Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Vereador Ronaldo Cancão admite que vereadores da base do prefeito Miguel Coelho estão “meio” desconfortáveis com o governo

Vereador Ronaldo Cancão. (Foto: Blog Waldiney Passos).

Aliado incondicional do prefeito Miguel Coelho, o vereador Ronaldo Cancão (PTB) confirmou durante entrevista ao blog nesta quinta-feira (3), após a sessão na Casa Plínio Amorim, que ele e alguns colegas da base aliada do prefeito estão “desconfortáveis” com algumas ações administrativas do governo Miguel Coelho.

“Não é estar chateado com o prefeito, mas existe a questão administrativa que a gente, ouvindo os companheiros, alguns falam de um certo desconforto em relação a questões administrativas. Mas esperamos que isso possa ser contornado, até porque, esse desconforto não é de hoje, já vem de alguns dias”, confirmou Cancão.

Além dele, engrossam a fila dos descontentes os vereadores Gaturiano Cigano (PRP), Ruy Wanderley (PSC), ex-líder do governo, Ronaldo Silva (PSDB) e Cícero Freire (PR). Mas Ronaldo Cancão acredita, que esse “certo desconforto” não deve provocar rompimentos da base aliada com o prefeito Miguel Coelho.

“Acho que está faltando apenas um diálogo. Faltando um conjunto de reunião com o prefeito, com os vereadores, com o colegiado e fazer uns pequenos reparos, pequenos ajustes. Mas que existe um certo desconforto de alguns vereadores existe sim”, disse o vereador.

Para Cancão essa insatisfação é natural. “É natural esse desconforto até porque a base tem 16 vereadores. Então é preciso que a gente faça uma parada, umas reflexões… O que está faltando é um entendimento, uma certa flexibilidade por parte da governabilidade para que a gente possa ajustar os pequenos problemas e solucioná-los”, finalizou.

Deixe uma resposta