Homem é preso em flagrante por violência doméstica em Irecê

Policiais da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Irecê e do Núcleo Especial de Atendimento à Mulher (Neam) do município prenderam, na terça-feira (21), um homem que ameaçava a ex-companheira e que, no momento da ação, estava exigindo que a vítima abrisse a porta da residência dela. Em ação rápida, equipes das unidades capturaram o suspeito.
A mulher estava na delegacia noticiando os crimes cometidos pelo ex-companheiro, quando ele ligou, reiterando as ameaças. Após orientação dada pelos policiais à vítima, o suspeito foi preso nos arredores da casa.
A mulher relatou que, durante os 30 anos em que ficou casada com o suspeito, sofreu violências física e psicológica. De acordo com as investigações da DT, desde que ela decidiu se separar, o homem passou a fazer ameaças de morte tanto a ela quanto a seus filhos.
LEIA MAIS

Patrulha da Mulher de Petrolina fortalece vínculo com mulheres violentadas pelos companheiros  

(Foto: Jonas Santos/PMP)

Iniciada em março de 2019, a Patrulha da Mulher é fruto de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Petrolina e a Vara de Violência Doméstica, e operacionalizada pela Guarda Civil Municipal (GCM). Atualmente, a Patrulha oferece assistência para 120 mulheres vítimas de Violência Doméstica, com o intuito de assegurar o cumprimento de medidas protetivas e evitar a reincidência de atos abusivos.

De acordo com o coordenador da Patrulha da Mulher, Inspetor Jenivaldo dos Santos, a Patrulha atende mulheres que tiveram medidas protetivas deferidas pela Vara de Violência Doméstica e Familiar, e também pelas ocorrências espontâneas que podem ser realizadas através da central de atendimento. Inicialmente são feitas visitas, a partir de então as mulheres conversam com os profissionais da Guarda para relatar o que ocorreu, passar informações sobre o agressor, suas rotinas, entre outras coisas informações que possam auxiliar os agentes a planejar e executar o trabalho.

LEIA MAIS

Homem chega embriagado em casa, ameaça esposa e é preso em Ouricuri

(Foto: Ilustração)

Um homem de 31 anos foi preso na tarde de quinta-feira (26), na Fazenda Pradicó, Sítio Garrote, zona rural de Ouricuri (PE), depois de ser denunciado pela companheira.

A vítima relatou aos policiais que o homem chegou embriagado na residência do casal, quebrou vários móveis e ainda fez ameaças contra ela.

Além disso, o homem ameaçou sua cunhada, alegando que mataria as duas. A PM foi acionada pelas vítimas e conseguiu localizar o agressor e o deteve.

Homem que jogou água fervendo em esposa é preso em Jacobina

A Guarda Civil Municipal de Jacobina prendeu, nesta segunda-feira (16), um homem por violência doméstica contra a companheira. Após serem acionados, uma guarnição da GCM encontrou uma senhora, de 46 anos, com queimaduras pelo corpo ocasionadas pelo seu companheiro, de 47 anos.
O autor do crime havia jogado uma panela de água fervendo na vitima. Diante dos fatos, os guardas municipais prenderam o homem e o conduziram para a delegacia. No momento que a guarnição chegou ao local, o individuo estava sofrendo ameaças de linchamento por parte de populares. A mulher foi encaminhada, com apoio do CRAM,  para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Jacobina II. Depois do atendimento, ela foi até a delegacia para prestar depoimento.
O homem permaneceu preso por lesão corporal e violência domestica, ficando à disposição da justiça.

Homem acusado de engravidar enteada é preso em Juazeiro

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Agentes lotados na Delegacia da Mulher (DEAM) de Juazeiro (BA), cumpriram um mandado de prisão preventiva na manhã desta quarta-feira (28), contra um homem que está sendo acusado de engravidar a enteada de 29 anos. Segundo a delegada Licelma Bonfim, a mesma era abusada desde os 12 anos de idade.

Ainda de acordo com Dra. Licelma, a mulher engravidou do suspeito em 2018. “Nessa ocasião ele ameaçou matar a criança caso ela não o deixasse registrar como pai. A vítima foi obrigada a mentir para sua mãe, dizendo que o filho era fruto de um relacionamento com um homem que a abandonou”, informou a titular.

Durante a denúncia na especializada, a mulher também relatou que era ameaçada de morte, constantemente, pelo abusador. O homem, de 42 anos, foi submetido aos exames de corpo de delito e deve ser encaminhado ao Conjunto Penal de Juazeiro.

Patrulha da Mulher de Petrolina acompanhou mais de 300 vítimas de violência doméstica no primeiro semestre deste ano

(Foto: Jonas Santos/PMP)

Formada por integrantes da Guarda Civil de Petrolina, a Patrulha da Mulher vem desenvolvendo um trabalho preventivo e ostensivo que tem salvado muitas vítimas da violência doméstica. Somente no primeiro semestre deste ano, a equipe acompanhou 306 mulheres no município e realizou 1.465 visitas domiciliares.

“As visitas periódicas tem por objetivo proteger, prevenir, monitorar e acompanhar as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar no cumprimento de medidas protetivas de urgência, integrando as ações realizadas pela rede de atendimento à mulher. As visitas da Patrulha visa proporcionar a efetividade no cumprimento das medidas protetivas destacadas na Lei Maria da Penha. Não agendamos as visitas, para que haja o efeito surpresa e o serviço seja mais efetivo”, explicou o coordenador da Patrulha da Mulher, Inspetor Jenivaldo dos Santos.

LEIA MAIS

Patrulha da Mulher acompanhou 306 mulheres vítimas de violência doméstica no primeiro semestre deste ano em Petrolina

A Patrulha da Mulher, serviço desenvolvido pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina, acompanhou 306 mulheres no município no primeiro semestre deste ano e realizou 1.465 visitas domiciliares. A força-tarefa funciona 24 horas e atende casos de vítimas com medidas protetivas concedidas pela Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Petrolina, conforme prevê a Lei Maria da Penha.

De acordo com o balanço, não houve registro de feminicídio entre as mulheres assistidas pelo Programa. A Patrulha também realizou 54 notificações de descumprimentos de medidas protetivas, 23 prisões dos agressores em flagrante delito e 127 atendimentos de emergência. As ocorrências foram registradas através do canal de atendimento da GCM.

LEIA MAIS

Filho agride a própria mãe com barra de ferro em Araripina

(Foto ilustrativa)

Uma mãe foi agredida pelo próprio filho em Araripina, Sertão do Araripe. De acordo com a 9° Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a mulher acionou a equipe por meio da central telefônica, alegando estar sendo vítima de violência doméstica. Segundo ela, seu filho estava agredindo-a com uma barra de ferro.

Ao chegarem ao local, os policiais militares constataram o fato e conduziram o jovem à delegacia de Polícia Civil . A mãe ficou com alguns ferimentos e precisou de atendimento médico.

As agressões aconteceram na noite da última quinta-feira (22).

Vídeo: PM chama mulher de ‘cachorra’ e dá tapas na cara dela ao atender ocorrência de violência doméstica no RN

Um policial militar do Rio Grande do Norte agrediu uma mulher com tapas na cara e a chamou de “cachorra” ao atender a uma ocorrência de violência doméstica no interior do RN. A mulher estava com uma criança no colo. As cenas foram flagradas em um vídeo que circula nas redes sociais.

Segundo o G1, o caso aconteceu na noite de quinta-feira (15) no município de Santo Antônio, na região Agreste potiguar. A Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência de violência doméstica.

LEIA TAMBÉM 

Rádios retiram músicas de DJ Ivis após caso de violência doméstica

O vídeo mostra a chegada de uma viatura à rua. Neste momento a mulher estava abrigada na casa de um vizinho. Os policiais então entram na casa onde a mulher mora em busca do companheiro dela. Ela corre em direção aos policiais e diz “Peraí. Ninguém precisa bater nele não”.

Os policiais saem da casa e um deles começa a brigar com a mulher, chamando ela de “cachorra”. É possível ouvir no vídeo o policial dizendo “Meta a mão mesmo. Bata nessa cachorra. Essa cachorra merece apanhar mesmo”.

A mulher retruca e ele passa a agredi-la com tapas na cara, na frente de várias testemunhas, chegando a derrubá-la no chão.

Outro policial pegou a criança no colo e entregou a outra pessoa, enquanto o colega continuava as agressões.

O comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Alarico Azevedo, afirmou que determinou o afastamento dos policiais das ruas. “Lamentamos o que ocorreu e determinamos que eles fossem afastados do serviço operacional, eles vão prestar seus serviços na sede do batalhão. Após a apuração dos fatos vamos verificar quais serão as providências tomadas administrativamente e até penal”, disse.

Segundo a PM, o processo administrativo pode resultar em diferentes punições – a máxima é a expulsão.

DJ Ivis é preso, anuncia governador do Ceará, Camilo Santana

(Foto: Redes Sociais)

O cantor DJ Ivis foi preso nesta quarta-feira (14) em Fortaleza após os vídeos de agressões contra a ex-mulher, Pamella Holanda, serem divulgados por ela nas redes sociais. O governador Camilo Santana confirmou a prisão do artista por meio das redes sociais.

“Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, publicou Camilo.

LEIA TAMBÉM

DJ Ivis é acusado de bater em mulher, é levado à polícia, mas não é preso

Vídeos gravados por câmera de segurança interna mostram Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, agredindo a ex-mulher na frente da filha e de outras duas pessoas, a mãe dela e um funcionário do produtor musical.

Ministério da Mulher da Família e dos Direitos Humanos emite nota de repúdio sobre atos de violência sofridos por Pamella Holanda

O Ministério da Mulher da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), emitiu hoje (13) uma nota de repudio sobre os atos de violência doméstica sofridos por Pamella Holanda e divulgados no último domingo (11).

A nota do ministério afirma que esse comportamento será tolerado.” Pamella, que é mãe, esposa e filha, deu voz a muitas mulheres que, assim como ela, vivenciam a dor de serem agredidas dentro do próprio lar. As indagações que ficam diante de toda a repercussão são: até quando a palavra de uma mulher será colocada sob suspeita? Ou até quando iremos aceitar que atos de violência sejam justificados? Esses tipos de comportamento não podem mais ser tolerados”, destaca.

Confira nota na íntegra

LEIA MAIS

Rádios retiram músicas de DJ Ivis após caso de violência doméstica

(Foto: Redes Sociais)

Depois da repercussão do vídeo no qual o DJ Ivis aparecendo agredindo a ex-companheira, rádios do Ceará informaram que estão retirando as músicas do artista da programação. No posicionamento oficial, a FM 93, do Sistema Verdes Mares afirmou ser contra qualquer tipo de agressão contra a mulher.

LEIA TAMBÉM

DJ Ivis é acusado de bater em mulher, é levado à polícia, mas não é preso

“Desta forma, em virtude da agressão cometida pelo DJ Ivis contra a esposa Pamella Holanda, nós não iremos mais reproduzir nenhuma música dele em nossa programação. Esperamos que justiça seja feita por esta mulher, a filha dela e por todas as que sofrem violência doméstica”, afirmou a emissora em nota.

Outras rádios, como o Grupo Cidade de Comunicação também anunciaram a retirada. Já a Rádio FM 91,1, de Tauá lembrou que “não se justifica a violência e a Sinal, em hipótese alguma, compactuará com esse tipo de atitude, portanto a partir de hoje tira da programação musical da Rádio Sinal todas as músicas do cantor em questão”, diz a nota.

Araripina: mulher é morta a golpes de faca

(Foto: Ilustração)

Uma mulher foi morta na manhã de domingo (13), na Rua Frei Damião, na Vila Jurema, em Araripina (PE). Segundo o companheiro da vítima, ela foi morta após ter solicitado dinheiro a ele, que se negou a dar. Foi então que ela se armou com uma faca de cozinha.

O companheiro tomou a faca da vítima e desferiu um golpe no pescoço da mulher. Ela não resistiu e morreu. O caso foi relatado à polícia pelo próprio homem, que compareceu à sede da 9ª CIPM pela tarde. A Polícia Civil foi acionada para investigar a ocorrência. A identidade dos envolvidos não foi informada.

Mulher é encontrada morta dentro de barquinha em Juazeiro

Uma mulher foi morta a golpes de faca, no domingo (13), em Juazeiro (BA). O crime foi registrado dentro de uma barca que faz o trajeto entre Juazeiro e Petrolina. Ainda não há informações sobre a motivação do crime e nem do autor do homicídio.

A vítima foi identificada como Givanilda Bernardino, filha do micro empresário Dandinho. A Polícia Civil da Bahia está responsável pela investigação do crime.

Paulo Afonso: homem é preso após ameaçar vítima enquanto ela denunciva caso a polícia

(Foto: Ilustração)

Um homem foi preso na segunda-feira (3), em Paulo Afonso (BA). De acordo com a polícia, ele ameaçou a vítima enquanto ela registrava queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). No momento em que ela relatava as agressões sofridas, recebeu uma ameaça por mensagem de aplicativo.

A mulher procurado a delegacia após ser agredida no final de semana. Diante das ameaças a equipe da DEAM, os policiais iniciaram buscas e encontraram o homem. Segundo o Bahia Notícias, ele tem 22 anos, foi autuado por lesão corporal e ameaça. A equipe da polícia também solicitou uma medida protetiva de urgência.

123