Trabalhadores de grupo empresarial de Petrolina param atividades por descumprimento de convenção coletiva

Os trabalhadores de 3 empresas do Grupo Sech, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, paralisam as atividades nesta segunda-feira (15). As empresas estão localizadas no Projeto Senador Nilo Coelho – C2, PSNC – N2, e a terceira, Na BR 235,  próximo ao aeroporto de Petrolina.

Segundo a diretora de Política salarial do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina Simone Paim, a classe reivindica o cumprimento da Convenção Coletiva.

 “Retaliação ao delegado sindical, descumprimento da convenção coletiva, cláusula 35 – Proibição do pós-chuva, demissão das grávidas que eles estão demitindo, não estão reintegrando, transporte aos trabalhadores que eles não estão dando aos trabalhadores, há um descumprimento geral da convenção coletiva” aponta Simone como sendo algumas da reclamações.

A sindicalista ainda informa que os trabalhadores só vão voltar ao trabalho, após conversa com o setor patronal.

“Nossa reivindicação é justa. Nós tentamos conversar com a empresa, mas a empresa foi radical e disse que não ia atender as reivindicações dos trabalhadores. Então, a gente está aqui, com todos os trabalhadores, ninguém entra e ninguém sai” afirma

Deixe uma resposta