Trabalhadores que atuavam na transposição realizam protesto decisivo amanhã

857dc4ca-4cd3-4a8e-9494-12dd2af67981

Imagem Internet

Demitidos com dois meses de salários em atraso, os trabalhadores que atuavam nas obras da transposição do rio São Francisco, no trecho entre Salgueiro-PE e Penaforte-CE, prometem fazer um protesto decisivo nesta terça-feira (25) em frente ao escritório do Ministério da Integração Nacional, em Salgueiro.

Mais uma vez os manifestantes pretendem bloquear a BR-116, em busca de uma resposta definitiva sobre a difícil situação que enfrentam. Além do atraso dos salários, os operários também não receberam a multa rescisória e outros benefícios trabalhistas da empresa Mendes Jr.

O Ministério da Integração Nacional alega que “a incapacidade da empresa Mendes Jr em cumprir o contrato firmado com a Pasta para execução dos serviços nas obras da transposição tem inviabilizado os repasses do Governo Federal”.

“De acordo com o previsto em contrato, celebrado entre as partes, os pagamentos das medições de serviços da obra serão realizados mediante apresentação das guias de recolhimento do INSS (GPS) e do FGTS. Até o momento, a empresa não apresentou essa documentação referente aos meses de junho e julho deste ano”, explicou o MI em nota enviada para nossa redação.

Com informações do Blog Alvinho Patriota

Deixe uma resposta