Univasf promove ciclo de palestras sobre Aedes aegypti amanhã

aedes_aegypti_

Com o objetivo de reduzir os índices das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) irá realizar, amanhã (3), um ciclo de palestras sobre o assunto. Intitulado de “Aedes aegypti: o que precisamos saber?”, o evento será realizado das 14h às 18h, na sala de reuniões do Conselho Universitário (Conuni), localizado no 1º andar do prédio da Reitoria, Campus Centro, em Petrolina (PE). As inscrições são gratuitas e serão realizadas no local. A iniciativa integra as ações da campanha “Univasf sem Aedes”.

As palestras são destinadas principalmente aos bolsistas dos grupos do Programa de Educação Tutorial (PET), como meio de capacitação para atuar nas escolas e na comunidade, mas são abertas a todos os interessados. Os participantes terão direito a certificado.

De acordo com a diretora de Programas Especiais de Graduação da Pró-Reitoria de Ensino (Proen), Adriana Mayumi, serão apresentadas várias temáticas relacionadas ao mosquito e às doenças causadas por ele. “Serão abordadas as doenças, mas também a saúde como um todo, qual o ambiente que leva as pessoas a serem acometidas por elas e saber mais sobre o mosquito, como ele se reproduz, a ideia geral do ciclo”, explica.

A programação conta com quatro palestras que serão ministradas por professores da Univasf: “Aspectos clínicos e padrões de incidência das doenças transmitidas por Aedes aegypti”, com o professor Aristóteles Cardona, do Colegiado de Medicina; “Saúde Única (One Health) no contexto da prevenção e controle da Dengue, Zika e Chikungunya”, com o professor João Alves, do Colegiado de Medicina Veterinária; “Principais arboviroses transmitidas pelos mosquitos do gênero Aedes”, pelo professor Marlos Gomes Martins, do Colegiado de Ciências Biológicas; e “Aedes aegypti: biologia, comportamento e controle”, pela professora Rita de Cássia Rodrigues Gonçalves-Gervásio, do Colegiado de Engenharia Agronômica.

Mais detalhes da programação estão disponíveis no arquivo abaixo. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (87) 2101-6758 e pelo e-mail [email protected]

Deixe uma resposta