Petrolina: delegado dá detalhes sobre caso de criança enterrada em vala

Delegado pede ajuda da população para identificar criança encontrada morta (Foto: Blog Waldiney Passos)

O delegado Magno Neves, responsável pela investigação do caso envolvendo uma criança encontrada morta em Petrolina na segunda-feira (13) participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos de hoje (14), na Rádio Jornal e deu mais detalhes sobre os trabalhos da Polícia Civil.

LEIA TAMBÉM:

Corpo de criança é encontrado enterrado em vala no bairro Pedra Linda, em Petrolina

Segundo Neves, a vítima aparenta ter dois anos e é do sexo masculino. Ela estava enterrada em uma vala rasa, sem roupa, foi encontrada por pessoas que passavam pelo local que acionaram a polícia. Os indícios apontam para homicídio, mas todas as hipóteses são analisadas. “Foram lesões na região do estômago causado por instrumento contundente”, afirmou o delegado.

Dupla é presa em flagrante durante tentativa de roubo no Vale Dourado

Dois homens foram presos na madrugada desse domingo (20) pela Polícia Militar de Petrolina. Os suspeitos estavam em uma moto Yamaha Factor preta, placa PGZ-5356 no bairro Vale Dourado perseguindo um ciclista.

Ao serem parados pelos policiais o garupa da moto confessou estar armado. Eles estavam tentando roubar o ciclista. A dupla foi presa em flagrante e encaminhada, juntamente com a moto utilizada na ação, para a Delegacia de Polícia Civil de plantão.

Moradores do Vale Dourado não serão mais cobrados por taxa de esgoto, afirma ARMUP

(Foto: Ascom/PMP)

O impasse gerado entre a Prefeitura de Petrolina e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) sobre a responsabilidade do Vale Dourado chegou a mais um capítulo. Hoje (12) a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (ARMUP) revelou ter conseguido a isenção do pagamento da taxa de esgoto.

Durante quatro anos os moradores do local foram cobrados pela companhia, mas segundo Rubem Franca, diretor-presidente da ARMUP, não existe tratamento no esgoto da comunidade.

LEIA TAMBÉM:

Compesa volta a afirmar que não tem responsabilidade pelo esgotamento do Vale Dourado

Diretor-presidente da ARMUP afirma que documentação comprova responsabilidade da Compesa sobre Vale Dourado

“De fato, foram mais de 4 anos que os moradores do Vale Dourado vinham pagando estas taxas de esgoto e do outro lado a Compesa não fazia o serviço pelo qual vinha cobrando. Se a Compesa cobrava taxa de esgoto ela deveria coletar, bombear e tratar os resíduos e isso não era feito”, disse.

Prefeitura afirma que multas à Compesa têm base técnica e não envolvem politicagem

(Foto: Ascom)

No início da semana o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares esteve em Petrolina. Ele participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos e juntamente com o gerente regional da Compesa na cidade, João Raphael, criticou a postura política adotada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (ARMUP).

LEIA TAMBÉM:

Presidente da Compesa afirma que atendimento do call center será discutido pela companhia

Gerente regional da Compesa questiona postura da Armup sobre multas aplicadas

População é a maior prejudicada pela disputa jurídica entre Compesa e Prefeitura, afirma presidente da companhia

Segundo Tavares, muitas obras estão paralisadas no município em decorrência da insegurança jurídica. Essa movimentação é política, de acordo com o presidente e reflete nas constantes multas aplicadas contra a Compesa. A maior polêmica envolve a Estação do Pedra Linda, pois segundo João Raphael, houve má fé da ARMUP.

Compesa volta a afirmar que não tem responsabilidade pelo esgotamento do Vale Dourado

(Foto: Arquivo)

O diretor-presidente da Agência Reguladora do Município de Petrolina (ARMUP), Rubem Franca, apresentou ao Blog Waldiney Passos um documento no qual comprova a responsabilidade da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em relação ao esgotamento sanitário do loteamento Vale Dourado.

LEIA TAMBÉM:

Diretor-presidente da ARMUP afirma que documentação comprova responsabilidade da Compesa sobre Vale Dourado

Por meio de uma nota enviada ao Blog, a Compesa voltou a afirmar que não compete a ela operação o sistema de esgotamento do referido loteamento, tendo em vista que não houve a transferência de titularidade do loteador à companhia.

A nota reafirma o já dito na resposta anterior, de que os serviços eram executados sempre que solicitados pelos moradores. O que não configura responsabilidade pela ausência dessa transferência. A Compesa também abordou a questão do calçamento da Orla 2, alegando não fazer sentido a multa aplicada pela ARMUP.

Confira a seguir a íntegra da nota:

Vereador Edilsão do Trânsito se reúne com gerente regional da Compesa para discutir problemas no esgotamento sanitário de Petrolina

Durante o encontro, o vereador levantou a bandeira da comunidade do Vale Dourado, que há mais de um mês solicita um reparo no esgoto entupido na Rua 21/Foto:ASCOM

Durante o encontro, o vereador levantou a bandeira da comunidade do Vale Dourado, que há mais de um mês solicita um reparo no esgoto entupido na Rua 21/Foto:ASCOM

O vereador Edilsão do Trânsito (PRTB) esteve reunido com o gerente regional da Compesa em Petrolina, João Rafael de Queiroz, nesta semana, para apresentar algumas demandas da população em relação ao trabalho prestado pela companhia no município.

Durante o encontro, o vereador levantou a bandeira da comunidade do Vale Dourado, que há mais de um mês solicita um reparo no esgoto entupido na Rua 21. A situação nessa via é crônica e tem como agravante ser em frente à Estação de Tratamento do loteamento. “Já estive no local para ver de perto o problema e venho cobrando uma solução definitiva já que os reparos feitos não são suficientes e a comunidade está sendo obrigada a viver com esgoto escorrendo pelas ruas do loteamento”,afirma Edilsão.

Outra demanda exposta pelo vereador foi o esgotamento sanitário no bairro Caminho do Sol, José e Maria e Park Jatobá II. E o edil aproveitou a visita para reconhecer o compromisso da Compesa em relação às suas cobranças. “Solicitei alguns serviços no bairro Dom Malan e Caminho do Sol e prontamente uma equipe da Compesa foi solucionar os entupimentos nas redes” , destaca.