UPAE/IMIP de Petrolina trabalha o Novembro Azul com pacientes da Unidade

laco-azul

Os homens receberam o laço azul da campanha, chocolate e brindes para aqueles que acertaram as perguntas sobre o tema. Foto: Ascom

Ciente do seu papel de também atuar na prevenção, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) utiliza as datas do calendário da saúde para trabalhar temas junto ao seu público interno e externo. Este mês, o grande foco tem sido o “Novembro Azul”, justamente pela sua relevância (o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens) e necessidade de alertar esse grupo sobre a importância de cuidar da saúde.

Com o objetivo de fortalecer as ações, o Núcleo de Educação Permanente e o Serviço Social da Unidade realizaram, nesta quinta-feira (24), uma palestra explicativa e motivacional. Na oportunidade, os presentes puderam tirar dúvidas e interagir. Os homens também receberam folders, o laço azul da campanha, chocolate e brinde para aqueles que acertaram as perguntas sobre o tema.

“Achamos que essa é a melhor forma de sensibilizar. Os homens ainda procuram menos o serviço de saúde do que as mulheres, e isso precisa mudar. Temos também que desmistificar alguns temas e falar abertamente sobre o preconceito que ainda existe com relação aos exames de próstata. Quando a gente ‘quebra o gelo’ consegue um resultado melhor”, acredita a supervisora do Serviço Social, Nazaré Cunha.

Entre as informações relevantes, as profissionais destacaram a saúde integral do homem (tema da campanha 2016); a importância do exame de sangue que analisa a dosagem de uma proteína do sangue (PSA) e do toque retal, sendo que para pacientes de alto risco (com histórico familiar) estes exames devem ser feitos a primeira vez aos 40 anos; além do diagnóstico precoce, capaz de salvar vidas.

Ascom

Deixe uma resposta