Uneb oferta capacitação de práticas de desenvolvimento sustentável em Irecê e Senhor do Bonfim

educação ambiental meio ambiente

Capacitar agentes populares para identificar e refletir criticamente as questões socioambientais em seu território.

Esse é o objetivo do curso de Formação de Agentes Populares de Educação Ambiental na Agricultura Familiar que será ofertado pela UNEB, em parceria com Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar (PEAAF), do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

O projeto do curso, elaborado pelos analistas universitários Sílvia Karla dos Santos e Anderson Viana, contou com o apoio da Secretaria Especial de Articulação Institucional (Seai), da Assessoria Especial para Projetos Estratégicos de Articulação da Educação Superior com os Territórios de Identidade do Estado da Bahia e da Coordenação Geral de Educação do Campo da UNEB.

A iniciativa, voltada para agricultores, agentes comunitários, agentes públicos e jovens moradores de áreas rurais, visa promover a mobilização e sensibilização social para a realização de ações que resultem na melhoria da qualidade de vida e conservação dos recursos.

O curso, que será ofertado na modalidade semipresencial, terá duração de cinco meses e carga horária de 180 horas.

“A estrutura do ambiente virtual e materiais didático serão disponibilizados pelo Ministério do Meio Ambiente. A UNEB vai contribuir significativamente para fortalecer o aprendizado da agricultura familiar por meio de práticas de desenvolvimento sustentável”, explicou Sílvia Karla dos Santos, que também é coordenadora pedagógica do curso.

As inscrições para o processo seletivo estão previstas para o início o de março por meio de análise curricular. Serão oferecidas 45 vagas, distribuídas em duas turmas nos campi da UNEB das cidades de Irecê e Senhor do Bonfim.

Deixe uma resposta