universitário por uma ambulância do do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), no início da tarde de terça-feira (1º), após sofrer uma fratura na perna.

Segundo parentes, a idosa deu entrada na recepção às 13h04 e ficou durante toda a tarde e parte da noite deitada na maca do SAMU, na recepção, a espera de transferência para um leito. A mesma foi transferida para a enfermaria durante o período noturno, mas até a final da manhã de quarta-feira (2), o hospital não havia informado uma previsão para a realização da cirurgia de Ananda, que é portadora do mal de Alzheimer.

Atendendo nossa solicitação, o Hospital Universitário enviou a seguinte nota:

NOTA SR ANANDA

Projeto da Univasf já produziu 1,4 mil máscaras de proteção para doação

(Foto: Ascom/Univasf)

Máscaras e outros Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) produzidos através do Projeto Escola Verde, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) estão sendo destinados à pessoas da comunidade, mas sobretudo, aos trabalhadores do Hospital Universitário da Univasf (HU-Univasf) e outras unidades de saúde de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA).

O trabalho começou em março, no início da pandemia, com estudantes da Univasf, da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e da Universidade de Pernambuco (UPE). Os integrantes do Projeto  realiza a produção em suas próprias casas, respeitando as medidas de segurança contra o novo coronavírus.

LEIA MAIS

Univasf promove 11º Mês das Consciências Negras; programação começa amanhã

(Foto: Arquivo)

Para celebrar o Dia da Consciência Negra, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) promove uma série de debates promovidos pelo Núcleo de Estudos Étnicos e Afro-Brasileiro Abdias Nascimento e Ruth de Souza (Neafrar).

A partir deste sábado (21) tem início o 11º Mês das Consciências Negras. O primeiro ato dessa ação será realizado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), a partir das 10h. É necessário fazer inscrição prévia para acompanhar o evento.

A conferência de abertura será mediada pelo docente do Colegiado de Ciências Sociais e coordenador do Neafrar Nilton de Almeida. As atividades seguirão até fevereiro do próximo ano e contam com apoio do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Juazeiro (BA), a Frente Negra do Velho Chico, o Colegiado de Ciências Sociais da Univasf e o Observatório de Estudos em Educação, Trabalho e Cultura (ETC).

Pesquisa de cientista social formada na Univasf recebe prêmio da Associação Brasileira de Antropologia

Izabel Castro é egressa do curso de Ciências Sociais.

Um estudo sobre a relação entre o surgimento das primeiras prisões do Brasil e os interesses políticos e econômicos da classe dominante do século XIX. Assim é o trabalho da egressa do curso de Licenciatura em Ciências Sociais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) Izabel Castro, premiado com menção honrosa durante a 32º Reunião Brasileira de Antropologia, promovida pela Associação Brasileira de Antropologia (ABA).

O artigo, intitulado “Punição e controle social no Século XIX: uma análise histórica-antropológica dos Annaes do Parlamento Brazileiro e do Código Criminal de 1830”, foi submetido ao IX Prêmio Antropologia e Direitos Humanos, na categoria Graduação.

LEIA MAIS

Univasf lança chamada pública para aproveitamento de candidato aprovado em concurso público para professor

(Foto: Internet)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) lançou Chamada Pública para aproveitamento de candidato aprovado em concurso público para professor do magistério superior. Há 11 vagas para professores de diversas áreas de conhecimento destinadas a colegiados acadêmicos dos campi localizados em Juazeiro e Paulo Afonso, na Bahia, e em São Raimundo Nonato, no Piauí. As inscrições estão abertas de hoje (16) até a próxima segunda-feira (23).

Para se candidatar a uma vaga é necessário ter sido aprovado em concurso público, ainda vigente, realizado em Instituição Federal de Ensino Superior localizada na Região Nordeste, conforme estabelece o Edital Nº 7/2020, que se encontra na página de Concursos da Univasf, onde também está disponível o formulário de inscrição. Outros requisitos e os documentos exigidos para participar da chamada pública constam no edital.

LEIA MAIS

Voluntários podem participar de estudo das relações sociais elaborado pela Univasf

(Foto: Arquivo)

Buscando investigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus na nossa vida, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está investigando as relações socioafetivas em tempos de distanciamento social. A iniciativa é do Laboratório de Desenvolvimento, Aprendizagem e Processos Psicossociais (LDAPP) da instituição.

Desde o mês passado pesquisadores estão em busca de voluntários de todo o país, com idade igual ou superior a 18 anos, que tenham interesse em participar do estudo online (clique aqui para participar). Basta preencher um formulário online e responder a perguntas previamente elaboradas pelo LDAPP.

“Cientistas indicam que a humanidade enfrentará, ainda, novas pandemias e, diante disso, precisaremos novamente estabelecer medidas restritivas. Por isso, entender que variáveis são essas é importante para ajudar as autoridades públicas e de saúde a tomarem decisões”, explica o coordenador do LDAPP e professor da Univasf, Leonardo Sampaio.

123