Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco mantém título de campeão Pernambucano 2017 do Sport

(Foto: Internet)

Por 7 a 0 o Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) indeferiu a petição impetrada por Luciano Rocha, goleiro do Salgueiro, com intuito de impugnar o resultado final do Campeonato Pernambucano de 2017.

Os auditores do STJ-PE votaram pela confirmação do título, conquistado pelo Sport, ao vencer o Caracará, por 1 a 0, no Cornélio de Barros, no dia 28 de junho. Na ocasião, o assistente Emerson Augusto de Carvalho viu irregularidade em uma cobrança de escanteio do Salgueiro, pouco antes de Everton, pelos sertanejos, abrir o placar aos 25 minutos da etapa final. O lance foi revisto com a ajuda do árbitro de vídeo do confronto, Péricles Bassols, que opinou de forma positiva ao apontado por Carvalho.

Em seguida, o juiz Wilton Pereira Sampaio acatou e considerou a jogada tiro de meta para os rubro-negros. No fim do confronto, o Leão levou a taça, com gol de Everton Felipe.

Com informações do GE

Deixe uma resposta