Com boa expectativa de público, Semiárido Show apresentará novas tecnologias e busca valorizar a produção local

Evento acontecerá entre 19 e 22 de novembro

Na próxima terça-feira (19) Petrolina sedia mais uma edição do Semiárido Show. Realizado pela Embrapa Semiárido, o evento que é bianual, receberá visitantes de todo Nordeste e a expectativa da organização é a melhor possível.

Em sua oitava edição, o Semiárido Show traz como tema “Dinâmicas de Desenvolvimento Regional e Inovação”. O objetivo é apresentar novas tecnologias, discutir a exploração sustentável da caatinga e capacitar agricultores da região.

A programação é extensa e envolve minicursos, palestras, oficinas, seminários e dias de campo. Tudo é gratuito, sem necessidade de inscrição prévia. “É um evento de extrema importância para a nossa região, a programação é totalmente aberta ao público e não precisa de inscrição prévia. A gente convida toda a comunidade, não só os agricultores e técnicos, porque é um evento muito rico em informação”, destaca o chefe-geral da Embrapa Semiárido, Pedro Gama.

LEIA MAIS

Jornada de Radiologia e Congresso de Saúde reuniram especialistas em Petrolina

(Foto: Divulgação)

Evento multidisciplinar que reuniu especialistas nas áreas de medicina, enfermagem, odontologia clínica e cirúrgica, neurologia, radiologia e intervenção vascular e guiada por imagem. Este foi o perfil da IV edição da Jornada de Radiologia e I Congresso de Saúde do Vale do São Francisco, realizados no último sábado (26), no Nobile Suítes del Rio, em Petrolina (PE).

Os encontros, promovidos pelo Instituto AMMO com apoio da Sociedade de Radiologia de Pernambuco e o Sicredi Vale do São Francisco, reuniram um público de mais de 400 participantes que puderam atualizar conhecimentos com 80 profissionais, entre palestrantes e moderadores, vindos de várias partes do País.

LEIA MAIS

Carrancas Futebol Americano vence e avança aos play-offs da Liga BFA – Acesso Nordeste

(Foto: Tiara Melo)

O duelo de invictos na Liga BFA – Acesso Nordeste terminou com vitória do Carrancas Futebol Americano, no último. A equipe representante do Vale do São Francisco venceu o São Luís Sharks (MA) por 43×26 em partida realizada no Estádio Paulo Coelho, em Petrolina, no último sábado (5).

A partida foi um verdadeiro xadrez, sendo uma prova de fogo ao Carrancas que soube crescer no momento decisivo e confirmou a terceira vitória na temporada. Com o resultado a equipe local se classificou para os play-offs (o mata-mata).

O encerramento da campanha do Carrancas na Fase de Grupos será no dia 27 deste mês, contra o Tropa Campina, em jogo adiado. Os ingressos já estão a venda e custam R$ 10,00 o primeiro lote.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento pretende fazer do Vale do São Francisco um polo de fronteira de irrigação

(Foto: Divulgação)

Transformar o Vale do São Francisco num polo de produção agrícola com as mais modernas práticas de cultivo mundiais, a exemplo do uso adequado da água para irrigação, de produtos biológicos capazes de combater eficazmente pragas e da difusão de novas cultivares BRS produzidas pela Embrapa, a exemplo da uva ‘Vitória’.

Este foi o compromisso feito pelo secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Fernando Camargo, durante reunião no Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR) na tarde da última quinta-feira (3).

O secretário, que esteve no município na companhia do presidente da Embrapa, Celso Moretti e grande comitiva, incluindo o diretor do AgroNordeste, Danilo Forte, ouviu uma série de demandas do setor produtivo e demonstrou interesse em remover entraves para o sucesso de vendas das frutas do Vale no mercado nacional e internacional.

LEIA MAIS

Inovações marcam realização do Congresso Brasileiro de Fruticultura no Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

A demonstração do uso de drones para aplicação de película que protege as plantas do estresse provocado pelo sol será uma das inovações apresentadas durante o XXVI Congresso Brasileiro de Fruticultura (CBF), que começou no dia 30 de setembro, e vai até 4 de outubro, no Complexo Multieventos da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro (BA).

O equipamento em ação poderá ser conferido no terceiro dia do evento 02). A película é uma espécie de protetor solar, que faz “baixar a temperatura das folhas e aumentar o conforto térmico da planta”, explica o professor Ítalo Hebert Lucena Cavalcanti, Vice-Presidente da comissão organizadora do evento.

Na fruticultura tropical, em especial na praticada nas áreas irrigadas do Semiárido, o emprego de insumos que amenizam o estresse vegetal em culturas como manga e uva durante o ciclo produtivo amplia a produtividade dos pomares e melhora a qualidade das safras colhidas, afirma o professor.

LEIA MAIS

III Fórum de Turismo  reúne Secretários de Turismo do Estado da Bahia e do município de Juazeiro

(Foto: Ascom)

Os Secretários de Turismo do Estado da Bahia e do Município de Juazeiro (BA) – Fausto Franco e Sérgio Fernandes, respectivamente – participaram na manhã desta sexta-feira (27), do III Fórum de Turismo e I Encontro de Gestores da Zona Turística do Vale do São Francisco, no Grande Hotel de Juazeiro. O evento foi uma realização da Câmara de Turismo do Vale do São Francisco e contou com a participação de municípios que fazem parte do Território do São Francisco, além do Diretor de Planejamento de Território do Estado, José Barreto, e empresários da área.

Para o Gestor da SETUR da Bahia, Fausto Franco, participar do evento foi uma grande alegria. “Primeiro é um prazer enorme voltar a Juazeiro, uma cidade onde já estive muitas vezes e tenho alguns amigos e ótimas lembranças. Sei do potencial turístico que temos aqui e que é preciso fomentar mais ainda. Turismo é a maneira mais rápida de gerar emprego e renda e o potencial da região é muito grande. Precisamos estar junto com a Prefeitura, empresariado, Estado, porque assim poderemos deixar um legado para a sociedade. É interessante darmos nossas diretrizes, para que possamos unir as pontas, pois esse é o papel do Estado: viabilizar, para o privado fazer”, disse.

LEIA MAIS

Desafio de Robótica em Petrolina atrai estudantes de vários municípios

(Foto: Divulgação)

Aconteceu no último sábado (14) a Etapa Nordeste 2019 do Robotics Experience, maior evento de robótica do sul do Brasil. No total, 28 equipes representaram variadas escolas do Vale do São Francisco e cidades circunvizinhas como Araripina (PE), Candeias (BA) e Jacobina (BA). Durante todo o sábado a comunidade pôde assistir à competições e projetos expostos no ensejo.

Liderados por um técnico, os grupos precisaram cumprir 5 desafios com seus robôs, de acordo com o tema proposto: “tecnologia a favor do esporte”. Em cada prova as máquinas tinham que simular um esporte diferente, como futebol, ginástica rítmica e golfe. Três equipes realizaram todas as etapas: Colégio Colibri, de Candeias, Colégio GEO, de Juazeiro (BA) e Colégio Nova Geração, localizado em Araripina. Ambas garantiram a vitória e vão poder se apresentar na edição nacional do evento que acontecerá em Blumenau-SC, no próximo ano.

LEIA MAIS

Evento de robótica acontece neste sábado em Petrolina

(Foto: Divulgação)

O Robotics Experience, um dos maiores eventos educacionais de robótica do Brasil, acontece neste sábado, em Petrolina (PE), e vai reunir estudantes e instituições de ensino do Vale do São Francisco, de regiões circunvizinhas e de localidades metropolitanas de Salvador (BA). Essa é a Etapa Nordeste 2019, que acontecerá neste sábado (14), no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, das 9h às 16h.

Visando estimular o uso de recursos tecnológicos para a transformação positiva da realidade, o evento vai promover mostras de robôs e exposições de pesquisas tecnológicas, como o projeto de lançamentos de foguetes de uma escola municipal de Petrolina. Serão propostos desafios para os estudantes envolvidos, onde cada equipe, seguindo o tema central deste ano, “Tecnologia a favor do esporte”, vai precisar usar seu robô para simular a execução de várias atividades esportivas. O grupo que cumprir todas as provas será premiado pelo desempenho e ganhará a oportunidade de se apresentar no Evento Nacional, em Blumenau (SC).

Também vão ser ofertadas palestras para todo o público presente. Em uma delas, a jovem Anna Luísa Santos, formada em Biotecnologia, vai explicar como sua ideia pode ajudar milhares de pessoas. Ela desenvolveu uma tecnologia que filtra água através da luz solar em locais secos do país, e ganhou vários prêmios, incluindo o HackBrazil, evento brasileiro de tecnologia em Boston, nos Estados Unidos. Além disso, estudantes da Univasf vão expor o projeto Baatinga, que consiste no desafio da construção de um carro monoposto (para apenas uma pessoa), comuns em corridas automobilísticas.

Prefeitura de Petrolina busca parcerias para combater mortandade de abelhas na região

(Foto: Jaquelyne Costa)

A situação de mortandade das abelhas tem chamado atenção ao redor do mundo e também no Vale do São Francisco. O tema vem mobilizando a Prefeitura de Petrolina, órgãos ambientais e demais seguimentos como o Ministério Público de Pernambuco.

Para discutir ações no intuito de evitar a extinção de variadas espécies de abelhas nativas da Caatinga o secretário de Governo e Agricultura (SEGOA), Simão Durando e o diretor-presidente da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS), Marcelo Gama, estiveram reunidos com o coordenador geral do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga), Luiz Cezar Pereira e a ecóloga e pesquisadora do Centro, Aline Andrade.

LEIA MAIS

Governos de Pernambuco e da Bahia unificam ações para combater a Mosca das Frutas

(Foto: Divulgação)

Os Governos de Pernambuco e da Bahia vão unificar as ações de controle da Mosca das Frutas no Vale do São Francisco. A decisão foi formalizada na última sexta-feira (30), com a assinatura de um protocolo de intenções entre a Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco (SDA), Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri) e Agências Estaduais de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) e da Bahia (Adab). Também subscreveram o protocolo a Embrapa, o Sebrae, as Federações de Agricultura dos dois Estados, Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas (Abrafrutas), Valexport, Codevasf e a Biofábrica Moscamed Brasil.

A iniciativa tem como meta atender às exigências do mercado europeu, que passou a exigir ações de controle e monitoramento da Mosca das Frutas para a entrada de produtos na Europa. Até então, para exportar frutas para os países da Zona do Euro bastava a adoção de procedimentos para a eliminação de larvas, como o processo hidrotérmico para as mangas ou o tratamento a frio para as uvas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, a unificação das ações tem grande importância para a competitividade da fruticultura do Vale do São Francisco e a manutenção dos mercados para os produtores dos dois Estados. “Não adianta um produtor de Pernambuco ou da Bahia realizar o controle e o monitoramento da Mosca das Frutas se o seu vizinho não implantar essas ações. A mosca não reconhece limite de propriedades nem divisas entre os Estados”, destacou.

LEIA MAIS

Virarte encerra Aldeia do Velho Chico com grande programação neste sábado

O pernambucano Almério é uma das atrações do Virarte. (Foto: Divulgação)

Após 15 dias de intensa programação cultural, a Aldeia do Velho Chico – Festival de Artes do Vale do São Francisco, realizado pelo Sesc Petrolina, será encerrado neste sábado (31), com o tradicional Virarte. Serão mais de dez horas ininterruptas de atrações, em uma grade que conta com shows musicais, espetáculos de dança, teatro e o Mercado Cultural.

Entre as atrações mais esperadas da programação estão a cantora baiana Larissa Luz e o pernambucano Almério. Natural de Altinho, no Agreste de Pernambuco, Almério subirá ao palco alternativo da Aldeia às 20h, para apresentar ao público sucessos do seu segundo CD “Desempena”, e outras canções. O cantor e compositor é ganhador do Prêmio da Música Brasileira 2018 na categoria Cantor Revelação.

Às 23h será a vez da cantora Larissa Luz colocar todo mundo para dançar. Cantora, compositora e atriz, Larissa é um dos principais nomes da música negra contemporânea da Bahia. Atualmente em cartaz vivendo Elza Soares no musical “Elza”, a soteropolitana concilia carreira de atriz e cantora.  Em seu novo trabalho, “Trovão” Larissa constrói um ritual Baile que propõe conexão do sublime com o terreno, atualizando mitos yorubás e conduzindo um encontro entre som e movimento na pista.

LEIA MAIS

Deputado Tum solicita realização de censo agrícola no Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

O setor agrícola da região do Vale do São Francisco, no norte da Bahia, caminha para ter seus dados atualizados por meio de um censo. A pauta foi levada pelo deputado estadual Tum (PSC) ao secretário estadual de agricultura, Lucas Costa, durante audiência na última quarta-feira (28), em Salvador (BA). O encontro foi acompanhado pelo representante do governo do estado em Brasília, Bebeto Galvão, e pelo prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres. A demanda passará, agora, por uma avaliação interna da secretaria.

O deputado Tum lembra que a fruticultura, pecuária e a produção de verduras são responsáveis por movimentar boa parte da economia de, pelo menos, dez cidades banhadas pelo Rio São Francisco, a exemplo de Sobradinho, Casa Nova, Juazeiro, Remanso, Uauá, Sento-Sé, Curaçá, Pilão Arcado, Campo Alegre de Lourdes e Canudos.

Dessa forma, o parlamentar destaca que a elaboração de um censo, que possa dar um retrato do que se produz, do volume da produção e dos empregos gerados, é “uma ferramenta de balizar e definir as estratégias para a adoção de programas essenciais ao crescimento do setor, fortalecendo a agricultura e a pecuária da nossa região, sobretudo porque a geração de empregos no campo requer menor investimento que na indústria, por exemplo”.

LEIA MAIS

Cemafauna coordena investigação sobre morte e desaparecimento de abelhas na região do Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

Pesquisadores do Centro de Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), estão investigando as possíveis causas de morte e desaparecimento de abelhas na região. A pesquisa foi motivada a partir de um inquérito, instaurado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), após criadores de abelha e produtores de mel relatarem que houve uma diminuição na ocorrência da espécie Apis mellifera, nos últimos anos, sem causa identificada. Para a realização do estudo, o Cemafauna conta com o apoio da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade de Cardiff, no País de Gales.

Para o estudo, o Cemafauna realizou a coleta de abelhas mortas e do mel produzido por essa espécie. “A pesquisa envolveu somente a Apis melliferapor ser a espécie de interesse dos apicultores que diagnosticaram o problema na região”, conta a coordenadora da pesquisa no Cemafauna, a bióloga Aline Andrade. Ela destaca que esta espécie é responsável por grande parte da polinização de frutos. “Embora seja exótica, ela tem ampla distribuição por todo o país, com importante papel ecossistêmico nos serviços de polinização e, consequentemente, na produção de frutos”, explica.

O material coletado foi enviado para a Universidade de São Paulo, para ser analisado por pesquisadores. Nas primeiras análises, foi identificada a presença de substâncias químicas nas cutículas (pele) das abelhas. Estas substâncias são encontradas em pesticidas utilizados nas lavouras agrícolas.

LEIA MAIS

Universidade Federal do Vale do São Francisco se manifesta contrária ao ‘Future-se’

(Foto: Divulgação)

O Conselho Universitário, órgão superior deliberativo da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Conuni-Univasf), tornou pública a Decisão Nº 65/2019 que trata da posição institucional da Univasf sobre o programa Future-se. No último dia 9, o Conuni, órgão máximo da instituição, que conta em sua composição com representantes das comunidades acadêmica e externa, aprovou Carta de Recusa à minuta do Projeto de Lei (PL) do programa, anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) em julho deste ano.  O ato sinaliza alterações à proposta original do MEC, com base no princípio constitucional da autonomia universitária.

Segundo avaliação dos conselheiros, o modelo proposto, conforme minuta do PL, poderá impactar o direcionamento de atividades de pesquisa, ações de ensino, extensão e de inovação tecnológica das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes). A previsão de contrato com Organizações Sociais (OS), de modo impositivo para adesão das Ifes ao programa, também foi apontada como ameaça à autonomia da universidade. Dividido em três eixos, Gestão, Governança e Empreendedorismo, Pesquisa e Inovação, e Internacionalização, o Future-se prevê, ainda, entre outras iniciativas, a criação de diferentes tipos de fundos de investimento e fomento às ações programadas, e de um comitê gestor externo à universidade, caracterizado como entidade de supervisão e controle.

LEIA MAIS

Aldeia do Velho Chico celebra 15 anos com grande programação em Petrolina, Juazeiro e Lagoa Grande

(Foto: Ascom)

Durante o mês de agosto Petrolina vai se tornar a capital cultural do Sertão pernambucano.  De 16 a 31 o Sesc, em parceria com a Prefeitura Municipal, movimentará a cidade com a realização da 15ª edição da Aldeia do Velho Chico – Festival de Artes do Vale do São Francisco. A programação comemorativa de 15 anos do festival, que acontecerá em Petrolina, Juazeiro (BA) e Lagoa Grande (PE), foi lançada na manhã desta quinta-feira (8)  no Teatro Dona Amélia. Consolidado como importante projeto multicultural do Vale do São Francisco, a Aldeia é um desdobramento do Palco Giratório, maior projeto de artes cênicas em circulação no país, e contará com a participação de mais de cem artistas regionais e nacionais.

O homenageado desta edição será o Grupo TPA (Teatro Popular de Arte) de Petrolina, companhia que contribuiu para a construção do movimento teatral na região, com uma trajetória de mais de 30 anos. O tema escolhido para a edição é a hashtag  #SOMOSALDEIA. “O projeto solidificou uma política de cultura. Desde 2005, se a gente for fazer uma avaliação, a quantidade de grupos que surgiu a partir da expectativa do festival, para acolher suas produções, é muito grande. Percebemos ao longo dos anos o crescimento das linguagens artísticas, mostrando que é possível profissionalizar a arte. É o festival que tem trazido espetáculos atuais, contemporâneos, artistas que trazem outros modos de produzir. É um festival atento ao tempo, as discussões atuais, como: racismo, intolerância, violência contra a mulher, homofobia. Pensar isso dentro dos recortes curadoriais também são demandas deste festival, que acaba sendo também um lugar de educação através da arte”, destaca o supervisor de cultura do Sesc Petrolina, Jailson Lima.

Programação

A abertura acontece no dia 16 de agosto, a partir das 15h, no Sesc Petrolina, com a Mostra Pedagógica das Oficinas que terão início no dia 12, seguida pelo Painel de Visualidades da Aldeia, apresentação do Reisado da Comunidade Quilombola Mata de São José (Orocó-PE) e Maracatu Beira-rio (Petrolina). Logo depois, às 17h, o tradicional cortejo Abre Alas pro Velho Chico parte do Sesc e vai percorrer as principais ruas do centro comercial da cidade com a Frevuca, até a Orla. A partir das 18h, a programação acontecerá no palco montado na Orla de Petrolina, com apresentações do Reisado da Comunidade Quilombola do Lambedor (Lagoa Grande-PE), São Gonçalo de Amarante de Zezinho do Vira Beiju (Petrolina), Quadrilha Explode Coração (Petrolina) e Quadrilha Buscapé (Juazeiro-BA). Os shows musicais serão abertos às 19h30 com a cantora caruaruense Gabi da Pele Preta e logo depois o grupo Mande in Quebrada (Juazeiro-BA). A noite de abertura será encerrada com o show Tecnomacumba, da cantora maranhense Rita Beneditto.

LEIA MAIS
123