TCU deve reprovar contas de Dilma e condenar Mantega por pedaladas

(Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

Em junho, os ministros aprovaram, por unanimidade, o relatório do ministro José Múcio sobre as contas de 2015. (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

O ministro José Mucio Monteiro, do Tribunal de Contas da União (TCU), marcou para o dia 5 de outubro a votação das contas de 2015 do governo de Dilma Rousseff.

Em junho, os ministros aprovaram, por unanimidade, o relatório do ministro José Múcio sobre as contas de 2015, que aponta a repetição de irregularidades constatadas nas contas de 2014, como as operações de crédito com bancos públicos. Ao todo, foram apresentados 19 questionamentos pelo TCU e mais cinco pelo Ministério Público.

Na mesma data, o tribunal julgará a responsabilidade direta de integrantes da equipe econômica sobre as pedaladas de 2014. Havia dúvidas entre os ministros sobre a condenação do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Agora, ela é praticamente uma certeza.

Há discussões, ainda, sobre o rigor da pena que seria aplicada a ele. Ela poderia chegar a oito anos de inabilitação para funções públicas, mas é possível que o prazo seja menor, desde que aplicada uma multa.

Deixe uma resposta