Um ano após acidente, caso de ciclistas atropelados em Petrolina segue na Justiça

Vítimas eram amigos e pedalavam juntos no momento do acidente (Foto: Reprodução/Internet)

Há um ano a população petrolinense acompanhava com atenção um acidente de trânsito registrado na BR-428. Era um dia de domingo e logo cedo os amigos Anaelton Rodrigues e Rogério Teles pedalavam com outros colegas, quando foram atingidos por um veículo.

LEIA TAMBÉM:

Exclusivo: motorista que atropelou ciclistas em Petrolina ainda será ouvido em processo; famílias das vítimas anseiam por justiça

Condutor que atropelou e matou ciclistas em Petrolina responderá por homicídio culposo

Petrolina: ciclistas morrem atropelados em acidente na BR-428 

Anaelton e Rogério morreram após a colisão. O caso teve grande repercussão em Petrolina na época por diversos fatores: segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor, Lucas Roberto da Silva Amorim, apresentava sinais de embriaguez, estava com a CNH vencida e teria adormecido ao volante.

Nesse semestre o Blog mostrou que tiveram início as audiências sobre o caso, em agosto e setembro. Lucas Roberto está fora de Petrolina, em endereço não revelado para garantir sua segurança. Segundo o advogado Marcílio Rubens, Lucas e sua família receberam ameaças.

Contudo, até o momento o condutor não foi ouvido pela Justiça, fato esse previsto para 2020. “Ele será ouvido na cidade onde está morando. O juiz daqui mandou uma carta precatória para o juiz do lugar onde ele está residindo, solicitando que ele seja ouvido lá, em 2020“, explicou o advogado.

Nossa equipe procurou o Tribunal de Justiça de Pernambuco, para saber do andamento do processo, mas ainda não tivemos retorno.

Deixe uma resposta