Temer confirma reunião com delator da empreiteira Odebrecht

(Foto: Arquivo)

Nesta quinta-feira (13) o presidente Michel Temer divulgou vídeo no qual confirmou ter se reunido com um dos delatores da empreiteira Odebrecht.  No depoimento prestado, Márcio Faria, ex-dirigente da Odebrecht, afirmou ter participado de uma reunião comandada por Temer na qual foi discutida a “compra do PMDB” por US$ 40 milhões.

Na gravação, Temer afirmou que, no encontro, em 2010, não discutiu valores nem “negócios escusos” da empreiteira com políticos. Ainda no acordo de delação premiada, Faria disse que não discutiu valores com o presidente.

“É fato que participei de uma reunião em 2010 com um representante de uma das maiores empresas do país. A mentira é que nessa reunião eu teria ouvido referência a valores financeiros ou a negócios escusos da empresa com políticos. Isso jamais aconteceu. Nem nessa reunião nem em qualquer outra reunião que eu tenha feito ao longo de minha vida pública com qualquer pessoa física ou jurídica. Jamais colocaria a minha biografia em risco”, afirmou o presidente no vídeo divulgar nesta quinta.

“O verdadeiro homem público tem que estar à altura dos seus desafios que envolvem bons momentos e momentos de profundo desconforto. Minha maior aliada é a verdade, matéria-prima do Poder Judiciário, que revelerá toda a verdade dos fatos”, acrescentou.

Nesta quarta (12), Temer já havia divulgado uma nota na qual dizia que “jamais tratou de valores com o senhor Márcio Faria”. Além disso, acrescentou que “a narrativa divulgada hoje não corresponde aos fatos e está baseada em uma mentira absoluta”.

Com informações do G1

Deixe uma resposta