Transporte complementar de Petrolina é regulamentado e pretende integrar bilhete da zona urbana e rural

(Foto: Ilustração)

Cerca de 300 táxis e 200 vans serão contemplados com a regulamentação do transporte alternativo em Petrolina. Os decretos foram assinados na noite de ontem (12) pelo prefeito Miguel Coelho, em uma solenidade no Sesi. Os motoristas estiveram em peso acompanhando essa conquista.

Um dos principais pontos da regulamentação diz respeito à implantação da bilhetagem eletrônica. “O que estamos fazendo com essa possibilidade da integração do transporte rural ao urbano é garantindo um maior fluxo de passageiros porque a partir de agora o trabalhador vai poder ter uma maior economia ao circular pela cidade. Não é apenas um decreto, é uma nova fase no serviço de transporte público que culmina com a chegada de novos ônibus para trazer dignidade aos petrolinenses”, disse Miguel.

Com isso, futuramente os usuários da área rural possam integrar o serviço aos ônibus da área urbana. Os condutores de táxis e vans devem se cadastrar juntamente à Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), órgão responsável por fiscalizar e cadastrar os profissionais.

Deixe uma resposta