Univasf emite nota de pesar após morte de professor do Campus Ciências Agrárias

Professor foi encontrado morto no campus (Foto: Divulgação)

A morte do professor Aldrin Silva, servidor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), campus Ciências Agrárias, na quinta-feira (27) chocou a comunidade acadêmica.

Ele foi encontrado morto em uma sala do campus. As causas da morte estão sendo investigadas pela Polícia Civil de Petrolina. A instituição emitiu uma nota de pesar, lamentando a perda do colega.

A nota é assinada pelo reitor Julianeli Tolentino. Aldrin era professor de Zootecnia desde 2008. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do docente.

O Blog questionou se a instituição decretaria luto em respeito ao docente, contudo, ainda não tivemos resposta da instituição.

O Plenus, colégio no qual o filho de Aldrin estuda suspendeu as aulas dessa sexta-feira (28), às turmas do 9º ao 3º ano, em respeito à família.

Confira a seguir a íntegra da nota:

“A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) lamenta profundamente o falecimento do servidor Aldrin Éderson Vila Nova Silva, ocorrido ontem (27), em Petrolina-PE.

Professor do Colegiado de Zootecnia desde 2008, Aldrin era Médico Veterinário, tinha mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Doutorado em andamento em Ciência Animal Tropical pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Nos últimos anos atuou na difusão de práticas de forragens na caatinga para tempos de estiagem. Na Univasf, trabalhou com as disciplinas de Anatomia Animal e Nutrição Animal.

Neste momento de grande pesar, tristeza e dor, a Univasf se solidariza com os familiares e amigos do professor Aldrin Éderson e em especial à sua esposa Flaviane Maria Florêncio Monteiro da Silva – Professora do Colegiado de Medicina Veterinária.

Julianeli Tolentino de Lima

Reitor da Univasf”

Deixe uma resposta